“O que vale é a idade biológica”, argumenta Sérgio Rangel em Workshop 340

Rangel e a também atuária Fernanda Chaves falaram sobre as novas técnicas de precificação para o risco de longevidade no encontro promovido pelo SindSeg-RS

Os profissionais gaúchos do ramo de seguros acordaram cedo na manhã desta quarta-feira (23) para ouvir os atuários Sérgio Rangel e Fernanda Chaves falarem sobre as novas técnicas de precificação para o risco de longevidade. O encontro, que marcou o primeiro workshop de 2016 promovido pelo Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, contou com auditório lotado. “Todos sempre serão muito bem vindos sempre aqui em nosso Sindicato”, disse o presidente eleito da entidade, que assumirá no dia 1º de abril, Guacir Bueno.

Fernanda e Rangel esclareceram que existem muitas variáveis significativas na hora de precificar, tornando modelos preditivos muito mais importantes que a idade cronológica. “Sexo e data de nascimento não são suficiente, existem muitos pontos que devemos considerar”, pontuaram. O estudo da genética é uma grande oportunidade para descobrir se há predisposição a patologias e fazer um estudo sobre os indivíduos. “Para nós atuários, o que vale é a idade biológica e não a cronológica”, complementa o atuário ao dizer que geneticamente as mulheres têm a propensão de viverem mais em relação aos homens e que estas questões são responsáveis por 25% da expectativa de vida, sendo o resto dependente do estilo de vida de cada um.

Segundo Rangel, quem possui renda econômica mais alta, vive mais. “Quem tem acesso à plano de saúde e diversas outros privilégios tem uma qualidade de vida melhor e acaba tendo oportunidade de viver mais, por mais cuidadoso em relação à sua saúde com exames preventivos e outros”, explica. Ele ainda destaca que, nesta área, é preciso sempre estar atento aos avanços:

“Temos que reavaliar as nossas estratégias para conseguimos resultados diferentes”.

Fernanda ainda esclareceu que, quando se estuda esta questão, a preocupação é em responder às perguntas: “Vamos parar de morrer de outras causas que não a velhice? E até quando conseguiremos viver?”. E que, por isso, torna-se tão importante analisar hábitos, doenças, dados históricos populacionais, buscar populações específicas e outros pontos.

Sancor leva 90 corretores a show de Roger Waters em Porto Alegre 682

Ação faz parte de campanha “Experiências Inesquecíveis” da companhia

Como forma de valorizar seus parceiros, a Sancor Seguros levou cerca de 90 corretores de seguros de todo o país ao show do Roger Waters em Porto Alegre (RS). O grupo participou de uma recepção de boas vindas no Hotel Deville, com direito a confraternização e camisetas especiais da companhia, e depois foram levados ao Estádio Beira Rio, onde aconteceu o show do ex-integrante do Pink Floyd nesta terça-feira (30).

O evento foi um prêmio previsto pela campanha anual Experiência Inesquecíveis, promovida pela Sancor. “É um momento inesquecível poder participar de uma ação como esta, em reconhecimento ao trabalho e parceria contínua que estabelecemos diariamente com a seguradora”, disse Cristiano Albert Schwizer, da Wallerius Corretora de Seguros, da cidade de Lajeado (RS). “Certamente é uma experiência que nos leva a ter um contato diferente com os executivos e que nos demonstra a importância de trabalhar com empresas sérias”, declarou o diretor da Neo Executiva Corretora de Seguros, Luis Henrique Bueno.

De acordo com o Superintendente Comercial Nacional, Rosimário Pacheco, que acompanhou o grupo, essa foi a primeira vez que a companhia reuniu em premiação de campanha tantos corretores e toda a diretoria da empresa. “Para nós é muito importante estar junto dos corretores de seguros e contar com momentos de descontração, pois trocamos ideias, apresentamos mais da empresa para eles e recebemos feedbacks”, comentou. “Desde o momento que desenhamos essa ideia, com premiações trimestrais, nós imaginamos o momento de estarmos todos juntos uniformizados indo para o show e já recebemos muitos pedidos para que no ano que vem tenhamos formatos parecidos, o que comprova que o grupo gostou muito da experiência”, acrescentou.

Para o presidente da companhia no Brasil, Leandro Poretti, a personalização e proximidade com corretores, colaboradores e todos que cercam os seus processos está no DNA da Sancor. “Nós estamos imensamente gratos em tê-los aqui conosco e poder desfrutar de mais essa experiência. E este show é um presente nosso para vocês. Obrigada a todos que estão aqui e todos os corretores pelo esforço e por terem atingido as metas. A confiança em nossa parceria é que nos move”, afirmou.

Seguros SURA reconhece papel da gerente comercial Fabiana Mello 761

Fabiana Mello, gerente comercial da Seguros SURA, durante cerimônia do Troféu JRS 2018

Profissional conquistou posição de destaque no 16º Troféu JRS

A noite do dia 19 de outubro, no Centro de Eventos Casa do Gaúcho, em Porto Alegre (RS), ainda repercute no mercado brasileiro e internacional de seguros. A Seguros SURA, por exemplo, reconheceu o papel fundamental de seus colaboradores no desenvolvimento de uma grande empresa. “Por isso, parabenizamos Fabiana Rodrigues Barboza de Mello, nossa Gerente Comercial, por ser homenageada com o 16º Troféu JRS, na categoria Gerente Destaque”, disse comunicado publicado em uma rede de profissionais.

Saiba todos os detalhes: Troféu JRS 2018 reconhece grandes nomes do mercado brasileiro de seguros.

A cerimônia, um dos momentos mais aguardados pelo setor durante todo o ano, prestigia grandes empresas, profissionais e entidades do setor.

“Eu tinha conhecimento que seria uma das indicadas na premiação, mas não sabia que iria ganhar. Fiquei muito feliz pela conquista. É um prestígio. Receber o reconhecimento do mercado através da votação em um dos canais de comunicação mais respeitados no Sul gera um destaque na minha vida profissional. A SURA é uma empresa que valoriza, desenvolve e investe na capacitação e desenvolvimento de seus colaboradores, cada conquista nesse nível é a certeza de que estamos no caminho certo“, declarou Fabiana Mello.

“Parabéns, Fabiana e obrigado por toda a dedicação à Seguros SURA”, concluiu o comunicado da companhia.

Terceirização na hora do sinistro pode resultar em grande redução de custos administrativos 664

Daniel Bortoletto é CEO da Regula Sinistros

Corretoras de Seguros podem economizar até 58% com as soluções da Regula Sinistros

Existe um consenso cada vez mais crescente nas rodas de discussão dos profissionais da corretagem de seguros e parceiros de negócios: o profissional da corretagem precisa dedicar total atenção às vendas e ao que realmente é importante. Seguindo essa visão, a Regula Sinistros desenvolveu uma solução que possibilita uma redução de até 58% nos custos administrativos de uma corretora de seguros.

Quem explicou isso, em reunião da Câmara dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo, foi o executivo Daniel Bortoletto, CEO da Regula Sinistros. “O Corretor de Seguros é o canal legítimo de distribuição de seguros no Brasil. Esse profissional está tão atarefado, com outras atribuições, que acaba deixando de focar nas vendas”, conta. “Nós acreditamos muito nas pessoas. O Brasil está muito mal posicionado em índices de atendimento e pós-venda. Está bem claro que o brasileiro está carente de atendimento. Nosso papel é gerar encantamento ao segurado sinistrado, fidelização de clientes para os corretores de modo a gerar tempo para que este profissional possa gerar novos negócios”, complementa ao abordar o ‘custo de oportunidade’ que impera entre os operadores do setor.

O encontro, realizado na última segunda-feira (29), no Circolo Italiano, em São Paulo (SP), Bortoletto destacou as vantagens da terceirização de algumas etapas, visando o foco total no andamento do negócio. “Sou entusiasta da desburocratização e redução de custos de forma inteligente. É preciso priorizar investimentos com foco em vendas e no cross selling ao mesmo tempo em que a dedicação de recursos deve ser remanejada de acordo com os projetos mais relevantes do ponto de vista estratégico da empresa”, argumenta.

Contar com especialistas em todas as etapas da operação propicia um grande salto em produtividade no dia a dia de uma empresa. “É possível otimizar o tempo tanto de gestores, como de profissionais. Isso possibilita o direcionamento de capital humano com foco na expansão do negócio de forma estruturada”, revela Daniel Bortoletto.

Segundo o CEO da Regula Sinistros, é necessário analisar o cenário do setor de seguros, foco no público e segmento que se quer concentrar esforços, mensuração de clientes e indicadores de desempenho. Na visão de Daniel Bortoletto, toda e qualquer interação do cliente com a empresa é um termômetro para fomentar indicadores de desempenho. “Nos índices de reclamação, divulgados pela CNseg, ao menos 60%, das 144 mil reclamações em 2017, são sobre atendimento e acompanhamento de sinistros. “Em todos os ramos a regulação de sinistros é um grande desafio. Nossos pacotes são voltados para Automóvel, Vida, Ramos Elementares, Fiança, Responsabilidade Civil, DPVAT e Transportes”, complementa Bortoletto ao revelar o desejo de disponibilizar soluções também para o nicho de saúde suplementar.

É possível ainda simular de que forma a Regula Sinistros pode gerar redução de custos e otimização de tempo através dessa calculadora. “Nossos pacotes visam a fidelização da parceria, focamos na satisfação dos clientes, que nos retornam feedbacks através do próprio WhatsApp”, segue Daniel Bortoletto ao destacar a recente parceria fechada com a Rede Lojacorr, que possui mais de 1.300 corretores, e com o Grupo Sustentare, que atua no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O CEO da Regula Sinistros é enfático ao dizer que não fará a introdução de robôs na operação. “Assim não é possível encantar”, concluiu.

Osmar Bertacini é um dos grandes ícones do mercado brasileiro de seguros
Osmar Bertacini é um dos grandes ícones do mercado brasileiro de seguros

Ícone do mercado brasileiro de seguros, Osmar Bertacini ressalta o aperfeiçoamento do atendimento das seguradoras na hora de um processo de sinistro. “Isso é fundamental, pois é o cartão de visita das companhias. Além de propiciar agilidade é fundamental libertar o profissional da corretagem para que ele seja um produtor”, diz ao fazer referência a Aconseg-SP, que reúne assessorias em seguros visando facilitar o trabalho dos operadores do mercado.

Pedro Barbato Filho é presidente da Câmara dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo
Pedro Barbato Filho é presidente da Câmara dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo

O presidente da Câmara dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo, Pedro Barbato Filho, enaltece o vasto crescimento da Regula Sinistros nesse primeiro ano de atividades. “Esse empreendedor merece todo sucesso, pois é um merecedor. Nossa entidade está sempre à disposição e esse crescimento e sucesso serão cada vez maiores, certamente”, afirma. “Trata-se de um serviço extramente importante para o nosso setor”, finaliza ao demonstrar satisfação em comandar, com maestria, a 45ª edição da Tribuna Livre da CamaraCor-SP.

Regula Sinistros na 45ª Tribuna Livre da Câmara dos Corretores de SP:

Troféu JRS 2018 reconhece grandes nomes do mercado brasileiro de seguros 1812

Profissionais, empresas e instituições foram agraciados na última sexta-feira (19)

A noite da última sexta-feira, 19 de outubro, foi especial para os mais de 1 mil convidados da cerimônia anual de reconhecimentos aos profissionais, empresas e entidades do setor de seguros promovida pelo JRS. O Troféu JRS 2018 ainda promoveu duas categorias com votação online, o Troféu Seguros e Corretagem, realizado pelo terceiro ano consecutivo. As vencedoras na votação popular foram a tricampeã HDI Seguros (Seguradora) e a Wichmann e Bidon Corretora de Seguros (Corretora).

O evento contou com Seguro de Eventos da Berkley Brasil, que disponibilizou as coberturas RD Equipamentos e Responsabilidade Civil durante a festa. O Grupo MBM foi responsável por apólice de Seguros para Acidentes Pessoais. Já a Gente Seguradora, ofereceu atendimento em unidade móvel que ficou de prontidão até o momento final da festa.

Sob comando da equipe do JRS, a noite do seguro em Porto Alegre ainda sorteou diversos kits de espumantes da Cave di Pozza. Outro grande destaque foi a participação de um robô, oferecido pela Ramos Assessoria. As comemorações foram até as primeiras horas do sábado, marcando mais um momento de descontração, integração entre os atores do setor, networking e relacionamento.

Confira todas as imagens: