Capitalização paga R$ 6 milhões por dia útil 463

Mantenha-se bem informado com o #GirodoMercado desta quarta-feira, 30 de abril

Capitalização paga R$ 6 milhões por dia útil

cofreporquinho

Somente no primeiro mês do ano, o setor de capitalização distribui mais de R$ 119 milhões em prêmios para clientes de todo Brasil. Por dia útil, o valor é equivalente a R$ 6 milhões. De acordo com dados da FenaCap, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul lideram o ranking de clientes contemplados para no período. O volume das reservas técnicas, valores acumulados pelos clientes, também teve bons resultados, com avanço de 2,9%, excedendo os R$ 30 bilhões. Os resgates somaram R$ 1,489 bilhão, registrando um crescimento de 14,77% na comparação com janeiro de 2015. “O título de capitalização está cada vez mais presente na vida das pessoas, seja como solução para a conquista da disciplina financeira, para a garantia locatícia, para o exercício da filantropia ou para incremento de outros segmentos econômicos”, ressalta o presidente da FenaCap, Marco Antonio Barros. Ainda de acordo com o executivo, a diversificação de produtos é um fator importante para a consolidação dos títulos de capitalização como solução de negócios com sorteios.

Palestras marcam lançamento de MBAs em quatro cidades

habilitacaocorretores

A Escola Nacional de Seguros irá promover, nesta semana, palestras gratuitas em Brasília (DF), Salvador (BA), Goiânia (GO) e Porto Alegre (RS), para lançar os MBAs Gestão de Seguros e Resseguro e Gestão Jurídica do Seguro e Resseguro nessas cidades. Na capital federal, o evento foi ontem (29), com o especialista em Direito Administrativo dos Negócios, Daniel Schmitt, debatendo o tema “Processo Administrativo Sancionador (PAS) no Mercado de Seguros Privados”. “Sustentabilidade do Setor de Saúde Suplementar: Desafios e Perspectivas” será o assunto abordado pelo especialista em Regulação de Saúde Suplementar, Samir Martins, hoje (30), em Salvador, às 16h. Em Porto Alegre (RS), o tema debatido será “Novas Tecnologias e seus Impactos no Mercado de Seguros”, também hoje, às 18h30. A palestra será ministrada pelo doutor em Direito Público, Wilson Engelmann. Fechando a programação, o sócio da Correcta Consultoria, Bruno Kelly, irá apresentar a palestra “Seguro Rural, Desmistificando o Ramo”, no dia 31 de março, às 18h30, em Goiânia. Inscrições e informações sobre as palestras estão disponíveis neste link. E para detalhes e inscrições nos MBAs o endereço basta acessar este link.

Segurada da União Seguradora recebe prêmio de capitalização

uniaopremio280316

Além do seguro de vida, a União Seguradora, empresa do Grupo Aspecir, oferece Plano de Capitalização Vida Flex. Optando por este, o segurado concorre todos os sábados a uma premiação, através da extração da Loteria Federal. A ganhadora da última rodada foi a senhora Adriana de Barcellos Serra. O cheque foi entregue pelas mãos do diretor comercial da empresa, João Lock, na tarde da última segunda-feira (28). Presentes no evento, representando a União Seguradora estavam Antônio Nazario Coutinho da área técnica e João Carlos Lock, diretor comercial. Além da premiada, o gerente de negócios do Servicoop, Cristiano Costa, o diretor da Benefícios Maurício Junqueira e o diretor jurídico da Servicoop Andre Luiz Meira.

 

FenSeg lança cartilha “Entenda o Seguro Habitacional: orientações para o Consumidor”

cartilhafenseg

A FenSeg acaba de lançar cartilha “Entenda o Seguro Habitacional: orientações para o Consumidor ”, a quarta publicação da série “Entenda o seu Seguro”, desenvolvida pela Federação, em parceria com as suas comissões internas. Nesta edição, o seguro habitacional é abordado a fim de esclarecer pontos e desmitificar questões importantes relacionadas ao produto. Seguindo a premissa da comunicação como ferramenta de aproximação, a FenSeg investiu em uma linguagem clara e objetiva para que segurados e interessados em adquirir um seguro possam se informar. Além de esclarecimentos básicos sobre o seguro habitacional, a cartilha também trata de questões como coberturas obrigatórias e danos cobertos, trazendo ainda um glossário explicando os termos técnicos que, devido ao uso corrente dentro deste mercado, foram utilizados ao longo do texto. A publicação pode ser conferida neste link.

Prudential do Brasil expande em Minas Gerais

crescimentografico

Dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep) mostram que, com crescimento de 28% no ano de 2015 apenas em Minas Gerais, a Prudential do Brasil é a primeira colocada entre as empresas do mercado de Planos Individuais de Seguros de Pessoas nesta região. A companhia alcançou 58,6% de market share nesta praça. O estado conta com seis unidades comerciais da seguradora, que atendem mais de 88 mil segurados e ainda registrou um aumento de 18% em números de clientes no ano de 2015. Ao todo, a Prudential do Brasil, que teve lucro líquido de R$ 121,4 milhões, no ano de 2015, possui um total de 27 unidades espalhadas pelo país.

*Informações de Sincor-SP, Escola Nacional de Seguros, CNseg e assessorias de imprensa das empresas citadas.

Atuária Brasil comemora 15 anos de sucesso 429

Atuária Brasil comemora 15 anos de sucesso

Empresa foi fundada em 20 de janeiro de 2004

Fundada em 20 de janeiro de 2004, a Atuária Brasil tem foco em atuar com consultoria e auditoria atuarial junto aos mercados de seguros, previdência complementar e capitalização. Os sócios Luiz Ernesto Both e Eder Gerson Aguiar de Oliveira comemoram os 15 anos dessa história de sucesso. Ambos os profissionais possuem mais de 25 anos de expertise nos setores de atuação da empresa, além de atuarem como peritos atuariais e professores universitários.

“Obrigado aos nossos clientes pela confiança. São o motivo de nossa luta diária. Obrigado aos nossos funcionários, colaboradores, amigos e parceiros pelo comprometimento junto às metas e desafios traçados. Obrigado às famílias de toda nossa equipe e a Deus, por permitir que nossa caminhada seja humilde, mas segura e com muita luz”, disse Eder Oliveira em publicação realizada em uma rede social.

Ambos os sócios da Atuária Brasil são certificados para o exercício das funções de Atuária, Auditoria Atuarial, Perícia Atuarial e Controles Internos, além de possuírem ampla e efetiva participação no fomento da atividade securitária em nível nacional.

MetLife é seguradora destaque entre as 50 empresas mais amadas do Brasil 594

MetLife é seguradora destaque entre as 50 empresas mais amadas do Brasil

Metlife é a 42ª mais amada, sendo a única seguradora no ranking das companhias mais bem avaliadas pelos profissionais na plataforma Love Mondays

A MetLife, uma das principais empresas de serviços financeiros no mundo, acaba de ser eleita uma das empresas mais amadas do Brasil pelos seus funcionários, com a nota de satisfação geral de 4,1, segundo o ranking 2019 publicado pela Love Mondays, com destaque especial para o quesito de remuneração e benefícios.

A classificação é realizada de acordo com a nota das avaliações espontâneas e anônimas registradas na plataforma pelos próprios profissionais das empresas, considerando os seguintes aspectos: remuneração e benefícios, oportunidade de carreira, cultura da empresa e qualidade de vida. O ranking “A Mais Amada” da Love Mondays está em sua quarta edição.

“Fico muito feliz com o reconhecimento pelos nossos funcionários e ex-funcionários, o que só nos motiva ainda mais a continuarmos nosso trabalho para proporcionar um ambiente de trabalho com diversidade, agradável, produtivo e desafiador para que nossos talentos se desenvolvam e sintam-se felizes em estarem conosco. O prêmio é mais uma comprovação de que estamos em um bom caminho” comenta Raphael de Carvalho, presidente da MetLife.

Criado em 2016, o ranking é composto por duas listas: as 50 Grandes Empresas Mais Amadas e as 30 PMEs Mais Amadas. Para ser elegível ao ranking das grandes empresas, é preciso ter mais de 501 funcionários globalmente e somar pelo menos 50 avaliações entre 1º de janeiro e 30 de novembro de 2018; para as PMEs, são consideradas empresas com menos de 500 funcionários e o número mínimo exigido é de 15 avaliações no período.

Para chegar aos ambientes de trabalho mais amados, considera-se a nota média de satisfação geral atribuída pelos usuários do Love Mondays. As notas vão de 1 a 5, sendo 1 muito insatisfeito e 5 muito satisfeito. Neste ano, foram consideradas mais de 153 mil avaliações.

Faturamento da Capitalização atinge R$ 3,7 bilhões na Região Sul 643

Faturamento da Capitalização atinge R$ 3,7 bilhões na Região Sul

Dados são da FenaCap

Entre os meses de janeiro a novembro, a Região Sul registrou crescimento de 4,21% na receita de títulos de capitalização, totalizando R$3,7 bilhões, de acordo com dados da Federação Nacional de Capitalização (FenaCap). Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, distribuíram R$ 308,7 milhões de prêmios em sorteios a clientes da Região. Quanto aos resgates finais e antecipados, houve, no período, recuo de 2,44%, seguindo tendência nacional (3,6% de queda), o que revela um consumidor mais cauteloso diante das incertezas ainda presentes na economia.

Em números globais, entre janeiro e novembro, as empresas de Capitalização registraram uma receita de R$19,2 bilhões, montante 3,1% superior ao alcançado no mesmo período de 2017. Foram pagos R$ 985,7 milhões em sorteios a clientes de todo o país, o que equivale à entrega de R$ 4,2 milhões em prêmios por dia útil. O setor injetou na economia R$ R$15,7 bilhões em resgates finais e antecipados realizados por clientes. Esse montante foi 3,6% menor, se comparado aos primeiros dez meses do ano de 2017, indicando o adiamento de planos de consumo e uma preocupação maior em manter as economias guardadas, possivelmente para fazer frente a alguma emergência financeira. As reservas técnicas, por sua vez, constituídas pelos recursos dos clientes que estão com títulos ativos, somaram R$ 29,5 bilhões, registrando um aumento de 1,9%.

Grupo Aspecir deseja boas festas aos leitores de JRS 570

João Lock, Diretor da União Seguradora, visita redação gaúcha da publicação

O Grupo Aspecir comemora os resultados de 2018. O Diretor-Técnico Comercial da União Seguradora, João Carlos Lock, visitou a redação do JRS nesta quinta-feira, 20 de dezembro. “Estamos juntos o ano todo e neste momento não seria diferente”, enfatizou.

Recentemente a União Seguradora fechou parceria para prospecção de novos negócio com a Uperformance Assessoria e Consultoria em Seguros. A expectativa das empresas do Grupo Aspecir é positiva para o próximo ano, o que reforça as perspectivas da retomada econômica do Brasil para 2019.

Lock, além de Antônio Coutinho, da área técnica, e Marco Rocha, da área comercial, receberam Domingos Costa, Ailton Lopes e Estela De Moura Rey para iniciar uma parceria com prospecção de novos negócios. Segundo os participantes, a reunião foi produtiva em ideias que confirmam o sucesso dessa parceria para 2019.

Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir
Divulgação/Grupo Aspecir

O comercial Marco Rocha, da União Seguradora, esteve com seus parceiros comerciais para desejar um Natal de muita saúde e paz e agradecer por mais um ano de grandes negócios. “Que 2019 seja de muito mais sucesso!”, deseja.

Setor de seguros promove agenda plural, dinâmica e acolhedora 1192

Dra. Angelica Carlini é docente e advogada

Instituto da Diversidade e Inclusão no setor de Seguros (IDIS) é lançado em São Paulo

Inclusão e diversidade fomentam um mercado dinâmico como o de seguros. Com o intuito de promover uma agenda à respeito das causas humanas, o Instituto da Diversidade e Inclusão no setor de Seguros foi lançado na última terça-feira, 12, em São Paulo (SP). O evento aconteceu na sede paulistana da Escola Nacional de Seguros, na Rua Augusta. O Instituto tem como presidente Valéria Schmitke, Diretora Regional de Legal & Compliance da Zurich para a América Latina.

“Estamos envolvendo todos os agentes do mercado, sejam eles seguradores, resseguradores, provedores de serviços, corretores de seguros, operadores de planos de saúde, educadores, imprensa. Inicialmente, trabalharemos três pilares: gênero, LGBT+ e raça/etnia. Consideramos que estas são as áreas mais urgentes e, no futuro, devemos atuar também com os pilares PCDs, gerações e outros”, conta Valéria.

Com a participação de diversos executivos, representantes de entidades do setor, convidados especiais e demais agentes do mercado de seguros, o evento contou com uma programação recheada de conteúdos especiais. A Profª Drª Angelica Carlini falou sobre diversidade abordando sua construção histórica. “É preciso criar uma agenda plural, profundamente solidária e dinâmica para os próximos anos. Não vejo ninguém melhor que os integrantes do setor de seguros. Nós somos, preferencialmente, habilitados a trabalhar com a promoção humana”, explica Angelica.

A docente e advogada ainda demonstrou satisfação em fazer parte da iniciativa. “Esse é um setor econômico, financeiro acostumado a ter regras rígidas, e precisa ter, para manter a solidez e credibilidade de suas atividades. Esse conservadorismo que nos trouxe até aqui, como setor respeitado, precisa ser oxigenado com essas ideias de diversidade e de inclusão. O setor vai mostrando maturidade à medida que vamos provocando a abertura de espaços, promovida com o diálogo franco, fraterno e gostoso que promovemos nesse dia tão especial”, reitera Angelica Carlini, homenageada pelo instituto em honraria entregue por Vera Carvalho Pinto, da Chubb Seguros.

Maria Helena Monteiro, Diretora de Ensino Técnico da Escola Nacional de Seguros, considera que essa questão atende não apenas ao anseio da sociedade, como também fica evidenciada como uma necessidade de mercado. “Atendemos um público variado. Por isso, precisamos trazer pessoas que pensem de forma diferente para podermos aprimorar continuamente o setor de seguros”, diz ao demonstrar otimismo com a economia brasileira para o ano que vem.

Maria Helena Monteiro é Diretora de Ensino Técnico da Escola Nacional de Seguros
Maria Helena Monteiro é Diretora de Ensino Técnico da Escola Nacional de Seguros

Na oportunidade ainda foram apresentados cases de sucesso do mercado segurador. O painel contou com mediação de Flavia Bianco, professora da Escola Nacional de Seguros, e exposições de Fábio Oliveira, CEO da AIG Seguros, também de Gabriela Dona, Diretora de Marketing da Ikê Assistência, de Raphael Carvalho, CEO da MetLife, além de Juliana Zan, Superintendente RH da Tokio Marine e de Edson Franco, CEO da Zurich Seguros. A exposição que encerrou o evento foi de Ana Paula de Almeida Santos, da Care Plus.

Reconhecida pelo segundo ano consecutivo como uma das Melhores Empresas para a Mulher Trabalhar pelo Great Place to Work® Brasil, a Tokio Marine destacou, através da Superintendente de Recursos Humanos da Tokio Marine, Juliana Zan, suas ações que visam promover o bem estar das pessoas que trabalham no mercado de seguros.

Juliana Zan é Superintendente de Recursos Humanos da Tokio Marine
Juliana Zan é Superintendente de Recursos Humanos da Tokio Marine / Divulgação

“Para nós é fundamental participar de iniciativas como a do IDIS, que fomentam o diálogo sobre temas tão relevantes para o segmento de seguros. O reconhecimento que temos obtido nos últimos anos, tanto dos Colaboradores quanto do mercado, demonstra a consistência de nossas ações cujo objetivo é promover um ambiente motivador, com diversidade de ideias, no qual as pessoas se sintam bem em trabalhar”, evidencia Zan.

O compromisso da Tokio Marine com práticas de equidade de gênero se traduz também no quadro de funcionários, que atualmente é formado por 53% de mulheres. O mesmo se repete em cargos de alta liderança, cujo quadro é 40% feminino. “Levaremos esse case ao lançamento do IDIS, bem como todo o nosso trabalho e os resultados alcançados neste ano, de forma a contribuir para que o mercado de seguros seja cada vez mais inclusivo e diverso”, reforça a Superintendente de Recursos Humanos da companhia.

Para a Zurich, as condições de igualdade e diversidade acontecem quando todos os funcionários de uma empresa podem aproveitar das mesmas recompensas, recursos e oportunidades independente do seu gênero, etnia e orientação sexual. Seguradora global com mais de 80 anos de atuação no mercado brasileiro, a companhia vem desenvolvendo ações e programas, por meio de grupos dentro da empresa, mais inclusivas.

Um exemplo desse movimento é que a Zurich subiu de categoria na certificação empresarial EDGE (Economic Dividend for Gender Equality), voltada à equidade de gêneros. Com metodologia própria, é responsável pela mensuração do equilíbrio entre homens e mulheres do que diz respeito a oportunidades, salários, políticas de inclusão, assim como as suas práticas na rotina diária cultural das empresas.

A companhia, que já detinha a certificação desde 2016, saiu do primeiro nível EDGE ASSESS e atingiu em 2018 o segundo de três patamares, EDGE MOVE. Isso significa que a empresa não somente já adotou medidas para uma mudança estrutural no sentido de um ambiente mais igualitário, como também já está colhendo bons frutos dessas mudanças, com altos níveis de engajamento de funcionários de ambos os sexos em suas políticas de equilíbrio de gênero. Somente duas empresas brasileiras possuem a patente EDGE MOVE, sendo a Zurich a única seguradora.

“Um trabalho exercido com excelência não escolhe gênero e, por isso, a Zurich faz questão de estar na vanguarda em tudo que diz respeito à igualdade entre nossos profissionais homens e mulheres. Foram dois anos de muito trabalho desde a última certificação, então para nós, é um motivo de muito orgulho atingir esse patamar. No entanto, ainda há muito que fazer pela frente e a Zurich do Brasil está só começando. Nosso objetivo é ser LEAD, o último patamar do EDGE”, comenta Edson Franco, CEO da Zurich no Brasil”.

Edson Franco é CEO da Zurich no Brasil
Edson Franco é CEO da Zurich no Brasil / Reprodução

Atualmente, a Zurich Brasil desenvolve três programas dentro das políticas de diversidade e inclusão, sendo dois globais e um local: o WIN – Women’s Innovation Networ, grupo de interesse com governança global, que promove a igualdade de oportunidades de carreira para mulheres e homens; @Pride, grupo com ações voltadas ao respeito aos Direitos Humanos de cada indivíduo e à consolidação de uma cultura de inclusão e pertencimento com base na orientação sexual; e o DEZ – Diversidade Étnica na Zurich, que promove a conscientização, inclusão, retenção e desenvolvimento de profissionais de diferentes etnias. Esses programas integram o case apresentado pelo CEO, Edson Franco, no lançamento do IDIS, que também é patrocinado pela Zurich.

Na ocasião, a Ikê foi convidada a participar de uma palestra com o intuito de promover a discussão a respeito de alguns pilares de diversidade no setor de seguros, como gênero, gerações, pessoa com deficiência, etnia, cultura e origens.

Divulgação
Divulgação

Na empresa de assistência, as mulheres ocupam a maioria das posições estratégicas dentro das equipes: 66,44% na força de trabalho e 54,84% em cargos de liderança. Além disso, pardos e negros representam 45,17% da empresa. Dentre as ações implementadas para promover a inclusão, estão placas de banheiros sem definição de gênero, materiais internos, como divulgação em televisões e jornais, e um e-mail específico para fomentação de diálogo e denúncias.

Para Marusia Gomez, CEO da Ikê Assistência, a diversidade é muito importante e rica dentro de uma organização. “Aqui, é sinônimo de criatividade e inovação, pois se nós tivéssemos uma empresa formada por iguais, não conseguiríamos entregar soluções diferentes. Temos como posicionamento ser uma empresa de pessoas que atende pessoas e isso é absolutamente verdadeiro, então nós valorizamos cada indivíduo e respeitamos as diferenças”.

*Colaborou: RP1 Comunicação, Oficina do Texto e Race Comunicação.