Roberto Justus é presença confirmada no XVII Conec 549

Confira as principais notícias desta terça-feira, 12 de abril

Roberto Justus é presença confirmada no XVII Conec

ERJ_CONVIVENCIA_CUT_5
Reprodução/Rede Record

Roberto Justus, mega empresário e apresentador da Rede Record, teve participação confirmada no XVII Congresso dos Corretores de Seguros (Conec). O evento é organizado pelo Sindicato dos Corretores de Seguros de São Paulo e conta com três dias de programação intensa para integração e especialização dos profissionais do setor. A partir do dia 6 de outubro ainda acontece a Exposeg.

Durante o XVII Conec, além de todo o conteúdo especial preparado por diversos painelistas, acontecem diversas ações como, por exemplo, o sorteio de nove carros zero quilômetro. As inscrições podem ser feitas pelo valor de lançamento até o dia 15 de abril neste site.

Curso da Escola Nacional de Seguros prepara para exame de proficiência em resseguros

habilitacaocorretores
Getty Images

Candidatos do Rio de Janeiro (RJ) podem se preparar para o Exame para Certificação de Proficiência em Resseguros (CPR 1) por meio do Curso Preparatório da Escola Nacional de Seguros, que terá início em 18 de abril. As aulas serão ministradas pelo gerente geral da Besso RE Brasil Corretora de Resseguros, José Eduardo Teixeira Arias, e pelo consultor da Castro Consultoria em Seguros, Resseguros e Previdência, Roberto Castro. Para participar é necessário ter ensino médio completo e noções de seguros. As aulas terão duração de um mês e o investimento é de duas parcelas de R$ 600,00. Inscrições e outras informações estão disponíveis no www.funenseg.org.br. Exames. A partir de 24 de abril estarão abertas as inscrições para a terceira edição do Exame CPR 1 e para a segunda do Exame CPR 2. As provas estão marcadas para julho. Outras informações podem ser obtidas neste site.

Bradesco Saúde amplia liderança no mercado de saúde suplementar, com destaque para PMEs

Getty Images
Getty Images

Em 2015, a Bradesco Saúde, com sua controlada Mediservice, ampliou a liderança no mercado brasileiro de saúde suplementar, ao crescer 22% em faturamento, sobre o ano anterior, e fechar dezembro com market share de 49,3%. Ao encerrar o ano com faturamento de R$ 18 bilhões, a Seguradora teve como destaque, mais uma vez, a carteira de pequenas e médias empresas. Com expansão de 15,1% em número de clientes, o segmento de SPG (Seguro Para Grupos) passou de 234 mil segurados, em 2008, para 1,06 milhão em 2015, registrando evolução de 355% em sete anos.

Na Região Sudeste, o seguro saúde para pequenas e médias empresas registrou crescimento de 21,6%. Somente em São Paulo, o SPG expandiu 30,3%, na comparação com 2014, totalizando mais de 375 mil vidas seguradas. No ano passado, os paulistas segurados da Bradesco Saúde realizaram mais de 55 milhões de procedimentos, dos quais, mais de 35 milhões de exames e 8,2 milhões de consultas médicas.

Já no Rio de Janeiro, o seguro saúde para pequenas e médias empresas da Bradesco Saúde apresentou evolução de 10%, somando mais de 142 mil vidas seguradas. Ao longo de 2015, os clientes da Bradesco Saúde no Estado realizaram aproximadamente 20 milhões de procedimentos, dos quais, cerca de 12,8 milhões de exames e mais de 3,3 milhões de consultas médicas.

USP e Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre promovem encontro sobre mudanças climáticas

Reprodução
Reprodução

A integração da complexidade das mudanças climáticas aos processos de gestão é o mote do workshop “Tomada de decisão sobre mudanças climáticas, riscos e gestão – Vulnerabilidade hídrica”, realizado entre hoje (12) e amanhã (13), em São Paulo (SP). Com o apoio do Grupo BB e Mapfre, o encontro de especialistas é promovido pelo Grupo de Pesquisa Brasil/IEE/USP do Centro Regional de Mudanças Climáticas e Tomada de Decisões Unesco.

Especialistas do segmento apresentam dados sobre as alterações no meio ambiente, soluções implantadas por outros países e estudos de caso desenvolvidos especificamente para a cidade de São Paulo. O workshop integra a parceria entre o Grupo Segurador e o Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (IEE/USP) para viabilizar encontros técnicos que permitem aprofundar o entendimento do contexto ambiental e climático, reforçando o nosso compromisso com a construção de conhecimento para a melhor gestão dos riscos e oportunidades ambientais, sociais e de governança (ASG) emergentes.

Novo site da Berkley apresenta visual inovador e privilegia acessibilidade

globalbusiness
Stock Images

Sempre atenta às inovações tecnológicas, a Berkley tem investido em novas ferramentas para melhor relacionamento junto a seus parceiros. A companhia acaba de lançar seu novo site institucional, que, entre as novidades, dá destaque aos serviços on-line, hoje disponíveis e personalizados de acordo com seu público ou parceiro de negócio, além de apresentar, de forma clara e objetiva, os produtos disponibilizados em suas linhas de negócio. O site, que é integrado aos demais sistemas da seguradora, apresenta layout moderno, maior velocidade de navegação e possui o conceito de responsividade, ou seja, acessível através de smartphones, tablets e desktops com padrão de tela dos mais variados. O acesso aos espaços personalizados (Corretor, Segurado, Prestador e Assessores) é realizado em um único local, tornando o acesso às informações mais objetivo, dinâmico e seguro. Outra opção para comunicação é o Chat, canal que pode ser utilizado, inclusive, por pessoas que possuem deficiência auditiva. “Nosso objetivo é oferecer a nossos clientes e parceiros uma navegação mais simples, objetiva e maior integração aos módulos disponibilizados, além de permitir conhecimento mais abrangente sobre a corporação Berkley, seus produtos e serviços. A tecnologia é um dos recursos que utilizamos para entregarmos produtos e serviços de qualidade”, destaca o Superintendente de TI, Denilson Pereira dos Santos. Conheça a nova página da Berkley, acesse aqui.

*Com informações de Escola Nacional de Seguros, Diferencial Editoração, CDN e Berkley.

Indra lança solução pioneira para gerenciar o tráfego de drones 283

Indra lança solução pioneira para gerenciar o tráfego de drones

Empresa deve construir espaços altamente digitalizados e automatizados para que os drones voem com segurança nos próximos anos

A Indra apresenta a Air Drones, um conjunto de soluções avançadas para gerenciar o tráfego aéreo de drones em baixa altitude. Trata-se da primeira solução global, capaz de oferecer a flexibilidade e a capacidade de adaptação necessária para gerenciar o tráfego em qualquer nível: local, regional ou de um território completo. A estrutura foi pensada para garantir a segurança das operações aéreas dos aviões não tripulados em regiões urbanas, rurais e de aeroportos, onde as normas de segurança são mais exigentes.

O novo sistema UTM (Unmanned Traffic Management) da Indra será a peça encarregada de organizar todo este tráfego, identificar cada aeronave e controlar seu acesso e movimentações de forma segura. A plataforma foi pensada para integrar soluções de detecção e neutralização de drones, complementando a capacidade de gerenciamento do tráfego aéreo.

Além disso, conta com uma solução UTM Hub, que vai automatizar o fornecimento de serviços centralizados de coordenação para todos os setores, no qual estarão envolvidos: operadores, fornecedores de informação e autoridades.

Por fim, a Indra Air Drones oferecerá um serviço inteligente, altamente digitalizado e automatizado. Dessa forma, será possível facilitar o acesso rápido e simples a qualquer usuário que queira operar seu drone ou sua frota de drones com total garantia de segurança. A liderança da Indra como fornecedora de sistemas de tráfego aéreo torna a companhia capacitada para configurar um espaço UTM deste tipo, com os níveis de segurança necessários.

A solução tem em vista o aumento do fluxo aéreo nos próximos anos, em que a companhia projeta um aumento exponencial no número de aeronaves, com drones de baixo custo junto a outros de caráter profissional muito mais sofisticados, helicópteros, aviões convencionais.

Cuidar dos dentes resulta no bem-estar de todo o organismo 299

Cuidar dos dentes resulta no bem-estar de todo o organismo

MAPFRE Saúde reforça a importância manter o hábito de escovar os dentes corretamente, pelo menos duas vezes por dia

Nesta quarta-feira (20 de março) é comemorado o Dia Mundial da Saúde Bucal, data que tem o objetivo de lembrar e alertar a sociedade sobre a importância de cuidar da saúde da boca, uma vez que, ela está diretamente ligada ao estado geral do organismo, com a estética e até mesmo com a autoestima. Por este motivo, a MAPFRE Saúde ressalta que cuidar adequadamente dos dentes pode trazer benefícios para todo o corpo.

De acordo com o Roberto Cury, médico e responsável técnico pela MAPFRE Saúde, a escovação frequente e correta dos dentes pode reduzir os riscos de problemas de saúde. “Diabéticos, por exemplo, precisam ter um cuidado ainda maior com a dentição. Isso porque esses pacientes têm altos níveis de glicose (principal característica da diabete) na saliva, o que contribui para a proliferação bacteriana, provocando cáries e problemas na gengiva”, comenta.

No mundo, existem diversos programas sobre saúde bucal que podem ser repaginados e implementados no Brasil. Por exemplo, no Japão, existem programas de saúde que têm como prioridade o combate à doença periodontal (que inclui inflamação nas gengivas, sangramento, tártaro, perda de tecido ósseo e mau hálito) que visa também o combate à perda de dentes em adultos e idosos.

Segundo o especialista, entres os riscos da doença periodontal, há aqueles que são modificáveis e os não modificáveis. “O uso de cigarro, condições socioeconômicas, higiene, nutrição, estresse, fatores genéticos e até doenças sistêmicas podem trazer riscos à saúde bucal. Por isso, é fundamental escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, sendo que uma delas deve ser sempre antes de dormir”, afirma Cury.

Para evitar ou tratar problemas como a doença periodontal e também para promover a saúde bucal em todos os seus aspectos, a MAPFRE Saúde – Odontológico conta com uma equipe altamente qualificada, formada por experientes profissionais do mercado e especialistas no ramo da odontologia, tendo como foco a gestão de saúde e a transparência das relações e informações para com os clientes.

Confira algumas dicas para escovar corretamente os dentes:

  • Escolha a escova certa – Existem diversas opções no mercado. Por isso, é indicado optar por aquelas de cerdas mais macias e pontas arredondadas.
  • O creme dental ideal – A escolha pelo creme dental é algo pessoal e, na maioria das vezes, sugerido pela dentista de confiança. Contudo, vale a dica de verificar a quantidade de flúor no produto escolhido, uma vez que ele protege o esmalte dos dentes e evita a ação de bactérias na boca. Esse número deve ser de aproximadamente 1450 ppm.
  • O caminho da limpeza – Realizar os movimentos corretos de limpeza dental é fundamental. Para isso, a dica é que os dentes superiores e inferiores sejam escovados desde as laterais externas (bochechas e lábios), nas laterais internas (dentro da boca) e na sua superfície. A dica é que os movimentos sejam realizados no sentido gengivas para os dentes, em vai-e-vem, a cada dois ou três dentes. A duração ideal de uma escovação deve ser de aproximadamente dois minutos.
  • Troque de escova – Com o uso diário, é comum que as cerdas da escova fiquem desgastadas e abertas. Por isso, recomenda-se que a escova de dentes seja substituída a cada três meses.

Brasilseg lança programa de capacitação para profissionais ligados ao agronegócio 385

Brasilseg lança programa de capacitação para profissionais ligados ao agronegócio

Inédita no mercado segurador, plataforma online de cursos leva conhecimento técnico e comportamental para a formação de peritos, reguladores de sinistros, auditores e prestadores de serviços

Para contribuir com a formação de seus prestadores de serviços e parceiros a Brasilseg, empresa da BB Seguros, criou a Academia Rural, uma escola de formação virtual, de ensino a distância, com foco em seguros para o agronegócio.

Inédita no mercado de seguros, a plataforma reunirá um importante acervo digital de cursos técnicos e comportamentais fundamentais para quem deseja atuar com excelência nesse ramo de seguros.

O primeiro módulo, “Máquinas e construções rurais”, teve o seu conteúdo produzido em parceria com a Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia e já está aberto para inscrições dos peritos e reguladores credenciados pela Brasilseg. Universidades e outras instituições devem colaborar para a construção dos demais, relacionados aos seguros nas modalidades agrícola e pecuário, que devem ser lançados em breve.

De acordo com Paulo Hora, superintendente técnico de seguros rurais da seguradora, há 2 anos a empresa se prepara para o lançamento da plataforma de ensino que, embora esteja voltada aos peritos e técnicos credenciados pela seguradora neste momento, tem o intuito de ser acessada por qualquer pessoa interessada no assunto, a partir da definição de perfis de acesso ao conteúdo. Até o momento, já foram investidos mais de R$ 1 milhão em tecnologia e desenvolvimento de conteúdo.

“Por meio da Academia Rural, a Brasilseg pretende contribuir com a formação de profissionais para atuação nesse ramo, que ainda é carente de programas de formação estruturados. Nossa intenção é que, além da formação mínima necessária para atuação com seguros rurais, os profissionais de diversas áreas como Agronomia, Engenharia Agrícola, Mecânica, Florestal, Veterinária e outras, possam ter em nosso ambiente mais uma opção de capacitação específica, concebida a partir da nossa experiência de anos nesse segmento combinada ao melhor da academia. ”, comenta Hora.

A Brasilseg está realizando um projeto piloto com os peritos, que executam vistorias de máquinas e equipamentos agrícolas para, na sequência, segundo o executivo, expandir para aqueles que atendem o seguro agrícola em diversas culturas.

“Em pouco tempo, além do ensino a distância, incluiremos alguns módulos presenciais, em parceria com instituições, e ampliaremos o público com módulos para os times das redes comerciais, analistas e, por que não, para nossos clientes, produtores rurais, que serão os principais beneficiados por essa iniciativa. ”

Todo o material disponível na plataforma será utilizado para a formação de novos prestadores de serviços em prol do seguro agrícola no Brasil e para constante ampliação da capacitação de profissionais que prestam serviços à seguradora. Os cursos são gratuitos e podem ser acessados por meio deste endereço.

Escola Nacional de Seguros promove Curso Megavendas 317

Escola Nacional de Seguros promove Curso Megavendas

Treinamento apresenta como o funil de vendas e a metodologia spin podem incrementar resultados

A Unidade Rio Grande do Sul da Escola Nacional de Seguros apresenta seu novo curso de vendas. Com o Megavendas, os profissionais de seguros vão aprender como o funil de vendas e a metodologia spin podem incrementar resultados.

Entre os conteúdos, estão as mudanças nas relações comerciais e o que pode-se esperar da próxima década, além de Comunicação persuasiva em vendas. As etapas, desde prospecção até à fidelização para vender mais também serão apresentadas, de forma a transformar o aprendizado em resultados.

O curso é ministrado por Rodrigo Maia, graduado em Comunicação e com especialização em Gestão Empresarial e Recursos Humanos pela PUC do Rio de Janeiro. Com quase 20 anos de experiência em Gestão Estratégica de Recursos Humanos e desenvolvimento de pessoas com foco em competências relacionadas à estratégia do negócio, o especialista ocupou cargos de gestão em grandes empresas, inclusive no exterior.

As aulas acontecem nos dias 12 e 13 de abril. No dia 12, das 16h às 22h, e no sábado, das 8h às 17h. O investimento é de R$ 700 a vista. As aulas serão ministradas na sede da Escola Nacional de Seguros no RS, na Av. Otávio Rocha, 115 – 1º andar – Porto Alegre (RS).

Saiba mais informações pelos telefones: (51) 3224-1965 / 5267 / 6661 ou no e-mail unidaders@ens.edu.br.

Judicialização da saúde cresce 130% 1011

Judicialização da saúde cresce 130%

Problemas com planos de saúde representam 30% da demanda

O número de processos em primeira instância relativos ao direito à saúde, entre 2008 e 2017, subiu 130%. Os dados são do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O aumento geral de processos na instância foi de 50% no mesmo período, para fins de comparação.

Quando incluídos os recursos em segunda instância, os problemas com planos de saúde são responsáveis por 30% dos processos, sendo assim a principal causa de demandas judiciais. O seguro aparece em segundo lugar, com 21,1%, e saúde pública aparece em terceiro, com 11,7%.

“Podemos constatar sem a necessidade de acessar números estatísticos, que a saúde pública no Brasil não consegue atingir a todos, e tanto a saúde pública como particular, por vezes não possuem qualidade em seus serviços prestados – onde justificadamente acarretam ações judiciais em busca do direito violado de um paciente/consumidor. Porém, o que vemos independente disso, é um aumento injustificado e infundado de ações que sequer deveriam ser levadas para o judiciário, que configuram tão somente o enriquecimento ilícito mediante ações judiciais”, explica Ricardo Stival, Graduado em Direito pela Universidade Tuiuti do Paraná, em artigo publicado pelo Conselho Regional de Medicina do Estado do Paraná (CRM-PR).

Ontem, em São Paulo, foi realizada a III Jornada de Direito da Saúde, no Hospital Sírio Libanês. O Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann, destacou pontos importantes como a atuação para reduzir índices de judicialização e aprimorar a orientação aos pacientes sobre as terapias que o SUS já disponibiliza e que são seguras para os pacientes.

Além de Germann, participaram do evento os Ministros Luiz Mandetta e Dias Toffoli, entre outras grandes autoridades de Saúde e da Justiça.