Câmara aprova processo de impeachment 296

Decisão final é do Senado

A Câmara dos Deputados aprovou, em sessão extraordinária, a admissibilidade do processo de impedimento contra a presidente Dilma Rousseff. Ela é acusada por crime de responsabilidade ao realizar empréstimos de bancos estatais sem autorização do Congresso. A prática, conhecida como pedalada fiscal, impactou em 1% do PIB, ante 0,03% em 2002, quando Fernando Henrique Cardoso deixava a presidência. Dilma já argumentou que a diferença de valores está relacionada à expansão da economia brasileira e do Orçamento da União desde a década passada.

Mais de dois terços dos deputados federais decidiram encaminhar o impeachment ao Senado, em uma votação menos expressiva do que a que foi realizada em 1992, quando o então presidente Fernando Collor foi destituído da Presidência de República. Foram ao todo 367 favoráveis ao prosseguimento, ante 137 contrários, 7 abstenções e 2 ausências.


A imprensa internacional repercutiu principalmente o cenário circense, que marcou toda a votação. O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) chegou ao ápice de cuspir em Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Wyllys acusa Bolsonaro de homofobia durante troca de ofensas entre ambos os parlamentares.

Os corretores de seguros também foram destaque durante a sessão. O deputado Lucas Vergílio (SD-GO) enalteceu a categoria que possui quase 100 mil profissionais atuando em todo o país. “Cumpri meu dever com meu povo goiano, com os brasileiros e as gerações futuras”, justificou.

“Dilma não se curvará e lutará até o fim”, diz José Eduardo Cardozo

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Para José Eduardo Cardozo, advogado-geral da União, a decisão foi puramente política e não possui embasamento judicial para caracterizar um crime de responsabilidade que justifique o impedimento de Dilma. Ela deverá se pronunciar oficialmente nesta segunda-feira, quando o governo recorrerá ao Supremo Tribunal Federal para verificar se há justa causa, ou seja, se as questões orçamentárias tratadas na denúncia podem configurar crime.

Consultoria diz que derrota de Dilma é iminente

Assim que o vice-presidente Michel Temer assumir a Presidência da República, haverá um pequeno período de “lua-de-mel” no Brasil. No entanto, esse cenário não irá durar por muito tempo. A opinião é de Ian Bremmer, presidente e fundador da consultoria de risco político Eurasia. “Os problemas estruturais da economia brasileira permanecem em seu lugar, e uma mudança na liderança política não muda isso”, diz. Para ele, vitória do impeachment é evidente. “Na chance improvável de Dilma sobreviver à votação, ela tentará fazer um pacto de unidade nacional com os partidos centristas, que não vai funcionar”, afirma ao portal O Financista.

Novas eleições

Cresce no Partido dos Trabalhadores, o PT, o movimento que apoia a redução do mandato de Dilma Rousseff para que novas eleições sejam realizadas. “O Temer não possui legitimidade. Ele se aproveitou de manifestações populares para assaltar o poder”, comentou Lindberg Farias, do PT-RJ.

E agora?

Divulgação
Divulgação

O processo aprovado na Câmara passa agora para o Senado, que dará o veredito final. Uma comissão especial será formada e os senadores devem decidir sobre a admissibilidade das denúncias, para que aí sim, Michel Temer assuma a Presidência da República de forma interina. Dilma pode ser investigada por até 180 dias, prazo que pode ser usado pela defesa da presidente para provar que as pedaladas fiscais não configuram crime de responsabilidade.

“Esta aventura ainda poderá ser detida pelo Senado Federal, onde será travada a próxima e decisiva batalha em favor do resultado eleitoral de 2014”, diz nota oficial do PT

O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, divulgou nota sobre a aprovação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. “As forças mais reacionárias do país venceram a primeira batalha para a deposição da presidenta Dilma Rousseff, ao aprovarem — sob o comando do réu Eduardo Cunha e as promessas do vice conspirador — a admissibilidade do processo de impedimento na Câmara dos Deputados”, contou.

Leia a nota, na íntegra:

Hoje a infâmia e o golpismo feriram a democracia, rasgando a Constituição

As forças mais reacionárias do país venceram a primeira batalha para a deposição da presidenta Dilma Rousseff, ao aprovarem — sob o comando do réu Eduardo Cunha e as promessas do vice conspirador — a admissibilidade do processo de impedimento na Câmara dos Deputados.

Os golpistas violentam a soberania das urnas para impor seu programa de restauração conservadora, com ataques aos direitos dos trabalhadores, cortes nos programas sociais, privatização da Petrobrás, arrocho dos salários, repressão aos movimentos sociais e entrega das riquezas nacionais.

Ao romperem com a regra constitucional, as velhas oligarquias conspiram para tomar o poder de assalto e forjar um governo ilegítimo, marcado pelo arbítrio.

Esta aventura ainda poderá ser detida pelo Senado Federal, onde será travada a próxima e decisiva batalha em favor do resultado eleitoral de 2014.

O Partido dos Trabalhadores conclama todos os homens e mulheres comprometidos com a democracia para que se mantenham mobilizados, ocupando as ruas contra a fraude do impeachment.

Nossa missão é defender a Constituição contra a aliança dos barões da corrupção, da mídia e da plutocracia, que tenta sequestrá-la.

A mobilização popular e democrática — cuja continuidade apoiamos e reforçaremos — é a única resposta possível diante do golpe que se trama nas sombras do Estado e nos esconderijos das elites endinheiradas.

Não permitiremos que a democracia, conquistada pela luta e a vida de tantos patriotas, seja destruída pelo ódio dos que sempre combateram o protagonismo e a emancipação do povo brasileiro.

Rui Falcão
Presidente Nacional do PT

*Com informações de Estadão, Folha de São Paulo, O Financista e Agência PT Notícias.

Santander abre 1,1 mil vagas de estágio em empresas-clientes 325

Santander abre 1,1 mil vagas de estágio em empresas-clientes

Desde 2016, o Programa Universitário-Empresas contemplou 3.210 universitários

O Santander Brasil abre 1,1 mil oportunidades de estágios em pequenas e médias empresas-clientes do Banco em todo o País. O estágio tem duração de quatro meses e carga horária de quatro horas/dia. Uma bolsa auxílio-estágio será paga pelas empresas-clientes do banco e o Santander apoiará com uma bolsa de estudos para ajudar os participantes no pagamento da mensalidade da faculdade, material didático e/ou outros custos relacionados.

A disponibilidade de vagas faz parte do Programa Universitário-Empresas, que teve início em 2016, por uma iniciativa do segmento Negócios & Empresas em parceria com o Santander Universidades. Já foram contemplados 3.210 universitários e mais de 8 mil empresas se inscreveram para participar do programa no período.

“Queremos aproximar nossos clientes aos grandes centros de ensino e de pesquisa do tecnológica do Brasil. Ao mesmo tempo que apoiamos a formação prática dos estudantes por meio de sua preparação para o mercado de trabalho”, afirma José Teixeira, diretor de Empresas e Governos & Instituições do Santander Brasil. O Programa Universitário-Empresas faz parte do Programa Avançar, oferta não-financeira que tem como objetivo apoiar o crescimento das pequenas e médias empresas, clientes e não-clientes.

“No ano passado, tivemos quase 62 mil universitários inscritos, aumento de 14% ante o número de 2017 e 50% dos contemplados acabaram sendo efetivados ou tiveram seus contratos renovados diretamente com as empresas-clientes, o que comprova o sucesso da ação e incentivo para sua continuidade”, ressalta Steven Assis, Head do Santander Universidades.

As pequenas e médias empresas-clientes do Banco que desejam ter um estagiário podem se inscrever no site do Santander Negócios & Empresas, na aba Construindo Equipes > Programa Universitário-Empresas, onde também encontrarão os critérios de elegibilidade para participação.

Já os universitários interessados, que podem ser de qualquer curso e região do País, deverão consultar as vagas e se candidatar no aplicativo Santander Universitário, disponível em iOS e Android, a partir de 04 de fevereiro. A Universia, empresa do Grupo Santander, atuará como agente integrador no Programa e terá como papel principal auxiliar as partes no processo administrativo do estágio.

O Santander Brasil é um dos líderes em financiamento a PMEs no País. Registra crescimento de 10,1% em sua carteira de crédito em setembro de 2018 ante o mesmo período de 2017, somando um montante de R$ 36,269 bilhões.

O Banco também é a empresa privada que mais investe em apoio à educação no mundo (Relatório Varkey / UNESCO-Fortune 500), por meio do Santander Universidades, com mais de 1.200 acordos de colaboração com universidades e instituições acadêmicas em 21 países. Desde 2002, a entidade destinou mais de €1.6 milhões de euros a iniciativas e programas acadêmicos.

Soluções inovadoras deixam corretoras de seguros mais competitivas 183

Soluções inovadoras deixam corretoras de seguros mais competitivas

Fidelização ajuda na manutenção do negócio

A Cashback Solutions, solução global que entrega a possibilidade de uma PME criar seu próprio programa de fidelidade de forma diferenciada a um bom custo-benefício, comercializa soluções para o mercado de seguros e deixa as corretoras que apostam em soluções de fidelização mais competitivas. A Cashback Solutions faz parte da maior comunidade internacional de compras Cashback World e possui negócios ativos em todas as regiões do País.

A solução permite que a corretora tenha um sistema que roda todo em plataforma web sem vínculo a meios de pagamentos; proporciona integração com CRM e ferramentas de comunicação com os clientes. Também oferece benefícios atrativos, como o Bônus de Marketing, no qual a empresa fatura também engajando seus clientes a realizarem compras em outras empresas parceiras da comunidade global da Cashback World. Além disso, a empresa ganha visibilidade por participar de um programa global com muitas oportunidades B2B.

“O mercado de seguros poderá oferecer diferentes experiências para os clientes com a Cashback Solutions, é uma oportunidade de ir além e inovar. E o consumidor, além de ter o patrimônio protegido, poderá desfrutar de benefícios de compras como o Cashback – até 5% do valor da compra de volta depositado na própria conta bancária e Shopping Points que podem ser resgatados em ofertas exclusivas na forma de bens ou serviços específicos (Shopping Points Deals) ao fazerem parte da Cashback World”, explica o diretor geral da myWorld – operadora Cashback World no Brasil, Davi Damazio.

Entre as corretoras de seguro que já são clientes da Cashback Solutions está a Weeseg Tecnologia, corretora que está há 30 anos no mercado em São José dos Campos e buscava algo novo para oferecer aos seus clientes. “Fazer um seguro é algo que considero muito analógico para os dias atuais; meu desejo era oferecer algo a mais para os meus clientes e por isso busquei por uma empresa que pudesse me apoiar nesta missão”, afirma José Roberto, proprietário da Weeseg Tecnologia. “Quando conheci a Cashback Solutions vi que meus clientes teriam acesso a benefícios reais e isso foi o que me motivou”, afirma o executivo.

A Weeseg também viu sua receita crescer ao ver seus clientes fazendo compras em outras Empresas Parceiras que estão inseridas na comunidade. “Hoje a receita da minha empresa advém não somente da venda de seguros, mas também, do consumo dos Afiliados que chegaram à comunidade de compras por meio da Weeseg”.

“Eu estava buscando um programa de fidelidade que oferecesse mais do que um mero carimbo em cartões de papel. A Cashback Solutions permitiu oferecer o Cashback e assim, devolver dinheiro para os clientes, que agora estão também conectados a uma comunidade global de compras que é a Cashback World”, finaliza.

Susep autoriza Santander e HDI a operar seguradora digital de automóveis 489

Susep autoriza Santander e HDI a operar seguradora digital de automóveis

Negócio deve iniciar com R$ 15 milhões de capital social

No Diário Oficial da União (DOU) do último dia 11 de janeiro a Superintendência de Seguros Privados (Susep) concedeu autorização para operação da Santander Auto. A seguradora, totalmente digital, vai operar no seguro de danos em todo território nacional.

O capital social da Santander Auto é de R$ 15 milhões e o controle acionário e a ingerência efetiva dos negócios são realizados pela HDI Seguros e pelo Banco Santander (Brasil). A joint venture já havia recebido o sinal verde do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em abril de 2018.

Tokio Marine patrocina “Nunca Fomos Tão Felizes” e garante descontos aos segurados 488

Tokio Marine patrocina "Nunca Fomos Tão Felizes" e garante descontos aos segurados

Companhia reforça seu compromisso com o incentivo à cultura

A Tokio Marine, uma das principais seguradoras do País, amplia seu compromisso com o incentivo à cultura e em oferecer benefícios exclusivos para seus segurados, com o patrocínio de mais um espetáculo. A peça “Nunca Fomos Tão Felizes”, produzida pela Applauzo e Lugib, estará em cartaz entre 18 de janeiro e 17 de março, no Teatro Itália, e os clientes da Tokio Marine poderão prestigiar a apresentação com 50% de desconto.

“Nunca Fomos Tão Felizes” é um suspense que se passa no inverno de 1962. Na peça, o que era para ser um jantar de comemoração, se torna uma noite de verdades descobertas, que revelam a perturbadora face de cada um dos personagens.

Recentemente, outros grandes espetáculos teatrais contaram com o patrocínio da seguradora, como Chaplin, Lisbela e o Prisioneiro e Roque Santeiro, e o musical Elza, que inicia 2019 com novas apresentações confirmadas em Natal, no Recife e no Rio de Janeiro.

Os ingressos com desconto podem ser adquiridos pela internet ou na bilheteria do teatro e a carteirinha de segurado Tokio Marine deve ser apresentada no momento da compra ou no dia do espetáculo. O benefício é válido para até quatro ingressos inteiros.

Serviço

Peça: Nunca Fomos Tão Felizes
Data: de 18 de janeiro a 17 de março de 2019.
Local: Teatro Itália.
Endereço: Av. Ipiranga, 344 – República, São Paulo, SP.
Classificação: 12 anos.

Site para compra de ingressos: Clique aqui.
Texto e direção: Dan Rosseto.
Direção de produção: Fábio Câmara.
Elenco: Eduardo Martini, Larissa Ferrara, Luccas Papp, Mateus Monteiro e Nicole Cordery.
Realização: Applauzo e Lugibi.
Patrocínio: Tokio Marine.
Mais informações: Site do Teatro Itália.

MetLife é seguradora destaque entre as 50 empresas mais amadas do Brasil 522

MetLife é seguradora destaque entre as 50 empresas mais amadas do Brasil

Metlife é a 42ª mais amada, sendo a única seguradora no ranking das companhias mais bem avaliadas pelos profissionais na plataforma Love Mondays

A MetLife, uma das principais empresas de serviços financeiros no mundo, acaba de ser eleita uma das empresas mais amadas do Brasil pelos seus funcionários, com a nota de satisfação geral de 4,1, segundo o ranking 2019 publicado pela Love Mondays, com destaque especial para o quesito de remuneração e benefícios.

A classificação é realizada de acordo com a nota das avaliações espontâneas e anônimas registradas na plataforma pelos próprios profissionais das empresas, considerando os seguintes aspectos: remuneração e benefícios, oportunidade de carreira, cultura da empresa e qualidade de vida. O ranking “A Mais Amada” da Love Mondays está em sua quarta edição.

“Fico muito feliz com o reconhecimento pelos nossos funcionários e ex-funcionários, o que só nos motiva ainda mais a continuarmos nosso trabalho para proporcionar um ambiente de trabalho com diversidade, agradável, produtivo e desafiador para que nossos talentos se desenvolvam e sintam-se felizes em estarem conosco. O prêmio é mais uma comprovação de que estamos em um bom caminho” comenta Raphael de Carvalho, presidente da MetLife.

Criado em 2016, o ranking é composto por duas listas: as 50 Grandes Empresas Mais Amadas e as 30 PMEs Mais Amadas. Para ser elegível ao ranking das grandes empresas, é preciso ter mais de 501 funcionários globalmente e somar pelo menos 50 avaliações entre 1º de janeiro e 30 de novembro de 2018; para as PMEs, são consideradas empresas com menos de 500 funcionários e o número mínimo exigido é de 15 avaliações no período.

Para chegar aos ambientes de trabalho mais amados, considera-se a nota média de satisfação geral atribuída pelos usuários do Love Mondays. As notas vão de 1 a 5, sendo 1 muito insatisfeito e 5 muito satisfeito. Neste ano, foram consideradas mais de 153 mil avaliações.