Giro do Mercado: BTG vende controle da Pan Seguros 662

BTG vende controle da Pan Seguros e Corretora

Reprodução
Reprodução

O BTG Pactual anunciou acordo para vender sua participação de 51% na Pan Seguros e na Pan Corretora para a francesa CNP Assurances, por R$ 700 milhões. A venda está sujeita a ajustes vinculados ao desempenho das companhias até a data de conclusão da operação. O banco estava em negociações exclusivas com a CNP Assurances desde janeiro, depois que o grupo francês superou ofertas de seguradoras que incluíam AXA e MetLife.

O BTG, que tinha assumido o controle da Pan Seguros no ano passado, está vendendo ativos desde a prisão de seu fundador André Esteves, no ano passado. Esteves deixou a penitenciária de Bangu 8, no Rio, em 18 de dezembro para cumprir prisão domiciliar. O restante da Pan Seguros é detido pela Caixapar, braço de investimentos da Caixa, que é sócia da CNP Assurances na Caixa Seguradora.

Escola Nacional de Seguros recebe prêmio por referência em formação profissional 

Stock Images
Stock Images

A Escola Nacional de Seguros recebeu o prêmio Segurador Brasil, na categoria “Referência na Formação Profissional Segmentada”, pelos 45 anos de atuação em prol do desenvolvimento dos profissionais de seguros. A Instituição foi representada na cerimônia de entrega, realizada no dia 14 de abril, pelos dirigentes Renato Campos (diretor executivo), Claudio Contador (diretor do Centro de Pesquisa e Economia do Seguro – CPES) e Carla Pieroni (superintendente de Comunicação e Marketing).

Bradesco Seguros incentiva cotações com reconhecimento

Getty Images
Getty Images

A Sucursal Porto Alegre reconhecerá, no início do mês de maio, os 25 melhores corretores em volume de Cotação X Conversão do Seguro Auto Bradesco do mês de abril. Participam todos os corretores cadastrados na Sucursal Porto Alegre. São elegíveis os corretores que atingirem no mínimo 50 cotações de Auto no mês de abril. No início de maio, os 25 corretores com melhor índice % de conversão de negócios (mínimo de 50 cotações), serão convidados para um delicioso jantar. Os corretores presentes estarão representando seus funcionários que fazem a cotação na corretora. “No jantar serão sorteados prêmios para os funcionários das corretoras e faremos as entregas pessoalmente”, afirma a nota divulgada. O acompanhamento da campanha pode ser feito através do relatório de Cotações On-line (COL), que mede o número de cotações e conversões realizado pelo corretor, consulte sua assessoria ou seu gerente comercial.

Painel sobre Responsabilidade Civil é destaque do Seminário de Seguros, realizado em Santa Maria

William Anthony/JRS
William Anthony/JRS

Realizado no dia 7 de abril, em Santa Maria, o 1º Seminário Regional do Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul foi aprovado pela imensa maioria dos participantes. Todos foram convidados para avaliar o evento e opinar sobre os temas. A grande maioria destinou elogios à organização, pelo alto nível de conhecimento dos painelistas e aos assuntos escolhidos, com destaque para a “Responsabilidade Civil”.

Recebemos várias sugestões de temas para a próxima edição do Seminário Regional, que acontecerá em Caxias em junho, como esta: “abordar os riscos de baixa aceitação das seguradoras, riscos restritos, frente as oportunidades de negócio, como o seguro rural e máquinas agrícolas, por conta da realidade dos estados do Sul que tem um histórico econômico baseado na agricultura e pecuária”. “As avaliações e sugestões serão analisadas e levadas em conta para o próximo seminário regional, marcado para o mês de junho em Caxias do Sul. Vamos nos esforçar em produzir um evento mais completo ainda”, conta Ricardo Pansera, presidente da entidade.

KLP Soluções em Seguros abre novo escritório na capital paulista

Reprodução
Reprodução

Na onda do crescimento do setor, a KLP Soluções em Seguros inaugura neste mês seu novo escritório no  coração de São Paulo, na Avenida Paulista. A expansão marca o aniversário de três anos de operação da corretora, oriunda de Santos (SP) e responsável pela administração de 40 mil vidas. Com investimento de R$ 1 milhão até o final de 2016, o CEO da KLP, Keyton Pedreira, pretende aumentar em 25% as vendas deste ano, alcançando R$ 70 milhões em prêmios.

*Com informações de G1, VTN e das respectivas assessorias de imprensa das empresas citadas.

A importância do consultor comercial nas estratégias de venda 510

A importância do consultor comercial nas estratégias de venda

Confira artigo de Giordania Tavares, diretora da Rayflex

Com um mercado cada vez mais competitivo, ter profissionais na linha de frente, dispostos a ouvir, entender e auxiliar nos problemas dos clientes é, sem dúvida, um grande diferencial. Antes de oferecer, logo de imediato, qualquer que seja o produto ou serviço, é preciso ter em mente se o que está sendo apresentado é realmente relevante e faz sentido naquele momento. A venda, por si só, não fideliza o maior ativo de uma empresa, o cliente. É preciso, antes de tudo, fornecer aquilo que ele necessita, respeitando suas características, anseios e objetivos, gerando, portanto, valor agregado em cada bem comercializado.

É neste contexto que o consultor comercial vem para agregar à estratégia de vendas. Conhecido também como consultor técnico, é o responsável por manter a imagem da empresa que representa, identificando as necessidades reais de cada cliente e analisando, assim, sua operação como um todo, de forma a identificar o melhor equipamento para aquela demanda. Algumas características pessoais vem bem a calhar para este profissional, como ter perfil analítico e observador, além de ser capaz de desenvolver habilidades de vendas e comunicação, planejamento e organização, gerenciamento de tempo e conceitos básicos de contabilidade.

Pode até soar exigência determinadas características, mas elas são imprescindíveis para o sucesso da empresa. Vale a pena, portanto, investir em treinamentos para a equipe, pois é uma maneira de capacitar a todos para entender os diferenciais entre cada produto e quais têm relação com a operação do cliente. É importante ter claro que um equipamento sem o rendimento ideal e que não atende a expectativa é sim sinônimo de uma má venda, pois reflete em descontentamento. A reciclagem anual dos profissionais também é bem-vinda e pode ser feita por meio de encontros presenciais ou até webconferências, desde que haja interação e alinhamento entre a empresa e seus consultores.

Nessa profissão, a capacidade de criar e ampliar o networking, prestar um atendimento diferenciado e saber explorar as potencialidades dos produtos é fator decisivo para conquistar os resultados almejados. Planejar e executar adequadamente o pós-venda também se mostra cada vez mais determinante para que os clientes voltem a adquirir o produto ou serviço e façam recomendações positivas do mesmo. Este profissional é de extrema importância para que a empresa conquiste ainda mais clientes e feche bons contratos e também para que seus produtos se tornem conhecidos pelo público.

Prudential do Brasil Vida em Grupo realiza primeiro workshop colaborativo com corretores de seguros 483

Prudential do Brasil Vida em Grupo realiza primeiro workshop colaborativo com corretores de seguros

Ação, que acontece em São Paulo e no Rio de Janeiro, tem o objetivo de otimizar o processo de comercialização dos seguros de vida em grupo a partir da troca de experiências entre a companhia e os corretores

A Prudential do Brasil Vida em Grupo acaba de realizar o VG Lab, primeiro workshop colaborativo da empresa com corretores de seguro. A ação, que aconteceu na última terça-feira, 13 de agosto, em São Paulo e terá uma edição no próximo dia 19 de agosto, no Rio de Janeiro, tem o objetivo de otimizar, ainda mais, o processo de comercialização dos seguros de vida em grupo a partir da troca de experiências entre a companhia e os corretores.

Durante o encontro em São Paulo, conduzido em parceria com a Laje Consultoria, especialista em inovação e aprendizagem para organizações, profissionais da Prudential e cerca de 20 corretores habilitados para comercializar os produtos da companhia participaram de dinâmicas com base nas técnicas de Design Thinking, a partir das quais o grupo levantou uma série de ideias, oportunidades e desafios existentes no processo de venda. O resultado foi uma enriquecedora experiência para incrementar a rotina de trabalho.

“O VG Lab representa uma forma inovadora de aproximação da Prudential do Brasil com corretores de seguros na medida em que podemos encontrar, juntos, ferramentas e mecanismos que ampliam ainda mais a qualidade das vendas e a proximidade com os segurados. A iniciativa também fortalece a parceria com os corretores e permite estabelecermos em conjunto o crescimento sustentável no nosso ramo de atuação”, destaca o vice-presidente de Vida em Grupo da Prudential do Brasil, Carlos Guerra.

Divulgação
Divulgação

Para Natan Zalcman, proprietário da Zalcman Corretora de Seguros, o evento pode ser visto como um marco importante para a relação de parceria entre seguradoras e corretores de seguros. “Em 20 anos de experiência no mercado segurador, posso dizer que o movimento de proximidade com os corretores de seguros normalmente acontece de forma unilateral, com as seguradoras promovendo encontros com modelos já embalados de informações sobre produtos e sistema de vendas. O fato de ter esse convite para ouvir o nosso feedback é muito positivo e amplia ainda mais a nossa confiança na companhia”, ressalta.

O primeiro VG Lab da Prudential do Brasil também contou com um quiz ao final do workshop, no qual os corretores vencedores ganharam prêmios como produtos para a casa e um par de ingressos para o Rock in Rio 2019, o maior festival de música e entretenimento do mundo, o qual a Prudential do Brasil será a seguradora oficial este ano. Por fim, o grupo ainda participou de um descontraído happy hour.

O próximo VG Lab será no Rio de Janeiro, dia 19 de agosto, às 13h, no Hotel Prodigy – Santos Dumont (Av. Almirante Silvio de Noronha, nº 365). Após o encontro, também haverá happy hour exclusivo para os participantes convidados no charmoso Xian, que possui uma bela vista para um dos principais cartões-postais da cidade: o Pão de Açúcar.

Encontro de Líderes integra lideranças da Previsul de todo o Brasil 693

Encontro de Líderes integra lideranças da Previsul de todo o Brasil

Encontro foi realizado no Hotel Estância Estribo

A Previsul Seguradora reuniu nesta quarta, quinta e sexta-feira (14 a 16 de agosto) cerca de 65 líderes de todo o Brasil, entre gerentes, coordenadores, diretores e o presidente, Renato Pedroso, no Encontro de Líderes. Durante o evento, realizado no Hotel Estância Estribo, em Santo Antônio da Patrulha (RS), eles participaram de palestras e dinâmicas que reforçaram o posicionamento de inovação, a partir das lideranças.

Um dos destaques da programação foi a palestra sobre tecnologia e inovação, com o escritor Marcos Piangers, e o workshop com a Aerolito, um laboratório de exploração de cenários futuros, que ajuda pessoas e organizações no processo de absorção de um mindset digital e pós-digital.

Fernando Moraes (diretor de RH), Andréia Araújo (diretora de Negócios e Marketing), Marcos Piangers, Renato Pedroso, Thiago Soares (diretor Técnico) e João Paulo Mirosvick (diretor de Operações) / Foto: Salomão Cardoso
Fernando Moraes (diretor de RH), Andréia Araújo (diretora de Negócios e Marketing), Marcos Piangers, Renato Pedroso, Thiago Soares (diretor Técnico) e João Paulo Mirosvick (diretor de Operações) / Foto: Salomão Cardoso

“Somos uma seguradora orientada para o futuro. Isso significa que em nosso presente estamos constantemente em evolução para sermos cada vez mais completos. E acreditamos que esse movimento começa pelo exemplo dos nossos líderes, em buscar sempre inovar e estimular as equipes em colaborar para esse ambiente de evolução”, afirma o presidente Renato Pedroso.

Foto: Salomão Cardoso / Divulgação
Foto: Salomão Cardoso / Divulgação

Na avaliação do diretor de RH, Fernando Moraes, manter as lideranças unidas, alinhadas e trabalhando em conjunto é fundamental. “Os líderes precisam saber que são parte essencial da empresa. São eles que orientam os colaboradores e dão os devidos direcionamentos para todas as equipes, para que a companhia tenha uma entrega cada vez mais eficiente”, observa.

A diretora de Negócios e Marketing, Andréia Araújo, destaca que é importante que os líderes estejam reunidos para entregar as melhores soluções para os parceiros corretores. “Este é um momento especial e dedicado aos nossos líderes. Além de um momento de aprendizado e troca de conhecimento, é uma oportunidade para pensar e olhar as coisas de uma forma diferente, trazendo mais inovação para o dia a dia dos profissionais”, afirma.

Com 113 anos de atuação, a Previsul Seguradora é referência em seguro de pessoas no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, com aproximadamente 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul.

CIST vai debater Lei Geral de Proteção de Dados e Responsabilidade Civil Geral do Operador Portuário 595

CIST vai debater Lei Geral de Proteção de Dados e Responsabilidade Civil Geral do Operador Portuário

Encontro acontece no dia 22 de agosto com duas temáticas

Divulgação
Divulgação

O próximo workshop do Clube Internacional de Seguros de Transportes (CIST) será realizado no dia 22 de agosto e terá dois temas bem diferentes: “Lei Geral de Proteção de Dados e Responsabilidade Civil Geral Operador Portuário”. O evento – que conta com apoio da Buonny, Guep, Grupo Fox, Grupo Golden Sat e Munich Re – tem como objetivo promover o desenvolvimento da cultura de gestão de riscos e seguros no Brasil, e capacitar trabalhadores desses segmentos.

A primeira palestra será sobre “Lei Geral de Proteção de Dados, os Impactos no Mercado de Seguro e Transporte de Carga”. Quem apresentará esse painel será Márcia Cicarelli, sócia da área de Seguros e Resseguros do Demarest. Mestre em Direito Civil pela Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduada em Seguros e Resseguros (FGV), com experiencia em todos os ramos do segmento de seguros, além de atuação docente em Direito Civil, PUC-SP, professora convidada da USP e Direito Securitário Funenseg para seguros e resseguros.

O segundo painel abordará “Responsabilidade Civil Geral Operador Portuário – Riscos Intrínsecos da Operação e Desafios do Setor”. O palestrante será Christian Smera, sócio administrador da Smera-BSI Claims Group, advogado e regulador militante no segmento de avarias marítimas. Ele também é membro correspondente da Associação Mundial dos Reguladores de Avarias Marítimas e parceiros institucionais do escritório jurídico MCLG.

Serviço:

Data: 22 de agosto de 2019
Horário: 08h30 às 12h30
Local: São Paulo Center
Endereço: Av. Lineu de Paula Machado, 1088/1100 – Cidade Jardim
Investimento: R$ 80 para sócios / R$ 100 para não sócios
Mais informações: neste endereço.

SulAmérica integra o índice FTSE4Good da bolsa de valores de Londres pelo terceiro ano consecutivo 579

Tomás Carmona, superintendente de Sustentabilidade da SulAmérica / Divulgação

Seguradora apresentou desempenho acima da média no setor

A SulAmérica foi confirmada novamente no FTSE4Good, reconhecido como um dos mais importantes índices internacionais de sustentabilidade e que tem como base dados domínio público, tais como relatórios financeiros e de sustentabilidade, atendendo aos rígidos critérios de seleção que analisam cerca de 300 indicadores diversos.

O FTSE4Good é aferido pela Financial Times Stock Exchange (FTSE) Russell, uma divisão da bolsa de valores de Londres. Ele é composto por empresas com fortes práticas ASG (ambiental, social e de governança) e norteia uma ampla variedade de participantes do mercado para criar e avaliar fundos de investimento responsáveis e outros produtos.

Com base na pontuação obtida, a companhia apresentou desempenho acima da média comparado ao setor de seguros e do país.

“Nosso desempenho, traduzido em um índice extremamente importante, demonstra que nossas políticas e processos, pautados nos critérios ASG, conduz a SulAmérica para uma solidificação da marca cada vez maior, sendo reconhecida tanto pela sustentabilidade nos negócios quanto no impacto positivo que causa na sociedade”, afirma o superintendente de Sustentabilidade da seguradora, Tomás Carmona.

Tomás, que também é membro do conselho do PSI (Princípios para a Sustentabilidade em Seguros) – programa das Nações Unidas (ONU) que tem como objetivo servir como um framework para analisar riscos e oportunidades ambientais, sociais e de governança corporativa para a indústria de seguros global -, acredita que a integração no índice é um atrativo para investidores.