Giro: Área de seguros é próximo alvo do capital chinês 871

Os destaques desta segunda-feira, 25 de abril

Área de seguros é próximo alvo do capital chinês

Getty Images
Getty Images

Empresas chinesas anunciaram, desde o início de 2015, nove operações de fusão e aquisição de seguradoras estrangeiras, colocando o setor como o “próximo alvo do capital chinês”, noticia hoje a imprensa estatal. No conjunto, os negócios ultrapassam os US$ 8,4 milhões, um acréscimo de 280%, face a 2014, segundo dados da consultora Dealogic, citados pelo jornal oficial China Daily.

“A tendência evidencia a ambição de conglomerados chineses ricos, como a seguradora Anbang e o grupo Fosun International, em construir um império de investimentos focado no setor dos seguros”, destaca o artigo.

Ambos os grupos quiseram comprar o Novo Banco, numa corrida em que participou também o fundo de investimento norte-americano Apolo, mas nenhum conseguiu chegar a acordo com o Banco de Portugal. Em 2014, o Fosun adquiriu o Fidelidade, que detém cerca de 30% do mercado segurador português, num negócio que o China Daily aponta como um dos mais “proeminentes” do grupo. Entretanto, passou a controlar também o grupo Luz Saúde (anteriormente do Grupo Espírito Santo), dono de 18 unidades hospitalares em Portugal.

Este fluxo de investimentos surge numa altura em que as seguradoras europeias “se deparam com exigências regulatórias mais rigorosas e taxas de juro baixas, que reduziram os retornos dos seus investimentos”, conclui o China Daily, que cita diferentes analistas.

Os setores da energia e dos recursos naturais eram até há poucos anos os destinos quase exclusivos do investimento chinês além-fronteiras. As áreas dos serviços e da tecnologia têm, no entanto, assumido maior preponderância, refletindo a transição da economia chinesa para um modelo mais eficiente e assente no consumo.

Alexandre Boccia será consultor de negócios exclusivo da AXA

Reprodução
Reprodução

A AXA no Brasil anuncia a chegada de Alexandre Boccia. Com anos de experiência em grupos seguradores, ocupando posições de liderança, como CEO de Vida, Previdência e Capitalização na Zurich Insurance Group, CEO do Group BNP Paribas Cardif para Espanha e Portugal e antes no Brasil, Vice-presidente da ACE Latin America, Boccia atuará como consultor de negócios exclusivo da AXA. Boccia terá como principal foco de atuação a área de Affinity e Vida. Para o desafio, Boccia constituiu a consultoria AB Partners, que será responsável pela prospecção e condução dos negócios para a AXA.

Sindicato pede que MPT investigue McDonald’s por fraude na concessão de planos de saúde

Reuters
Reuters

O Sinthoresp (Sindicato dos Empregados em Hospedagem e Gastronomia de São Paulo e Região) pediu ao MPT que investigue as irregularidades cometidas pela Arcos Dourados, franqueadora do McDonald’s, na concessão dos planos de saúde e odontológico. Segundo denúncia do sindicato, o McDonald’s promete os benefícios nos anúncios de suas vagas de emprego, mas só libera a utilização pelos trabalhadores após seis meses da contratação.

Além disso, o McDonald’s paga o menor piso salarial – destinado às empresas que concedem o plano de saúde gratuito -, porém desconta mensalmente os valores do benefício de seus empregados.

Prazo para entrega do IR esta semana

Reprodução
Reprodução

O prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda 2016 (ano-base 2015) termina às 23h59min59seg desta sexta-feira, 29 de abril. Portanto, resta apenas alguns dias para quem pretende declarar dentro da data limite. Se a declaração for enviada à 0h de 30 de abril, já é considerado atraso, e o contribuinte terá de pagar multa de 1% do imposto devido ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74, e o máximo é de 20% do imposto devido.

Se deixar para a última hora, há risco de a página da Receita congestionar e não conseguir entregar o documento. Também pode faltar algum documento e não haver tempo suficiente para conseguir obter uma nova via. Organize-se e reúna todos os documentos necessários.

Senado elege comissão do impeachment hoje

Agência Senado
Agência Senado

O plenário do Senado elege, a partir das 14h de hoje, os 21 membros titulares e 21 suplentes da comissão especial que analisará as acusações contra a presidente Dilma Rousseff no processo de impeachment. Segundo levantamento realizado pelo Estadão já existem votos suficientes para admissão do processo que julgará a presidente. Caso isso ocorra, ela fica afastada por 180 dias e o vice-presidente Michel Temer assume a Presidência da República.

EXTRA: MetLife anuncia novo diretor comercial para o interior de São Paulo

Divulgação
Divulgação

A MetLife, líder global em soluções para vida, previdência e planos odontológicos, ganha mais um reforço com a chegada de Jaime Neto como novo diretor comercial da companhia para o interior de São Paulo. O executivo será responsável pelo desenvolvimento das estratégias de vendas para o canal de corretores na região.

Com sólida experiência na área comercial de seguros e benefícios, Jaime atuou como diretor comercial na ACE desenvolvendo a estratégia para clientes corporativos. Anteriormente, atuou no Itaú como gerente regional a frente da equipe comercial com foco na regiões de Minas Gerais e Centro-oeste. Jaime Neto é formado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas) em Engenharia Eletrônica e de Telecomunicações, possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas.

*Com informações de Notícias ao Minuto, MSL Group, JusBrasil, UOL Economia, G1 e Grupo Máquina.

Neo Executiva reestrutura processos com foco na inovação ao cliente 4369

Corretora de 11 anos conta com atuação nacional

A Neo Executiva está aproveitando, em todas as nuances possíveis a uma corretora do segmento, as novas oportunidades que se abrem em decorrência dos hábitos que vêm surgindo durante o distanciamento social, provocado pela pandemia do coronavírus. Por exemplo: o home office facilitou, de forma indireta, o pessoal da empresa a redesenhar as estruturas internas e a modernizar os processos de trabalho. Estando em isolamento social e resguardados, gestores e colaboradores passaram a pensar, em casa, na renovação dos fluxos da corretora.

Além disso, os temores e incertezas decorrentes da covid-19 mudaram o perfil do consumidor, no que diz respeito à percepção dele quanto à importância do seguro de vida para as famílias. E isso foi captado pela Neo Executiva, a qual, a partir dessa constatação, passou a deslanchar um projeto de inovação na prestação de serviços da empresa. “Inovação está presente em cada pensamento, em cada atitude, em cada projeto. Indico essa palavra como símbolo do momento da Neo, no sentido de fazer mais e melhor neste novo cenário. A empresa precisa transformar as novas demandas em entregas, as quais serão possíveis investindo em inovação”, destacam os diretores Julia Fetter Bueno e Luis Henrique Bueno.

O processo já começou, a partir do momento em que a Neo Executiva está fortificando a marca nas plataformas online e passou a atuar cada vez mais em vendas digitais. Em razão da pandemia, o digital se fortaleceu na empresa. “O distanciamento social foi muito duro para a área comercial, dado o perfil da diretoria e das equipes, que sempre gostaram do contato pessoal, do trabalho presencial, do aperto de mão a clientes e parceiros que trabalham nas seguradoras. As próprias viagens às filiais da corretora são motivo de saudades”, relata Julia, que enfatiza também que a adaptação ao trabalho remoto está ocorrendo de forma proativa e, inclusive, gerando frutos.

Os diretores anunciam que, em breve, todos os produtos oferecidos pela Neo Executiva vão estar disponíveis para vendas online. Esta ação responde à nova percepção de que o consumidor passou a ter a respeito do seguro de vida, que é “a coluna vertebral, a raiz das atividades da Neo”, mesmo esta sendo uma corretora plena.

“Sempre foi o tendão de Aquiles, o pouco valor que o consumidor dava ao seguro de vida. Mas isso está mudando como efeito da pandemia. As pessoas estão pesquisando mais sobre seguros de pessoas. Ainda isso não se converteu 100% em compras. Mas essa nova mentalidade das pessoas precisa entrar no radar do corretor de seguros, que tem que ter essa sacada de transformar o cenário de temor e incerteza em oportunidades”, afirmam. “Cabe ao corretor de seguros instigar o cliente a transformar este medo em atitude. E a atitude a ser buscada é o proteger, o recorrer ao seguro de vida como forma de proteger a família e o patrimônio das pessoas”, complementam.

A Neo Executiva foi fundada em 2009, em Porto Alegre, estando expandida hoje para filiais em São Paulo, Florianópolis, Recife e Maceió. A empresa se especializou em seguro de pessoas, trabalhando com foco em apólices coletivas, em parceria com entidades de classe, como sindicatos, associações e cooperativas. A nova fase, que está em momento avançado, vai digitalizar todos os processos de compras dos produtos da empresa, de modo a atender, de forma personalizada, os anseios dos clientes, cada vez mais exigentes.​

Experiência Zurich ganha formato digital 767

Tradicional evento promovido pela seguradora agora é realizado de forma virtual para seus corretores

Criado em 2017 com o intuito de estreitar o relacionamento com os corretores, aproximando cada vez mais esse público das ações e projetos da Zurich, o Experiência Zurich ganhou novo formato após o início da pandemia.

O evento, que tradicionalmente acontece com os parceiros da seguradora em diversas regiões do país, neste ano teve que se readequar ao novo cenário e passou a utilizar canais digitais. Desde maio, a companhia tem realizado semanalmente encontros onlines, com parceiros das cidades de São Paulo, Campinas, Piracicaba, Belo Horizonte, Curitiba, entre outras, com a participação dos diretores regionais.

“Nos adaptamos às condições atuais para manter os laços e o ótimo relacionamento que temos com os nossos corretores, migrando o nosso Experiência Zurich para plataforma digital. Estamos muito felizes, pois este formato está nos trazendo um resultado muito positivo”, diz Marcio Benevides, Diretor Executivo de Distribuição da Zurich.

Nas reuniões, os executivos fazem um brinde à vida e trocam ideias sobre os negócios e os principais desafios da atual situação do mercado e do Brasil. A Zurich continua investindo em uma série de melhorias e está sempre pensando na melhor forma de atender seus parceiros e clientes.

“Esses eventos têm nos proporcionado momentos muito agradáveis com nossos corretores e parceiros. Pequenos gestos podem nos trazer um retorno maior, além dos negócios, principalmente em situações adversas como essa”, afirma Benevides.

Entre os executivos da seguradora presentes nos encontros virtuais, estão: Marcio Benevides, Diretor Executivo de Distribuição Brasil; Alexandre Oliveira, Diretor Regional São Paulo; Peter Rebrin, Diretor Executivo de Personal Lines e Bancassurance; Roberto Hernandez, Diretor Executivo de Commercial Insurance; Luiz Gasperi, Gerente de Relacionamento com Corretores; Luciano Silveira, Diretor Regional SP Interior; Rogerio Gebin, Diretor Regional Minas Gerais e Centro Oeste; e Waldecyr Schilling, Diretor Regional Sul.

Pós-pandemia trará impactos no mercado de seguros 2464

Executiva da Smartia Seguros aponta o desenvolvimento de novos produtos como uma das repercussões do período de pandemia

O pós-pandemia pode impactar no mercado de seguros, assim como em muitos outros segmentos, que terão que se adaptar à nova realidade financeira dos trabalhadores, pois muitos destes passaram meses sem salário ou com os vencimentos reduzidos. Porém, há pessoas otimistas quanto à recuperação das finanças, conforme. Em pesquisa realizada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em junho, 49% dos entrevistados acreditam que as finanças voltarão ao normal em até um ano. Os mais otimistas (21%) acreditam que isso acontecerá em apenas seis meses.

Em outro levantamento, entende-se que, num primeiro momento, os gastos principais serão relacionados com a moradia, pagamento de aluguel e contas de água e luz. Os serviços ficarão em segundo plano, mas eles serão consumidos.

O cenário esperado deixa claro que, em pouco tempo, deve haver uma retomada das atividades e que as pessoas conseguirão voltar a ter renda para utilizar não apenas em contas essenciais, mas em despesas diversas. As dívidas devem ser postergadas para quem deseja se recuperar financeiramente mais rápido, porém, algumas despesas podem ser vistas como investimentos ou uma maneira de se proteger em uma nova crise, como é o caso dos seguros.

O mercado de seguros foi bastante impactado pela pandemia. Enquanto o seguro Auto registrou quedas no período de isolamento, o seguro de Vida teve grande aumento na procura. Essa mudança de cenário reflete a necessidade das pessoas de acordo com o momento. E elas entenderam que ter um seguro de vida em um momento que em as pessoas estão correndo risco é necessário para amparar os familiares caso venha a ocorrer algo.

Quem desejou um seguro durante a pandemia não teve dificuldade em contratar, pois os corretores passaram a exercer as suas atividades em home office, o que impediu que houvesse uma queda maior no setor. A pandemia pode impactar mercado de seguros principalmente em 2020, mas já é esperado que em janeiro de 2021 o setor comece a se recuperar.

Demandas pouco conhecidas

Na retomada das atividades deveremos notar que algumas práticas que foram intensificadas ou iniciadas na pandemia estarão presentes no cotidiano das seguradoras. Com a normalidade voltando, o mercado segurador deve estar preparado para atender a demandas antes pouco conhecidas ou procuradas, pois as necessidades da pandemia fizeram com que se descobrissem novos seguros.

Um exemplo claro é o seguro de Vida, posto que as pessoas se viram expostas a um risco e sabiam que poderiam serem afetadas por um vírus. Outra preocupação que surgiu é com relação aos perigos cibernéticos. Com mais tempo conectadas e realizando todas as atividades online, isso ficou bastante evidente. As empresas precisaram deslocar seus colaboradores para suas casas e as informações corporativas ficaram mais expostas.

O seguro cibernético, antes pouco conhecido, passou a ganhar notoriedade e deve ser consumido ainda mais, principalmente pelas empresas, assim que a economia começar a se estabilizar.

Seguros intermitentes
Revendo as contas, é possível perceber que não há necessidade de pagar por algo que não está sendo utilizado. O seguro Auto foi um exemplo claro para aqueles que deixaram seus carros na garagem por um longo período. Os seguros intermitentes, ou seguro auto pay per use, que até então eram desconhecidos, geraram interesse. Com eles é possível pagar apenas pelo tempo em que se precisa do produto. Exemplo: o seguro do carro será cobrado apenas enquanto o veículo estiver sendo utilizado. Apesar de ainda não haver essa modalidade de seguro para todas as coberturas, é possível que em um futuro próximo a demanda alta faça com que surjam novidades.

Negociações online
Vendas, informações e outras operações do setor de seguros estão sendo cada vez mais digitalizadas. Contudo, o corretor ainda terá um papel essencial. Ele deverá prestar um serviço mais consultivo, mesmo que remotamente. A internet deve ser o local em que consumidores e corretoras se encontrarão para fechar as negociações. Os corretores deverão estar atentos às necessidades dos consumidores e as seguradoras dispostas a criar novos produtos com rapidez para atender as demandas que venham a surgir.​

Caminhoneiros têm consultas gratuitas na Semana do Motorista 1117

Ação é promovida pelo programa Estrada para a Saúde e é extensiva a familiares dos caminhoneiros que trafegarem por pontos da Rodovia dos Bandeirantes (SP)

O Instituto CCR e a concessionária CCR AutoBAn, responsável pela administração do Sistema Anhanguera-Bandeirantes, realizam nesta sexta-feira, 24, ação especial para caminhoneiros, em lembrança ao Dia de São Cristovão, celebrado no sábado, em júbilo ao santo padroeiro dos motoristas. A partir das 10 horas, motoristas de transporte de carga podem ter, de forma gratuita, temperatura, pressão, peso, altura, nível de glicose no sangue e circunferência abdominal avaliados por profissionais de saúde. As equipes de saúde estarão de prontidão na sede fixa do Programa Estrada para Saúde – localizada no km 56 da pista sul – sentido Capital – da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em Jundiaí, e em trechos das concessionárias CCR ViaOeste, CCR NovaDutra e Renovias.

Os serviços prosseguem ao longo da próxima semana. Nos locais, o caminhoneiro e seus familiares ainda poderão realizar consultas online com um médico, da empresa Cia. da Consulta, para esclarecer dúvidas sobre saúde, especialmente quanto às melhores práticas para evitar a Covid-19. As equipes da CCR AutoBAn também irão oferece kits de alimentação e higiene pessoal, além máscaras de tecido, para os motoristas que fizerem os exames.

Toda a estrutura, incluindo ambiente para a consulta online, estará posicionada em áreas de descanso e postos de serviços, seguindo todas as orientações de proteção e higiene. Não é necessário ter cadastro prévio para participar. A CCR AutoBAn divulgou a relação dos locais e datas em que a estrutura de Comemoração da Semana do Motorista estará presente:

24 de julho: área de descanso, no km 56, pista sul, sentido capital, da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348)

27 de julho: área de descanso, no km 57, sentido capital, da Rodovia Castello Branco

28 de julho: posto Arco Íris, km 82, da Rodovia Presidente Dutra

30 de julho: área de descanso, km 151, sentido sul, da Rodovia Governador Adhemar Pereira de Barros​

Dia de celebrar os 92 anos de Miguel Junqueira Pereira 1462

Dia de celebrar os 92 anos de Miguel Junqueira Pereira

Trajetória demonstra magnitude das ações da lenda viva do seguro

Completa 92 anos, nesta terça-feira (10), a lenda viva do mercado brasileiro de seguros. Miguel Junqueira Pereira segue na memória e nos corações dos operadores do setor. Oficial da reserva do Exército Brasileiro, acadêmico da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP), administrador e por mais de três décadas membro do Conselho de Administração da Previdência do Sul (hoje a Previsul Seguradora), este pequeno trecho da trajetória de Junqueira demonstra a magnitude de suas ações perante toda a categoria.

Além disso, Miguel Junqueira Pereira também atuou no GBOEX e acumulou a função de presidente da Federação Nacional de Seguros Gerais. Um de seus principais cargos foi o de presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS), entre 1986 e 2010. O meio século de carreira fez com que o profissional ocupasse diversos postos em nível nacional e internacional.

“Nossas vaidades impedem que aceitemos nossos defeitos; (…) nós que somos os responsáveis por tudo que acontece ou deixa de acontecer. Somos simultaneamente autores e vítimas”, segue a fala do líder sindical. “É preciso abandonar o hábito de lançar a culpa em terceiros. O diagnóstico atual não revela toda a verdade, mas a culpa é nossa”, disse Miguel Junqueira em uma coluna publicada por JRS.

“Não se ama o desconhecido. Só se ama quem se conhece”, segue como das premissas de Miguel Junqueira.

A referida frase constantemente aparecia nas edições do Newsletter JRS, enviado há quase 15 anos para os profissionais do seguro. Miguel Junqueira Pereira ainda intitula uma das categorias do Troféu JRS, realizado anualmente, no mês de outubro.

O modo crítico e perspicaz como Junqueira observa o mercado fica explicitado em entrevista concedida a convênio firmado entre a Fundação Getúlio Vargas e a Escola Nacional de Seguros. “Tem regiões, cidades do Brasil, que eu diria o seguinte: ninguém morre de morte natural, todos morrem atropelados”, evidenciou em fala sobre as fraudes que historicamente afetam a precificação e a solvência de toda a indústria do seguro.