Hipertensão atinge 30% dos brasileiros de 50 a 68 anos 426

Geração Baby Boomers é a mais afetada pela doença, segundo estudo da SulAmérica

A hipertensão arterial, também conhecida por pressão alta, é uma doença crônica caracterizada pela tensão acima do normal exercida pelo sangue contra as paredes das artérias, lesionando a camada fina e delicada que recobre os vasos sanguíneos. Com o passar do tempo, esse movimento pode ocasionar o entupimento ou rompimento de um vaso, levando a complicações como insuficiência renal, infarto ou até derrame cerebral, conforme o órgão atingido. Para chamar a atenção da população para a gravidade da doença, instituiu-se o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial em 26 de abril. O desafio é grande: uma pesquisa recente da SulAmérica sobre hábitos de saúde dos brasileiros mostra que a pressão alta é a principal condição médica relatada pelas diferentes faixas etárias.

O V Estudo Saúde Ativa – Gerações aponta a geração Baby Boomers, formada por adultos de 50 a 68 anos, como a mais hipertensa, acometendo 30,1% dos entrevistados. A diferença é significativa em relação aos demais grupos etários: a pressão alta atinge 11,8% dos adultos de 38 a 49 anos, 3,3% dos que estão entre 24 e 37 anos, e 0,9% do jovens de até 23 anos, compondo as gerações X, Y e Z, respectivamente. Outro dado que merece destaque é o percentual de pessoas que desconhecem ter o problema: 12% dos Baby Boomers que apresentaram medição elevada da pressão arterial declararam não possuir a doença.

Principal causa de mortes no mundo, o quadro de hipertensão geralmente está associado à hereditariedade ou a outras complicações médicas adquiridas em virtude de maus hábitos de saúde ao longo da vida, como obesidade, diabetes e colesterol. O V Estudo Saúde Ativa – Gerações apurou que as gerações mais jovens apresentam níveis preocupantes de estresse e sedentarismo, por exemplo, colocando em xeque o envelhecimento saudável desses grupos. A geração Y reúne os mais altos índices de estresse, que atinge 37,1% dos entrevistados, seguida pela geração Z, com 35,9%. Além disso, todos os grupos apresentaram elevados níveis de sedentarismo, entre 58,7% e 63,9%, com índices de inatividade superiores na chamada geração X.

Segundo o médico e superintendente de Gestão de Saúde Populacional da SulAmérica, Gentil Alves, o risco de hipertensão arterial pode ser reduzido com a adoção de hábitos saudáveis, como a prática regular de atividades físicas, uma alimentação equilibrada e a redução do estresse. “Medidas simples como reduzir o consumo de sal e de temperos industrializados, manter o organismo hidratado e caminhar 30 minutos por dia já contribuem para controlar a pressão. Acima de tudo, o acompanhamento médico, ainda que preventivo, é fundamental”, explica o especialista.

A pesquisa realizada pela SulAmérica traça o perfil de saúde das gerações Z (até 23 anos), Y (de 24 a 37 anos), X (de 38 a 49 anos) e Baby Boomers (de 50 a 68 anos), trazendo o recorte de informações coletadas por meio de dados dos participantes do Saúde Ativa, um conjunto de programas focados em prevenção e promoção à saúde e qualidade de vida. Em sua quinta edição, o levantamento analisou 43.641 questionários respondidos por segurados de 262 empresas em 13 capitais do país, de 2010 a 2013. A amostra, composta por 40% de mulheres e 60% de homens, considerou fatores como estresse, sedentarismo, consumo de álcool, tabagismo e doenças relatadas.

*Com informações de CDI.

Corretoras gaúchas anunciam fusão ao mercado de seguros 394

Corretoras gaúchas anunciam fusão ao mercado de seguros

Empresas almejam abocanhar importante fatia de nichos e oferecer consultoria full service

As corretoras Abensur e Enris, instaladas no Rio Grande do Sul, anunciam ao mercado de seguros seu processo de fusão de operações. Além de sinergia operacional e estrutural, as empresas querem abocanhar uma importante fatia dos nichos de Benefícios, Responsabilidade Civil, Responsabilidade por Danos, Property e ainda oferecer consultoria full service na área de seguros.

A operação é assessorada pelo advogado Fabiano Zouvi, do escritório Souza Berger, e pelo Conselheiro das empresas, Daniel Blumenthal.

Cliente BB Seguros agora pode notificar sinistros rurais via aplicativo 227

Cliente BB Seguros agora pode notificar sinistros rurais via aplicativo

Nova funcionalidade do app permite comunicar e acompanhar em tempo real todas as etapas do processo de sinistro

Com o objetivo de levar mais mobilidade e conveniência aos segurados, uma nova funcionalidade no aplicativo do Banco do Brasil permitirá aos clientes BB Seguros dos produtos rurais o registro de sinistros via mobile.

A novidade, válida para as apólices de BB Seguro Agrícola, BB Seguro Agrícola Faturamento e Penhor Rural, dará aos clientes a possibilidade de comunicar o sinistro e acompanhar todas as etapas do processo em tempo real, serviços que anteriormente só podiam ser feitos por meio da Central de Relacionamento. Além disso, o envio da documentação também poderá ser feito no momento do comunicado. Tudo de forma eletrônica. Essa solução faz parte da estratégia de transformação digital da seguradora e uma das entregas, dentre diversas outras em andamento, cujo o foco é aprimorar a experiência do cliente e trazer mais agilidade e eficiência à operação.

“Nosso papel é sempre se colocar no lugar do cliente e trazê-lo para o centro das soluções desenvolvidas em conjunto com Negócio e Tecnologia. O cliente se beneficia com processos mais simples, rápidos e cômodos e, a empresa, com toda a transformação que os processos trazem, sobretudo a cultural”, afirma Marcelle Toscano, gerente executiva de Transformação Digital e Inovação da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

A funcionalidade está disponível no aplicativo institucional do Banco do Brasil e é compatível com plataformas iOS (Apple) e Android (Play Store). Na ocorrência de sinistro, basta entrar no app e informar o CPF do segurado e o número da proposta de seguro.

“Disponibilizar o canal de relacionamento nos aplicativos móveis dá mais autonomia ao cliente e possibilita a melhora da experiência dele com a empresa e o produto, ao permitir maior agilidade na solução de suas necessidades. Esse aspecto é ainda mais relevante no segmento agrícola, onde normalmente os avisos de sinistro ocorrem em grande volume em curto espaço de tempo”, afirma Paulo Hora, superintendente técnico de seguros rurais da Brasilseg.

Os resultados esperados são a desburocratização do atendimento – com mais serviços disponíveis ao consumidor – e a melhora da satisfação por meio de respostas mais rápidas às suas solicitações.

Unimed Odonto cresce acima da média do mercado 309

Unimed Odonto cresce acima da média do mercado

Operadora de planos odontológicos do Sistema Unimed atingiu a marca de 400 mil clientes

O ano de 2018 foi marcado por resultados expressivos na Unimed Odonto, operadora de planos odontológicos do Sistema Unimed, cuja operação é gerida pela Seguros Unimed. Com foco na satisfação dos clientes, na qualificação da gestão e da assistência prestada e na inovação dos canais de relacionamento com beneficiários e dentistas parceiros, a Companhia ampliou sua carteira de clientes em 20,5% nos doze meses encerrados em novembro de 2018. No mesmo período, a expansão do mercado nacional foi de apenas 6,9%, segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). No total, já são mais de 400 mil vidas atendidas. Como resultado da diretriz de crescimento sustentável da Companhia, o faturamento cresceu 8,8% no ano, chegando a R$73,8 milhões. Por sua vez, o lucro líquido teve salto de 294,7%, fechando na casa de R$7,5 milhões.

“No último ano, ganhamos eficiência em nossa operação, estruturando o percurso assistencial do cliente, fortalecemos as parcerias com as cooperativas do Sistema Unimed e ampliamos a qualificação dos nossos colaboradores. Além disso, mapeamos a experiência dos clientes em nossos canais, por meio da nossa célula de inovação digital, e reformulamos nossas plataformas de serviços”, destacou o diretor de Clientes e Produtos da Seguros Unimed, Tajumar Custódio Martins, responsável pelos negócios do ramo odontológico da Seguradora.

Entre os diferenciais da operação estão o atendimento ágil, o uso da tecnologia para aprimorar a experiência dos clientes e parceiros, além de rede ampla e com abrangência nacional, constituída por mais de 21 mil opções de atendimento. As autorizações de tratamento são obtidas on-line e os procedimentos, em sua maioria, são aprovados na hora.

A operadora disponibiliza pesquisa de rede credenciada via SMS. De forma prática, o cliente pode enviar uma mensagem para o número 29012, informando o CEP do local em que deseja atendimento. Em instantes, três opções de dentistas são fornecidas. A consulta de especialistas também pode ser feita pelo aplicativo Guia Unimed Odonto, reformulado recentemente.

Os profissionais credenciados também contam com uma nova plataforma de serviço. Um aplicativo foi disponibilizado, em novembro de 2018, para agilizar o envio de documentações e imagens (como radiografias) à operadora, simplificando a rotina de trabalho.

Em 2019, a novidade será o lançamento do novo portal de serviços da Unimed Odonto, além de iniciativas para aprimorar a interação com os clientes e a rede credenciada.

Chubb nomeia novo Head de Travel Insurance para América Latina 257

Chubb nomeia novo Head de Travel Insurance para América Latina

Lucas Burón será responsável pelo impulsionamento do crescimento planejado no segmento

A Chubb nomeou Lucas Burón como Head de Travel Insurance para a América Latina, que será responsável por todas as atividades da carteira de seguro de viagem, incluindo impulsionar o crescimento planejado para o segmento, desenvolver os negócios, definir e executar a estratégia, fortalecer o relacionamento com os principais parceiros e manter a rentabilidade do negócio.

Lucas Burón chegou à Chubb em 2017, trabalhando na gestão de contas-chave, na renovação e aumento de parcerias, na maximização de receita e no desenvolvimento do negócio. Antes de ingressar na Chubb, trabalhou na AIG Travel Guard por mais de 6 anos, ocupando diversos cargos na Argentina e na Colômbia. Lucas é formado pelo Instituto Privado de la Câmara Argentina de Comércio, onde estudou Comércio Exterior. Atualmente faz MBA na BYU de Idaho.

A nomeação de Lucas Burón entrou em vigor em 1 de fevereiro de 2019 e ele se reportará diretamente a José Sosa, Vice-presidente sênior de A&H e Vida da Chubb América Latina e matricialmente à Alex Blake, Vice-presidente sênior e Head Global de Travel Insurance do Grupo Chubb.

Saúde: Revista JRS aborda artigo inédito sobre respiração 232

Saúde: Revista JRS aborda artigo inédito sobre respiração

Ato pode ser utilizado como uma poderosa ferramenta de autoconhecimento

A última edição da Revista JRS trouxe entre os seus artigos, uma coluna especial voltada para a saúde. A fisioterapeuta, com especialidade em Medicina Tradicional Chinesa, Respiração Oriental e Método Psicomportamental G.D.S, Joana Carvalho abordou o tema respiração como uma poderosa ferramenta de autoconhecimento. Confira:

Você já parou para refletir por onde andam os seus pensamentos? Passado, presente ou futuro?

Nós temos uma enorme tendência em ter pensamentos, na sua maioria, no passado e no futuro. Seja pensando no que já aconteceu, algo que foi bom ou ruim ou pensando no que está por vir, metas e objetivos. O que dificilmente fazemos é ficarmos atentos ao presente momento.

Projeção de pensamentos no passado e futuro geram angústia pelo que passou ou ansiedade pelo futuro que desejam conquistar. Para pensar no presente momento, e ao mesmo tempo ter planejamento para o futuro (de curto, médio e longo prazo) é preciso atenção plena em cada momento no presente.

Imagine qual seria o momento em que você consegue ter consciência de estar realmente no seu presente? Existe uma tendência de acharmos que estamos no nosso presente, mas na verdade estamos em uma pequena porcentagem dele e uma grande porcentagem em outro tempo.

Que momento, então, seria esse para estarmos no presente? Talvez quando respiramos? Depende da forma que você respira!

Se o seu estado emocional domina a sua respiração, então você não está no presente! Mas se a sua respiração administra seu emocional, eis o encontro de si próprio com o seu presente momento!

Quando eu penso e dirijo minha atenção para áreas do meu corpo que eu preciso sentir para realizar a experiência de respirar com atenção plena, ou seja, quando eu estou 100% no presente momento que estou vivenciando, eu estou no presente.

Aprendendo, entendendo e praticando o sentir da respiração, você é capaz de identificar o seu ritmo respiratório e, assim, desenvolve a aptidão de ser administrador(a) do seu ser.

Você se torna capaz de usar técnicas respiratórias para gerenciar as mais diversas situações. Seja uma possível crise de ansiedade, para se energizar num dia que se sinta cansado ou para relaxar a mente. E assim você cria uma atmosfera de equilíbrio em qualquer situação do seu dia, sendo no trabalho, estudo, lazer e diversas outras situações.

Encontrar o ritmo que o seu ser expressa através da sua respiração, melhora a sua qualidade de vida, dos que o cercam e do seu desenvolvimento em todas as áreas.

Você já observou de forma amorosa o ritmo da sua respiração?

@respirecomigo | respirecomigo@gmail.com