Giro: Aconseg-RS promove sorteio para corretores atendidos por assessorias 438

Confira as principais notícias desta quarta-feira, 27 de abril, no #GirodoMercado

Aconseg-RS promove sorteio para corretores atendidos por assessoriasbaldinhoacosegrs

A direção da Associação das Consultorias em Seguros do Rio Grande do Sul, através de sua diretoria comandada pelo presidente Celso Cunha Azevedo, inovou em forma de integração maior entre os corretores de seguros atendidos pelas assessorias com o selo da Aconseg-RS com a promoção de sorteio de dois mimos bem próprios do estado. Dois baldes de gelo para bebidas com a marca da Aconseg-RS, um contendo espumante e vinho da serra gaúcha e, no outro, a tradicional bebida dos brasileiros, a cerveja, com 06 unidades de long neck. Assim, os corretores atendidos pelas assessorias associadas a Aconseg tem até sexta-feira, 29 de abril, até às 12h para enviar sua participação pelo email: jrs@jrs.digital.br. Dupla vantagem: ser atendido e possibilidade de ganhar, corretores de seguros.

Diego de Lima Silva é o novo subscritor de RC da Berkley

bussines

Com atuação no mercado de seguros desde 2004, Diego de Lima Silva é o novo subscritor de Responsabilidade Civil da Berkley. Em sua carreira, o profissional agrega experiência na subscrição de médios e grandes riscos de Responsabilidade Civil, especialmente na região Sul do país, onde atuou nos últimos anos. Na Berkley, Diego terá a missão de desenvolver os negócios do Estado de São Paulo, com foco na linha de Responsabilidade Civil Geral. Sucesso esperado.

Caburé Seguros chama corretores de seguros: “Venha trabalhar com quem valoriza a vida”

seguro

Know how em valorizar a vida desde sua fundação, em 1963, na cidade de Porto Alegre (RS), o Grupo Caburé Seguros sempre possuiu. Hoje, é um dos maiores administradores privados de apólices de Seguros de Vida em Grupo da América Latina. Criada a partir da iniciativa inovadora de um vendedor de seguros da modalidade “porta a porta”, a empresa cresceu e conquistou a credibilidade do mercado e dos clientes. Essa confiança está consolidada porque o Grupo Caburé Seguros entende o Seguro de Pessoas como um dos bens mais nobres para a sociedade e segue demonstrando compromisso e envolvimento com os seus Segurados. E você, corretor de seguros, faça parte da equipe Caburé Seguros! Se você tem vontade de iniciar ou impulsionar sua carreira em vendas e ser um vencedor, venha juntar-se à Equipe da Caburé. Entre em contato: (51) 2131-55300 / 2131-5336.

Confraria dos Securitários da Serra Gaúcha promove encontro no dia 02 de maio

Getty Images

A Confraseg realiza mais um encontro e conta com a presença de todos os confrades: o momento terá a despedida do incentivador, amigo e confrade Raul Carvalho que se aposenta como Superintendente da Bradesco Seguros e também terá a pauta de campanhas e ações. O local será na Av Rubem Bento Alves, 1469 Torre D – Cond Interlagos – Caxias do Sul, no próximo dia 02 (segunda-feira) às 19h15. A Confraria estará coletando roupas e iniciando a Campanha do Agasalho 2016. “Participe! Coloque na sua agenda e incentive seu(s) colega(s) a participar!”, diz a nota da Confraseg. Confirme sua presença até o dia 02 às 11h através dos e-mails Tatiana Trentin ‎- tatiana.trentin@allianz.com.br – Marcio Cardoso Barros – MarcioCB@maritima.com.br – Gilson Marsiglio – gilson.marsiglio@previsul.com.br – Mauricio Afonso – mauricio.afonso@bradescoseguros.com.br – Miguel Lanzarin – Miguel.Lanzarin@hdi.com.br . Participação Confrades serranos.

Fides discute plano estratégico em encontro na CNseg

habilitacaocorretores

O Conselho Diretor da Federação Interamericana de Empresas de Seguros- Fides, promoveu, na sede da CNseg, no dia 20, reunião para discutir, entre outros tópicos, o plano estratégico da entidade para o biênio 2016/2017, repassar informes de sua Secretaria Geral, avaliar o projeto de sua página na Internet e fazer um balanço de estudos e propostas avaliados por grupos de trabalho da entidade. O grupo, liderado pela presidente da Fides, Pilar González de Frutos, foi recebido pela vice-presidente da CNseg, Solange Beatriz Palheiro Mendes, que também é presidente da FenaSaúde. Do encontro do Rio, participaram também Raúl de Andrea e Monica Orive (Apeseg do Peru); Carlos A. Berguido, da Apadea do Panamá; Antonio Vaccaro, da APCS, do Paraguai; Rubem Hoflifger, da Swiss Re; Maria Claudia Cuevas, da Fasecolda, da Colômbia. Entre os convidados para a reunião da Fides, a superintendente Maria Elena Bidino, e Tony Eleta, da Pan American Life. A Fides é uma organização sem fins lucrativos que agrega associações de seguros privados da América Latina e região do Caribe, Península Ibérica e EUA.

Primeiro torneio de tênis para corretores em Porto Alegre: Inscreva-se

primeirotenis

*Informações de Aconseg-RS, DPI, Caburé Seguros, Confraseg, CNseg e Broker Open Tênis.

Drones, seguro e responsabilidade nas alturas 820

RC obrigatório movimenta mercado e auxilia no cumprimento de regras

Os criadores dos drones não imaginavam que essas pequenas aeronaves não tripuladas fariam parte da sociedade como percebemos atualmente. Essas máquinas voadoras, originalmente idealizadas para fins militares, são frequentemente vistas sendo utilizadas em projetos audiovisuais profissionais e até por cidadãos comuns para registrar imagens aéreas.

Carlos Polizio é diretor de Aero, Casco e Transportes do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre

De acordo com a feira DroneShow Latin America, que reúne fabricantes, importadores, prestadores de serviços, desenvolvedores e provedores de tecnologia, das 720 empresas que atuam com atividades ligadas à drones no Brasil, a maioria tem menos de 20 anos de existência e 87,6% são de prestadoras de serviços e oferecem treinamento. 

Com o crescimento do uso nos últimos anos, algumas características tornam necessárias a existência de uma legislação. Tendo em vista as regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operações civis de aeronaves não tripuladas, que completaram um ano no mês de maio, também se torna necessário um produto de seguro específico para a atividade. “A regulamentação trouxe a necessidade do operador profissional contratar seguro de Responsabilidade Civil e este profissional também passou a querer proteger seu patrimônio diante dos elevados valores dos equipamentos embarcados”, explica o diretor de Aero, Casco e Transportes do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre, Carlos Polizio.

Para o uso profissional de drones, a contratação do seguro de Responsabilidade Civil (RETA) é obrigatória e possui limites pré-fixados e aprovados pela Anac e pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). “Este seguro está relacionado a danos causados pelo equipamento a terceiros. Caso haja necessidade do operador contratar limite superior ao seguro obrigatório, ele poderá contratar apólices específicas com limites em excesso ao obrigatório e conforme sua necessidade”, comenta.

Outra opção de seguro é o de proteção ao equipamento, ou seja, para danos. “Este seguro consiste na reposição do valor do equipamento após sinistro de perda parcial e/ou perda total. Quando falamos em equipamento devemos considerar o drone (chassi), bem como o equipamento que esteja instalado no Drone (câmera e demais acessórios do conjunto)”, elucida.

Fernando Pitol trabalha com imagens aéreas através de drones desde 2015

O autônomo Fernanda Pitol, de 37 anos, trabalha profissionalmente com drones desde 2015. Seu foco de voo é voltado ao mercado imobiliário, com materiais de imóveis para venda, análises de áreas, mapeamentos, institucional e imagens gerais de praias. “Em algumas situações também utilizo para segurança patrimonial, empresas grandes e em alguns eventos que precisam cuidar o perímetro da empresa em determinadas épocas”, conta.

O seu equipamento é homologado pela Anatel e Anac e conta com seguro desde fevereiro deste ano, que abrange cobertura sobre terceiros para eventuais imprevistos. Ele considera que o valor pago, em torno de R$ 700 reais/anual, condiz com a tranquilidade que proporciona. “Já houve queda em meu exercício profissional, mas como respeito as regras, não houve feridos, somente danos materiais. Bateu em um pássaro e caiu de uns vinte metros”, narra.

Tendo como parâmetro a sua vivência profissional, Pitol alerta para a quantidade de pessoas que utilizam estas ferramentas sem homologações ou autorização de uso do espaço aéreo e seguro. “[É preciso] que as regras sejam amplamente divulgadas e passem a serem respeitadas, de forma que não existam acidentes, ou pelo menos diminuam, pois nem todos os acidentes são imprevistos, alguns são previsíveis”, diz.

Pelo lado do mercado segurador, Carlos Polizio salienta que o número de apólices vem crescendo mês a mês. “Como toda modalidade nova as dúvidas são constantes, ajustes são necessários, alinhamento do produto junto ao mercado se torna uma prática de extrema necessidade e processos de sinistros começam a acontecer”, argumenta.”A conscientização já está caminho e se faz necessária diariamente. Importante ressaltar que o papel do corretor de seguros é essencial e contamos muito com este apoio neste momento”, finaliza.

Três anos de Travelers Seguros no Brasil 710

Companhia atua fortemente em produtos voltados para PMEs

A Travelers Seguros acaba de celebrar três anos de operação sob marca própria no Brasil. Neste período, a companhia tem atuado fortemente com produtos para pequenas e médias empresas e vem desenvolvendo uma relação próxima tanto com os corretores, quanto com o consumidor final.

“Estes três primeiros anos no Brasil foram guiados pela nossa missão de criar um padrão mais elevado de serviço e estabelecer as bases para um crescimento sustentável no futuro”, diz Leonardo Semenovitch, diretor-presidente da Travelers no Brasil. “Nós nos esforçamos para fornecer recursos valiosos aos nossos corretores e realizar eventos de treinamento para compartilhar ideias e nos ajudar a entender melhor os desafios que eles enfrentam”, completa.

Atualmente, a Travelers conta com cerca de mil corretores ativos no Brasil e mais de 100 funcionários com reconhecida qualificação técnica, distribuídos em oito escritórios e que atuam com quatro linhas de negócios: Riscos de Engenharia, Riscos Patrimoniais, Responsabilidade Civil e Linhas Financeiras. Durante este período no Brasil, a companhia reforçou sua presença no mercado, oferecendo soluções customizadas para negócios de todos os portes.

Por meio de sua experiência em controle de riscos, a Travelers consegue fornecer aos clientes informações relevantes e recomendações de segurança para proteger seus negócios. A empresa oferece aos corretores recursos como ferramentas de cotação on-line, que facilitam a emissão de apólices por meio de tablets e computadores. “Além de ótimos produtos e uma marca forte, o que faz toda a diferença na parceria da Marsh com a Travelers é o relacionamento com a equipe comercial.  A junção destes aspectos resulta em bons negócios e dá bases para que essa parceria se estenda por muitos anos”, diz Luis Guilherme Menezes, Diretor de Linhas Financeiras da Marsh Corretora.

A seguradora celebrou seu aniversário com uma semana de eventos, reconhecendo o comprometimento dos colaboradores junto aos clientes e corretores.

RS: Corretores do Sul do Estado confraternizam em Pelotas 668

Representantes de entidades e companhias também participaram do momento

Os corretores de seguros do Sul do Estado celebraram o fechamento de 2018 na sexta-feira (09) em Pelotas. O momento já é um tradicional encontro promovido pela Delegacia da Região do Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul (Sincor-RS), chegando a sua 15ª edição neste ano.

De acordo com a delegada do Sindicato na cidade, Jacqueline Carvalho, o momento é oportuno para que os profissionais confraternizem e estreitem laços de parceria entre corretores e seguradoras. O presidente do Sincor-RS, Ricardo Pansera, do Sindicato das Seguradoras do RS, Guacir Bueno, e representantes de companhia participaram da confraternização.

Confira as imagens:

Porto Seguro Motos oferece proteção personalizada para baixa e alta cilindrada 559

moto

Revitalização do produto visa atender a diferentes perfis de motociclistas

A produção e as vendas de motos têm crescido ao longo do ano. De janeiro a setembro, as fabricantes de motocicletas tiveram um aumento na produção de 19,2% e de 17,8% nas vendas diárias, comparado ao mesmo período de 2017, segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Visando atender a crescente demanda no setor, o Porto Seguro Moto foi relançado e passa a oferecer duas novas opções de seguros para motos de baixa e de alta cilindrada.

“Mesmo com o crescimento do mercado de motocicletas, muitas pessoas ainda não possuem seguros para suas motos. A ideia é personalizar o produto e torná-lo mais atrativo”, afirma Jaime Soares, diretor do Porto Seguro Auto.

O produto, que até o momento era único, agora será dividido em duas categorias: uma que abrange motos de 50 até 300 cilindradas (para quem usa a moto como meio de locomoção diária, para ir e voltar do trabalho, por exemplo), e outra que contempla motos a partir de 301 cilindradas (para quem utiliza a moto para lazer e percorre viagens de longa duração).

Para a opção de baixa cilindrada, os motociclistas terão coberturas mais enxutas, com a possibilidade de parcelamento do seguro em até 10x sem juros no Cartão de Crédito Porto Seguro e no débito em conta. Já motos de alta cilindrada, contarão com coberturas completas que atendem as necessidades desse público, como a disponibilização de guincho com extensão para o Mercosul e serviços emergenciais à residência.

Para ambos os segmentos, o Porto Seguro Moto mantém os benefícios já existentes: cobertura total (colisão, incêndio, roubo e furto) ou cobertura para incêndio, roubo e furto; assistência 24h; reposição do valor da moto 0KM por até 6 meses; desconto de 25% na franquia (valor limitado); cláusula contratada para cobertura de acessórios (capacete, luvas, botas, jaqueta, calça e intercomunicador).

Para saber mais, simular e contratar o Porto Seguro Moto, fale com o seu Corretor ou acesse este endereço.

Kuantta Consultoria divulga workshops programados para 2019 419

Inovação

Eventos contam com apoio do Sindicato dos Corretores do RJ

Dando continuidade ao programa de qualificação dos profissionais que atuam no mercado de seguros no Rio de Janeiro, a Kuantta Consultoria informa os meses dos workshops programados para o próximo ano.

Em fevereiro, acontece um debate com o tema “Como o Sillicon Valley define metas?“. No mês de maio já haverá outra apresentação com o tema “Tecnologia e Inovação no mercado de seguros”. O segundo semestre conta mais dois eventos. Em agosto, com o tema “Um novo jeito de trabalhar a gestão de pessoas” e em novembro de 2019, será a vez do tema “Planejamento Estratégico para alcançar resultados”.

Arley Boullosa define esses workshops como uma oportunidade de aprendizado para os corretores de seguros, os funcionários das corretoras e das seguradoras.

“A programação dos eventos já está pronta, para que os participantes possam se planejar melhor e comparecerem. O formato será o mesmo do Corretor do Futuro, que aconteceu no final de agosto onde tivemos um dia inteiro de palestras com Gustavo Mello, Marcelo Blay, Fernando Vieira, Bernard Biolchini, Gustavo Malavota, Engler Santoni, Israel Martins e eu também falei. Queremos gerar o máximo de conteúdo relevante com temas que realmente interessam para os corretores principalmente e para isso vou escalar grandes palestrantes para os eventos. O importante é compartilhar conhecimento e dar todo suporte necessário aos que pretendem ampliar seus horizontes. Os corretores irão sair dos nossos eventos inspirados a executar. A Kuantta Consultoria vem se consolidando como referência de ensino e aprendizado para a categoria e isso é fundamental para o crescimento do setor de seguros”, declarou Boullosa.

Os eventos terão o apoio do Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (Sincor-RJ) e seguradoras patrocinadoras estão fechando suas participações.