Dirigentes da Nobre Seguradora tranquilizam mercado 562

Companhia passa por regime de direção fiscal

Claudio Amaral Caldas, diretor vice-presidente da companhia. William Anthony/JRS
Claudio Amaral Caldas, diretor vice-presidente da companhia. William Anthony/JRS

Na última quarta-feira, dia 27, a equipe do Grupo JRS Comunicação compareceu à sede da Nobre Seguradora, em Porto Alegre (RS). A visita teve como objetivo esclarecer aos corretores e consumidores de seguros sobre a real situação da companhia, que passa por regime especial de direção fiscal.

A seguradora continua operando normalmente, efetuando o lançamento de produtos e honrando todos os compromissos assumidos. A direção da Nobre Seguradora aguarda a divulgação de um relatório que será emitido pela Superintendência de Seguros Privados, provavelmente ainda nos primeiros dias de maio. Só assim, ações que visem readequar os procedimentos operacionais da empresa podem ser conhecidas pelo público. “Um problema é o desconhecimento de algumas pessoas. Muitos generalizam este processo de fiscalização, que visa auxiliar as companhias”, comentou Claudio Amaral, diretor vice-presidente da Nobre.

Há pouco tempo, outras companhias também passaram pelo regime especial da autarquia máxima do mercado segurador brasileiro. “A direção fiscal não significa uma etapa que antecede à decretação da liquidação extrajudicial. Pelo contrário, esse regime tem como objetivo reerguer as empresas, tendo a Susep como órgão próximo, auxiliando nesse processo”, afirmou Helena Venceslau, diretora de fiscalização da autarquia, em recente comunicado.

Todas as informações serão detalhadas com exclusividade e em primeira mão na edição de maio da Revista JRS.

Fusão da Susep com a Previc fica para depois 688

Fusão da Susep com a Previc fica para depois

O motivo da desistência da equipe de Paulo Guedes não foi informado

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, teria desistido da ideia de fusão entre a Superintendência de Seguros Privados (Susep) e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). As informações foram publicadas por Valor Econômico e pelo colunista Lauro Jardim, de “O Globo”.

Veja também: Fusão da Susep com a Previc é vista com bons olhos por especialistas

As autarquias atuam na regulação e fiscalização de seguradoras e fundos de pensão, respectivamente. Entre os possíveis motivos está a transferência de toda a estrutura funcional do Rio de Janeiro (RJ) para Brasília (DF). A iniciativa era estudada em função da redução de gastos e para evitar a sobreposição de funções.

A Confederação Nacional das Empresas de Seguro (CNSeg) pede “cautela” em relação ao assunto. Marcio Coriolano, lembrou que a fusão das duas superintendências não é uma discussão nova. Para ele, a medida atenderia ao pressuposto de maior sinergia no setor público, mas sua efetividade dependerá do modelo escolhido. “Os administradores públicos, às vezes, não enxergam a complexidade”, disse ele.

Coriolano explicou que a Previc é “monolinha”, ou seja, voltada para a regulação dos fundos de pensão fechados. A Susep, por seu turno, teria maior diversidade atuação — a agência é responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro, previdência privada aberta, capitalização e resseguro.

Verão 2019 fica muito mais seguro com ações especiais do JRS 1016

Verão 2019 fica muito mais seguro com ações especiais do JRS

Peças de publicidade, promoções e grandes encontros no litoral marcam mais uma temporada

O Verão 2019 chegou com tudo. As temperaturas estão nas alturas e a animação para mais uma ação especial do JRS também.

O mercado de seguros já sabe. Os finais de semana são no QG do JRS no Litoral Gaúcho, na Praia de Rainha do Mar, em Xangri-lá (RS). Tudo começa com as presenças de Guacir de Llano Bueno, presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS), além de Alberto Müller, vice-presidente do Sindseg/RS. Ambos os representantes da entidade sindical participam do encontro acompanhado de suas esposas. A presença especial de Julio Cesar Rosa, com recente passagem pela Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), completa o time que dá início aos momentos especiais em mais uma temporada de veraneio.

Divulgação/JRS
Divulgação/JRS

Tudo isso só é possível graças a um time campeão de apoiadores, que têm suas marcas expostas para os quase 1 milhão de motoristas que circulam pela Estrada do Mar, nos caminhos para o Litoral Norte do Rio Grande do Sul. São dois outdoors que marcam a versão deste ano da campanha especial de verão. Um deles é garantido pela Icatu Seguros, maior seguradora independente do Brasil em Vida, Previdência e Capitalização. O outro, conta com exposição de HDI Seguros, Previsul Seguradora, GBOEX, SulAmérica, Capemisa Seguradora, MBM Seguros, Autosul Express, Neo Executiva Corretora de Seguros, Supermercado Avenida, Cave di Pozza Espumantes, Ramos Assessoria e Sultec Vistorias.

Além de tudo, a unidade móvel do JRS continua circulando pelas principais rodovias da Grande Porto Alegre e Litoral Gaúcho. Tudo isso para levar a informação segura para mais de 26 municípios do RS através dos canais 20 e 26 da NET Rio Grande do Sul, no Canal Bah!TV.

Unidade móvel do JRS/Divulgação
Unidade móvel do JRS/Divulgação

Tem grandes novidades. Muitas promoções vão surgir durante todo o trimestre nas redes sociais do JRS e muitas surpresas serão apresentadas aos nossos leitores de São Paulo e região.

Itaú aposta em corretora de seguros e muda posicionamento 957

Itaú aposta em corretora de seguros e muda posicionamento

Plataforma aberta visa oferecer apólices de companhias parceiras

Segundo a coluna do Broadcast, do jornal O Estado de São Paulo, o Itaú Unibanco vai adotar um novo posicionamento para operar em seguros. Dentro da estratégia de ter uma plataforma com a venda de produtos de outras companhias de seguros, o banco passou a utilizar, sem fazer alarde, o slogan de uma corretora de seguros e não mais de uma seguradora.

Agora, ao invés de Marsep Corretagem de Seguros, o banco passou a utilizar Itaú Corretora de Seguros. Segundo interlocutores, a visão é de que o nome precisava ser renovado por questões mercadológicas e, com isso, a instituição traz sua força para o nicho.

Na sequência, o Itaú segue negociando novas parcerias para deslanchar a plataforma. Dois ou três novos parceiros devem ser anunciados em breve. O banco já firmou parceria com a francesa Axa, nas assistências 24h, e com a MetLife, que já tinha contrato no ramo de odonto e agora também passa a compor o leque de opções de seguro prestamista da instituição. A Chubb também ampliou a parceria com o banco, que além de apólices para smartphones também passou a ofertar seguro garantia e educacional.

Em paralelo, outro alvo do Itaú é a Porto Seguro. O casamento de uma década já contempla as linhas de automóvel e residência. Procurado, o Itaú não se pronunciou sobre as mudanças e negociações.

Corretores do interior prestigiam QG do JRS no Litoral Gaúcho 526

Corretores do interior prestigiam QG do JRS no Litoral Gaúcho

Presença dos empreendedores da Cave Di Pozza Espumantes foi destaque do final de semana

O apresentador Jota Carvalho ao lado do entrevistado, Marcos Pozza / Divulgação
O apresentador Jota Carvalho ao lado do entrevistado, Marcos Pozza / Divulgação

O QG do JRS no Litoral Gaúcho recebeu, no último sábado, corretores de seguros da Serra Gaúcha e do interior do Rio Grande do Sul. Os empreendedores da Cave Di Pozza Espumantes, Marcos Pozza e esposa, participaram do momento especial acompanhados dos corretores José Francisco Corrêa e sua esposa. Corrêa é conhecido como “Chico” e é proprietário da Copas Corretora de Seguros, de Caxias do Sul (RS).

Na oportunidade, mais uma edição especial do programa Seguro Sem Mistério foi produzida. As gravações também foram acompanhadas pelo corretor de seguros de Santa Maria (RS), Alcebíades Carvalho de Lima e pela esposa, Lucimari. Lima é sócio-proprietário da Atlas Life Corretora de Seguros, um dos grandes destaques do nicho Vida.

Os convidados foram recepcionados na sede litorânea do Grupo JRS, com todas as honras e um belo almoço, recheado de iguarias. Tudo acompanhado, claro, de muita Cave Di Pozza Espumantes.

Durante as gravações para os canais 20 e 26 da NET Rio Grande do Sul, além das plataformas digitais de JRS, ficou evidenciada mais uma ação voltada ao desenvolvimento da indústria do seguro, com impacto e função social permanente para todos os públicos. A Cave Di Pozza Espumantes é patrocinadora oficial do “Verão Super Seguro 2019”, produzida pelo JRS.

ANS e CADE firmam acordo de cooperação técnica 467

ANS e CADE firmam acordo de cooperação técnica

Autarquias querem estimular a concorrência no mercado de saúde suplementar

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) firmaram um Acordo de Cooperação Técnica para aperfeiçoar a atuação das autarquias no monitoramento da concentração do mercado de planos de saúde e, desta forma, propiciar uma melhor defesa da concorrência no setor. A parceria foi assinada pelo presidente do CADE, Alexandre Barreto, e pelo diretor-presidente substituto da ANS, Leandro Fonseca.

No acordo, que tem duração prevista de cinco anos, o Conselho e a Agência se comprometem a compartilhar informações, bancos de dados, relatórios, diagnósticos e estatísticas, além de pareceres técnicos e resultados de estudos e pesquisas elaborado pelas entidades. A troca de informações, contudo, só poderá envolver documentos que não são confidenciais ou sigilosos e que não comprometam ou prejudiquem atos e procedimentos de competência das respectivas autarquias.

A cooperação propõe também a capacitação de técnicos por meio de eventos promovidos bilateralmente e intercâmbio de servidores para a produção conjunta de estudos e pesquisas, entre outras iniciativas.

“Nossa expectativa é que essa ação fomente a promoção de um ambiente concorrencial saudável nas áreas de atuação tanto do Conselho como da agência reguladora. Além disso, a parceria ajuda a consolidar a cooperação institucional e a melhorar os processos de trabalho, promovendo a gestão do conhecimento e a capacitação no âmbito do setor público”, avalia o diretor Leandro Fonseca.

Confira o Acordo de Cooperação Técnica entre ANS e CADE