TJ-SE libera WhatsApp 494

Confira as manchetes desta terça-feira

Brasileiros ficaram 24 horas sem aplicativo

Reprodução
Reprodução

ATUALIZADO (14h24min): O WhatsApp conseguiu reverter uma liminar que bloqueava o aplicativo de mensagens em todo o Brasil por 72h no início da tarde desta terça-feira. A empresa havia pedido reconsideração sobre a decisão anterior, que havia negado a primeira liminar. A decisão é do desembargador Osório Araújo Ramos Filho. As operadoras já estão sendo comunicadas sobre o fim do bloqueio.

NOTÍCIA ORIGINAL: O desembargador Cezário Siqueira Neto negou a liminar do mandado de segurança impetrado pelo WhatsApp Inc e manteve o bloqueio do aplicativo de mensagem instantânea para clientes de Tim, Oi, Vivo, Claro e Nextel pelo período de 72 horas, iniciado às 14h da segunda-feira (2). A decisão do recurso foi publicada às 0h30 desta terça-feira (3) durante o Plantão do Judiciário do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) e confirmada pela assessoria de comunicação do órgão nesta manhã. Na decisão, o desembargador plantonista negou a liminar porque entendeu que existem possibilidades técnicas para o cumprimento da ordem judicial da quebra de sigilo das mensagens do WhatsApp.

Lucro do Itaú Unibanco recua para R$ 5,18 bilhões no 1º trimestre de 2016

Reprodução
Reprodução

O Itaú Unibanco anunciou há pouco ter registrado lucro líquido de R$ 5,184 bilhões no primeiro trimestre de 2016 – abaixo dos R$ 5,698 bilhões referentes aos três últimos meses do ano passado e dos R$ 5,733 bilhões verificados no mesmo trimestre de 2015.

Indústria cresce em março, mas fecha trimestre com maior baixa desde 2009

Reprodução
Reprodução

A produção da indústria brasileira cresceu 1,4% em março, na comparação com o mês anterior, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça. O avanço é o maior desde janeiro de 2014, quando chegou a 1,8%. No entanto, no primeiro trimestre deste ano, a indústria acumula um recuo de 11,7%. Segundo a pesquisa, essa é a maior retração – para o período – desde 2009, quando a atividade fabril caiu 14,2%. Em 12 meses, o indicador sofreu redução de 9,7%, a maior desde outubro de 2009, quando chegou a 10,3%.

Essor abraça campanha do Maio Amarelo, por um trânsito mais seguro

Divulgação
Divulgação

A Essor começa o mês engajada no movimento internacional Maio Amarelo, que tem como objetivo conscientizar a população mundial para o alto índice de acidentes automobilísticos. Com a campanha “Essor e Maio Amarelo: Juntos por um Trânsito Mais Seguro”, a seguradora vai mostrar o quanto pequenas atitudes podem fazer com que ruas e estradas se tornem lugares melhores e mais seguros.

As ações serão feitas por meio das redes sociais e deste endereço, criado especialmente para a campanha, durante todo o mês. Além da comunicação digital, haverá ainda uma fase presencial, que vai ser realizada no dia 25 de maio, véspera do feriado de Corpus Christi, em algumas rodoviárias da região Sul. Quem assina a campanha é a Agência Capella.

Mondial Assistance anuncia novo diretor comercial

Fábio Lucato
Divulgação

Fábio Lucato é o novo diretor comercial da Mondial Assistance, líder global em serviços de assistência 24 horas. Formado em Engenharia pela Escola de Engenharia Mauá, com pós-graduação em Negociações Internacionais pela FAAP e MBA em Gestão de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, Fábio atua há 10 anos nas áreas Comercial, Financeira e Marketing, ocupando cargos de diretoria. O executivo, que tem passagens por grandes empresas do setor como Flytour American Express Business Travel, Credifibra e GVI Promotora de Vendas, irá se reportar diretamente ao CEO da companhia, Vincent Bleunven.

*Com informações de G1, VTN e Virta Comunicação.

APLUB lança campanha institucional para marcar 54 anos 326

Empresa também prevê lançamento de novos produtos em 2019

Reprodução/APLUB
Reprodução/APLUB

Com o slogan ’54 anos bem vividos, mirando novos horizontes’, a APLUB estreou campanha institucional, assinada pela Duplo. A iniciativa foca em resgatar a história da marca e também trazer as novidades que estão por vir, principalmente para o segmento de capitalização. Para isso, foram desenvolvidas peças para veiculação em lotações, bancas de revista, mobiliário urbano, e também para o segmento digital nas mídias sociais e revistas parceiras.

A experiência e a construção de relacionamentos com seus clientes são lembradas na campanha, que faz parte de uma série de ações que visam mostrar que a Aplub está em movimento. Assim, apresenta novos produtos e reforça apostas já consolidadas.

No segmento de capitalização, para pessoas físicas, a novidade é o Sorte Sempre, programa de acumulação financeira que permite ao titular concorrer a sorteios semanais de prêmios com valor 2.500 vezes o de sua contribuição mensal, que varia de R$ 30,00 a R$ 100,00.

Já para o meio corporativo, a Aplub apresenta o Promocap, idealizado para grandes empresas que querem agilidade para realizar sorteios lastreados por Títulos de Capitalização. A solução é uma ferramenta importante para potencializar campanhas de marketing a partir de prêmios em bens ou dinheiro. Outro produto que a marca destaca é o Aluguel Fácil Aplub, pensado para o mercado imobiliário.

Grupo SURA divulga os resultados financeiros do 3º tri de 2018 393

Sura

Desempenho operacional das subsidiárias impulsiona o lucro líquido acumulado no ano para 1,1 trilhão de pesos colombianos

Os resultados financeiros do 3º trimestre de 2018 do Grupo SURA mostraram desempenho operacional positivo para suas subsidiárias. Em particular, durante o terceiro trimestre, houve um efeito cambial negativo no resultado devido à desvalorização do peso colombiano em relação ao dólar.

O lucro líquido acumulado no ano é de 1,1 trilhões de pesos colombianos (US $ 371,9 milhões), um aumento de 0,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Isto é o resultado de um aumento de 7,7% nos lucros líquidos da SURA Asset Management, para 479,288 milhões de pesos colombianos (US$ 161,3 milhões), e 0,5% para Suramericana, para um total de 394,843 milhões de pesos (US$ 132,8 milhões), e uma recuperação, durante o terceiro trimestre da receita através do método de participação de associados devido à melhoria dos resultados para o Bancolombia e o Grupo Nutresa.

A receita total chegou a 14,5 trilhões de pesos colombianos (US$ 4.480,5 milhões), uma redução de 4,3%, que reflete questões como a decisão de não participar do seguro de pensão na Colômbia, menor receita dos investimentos nas carteiras das subsidiárias e a desvalorização na Argentina. Esses fatores foram parcialmente compensados por receitas mais altas de comissões para o negócio de previdência e pela prestação de serviços de saúde na Colômbia. Enquanto isso, as despesas totais foram de 13,1 trilhões de pesos colombianos (US$ 4,399 milhões), um decréscimo de 4,7. Isso reflete menos reclamações e reservas, controle de despesas administrativas e redução nas despesas com juros.

“Gostaríamos de salientar que continuamos no caminho de acelerar o crescimento rentável com um desempenho positivo da Suramericana e da SURA Asset Management. Ambas as filiais estão crescendo em seus principais segmentos e, ao mesmo tempo, mantêm o foco na eficiência e fazem investimentos para fortalecer suas operações. Os resultados finais são afetados por fatores externos, como menor receita de investimentos, devido à volatilidade do mercado de capitais e ao impacto das taxas de câmbio”, comenta Ricardo Jaramillo, vice-presidente de Finanças Corporativas do Grupo SURA.

A SURA Asset Management (especialista em previdência, poupança e investimento) teve um aumento de 6,6% na receita de comissões em seu negócio de pensão obrigatório, enquanto o negócio da previdência social aumentou em 15,1% em termos comparáveis. Contou com 19,8 milhões de clientes, um aumento anual de 3,6%, enquanto os ativos sob gestão (AUM) representaram 412,8 trilhões de Pesos Colombianos (US$ 138.897 milhões) e cresceram 7,5% em relação a setembro de 2017. Esses números são consistentes com o foco estratégico no fortalecimento da experiência do cliente e os processos relacionados às decisões de poupança e investimento.

Por sua vez, a Suramericana (especializada em gestão de seguros, tendências e riscos) teve aumento de receita, em termos comparáveis, de todos os seus segmentos: geral (8,1%), vida (13%) e saúde (20,5%). Além disso, a taxa de sinistros retidos melhorou, passando de 55,5% para 54,3%, e os resultados técnicos aumentaram para 8,3%, apesar da queda dos prêmios por não participar do seguro de aposentadoria na Colômbia. A companhia continua a ajustar sua carteira de soluções para aumentar a eficiência, controlar as reclamações e aumentar as atividades comerciais em segmentos como pequenas e médias empresas.

Apenas entre julho e setembro, o lucro líquido do Grupo SURA totalizou 413.588 milhões de pesos colombianos (US$ 139,2 milhões), 10,2% inferior ao terceiro trimestre de 2017. A redução é devida ao impacto da diferença na taxa de câmbio, embora estes sejam os maiores lucros líquidos para 2018. Os lucros da Suramericana aumentaram, no terceiro trimestre, 33,2%, enquanto o lucro da SURA AM diminuiu 2,6%, como resultado das diferenças nas taxas de câmbio.

O Grupo SURA encerrou o 3º trimestre deste ano com os ativos por 67,9 trilhões de pesos colombianos (US$ 22,866 milhões), 1,5% inferior a dezembro de 2017; O passivo diminuiu 1,4%, para 42,2 trilhões de Pesos (US$ 14.186 milhões), e o patrimônio diminuiu 1,6%, chegando a 25,8 trilhões de Pesos (US$ 8.681 milhões).

Eventos significativos para o terceiro trimestre:

  • Pelo 8º ano consecutivo, o Grupo SURA faz parte da seleção mundial de empresas que compõem o Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI). Teve a terceira maior pontuação entre as 15 empresas do setor de Serviços Financeiros Diversos e Mercado de Capitais e ainda é a única empresa latino-americana do setor.
  • A Seguros SURA México, uma afiliada da Suramericana, iniciou a transição ordenada para incorporar o negócio de soluções Life gerenciado pela SURA Asset Management naquele país, após obter a aprovação dos reguladores. A operação faz parte da estratégia de otimizar o portfólio do Grupo SURA para reforçar as oportunidades de crescimento e eficiência em ambas as filiais.
  • Como parte da transformação digital da SURA Asset Management e do uso de tecnologias exponenciais, a empresa lançou o Protección Smart na Colômbia, uma plataforma de robôs que usa inteligência artificial para projetar um investimento personalizado para aqueles que desejam economizar em fundos privados. Além disso, pode analisar diariamente a estratégia definida e otimizar a combinação de portfólios para atingir as metas do plano de cada poupador.
  • Um relatório da Morningstar forneceu, no México, a sua maior pontuação para as quatro empresas de investimento especializadas em fundos de aposentadoria (Sociedades de Inversión Especializadas en Fondos para el Retiro – Siefores) administradas pela Afore SURA. Eles foram os únicos naquele país a obter a classificação prata analista Morningstar, a mais alta concedida neste ano, de acordo com o relatório publicado no início de outubro por essa empresa global de pesquisa e gestão de investimentos.

Gente Seguradora aproxima parceiros de negócios visando satisfação de clientes 1320

Companhia quer inovar e proporcionar melhores soluções ao setor de seguros

Inovação com foco na satisfação dos clientes foi um dos focos da Gente Seguradora em ação de aproximação com parceiros de negócios, na última semana. A ação foi realizada no Vila Ventura Ecoresort, localizado na região metropolitana de Porto Alegre (RS). Executivos, corretores, representantes de oficinas e demais participantes desse ecossistema participaram do momento.

Na oportunidade foi realizada a 6ª edição do Workshop dos Corretores de Seguros, além da 1ª edição do Meeting de Oficinas Mecânicas. Marcelo Wais, diretor da Gente Seguradora, explica que o intuito do encontro foi a qualificação dos parceiros da companhia. “Isso inclui os corretores e representantes das oficinas mecânicas. Buscamos pessoas que possam nos ajudar a trazer formação qualificada para essas equipes”, afirma o executivo.

Diante dos resultados de 2018, as expectativas dos representantes da companhia são as melhores possíveis. “Os últimos cinco anos têm sido muito bons. Estamos otimistas que essa linha continue em 2019, e que os nichos em que atuamos continuem trazendo bons resultados. Estamos fazendo algumas alterações e modernizando nossa operação em nível tecnológico”, explica Wais ao ressaltar a participação de profissionais de todo o País no evento.

Uma das grandes novidades da Gente Seguradora é a nova sede da companhia, em um prédio de 16 mil metros quadrados. “As obras de nossa nova sede, na Av. Carlos Gomes – 350, devem começar em janeiro. É uma parte importante de nosso crescimento sustentável e das inovações que queremos implementar a partir de então”, reitera. “Queremos pessoalizar nossas relações e trazer mais profissionais junto à nós. Nossa área comercial está sempre disponível e estamos preparados para desenvolver projetos personalizados”, completa.

José Carlos Cardoso, presidente do IRB Brasil Resseguros, apresentou a visão da empresa sobre o mercado segurador. “Ressaltei a importância da atividade de seguros e resseguros para a sociedade como um todo, além do papel do segurador, corretor e ressegurador diante de uma importante parcela da sociedade. Isso pelo aspecto social ou econômico”, conta.

Para Cardoso, o desafio é grande, mas também um privilégio. “Trabalhar em uma empresa totalmente brasileira é motivo de orgulho. As decisões estão em nossas mãos e isso representa uma vantagem competitiva muito grande, ao mesmo tempo em que isso exige muita responsabilidade. Nosso crescimento é contínuo e isso significa que temos um time muito bom, coeso e unido, com estratégia bem definida”, argumenta.

O presidente do IRB Brasil Resseguros ainda destaca a importância de se ouvir o cliente. “Possuímos uma visão 360º, afinal, desenvolvemos nossos produtos para os clientes. Queremos entender o que realmente é necessário e o que é tendência para o cliente, por isso estreitamos a distância existente aos nossos parceiros. Deste modo, possuímos autonomia para adaptar ou criar produtos tailor-made para as necessidades brasileiras”, completa.

“Somos uma empresa de brasileiros para brasileiros”, diz José Carlos Cardoso, presidente do IRB Brasil Resseguros.

Cardoso ainda destaca a singularidade do Brasil diante dos países vizinhos. “Deste modo, nossos produtos também têm muita aceitação no mercado latino-americano”, afirma. “A Gente Seguradora vem surpreendendo positivamente através de sua excelente gestão, esse evento veio dar ainda mais transparência à esse trabalho que está sendo desenvolvido. Fico muito tranquilo em saber que essa experiência com a companhia foi muito acertada”, acrescenta ao também demonstrar otimismo com a recuperação da economia brasileira.

A Gestora da Área de Sinistros da Gente Seguradora, Eva Silva, ressalta a importância de uma maior aproximação com os parceiros das oficinas. “É quem executa os serviços nos veículos. Esse estreitamento visa uma prestação de serviço ainda melhor para nossos clientes. Nossa subscrição é muito bem feita, além de contarmos com um sinistro bem regulado. Tudo isso resulta em uma operação saudável e sustentável”, diz.

“Visamos garantir o crescimento de todos”, afirma Eva Silva, Gestora da Área de Sinistros da Gente Seguradora.

O foco em tecnologia também esteve em pauta durante o encontro, realizado nos dias 29 e 30 de novembro. Por isso, a Planetun também participou do encontro da Gente Seguradora. “Um de nossos principais aplicativos atualmente são os de auto vistoria, inspeção residencial e demais serviços. Também atuamos com o fornecimento de peças e a tecnologia agregada forma nosso carro forte. Em fevereiro ainda lançaremos um novo produto ligado à inteligência artificial”, anuncia Henrique Maziero, sócio-fundador da Planetun.

Maziero acrescenta a redução de custos e tempo com a inclusão da tecnologia nas operações securitárias. “Isso significa muito mais conforto e segurança, tudo de forma menos invasiva para o cliente. A automatização de processos é fundamental para continuidade e crescimento do setor de seguros no Brasil”, elenca o executivo.

Henrique Maziero também concorda que o evento da Gente Seguradora foi fundamental para promover a proximidade de quem utiliza os serviços e sistemas da Planetun. “Esse momento foi enriquecedor. Estar aqui, olho no olho e resolvendo questões, aproxima ainda mais. Torna tudo mais ‘Gente’. Não podemos nos acomodar. O mercado está mudando rapidamente e a tecnologia com inovação de processos é o que nos auxiliará e nos manterá sempre à frente”, finaliza.

O CEO da Cilia Tecnologia, Daniel Barbosa, também participou do encontro. A empresa desenvolveu o mais moderno sistema de orçamentos automotivos. Simples e intuitivo, a aplicação é focada na usabilidade e nas pessoas. São mais de 28 mil oficinas, 18 milhões de peças, 63 mil modelos de veículos e 28 montadoras cadastradas.

Jogador pela Seleção Brasileira de Futebol, além de Grêmio e Internacional, Tinga participou dos momentos de integração total. A iniciativa lembra que ao mesmo tempo em que pode-se agregar valor profissional, as pessoas continuam sendo o principal agente de transformação do setor de seguros.

Confira todas as imagens – Encontro da Gente Seguradora:

Agensel e Fator Seguradora unem forças para fazer acontecer 466

Parceria entre Agensel e Fator Seguradora

Assessoria aposta em soluções diferenciadas para expansão do seguro no Rio Grande do Sul

Com 45 anos de mercado, a Agensel fez uma acentuada base de corretores de seguros em todo o Estado do Rio Grande do Sul. Com foco em um crescimento sólido, a Assessoria em Seguros agora é parceira da Fator Seguradora. Quem explica é o executivo principal da Agensel, Djalma Jardim. “Agora é o momento de dar continuidade ao trabalho que já fazemos ao longo desses 45 anos. Queremos apostar nos ramos diferenciados”, conta.

“Somos movidos a negócios. Nosso cliente é o corretor. Aqui ele certamente encontrará parceria para fazer negócios. Com a Agensel, os profissionais da corretagem podem ter certeza que serão bem recebidos e que farão grandes operações conosco”, completa Djalma Jardim.

O diretor comercial da Agensel, Maurício Jardim, reforça a perspectiva de que o mercado de seguros está em franca transformação. “O nicho de segmentos está mudando e trabalhamos com os corretores pequenos e médios. Esse tipo de profissional está sempre focado no Automóvel, aí sobra os ramos de Vida e Previdência. Por isso apostamos na Fator Seguradora, pois realmente representa uma possibilidade de aumento de ganhos para o corretor. Muitas vezes os corretores não trabalham com esse tipo de nicho por não dominá-lo e aí é que entramos, a Agensel está sempre disponível para solucionar qualquer tipo de problemas”, evidencia.

Fator Seguradora e Agensel fecham parceria com visão de sucesso
Fator Seguradora e Agensel fecham parceria com visão de sucesso

Maurício Jardim ainda reforça que, desde 1973, todas as parcerias da Agensel sempre foram duradouras. “Sabemos como é o mercado. Buscamos resultados, crescimento e uma produção sadia, pois é bom para o corretor, para a seguradora e também para a assessoria”, afirma. “Estamos sempre aumentando nossa base de corretores, nas visitas em que fazemos questionamos se aquele segurado do ramo de automóvel, por exemplo, não se encaixa em uma apólice de Responsabilidade Civil Profissional. Quanto mais produtos forem ofertados aos clientes, mais eles serão fidelizados. Com isso, a chance de perder uma renovação cai muito”, reitera o executivo.

Com foco nos corretores de seguros, caso algum consumidor final entre em contato com a Agensel será imediatamente indicado para um corretor parceiro da empresa. “Somente um profissional especializado vai saber qual o melhor produto para garantir proteção ao consumidor. Estamos atentos em todos os processos, de ponta a ponta, para garantir que tudo ocorra da melhor forma possível”, garante Maurício Jardim.

João Lagranha, Gerente Comercial Regional da Fator Seguradora, reforça a credibilidade da Agensel ao longo dos 45 anos de história da empresa. “Propomos colocar nossos produtos nas mãos de pessoas que irão fazer o negócio acontecer. A Fator conta com produtos diferenciados, nas linhas de Responsabilidade Civil, D&O e também estamos entrando no canal Property, a partir de dezembro. Para nós é uma oportunidade brilhante disponibilizar nossos produtos à esses corretores de seguros”, evidencia.

Com 10 anos no mercado brasileiro, a Fator Seguradora está em processo de franca expansão em todas as regiões. “Contamos com operações no Nordeste, Centro-Oeste e na Região Sul, onde estou à frente do processo de parcerias com outras assessorias. A companhia é voltada para os segmentos de Garantia, Responsabilidade, como o RC, por exemplo. Contamos com um portal em que o corretor pode fazer cotação e a transmissão direto, na ponta. Afinal, agilidade é muito importante para nossos parceiros. Trabalhamos ainda com Riscos de Engenharia, na parte da construção civil pesada, além de Riscos Diversos na modalidade linha amarela”, diz Lagranha.

Com o intuito de promover treinamentos e disseminar informações para os corretores de seguros, a Fator Seguradora quer oferecer algo a mais aos profissionais da base. “É preciso fazer o cross-selling das informações. A carteira de RC Profissional, que abrange aproximadamente 40 atividades, é muito importante, para exemplificar. Nossa perspectiva para 2019 é de grande mudança para o Brasil, entendemos que mais negócios vão surgir e eles precisarão de garantias. Com a Agensel a Fator Seguradora estará muito bem representada”, estima João Lagranha. “A companhia está se moldando, cada vez mais, no digital. A parceria com a Agensel significa um ponto muito importante no avanço da Fator no Rio Grande do Sul. São mais de 45 anos de experiência no mercado. Não é qualquer empresa que tem isso hoje. São profissionais extremamente gabaritados e com condições de representar o nome da Fator no atendimento das demandas dos corretores. Isso é muito importante”, finaliza.

Parceria entre Agensel e Fator Seguradora – Galeria de imagens:

Jornada do CVG/RS orienta profissionais do mercado 545

Momento marcou primeiro evento sob a gestão da nova diretoria

O CVG/RS realizou, na última quinta-feira (29), a V Jornada de Seguros e Benefícios. A oportunidade teve a presença de mais de 200 profissionais de mercado em um dia inteiro de palestras sobre as temáticas inovação e tecnologia, além de contar com espaço dedicado à companhias expositoras para facilitar a rede de contatos entre os participantes. “Preparamos este dia especialmente para impactar positivamente o conhecimento e a troca de experiências de cada um”, comentou a presidente do Clube, Andreia Araújo.

A psicóloga especialista no viés econômico Luciane Fagundes falou sobre situações que levam as pessoas a tomarem determinadas decisões. Através dessa compreensão, a palestrante demonstrou aos corretores abordagens para vender ainda mais. “As pessoas tem medo de riscos, mas não conseguem tomar nenhuma decisão quanto a isso, e é neste cenário que vocês auxiliam elas”, destacou.

O atuário Sergio Rangel refletiu sobre a gamificação no mercado de seguros. Para ele, essa é uma ferramenta que o segmento pode fazer uso de maneira inteligente. “Pequenas intervenções mudam o comportamento das pessoas e ajudam a tomar as melhores decisões”, explicou.

O vice-presidente da Icatu Seguros, César Saut, refletiu sobre as oportunidades nas áreas de vida e previdência. Ele realizou uma relação com a economia brasileira, demonstrando que há espaço para o crescimento profissional da categoria. “O mercado de seguros precisa ser mais disruptivo, os operadores precisam se envolver cada vez mais e sempre procurar maneiras de inovar”, disse. O corretor de seguros mineiro Rogério Araújo trouxe dicas baseadas em sua própria vivência. “O corretor deve sempre não só buscar oportunidades, mas também criá-las e isso é possível acreditando, investindo e aplicando suas ideias”, argumentou.

O membro de honra do Million Dolar Round Table, JP Bottecchia, contou sua história de vida, baseada em muita persistência. Dando um toque especial ao evento, que trouxe novas perspectivas sobre o setor aos participantes.

Galeria de imagens – V Jornada de Seguros e Benefícios do CVG/RS: