Presidente da FenSeg destaca seguro popular de automóveis e apresenta dados 370

Vinte milhões de veículos devem aderir à nova modalidade

No dia 1º de abril foram aprovadas as regras para comercialização do seguro auto popular. O produto abre mão de peças originais usadas e permite que genéricas sejam utilizadas. Isso faz com que o preço do seguro possa ficar até 30% mais barato, conforme apura a Superintendência de Seguros Privados. O foco deste tipo de apólice são veículos que possuam entre cinco e vinte anos de circulação. “Não podemos afetar as garantias dos veículos com o uso de peças genéricas. Muitas montadoras aumentaram a assistência para este prazo. Sempre buscamos as melhores alternativas ao consumidor”, conta João Francisco Borges da Costa, presidente da Federação Nacional de Seguros Gerais ao participar do tradicional almoço mensal do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul, no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre (RS). O encontro, realizado na última quinta-feira, reuniu mais de 120 profissionais da categoria.

A crise econômica que atinge o Brasil exige a prospecção de novos mercados, bem como adequação das coberturas oferecidas pelo ramo de seguros. A perspectiva é de que 20 milhões de veículos adquiram proteção com a nova modalidade. “Isso pode reequilibrar o mercado a curto e médio prazo”, disse o palestrante.

A capacidade automotiva também foi abordada por João Francisco, que trouxe um levantamento sobre a capacidade produtiva das montadoras de veículos em nível mundial. O número chega a 126 milhões de unidades, porém a indústria deve produzir 91,5 milhões, o que gera um déficit de 35 milhões de carros no mundo. Isso representa 73% do total da possibilidade de produção. O Brasil é líder no segmento automotivo na América do Sul, produz 70% do total de veículos com 50% de ociosidade em seu parque industrial. São ao todo 5,2 milhões de veículos. Os números embasam a afirmação de que a frota brasileira está envelhecendo após a profunda e constante renovação dos últimos vinte anos. “Algumas cidades, como São Paulo, possuem padrão europeu na relação média de veículos por habitante”, revelou o também presidente da HDI Seguros no Brasil.

Departamento de Trânsito é fundamental para implantação

Ildo
Ildo Mário Szinvelski, diretor geral do Detran-RS.

Representantes da Segurança Pública e do Departamento Estadual de Trânsito participaram do almoço, o primeiro sob o comando de Guacir de Llano Bueno na presidência do SindSeg-RS. Ildo Mário Szinvelski, diretor geral do Detran-RS, ressaltou a queda de taxa de acidentes no trânsito gaúcho graças às ações integradas que foram colocadas em prática nos últimos anos. “Além de uma melhor formação de condutores, temos a Balada Segura e fiscalização efetiva para barrar o excesso de velocidade”. Szinvelski também reitera a importância da atuação conjunta para barrar o mercado ilegal de desmonte de veículos. “Precisamos oportunizar maior segurança à todos. É isso que a população quer”, afirma.

Um dos questionamentos existentes sobre a implantação do seguro popular é referente a origem e controle das peças utilizadas, por isso, se faz fundamental a atuação conjunta do mercado segurador com o departamento. Com maior controle sobre segurança e procedência é possível acompanhar as informações inclusive pela internet, o que deve diminuir o roubo e furto de veículos. A base conta com mais de um milhão de itens cadastrados, além dos chamados CDVs (Centros de Desmanche de Veículos), devidamente autorizados para comercialização de peças inclusive com emissão de nota fiscal. Para conferir basta acessar este site.

Performance de outros nichos

Dados de janeiro a março de 2016, apresentados pelo executivo, mostram um crescimento real de 1,9% de volume de prêmios arrecadados pelo mercado, basicamente por causa de ramos que não são os tradicionais como o segmento de seguros de automóveis, considerado parte significativa da arrecadação, representando 42,6% do mercado. Porém, João Francisco apontou que a modalidade não está contribuindo de maneira positiva, com uma performance negativa de 3,4%. Já o segmento de seguro Patrimonial teve 2,4% positivos. “Isso foi bastante puxado pelos seguros não ligados a atividades de varejo. O seguro de garantia estendida e os riscos de engenharia tiveram performances negativas”, pontuou o presidente da Federação.

Outros dados apresentados apontaram um crescimento de 10,5% no seguro habitacional. Em seguro de riscos financeiros, fiança locatícia teve performance negativa, e garantia, 17,8% positivos. O que se constata é que grande parte da fiança bancária concedida pelas instituições financeiras (bancos) migrou para a atividade de seguros, tendo em vista a redução dos limites dos clientes. “De certa maneira os bancos preferiram endereçar essas garantias para o segmento de seguro e isso está criando essa performance positiva”, complementou João Francisco. Nos demais ramos, o seguro rural se destaca, com 34% de evolução positiva. No geral, ele atribui esses resultados às mudanças de calendário. “O fato é que algumas renovações migraram de dezembro para janeiro e impulsionaram os números, de certa maneira”, finalizou.

Confira todas as imagens do almoço

Presidente da FenSeg destaca seguro popular de automóveis e apresenta dados

*Com informações complementares de Luciana Ayres, analista de comunicação da CNseg.

Não saia de casa sem saber tudo sobre o seu Seguro Viagem 7938

Reportagem do Seguro Sem Mistério conversou com especialista da Zurich

Está pensando em viajar? O primeiro passo é se conscientizar sobre a importância de não sair de casa sem saber tudo sobre o seu seguro viagem. A reportagem do Seguro Sem Mistério conversou com a Head desta área da Zurich, Simone Libonati.

Simone Libonati é Head de Seguro Viagem da Zurich.

De acordo com a especialista no assunto, para acionar o seguro é preciso entrar em contato com a Central de Atendimento e ter todas as informações que constam na documentação que foi fornecida. “O cliente precisa manter a calma durante o atendimento, porque quanto mais claro for o relato da situação, melhor o atendente consegue auxiliar na solução do problema”, orienta.

Um dos principais enganos que acontecem na contratação é não observar corretamente os dias de ida e volta de acordo com o fuso horário de cada localidade e acabar com alguma data fora do período de cobertura. “Quando isso acontece, a pessoa pode ter problemas, pois se, por exemplo, a bagagem se perde, ele pode ter a cobertura do seu seguro comprometida”, alerta.

Existem diferenças do produto para turismo, que é contratado de forma individual, e viajantes a negócios, que normalmente é feita pela empresa. “Quando o intuito é lazer, normalmente o viajante se expõe a muito mais riscos e, quando é a trabalho, ele tem uma programação mais restrita”, comenta, ao salientar que estes detalhes modificam a precificação do seguro viagem para cada caso.

O seguro viagem da Zurich cobre casos de emergência e urgência relacionados à viagem e ao segurado. Existe uma possibilidade de contemplar uma cobertura adicional de seguro de roubo e furto de bens. “O cliente precisa conferir o produto que está comprando para ver se há esta cobertura”, avisa.

Gostou? Confira a reportagem completa!

Inscrições abertas para V Jornada de Seguros e Benefícios do CVG/RS 736


Oportunidade será limitada a 200 participantes

Estão abertas as inscrições para a V Jornada de Seguros e Benefícios do CVG/RS. O evento acontecerá no dia 29 de novembro no Clube do Comércio, em Porto Alegre (RS).

“Será uma oportunidade única para que os operadores do mercado possam participar de um dia em que muito conhecimento será compartilhado pelos nossos palestrantes”, destaca a presidente do Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG/RS), Andreia Araújo.

As inscrições podem ser feitas através do email secretaria@cvgrs.com.br ou pelo telefone (51) 3286-3104. Associados do CVG/RS pagam R$ 70 e público em geral R$ 150.

V Jornada de Seguros e Benefícios do CVG/RS
Quando: 29 de novembro
Onde: Clube do Comércio (Rua dos Andradas, 1085 – 4º andar) | Centro Histórico de Porto Alegre/RS
Informações: secretaria@cvgrs.com.br | (51) 3286-3104

Fator Seguradora comemora 10 anos de sucesso em noite especial 1103

Companhia é especialista em seguros diferenciados e demonstra otimismo para os próximos meses

A noite da última quinta-feira (08) foi especial para os Colaboradores e Parceiros de Negócios da Fator Seguradora. O Vila Bisutti, localizado na Vila Olímpia (SP), foi palco das comemorações dos 10 anos da companhia, especialista em seguros diferenciados.

Luís Eduardo Assis é presidente da Fator Seguradora
Luís Eduardo Assis é presidente da Fator Seguradora

“É uma grande satisfação receber nossos Clientes, nossos Corretores, os nossos Resseguradores, Assessorias e todos os que apoiaram a empresa durante esses 10 anos de uma história de sucesso que vai se reproduzir no futuro em relações ainda mais sólidas para os próximos anos”, estimou contou Luís Eduardo Assis, presidente da Fator Seguradora.

A expectativa da empresa é que os investimentos em infraestrutura sejam retomados no Brasil nos próximos meses. “Nós nos especializamos em casos complexos e procuramos soluções extremamente elaboradas. O clima é de bastante otimismo e vemos um cenário favorável à retomada desses investimentos. Estamos à disposição para estabelecer um relacionamento que seja lucrativo para o Corretor e para a Seguradora. Acredito que o sucesso só vem através da parceria”, completa Assis.

Luciana Natividade é Diretora Comercial da Fator Seguradora
Luciana Natividade é Diretora Comercial da Fator Seguradora

“Me sinto fazendo parte dessa história e além de tudo a equipe da Fator, junto aos nossos parceiros que acreditaram e confiaram, são os grandes responsáveis por essa trajetória de sucesso. Acreditamos que o Corretor hoje precisa de agilidade, dinamismo e decisão na ponta. Lançamos diversas soluções, como uma ferramenta de cotação e emissão de RC Profissional para mais de 30 profissões e planejamos expandir isso ainda mais no próximo ano”, revela Luciana Natividade, Diretora Comercial da Fator Seguradora.

João Lagranha é Gerente Comercial Regional da Fator Seguradora
João Lagranha é Gerente Comercial Regional da Fator Seguradora

O Corretor de Seguros é um dos pilares da Fator Seguradora. “Temos diversos produtos já em desenvolvimento e diversos já disponíveis ao mercado. Conheçam nossas soluções que são muito interessantes, ainda mais com as funcionalidades do nosso Portal do Corretor”, revela João Lagranha, Gerente Comercial Regional da Fator Seguradora.

10 anos da Fator Seguradora – Todas as imagens:

Atleta é destaque em competição mirim de natação 446

Anna Luisa conta com apoio do SindSeg MG/GO/MT/DF

A atleta Anna Luisa / Divulgação
A atleta Anna Luisa / Divulgação

Uma vida mais saudável é sinônimo de uma vida mais segura. É nesse sentido que algumas linhas de atuação do SindSeg MG/GO/MT/DF, como o Bem Saudável, incentivam uma rotina equilibrada e a prática de atividades físicas.

É com esse mesmo fundamento que o Sindicato estimula a prática de esportes por meio de patrocínios a modalidades e eventos esportivos. A nadadora mirim Anna Luísa Reis é uma das atletas apoiadas pelo SindSeg.

Anna Luisa nada desde que tinha 1 ano e 9 meses e hoje, com 10 anos, já compete como atleta de alto rendimento pelo segundo ano consecutivo, em nível nacional. Recentemente, ela participou do Festival CBDA – Correios Sudeste Mini-Mirim de Natação, concorrendo ao Troféu Ivo da Silveira Lourenço.

A atleta participou de quatro modalidades individuais e duas em equipe, conseguindo colocações expressivas em cinco categorias: Anna Luisa levou medalhas de prata nos nados livre e borboleta e ouro no nado de peito.

Augusto Frederico Costa Rosa de Matos, presidente do SindSeg MG/GO/MT/DF, destaca o bom desempenho da atleta e ressalta o esporte como assertivo na formação de crianças e jovens.

“O esporte traz diversos benefícios para a vida de todos. Em nome do Sindicato, parabenizamos Anna Luisa pelas conquistas e torcemos para seu sucesso como atleta”, ressalta.

Software inova Seguro Garantia Estendida 498

Software do Grupo Gazin

Sistema Grupo Gazin automatiza regulação de sinistros até a finalização; Empresa prepara oferta a outras redes varejistas

O Grupo Gazin, sediado em Douradina (PR), tem 52 anos de atuação no mercado Varejista e Atacadista de móveis e eletrodomésticos. Atualmente conta com 266 lojas de varejo, cinco indústrias de colchões e estofados e uma indústria de molas, além de 13 centros de distribuição espalhados por todo Brasil, e faturamento médio de quase R$ 314 milhões mensais.

Uma das empresas do Grupo, a Gazin Seguros S.A. constituída para desenvolver e oferecer soluções em seguros eficientes e acessíveis aos clientes da Rede de Lojas Gazin, nas regiões Sul, Centro Oeste e Norte, a Gazin Seguros tem como destaque o Seguro de Garantia Estendida Original dos produtos que na sua grande maioria possuem 12 meses de garantia de fábrica.

A DB1 Global Software, multinacional de tecnologia sediada em Maringá (PR), que atua há 18 anos no mercado de tecnologia da informação foi a responsável por desenvolver um sistema inovador para tornar ainda mais efetivo a gestão dos seguros de garantia estendida original ofertada para a maioria dos produtos comercializados pelas lojas de varejo, representantes de seguros.

O software faz a gestão operacional do seguro de garantia estendida desde do aviso do sinistro feito pelo cliente até a resolução com o produto funcionando perfeitamente. Após a constatação de um possível defeito, imediatamente registrado pelo sistema, o programa verifica a vigência do contrato, informa se o problema deve ser direcionado para a manutenção (em um dos 800 pontos de assistência autorizados) ou troca do produto.

O programa calcula variáveis como localização e qualidade do prestador de serviços, para permitir que Gazin Seguros ofereça sempre o melhor serviço ao cliente dos seus Representantes de Seguros.

A DB1 destacou vários colaboradores especialmente dedicados ao desenvolvimento e realizações de testes do software utilizado pela Gazin Seguros, entregue no dia 20 de setembro. A equipe acompanha a atuação do software até fevereiro do ano que vem.

De acordo com Paulo José da Silva, Diretor Operacional da Gazin Seguros, “ter uma empresa com a expertise da DB1, que atua em parceria em todas as etapas do projeto, foi fundamental para a qualidade e o sucesso da empreitada”, comenta.