Broker Open de Tênis integra operadores do mercado gaúcho 457

Baixas temperaturas não afastaram competidores

A Sustentare Seguros, com o apoio de HDI Seguros Brasil, MAPFRE e Yasuda Marítima Seguros, organizou a primeira edição do Broker Open de Tênis. Todo o planejamento, organização e execução foram feitos pela Arruguetti Tênis e Arruguetti Eventos, com apoio de Pena, árbitro da Federação Gaúcha de Tênis (FGT).

Róger Da Fre, da Sustentare Seguros.
Róger Da Fre, da Sustentare Seguros.

Mesmo com um final de semana marcado pelas baixas temperaturas na capital gaúcha, os operadores do mercado se fizeram presentes, no HD Sport Center, em Porto Alegre (RS), para praticar um esporte que traz benefícios para o corpo e para a mente. “Fizemos este evento para reunir o pessoal. Praticar esporte, conversar, compartilhar um churrasco. A ideia é confraternizar”, conta Róger Da Fre, que além de organizar também participou do torneio que contou com a fiscalização do árbitro Pena, da Federação Gaúcha de Tênis. Da Fre, ao lado de Rubens Oliboni, foi vice-campeão na disputa em duplas. Sergio Hereseu e Douglas Martins foram os grandes vencedores nesta categoria.

Oliboni, diretor geral da HDI, foi um dos destaques da competição. Ele chegou até as semifinais, bem como Fabricio Porto, da Generali. As redes sociais comprovam: treinaram desde o mês de maio e praticam o esporte há alguns anos. “Tênis é uma paixão”, disse Oliboni. “A iniciativa é fantástica. Estamos o tempo todo nos escritórios preservando a vida das pessoas e seus patrimônios. Aqui conseguimos cuidar de nosso corpo e incentivar outros operadores a praticarem um esporte”, conta Porto.

Os participantes do Broker Open de Tênis, além de destacarem os benefícios de se praticar esportes com a presença de amigos e parceiros de negócios, já programavam uma segunda edição do torneio e, para isso, conclamam participação ainda maior do mercado. O grande campeão na categoria A foi Luciano Soares, do Grupo Apisul. “Pratico o esporte há três anos e posso dizer que sou um apaixonado pela prática esportiva”, disse ao convocar os colegas de mercado para a próxima edição. “Vou tentar defender meu título”, lembra.

Guilherme Godoy, da Medley Corretora.
Guilherme Godoy, da Medley Corretora.

O corretor de seguros Guilherme Godoy, da Medson Corretora, reforça as parcerias comerciais que emergem em encontros de mercado como este. “Encontramos e conhecemos novos amigos em prol do esporte e negócios”, explica.

Para Jose Alves da Silva Neto, gerente da sucursal Porto Alegre, conta que apoiar iniciativas como o Broker Open de Tênis está dentro da cultura da MAPFRE, que sempre apoia os esportes. “A ideia deste torneio é fazer com que corretor saia um pouco de sua sala para promover um entrosamento com os colegas de mercado em uma prática saudável”, reflete. Neto destaca a proximidade das férias escolares, que impulsionam os planos de seguro viagem da companhia que seguem em expansão e consolidação.

O esporte, além de fazer bem para a saúde, reflete nas ações do dia-a-dia. “Uma grande equipe sempre ajuda, mas algumas vezes você precisa tomar decisões sozinho. Isso também acontece no tênis, onde você tem que resolver tudo sozinho, diferentemente dos esportes coletivos. Isso ajuda muito”, explica Rubens Oliboni. Segundo melhor jogador pela categoria B, Cesar Alves, da HDI Seguros, veio de Santa Maria para participar do torneio. “Já diria o ditado: mente sã, corpo sã”, destaca. O corretor Douglas Martins fez dobradinha, e conseguiu o segundo troféu sendo o campeão da categoria B.

Os campeões da categoria A e os organizadores do torneio.
Os campeões da categoria A e os organizadores do torneio.

Alberto Muller, diretor regional da Yasuda Marítima – agora Sompo Seguros – no Rio Grande do Sul, destaca o ambiente aconchegante e propício para uma competição saudável em clima de amizade. “Já nos preparamos para a segunda edição, que pode acontecer até o final de ano”, conta ansioso.

Os apoiadores do ramo de seguros.
Os apoiadores do ramo de seguros.

Confira todas as imagens:

Broker Open de Tênis integra operadores do mercado

Navegação Amadora: MAPFRE lista dicas para garantir passeio tranquilo 294

Navegação Amadora: MAPFRE lista dicas para garantir passeio tranquilo

Período de verão concentra a maioria dos incidentes registrados pelas autoridades marítimas

Com a chegada do verão e do período de férias, cresce a circulação de embarcações amadoras em toda costa brasileira, bem como em águas no interior do país. Seja para um rápido passeio diurno ou para navegação de longo curso, navegar por águas calmas, curtir, sem nenhuma pressa, descobrir cada canto de um lugar desconhecido não tem preço, mas é triste ver que simples descuidos podem acarretar contratempos desnecessários, principalmente expor a família e, em grau extremo, até perder vidas.

De acordo com informações da Diretoria de Portos e Costas, órgão ligado à Marinha do Brasil, recentemente divulgadas para início da Operação Verão 2018/2019, em análise de um período de 12 meses, 40% do total de acidentes registrados ocorrem durante temporada de verão e a principal causa dos incidentes em embarcações de esporte e recreio é a falha humana, o que por vezes pode resultar em consequências irreversíveis.

Carlos Polizio, diretor de Seguros Aeronáutico, Cascos Marítimo e Transporte da MAPFRE, explica que “independentemente da experiência dos condutores, a atenção redobrada ao navegar e uma manutenção preventiva são itens fundamentais para esta época do ano visando evitar acidentes entre embarcações e principalmente com banhistas, garantindo assim um passeio tranquilo”, comenta.

Além disso, o especialista destaca que outro item fundamental e, que muitas pessoas não se atentam, diz respeito ao seguro da embarcação. “É importante manter uma atitude preventiva para evitar acidentes, mas se infelizmente o condutor tiver uma eventualidade, é imprescindível contar com uma proteção que auxilie, por exemplo, na assistência e salvamento da embarcação, apoio a terceiros prejudicados, roubo ou furto, incêndio, operações de retirada e colocação em água e transporte terrestre da embarcação”.

Líder no segmento de Casco Marítimos no país, e com atuação expressiva com embarcações de esporte e recreio, a MAPFRE oferece amplas coberturas para sua embarcação.

Dicas para uma navegação segura:

  • Respeite os banhistas: Lembre-se que, em rios e mares, os banhistas são os personagens mais vulneráveis. Por isso, para evitar acidentes, mantenha uma distância segura de 200 metros do solo.
  • Documentação: Antes de iniciar o passeio com a embarcação, certifique-se que a habilitação do condutor e a documentação do barco estão em ordem. Caso ocorra uma fiscalização, a Marinha pode apreender o veículo se houver irregularidades.
  • Conduza a embarcação com velocidade segura: Isso permite a realização de manobras em caso de situação imprevista e evita acidentes. Além disso, tenha atenção ao cruzar a esteira de uma outra embarcação maior.
  • Faça manutenção preventiva na embarcação: Este cuidado é primordial, principalmente se o veículo ficou um longo período sem navegar. Programe antecipadamente a troca de óleo e filtros.
  • Conheça bem todos os lugares por onde a embarcação irá navegar: Procurar informações preliminares sobre o trajeto pode evitar acidentes com áreas improprias para a navegação.
  • Previsão do tempo: Pesquise as previsões climáticas para a região antes de iniciar o passeio e fique atento às possíveis mudanças. No verão, redobre a análise meteorológica no período da tarde.
  • Previna incêndios na embarcação: Pequenas medidas, como verificar o quadro elétrico e a validade dos extintores de incêndio evitam grandes tragédias.
  • Respeite o limite de pessoas a bordo e garanta a estabilidade da embarcação: A maioria dos acidentes com vítimas fatais são causados por esse descuido. Tenha coletes para todos a bordo.
  • Não consuma bebidas alcoólicas quando for conduzir sua embarcação: Além de ser crime, penalizado com multa e apreensão da embarcação, o consumo de bebidas alcoólicas retarda os reflexos e pode dificultar a reação do condutor em caso de emergência.
  • Informe previamente seu plano de navegação e a lista de pessoas a bordo do iate clube e/ou marina e/ou instalação de apoio: Isso agiliza o resgate em uma eventualidade. Além disso, leve sempre um equipamento de comunicação testado antes de embarcar.
  • Combustível: Calcule o consumo da embarcação e abasteçam sempre a quantidade para ida e volta do passeio. Uma medida de segurança importante, é sempre guardar um terço para eventualidades.
  • Tenha cuidado redobrado quando houver pessoas na água: Quando ancorado, não movimente a embarcação se tiver alguém por perto na água. A diversão e a segurança precisam navegar juntas.

Fundación MAPFRE realiza ação de Prevenção a Afogamentos em Guarulhos 370

Fundación MAPFRE realiza ação de Prevenção a Afogamentos e Guarulhos

Iniciativa é promovida em parceria com a Secretaria de Educação do município

Sensibilizar crianças, adolescentes e familiares sobre como evitar acidentes em ambientes aquáticos. Este é o principal objetivo do programa de Prevenção a Afogamentos, da Fundación MAPFRE, que acontece de 14 a 19 de janeiro, nos Centros de Educação Unificada (CEUs) de Guarulhos.

De maneira lúdica e interativa, o público participa de atividades que mostram os cuidados necessários na hora de entrar na água. O tema é abordado por meio de peça de teatro e distribuição de jogos da memória com informações e dicas de prevenção. Atualmente o afogamento é a segunda maior causa de mortes acidentais entre crianças de zero a 14 anos, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

“Os acidentes em piscinas, represas, praias e rios acontecem de maneira rápida e silenciosa. Por este motivo, além de conscientizar os adultos, promovemos ações que despertem em crianças e jovens a responsabilidade de que, quando se conhece os perigos deste tipo de lazer, a brincadeira na água se torna mais segura e divertida”, destaca Fátima Lima, diretora de Sustentabilidade da MAPFRE e da Fundación MAPFRE no Brasil.

As atividades nos CEUs acontecem sempre das 9h às 17h, são totalmente gratuitas e abertas à comunidade. A ação acontece em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Guarulhos, pelo projeto Escola 360.

O programa de Prevenção à Afogamentos já beneficiou mais de 7 mil crianças, adolescentes e educadores desde novembro, quando as atividades desta temporada de verão tiveram início e foram focadas nos alunos e professores.

Mais informações sobre a campanha e orientações de segurança estão disponíveis neste endereço.

Corretor de Seguros possibilita a melhor escolha de coberturas para o segurado 842

Esse é o pensamento que norteia o executivo Renato Pedroso, presidente da Previsul Seguradora

Considerada como a “seguradora digital do corretor de seguros”, a Previsul Seguradora participou do Congresso Nacional dos Corretores de Seguros (Conec) pela 4ª edição consecutiva, em 2018. O presidente da seguradora, Renato Pedroso, afirmou em entrevista ao apresentador Jota Carvalho que “naturalmente a companhia participou desse evento, que resulta em benefícios para o profissional da corretagem de seguros”.

“O profissional de seguros, o corretor, tem de ter sua autonomia para escolher para seu cliente a melhor cobertura, a melhor taxa e a melhor conveniência dentro do que ele precisa. Esse é o objetivo da Previsul: ser a seguradora digital do corretor para que possamos, através dessas ferramentas, entregar para este profissional aquilo que ele precisa para conseguir chegar nessa decisão, que envolve qual a melhor cobertura, qual o leque de assistências ou de produtos que estarão englobados em uma apólice securitária”, explicou Pedroso ao programa Seguro Sem Mistério na TV.

A rapidez com que o desenvolvimento das soluções digitais da companhia vem sendo aprimoradas também foi destaque na fala de Pedroso. “Além disso, prezamos pela qualidade. Temos grandes exemplos, como o cotador da Previsul, os produtos de grupo, como o Vida em Grupo (VG), Acidentes Pessoais (AP) Coletivo, AP Eventos, além do seguro voltado às PMEs, que contempla todas as faixas de capital. Outro produto é o Renda por Incapacidade Temporária (RIT) por Acidente Pessoal, que é individual”, explica. “Lançamos também o Previsul Odonto, voltado para PMEs com 4 tipos de produtos que oferecem comissionamento padrão para o corretor. Através de uma ferramenta é possível estimar o prêmio do cliente, fazer a cotação e até mesmo enviar a apólice digital para assinatura. Ou seja, a Previsul está inovando para que o corretor tenha, até mesmo, menos despesa. Se a Previsul tem que emitir o papel ela terá o custo de processar esse papel, que é redirecionado proporcionalmente também para o corretor”, justifica.

Para Renato Pedroso, a dinâmica do setor de seguros é “procurar a digitalização do relacionamento e não puramente entregar ferramentas ‘à torto e à direita’ para o nosso principal canal de distribuição”. Ou seja, é “procurar que essa facilidade consiga conferir a autonomia profissional à esse corretor”, finaliza.

Resiliência do seguro garante o futuro de pessoas e famílias 384

É o que pensa o CEO da MAPFRE no Brasil, Luis Gutiérrez Mateo

A resiliência do mercado de seguros foi enaltecida pelo CEO da MAPFRE no Brasil, Luis Gutiérrez Mateo. Em entrevista ao programa Seguro Sem Mistério na TV, o executivo disse que o mercado “acompanha quando a economia vai bem, mas também quando a economia cai, pois garantimos o futuro das pessoas”. “Representamos uma parte fundamental do Produto Interno Bruto (PIB) do País”, justificou.

Ainda na entrevista, gravada durante o último Congresso Estadual de Corretores de Seguros (Conec), Gutiérrez demonstrou que o portfólio de produtos não é o fundamental. “A parte fundamental é continuar tendo o maior portfólio de produtos, continuar melhorando e adaptando às características do consumidor e do mercado, além de inventar, pensar fora da caixa, fazer de outro jeito e, sobretudo, escutar os corretores – que são a voz e a cara da companhia”, afirmou ao ressaltar a importância de ouvir o que o mercado, como um todo, precisa para o desenvolvimento de novas soluções.

“A  verdade é que a companhia é feita por pessoas. Pessoas que acreditam no sucesso de uma empresa”, prosseguiu. “Tenho o privilégio de que os corretores conhecem e também aproveitam o melhor time de seguro do País, assim como também temos o melhor time de seguro do mundo. Estou super honrado e orgulhoso desse time que representa a MAPFRE”, finalizou.

MAPFRE recebe o ‘Prêmio Espro Melhores Escolhas’ 214

Premiação reconhece as companhias que se destacam nas áreas de Responsabilidade Social e Programa de Socioaprendizagem

Divulgação
Divulgação

A MAPFRE foi reconhecida no ‘Prêmio Espro Melhores Escolhas’ como uma das empresas que melhor promovem a inclusão do jovem aprendiz no mercado de trabalho. Os vencedores foram conhecidos recentemente, em evento realizado na cidade de São Paulo.

Organizado pelo Ensino Social Profissionalizante (Espro), organização sem fins lucrativos que se dedica à capacitação e inserção de jovens no mercado de trabalho, o prêmio está em sua segunda edição e tem o objetivo de reconhecer companhias parceiras que se destacam nas áreas de Responsabilidade Social e Programa de Socioaprendizagem.

Neste ano, a premiação contou com a participação de cerca de 2.500 empresas e reconheceu 22 companhias, divididas em cinco categorias: ‘Educa’, companhias que se diferenciaram em aspectos de treinamento, capacitação e atividades teóricas; ‘Transforma’, para empresas que obtiveram a melhor nota na pesquisa de satisfação; ‘Inclui’, destinada às instituições que se destacaram em critérios de vulnerabilidade social e diversidade; ‘Melhores Escolhas’, parceiros da entidade que tiveram o melhor engajamento com a inclusão e o compromisso com a responsabilidade social; e ‘Educa, Transforma, Inclui’, que destacou as empresas que se sobressaíram pelo conjunto de ações realizadas levando-se em conta todos os conceitos analisados.

A MAPFRE foi reconhecida na categoria ‘Inclui’. “Acreditamos que a consolidação de uma empresa forte, com crescimento sustentável, passa por um quadro de colaboradores diverso, que agregue à empresa com diferentes visões e experiências”, destaca Jisley Bontempo, gerente executiva de Experiência do Colaborador da MAPFRE.

“Além disso, temos consciência da nossa responsabilidade social, como uma das líderes dos setores de seguros, assistência e serviços financeiros, de abrir espaço para jovens que estão ingressando no mercado de trabalho e buscando o seu primeiro emprego”, comenta.

A executiva salienta que a empresa conta hoje com colaboradores em cargos de liderança que ingressaram na companhia como jovem aprendiz. “Em todo o país, possuímos atualmente cerca de 130 colaboradores que participam do programa. Eles recebem treinamento para que possam se desenvolver profissionalmente e, se desejarem, seguirem atuando em uma das diversas áreas da nossa empresa”.