Mortes por acidentes de trânsito sofrem maior queda dos últimos anos no Rio Grande do Sul 675

Ildo Mário Szinvelski, diretor-geral do Detran/RS, participou de almoço das seguradoras

Mesmo com a calamidade nas contas públicas, os gaúchos ganham destaque no cenário nacional pelas ações preventivas e integradas para redução do número de fatalidades em acidentes de trânsito. As iniciativas visam cumprir as metas estabelecidas pela década de ação pela segurança no trânsito da Organização das Nações Unidas, a ONU. “Todos os países precisam reduzir em 50% as mortes no trânsito. Para isso, uma série de esforços foram desprendidos para melhorar a segurança e a mobilidade das pessoas”, disse Ildo Mário Szinvelski ao participar o almoço mensal organizado pelo Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul, o SindSeg-RS.

O encontro, realizado no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre, contou com presença efetiva que quase uma centena de operadores do mercado segurador, bem como representantes de áreas correlacionadas ao seguro. “Nosso setor tem muita afinidade com o assunto trânsito e é perceptível todo o conhecimento e expertise do diretor-geral do Detran-RS. Sempre aprendemos muito durante os almoços”, conta Guacir de Lliano Bueno, presidente do SindSeg-RS.

A frota de veículos obteve expansão de 32% nos últimos cinco anos, isso representa 6,3 milhões de veículos apenas no Rio Grande do Sul. A média é de 56 veículos para cada 100 gaúchos. O número de condutores também cresceu, em 18%. Desde 2010, foram 750 mil novos condutores. “Os reflexos disso se dão nos acidentes de trânsito. Tratam-se de atos de irresponsabilidade e que poderiam ser evitados se fossem adotadas medidas prevencionistas”, disse ao apresentar os dados que apontam a redução da acidentalidade fatal.

Os números dão indícios de que as ações educativas e operações como Balada e Viagem Segura tenham efetivamente mudado a cultura dos motoristas gaúchos. “Temos feito mais com menos. Cursos presenciais com pedagogos, cursos à distância e ações educativas qualificadoras internas, bem como inserções de mídia”, disse Szinvelski ao enaltecer novidades na formação de novos motoristas, como os simuladores virtuais, por exemplo. “Todos os órgãos do governo estão reunidos mensalmente para discutir medidas prevencionistas”, completa o diretor-regional do Detran.

Aumentou em 57% o número de processos instaurados para suspensão e cassação de condutores entre 2014 e 2015. Mais de 600 mil autuações foram realizadas na Operação Viagem Segura, por exemplo. Mais de 80 mil motoristas foram abordados no ano passado pela Operação Balada Segura, que autuou 31.943 CNHs (Carteira Nacional de Habilitação). A fiscalização focará agora na redução do número de motoristas que utilizam drogas e pegam o volante com a utilização do drogômetro.

A destinação de peças e fiscalização intensa para barrar a atuação de desmanches ilegais também foi um dos destaques da apresentação de Ildo Mário. Ele ressalta que o projeto “Pátio Legal”, por exemplo, visa reduzir o índice de roubos e furtos de veículos. “Estamos trabalhando para nomear mais profissionais e técnicos para o Detran com o objetivo de fechar os 1.500 ferros-velhos em todo Rio Grande do Sul. Isso é quebrar a coluna vertebral do crime organizado”, conta ao lembrar da catalogação de peças e estabelecimentos devidamente legalizados neste site.

Confira todas as imagens do almoço mensal das seguradoras:

Mortes por acidentes de trânsito sofrem maior queda dos últimos anos no Rio Grande do Sul

Troféu JRS 2018 reconhece grandes nomes do mercado brasileiro de seguros 2517

Profissionais, empresas e instituições foram agraciados na última sexta-feira (19)

A noite da última sexta-feira, 19 de outubro, foi especial para os mais de 1 mil convidados da cerimônia anual de reconhecimentos aos profissionais, empresas e entidades do setor de seguros promovida pelo JRS. O Troféu JRS 2018 ainda promoveu duas categorias com votação online, o Troféu Seguros e Corretagem, realizado pelo terceiro ano consecutivo. As vencedoras na votação popular foram a tricampeã HDI Seguros (Seguradora) e a Wichmann e Bidon Corretora de Seguros (Corretora).

O evento contou com Seguro de Eventos da Berkley Brasil, que disponibilizou as coberturas RD Equipamentos e Responsabilidade Civil durante a festa. O Grupo MBM foi responsável por apólice de Seguros para Acidentes Pessoais. Já a Gente Seguradora, ofereceu atendimento em unidade móvel que ficou de prontidão até o momento final da festa.

Sob comando da equipe do JRS, a noite do seguro em Porto Alegre ainda sorteou diversos kits de espumantes da Cave di Pozza. Outro grande destaque foi a participação de um robô, oferecido pela Ramos Assessoria. As comemorações foram até as primeiras horas do sábado, marcando mais um momento de descontração, integração entre os atores do setor, networking e relacionamento.

Confira todas as imagens: