Coordenador nacional do MST diz que movimento reagirá ‘com sangue nos olhos’ após impeachment 669

Esta e outras informações no Giro do Mercado

Vândalos depredaram sede do PMDB, em Porto Alegre. Reprodução.
Vândalos depredaram sede do PMDB, em Porto Alegre. Reprodução

O coordenador nacional do MST, Alexandre Conceição, afirmou que o movimento vai reagir “com sangue nos olhos” ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que manifestações devem recrudescer e que, o Grito da Terra, programado para 7 de setembro, este ano será retornará com força total. “Depois de permanecer durante os últimos anos em banho-maria, as ações do MST deverão retomar as forças”, disse.

“Nos últimos anos, diante do crescimento econômico, da distribuição de terra, de fato nossa luta reduziu a intensidade”, contou Conceição em referência aos governos Lula e Dilma Rousseff. Agora, com o impeachment de Dilma e a saída do PT do governo, o movimento sente-se livre de qualquer compromisso. “O povo vai sentir o golpe na pele. Nossa missão é reorganizar as massas. As manifestações vão incendiar, a luta vai se radicalizar para garantir seus direitos que possam ser ameaçados”, conclui.

Temer participa do encontro do G20, na China

O presidente Michel Temer.
O presidente Michel Temer

Confirmado definitivamente no cargo de presidente, Michel Temer embarcou para a China, onde participará nos dias 4 e 5 de setembro do encontro do G20 – grupo das maiores economias do mundo. O país está mais interessado em construir um bom relacionamento com o novo governo brasileiro do que em se preocupar com a legitimidade ou não do processo que lhe alçou ao poder.

Sob o comando do Partido Comunista desde 1949, o governo chinês não costuma interferir em questões de política interna de outros países. Mesmo antes de concluído o julgamento de Dilma, já estava agendado um encontro entre Temer e o presidente Xi Jinping, para 17h desta sexta-feira, em Hangzhou, cidade próxima a Xangai.

Salário mínimo subirá para R$ 946,80

reais
Reprodução

O governo federal propôs que o salário mínimo, que serve de referência para mais de 48 milhões de pessoas no Brasil, suba dos atuais R$ 880 para R$ 946,80 a partir de janeiro de 2017, com pagamento em fevereiro do próximo ano.

O percentual de correção do salário mínimo, pela proposta, será de 7,47%. Se confirmado, esse índice deverá cobrir apenas a inflação do período, ou seja, não haverá aumento real do mínimo.

A informação consta na proposta de orçamento federal para 2017 encaminhada ontem pelo governo ao Congresso Nacional, último dia do prazo legal para o envio do documento.

Porto Alegre é uma cidade pouco eficiente, conforme ranking do Datafolha

Reprodução
Reprodução

Ferramenta inédita lançada pela Folha em conjunto com o Datafolha neste ano eleitoral mostra quais prefeituras entregam mais serviços básicos à população usando menor volume de recursos financeiros. O Ranking de Eficiência dos Municípios – Folha leva em conta indicadores de saúde, educação e saneamento para calcular a eficiência da gestão e apresenta dados de 5.281 municípios, ou 95% do total de 5.569.

Numa escala de 0 a 1, só 24% das cidades ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes. Pesquisa nacional do Datafolha mostra que só 26% dos brasileiros aprovam a gestão de suas prefeituras.

No topo do ranking está Cachoeira da Prata (MG), com 3.727 habitantes e heranças deixadas pelo passado industrial forte. Na rabeira estão cidades do Norte, Centro-Oeste e o Rio Grande do Sul. Porto Alegre é uma cidade com pouca eficiência, na posição 3.185º, a cidade recebeu nota 0,43. O número coloca a capital gaúcha atrás de cidades consideradas eficientes, como Presidente Lucena, também no RS. Confira o ranking completo.

Apple lançará novo iPhone na semana que vem

Reprodução
Reprodução

A Apple iniciou a distribuição de convites para o evento que deve marcar o anúncio oficial do iPhone 7, a partir das 14 horas (no horário de Brasília) do dia 7 de setembro. O dispositivo deve marcar uma ligeira mudança de rumo para a empresa, que deve introduzir o modelo Pro à linha — entre as características da nova variação está uma tela ligeiramente curva.

Mantendo a tradição, a companhia não confirmou qual vai ser o produto que pretende revelar durante o acontecimento. No entanto, é muito improvável que os relatos divulgados nos últimos meses estejam errados e a empresa vá focar o acontecimento em outro produto — algo que inclusive iria contradizer a maneira como ela agiu nos últimos anos.

Entre as mudanças mais esperadas no iPhone 7 está a eliminação de uma conexão de 3,5 mm para fones de ouvido e a divulgação de mais detalhes sobre recursos exclusivos do iOS 10. O evento também deve ser usado pela companhia para divulgar quando o grande público vai poder experimentar a versão definitiva do sistema, atualmente em fase de testes Beta.

O convite enviado à imprensa dá à entender que a Companhia da Maçã vai dar atenções especial para os recursos de câmera oferecidos em seu novo aparelho. Isso reforça os indícios de que o produto deve adotar um sistema com lentes duplas que garante uma maior profundidade às fotografias registradas com auxílio do gadget.

Além do novo smartphone, também há a chance de que vamos descobrir mais detalhes sobre novos iPads, uma atualização do MacBook e até mesmo sobre o Apple Watch 2.

*Com informações de Broadcast Político, G1 e TecMundo.

Seguradores comentam a participação no 11º Encontro Regional Feminino de Corretoras de Seguros 92

Evento acontecerá no dia 31 de maio

O maior evento da Região Sul do Brasil dedicado única e exclusivamente às mulheres, que acontecerá no próximo dia 31 em Porto Alegre, ganhou o apoio das mais importantes seguradoras do país. Os executivos compreendem a importância de um Encontro Feminino de Corretoras de Seguros e incentivam a promoção com seus importantes patrocínios. “A realização de encontros dessa grandeza, fortalecem e valorizam a participação feminina no mercado de seguros. Os temas abordados durante o evento proporcionam aprendizagens e reflexões importantes para o dia a dia da mulher, seja na vida pessoal quanto no trabalho”, destaca Ana Maria Pinto, Assessoria de Marketing e comunicação do GBOEX.

“Ninguém tem mais competência para proteger o patrimônio, a vida e a saúde dos clientes do que o Corretor de Seguros. E entre esses profissionais, nenhum outro tem a sensibilidade e o senso natural de proteção do que a mulher. Não por outra razão as mulheres, corretoras de seguros, têm tanto sucesso e têm cada vez mais ocupado esse mercado. A HDI está sempre ao lado dos Corretores de Seguros e faz absoluta questão de apoiar e participar do 11º Encontro Estadual Feminino de Corretoras. Agradecemos a todas as mulheres que fazem do nosso mercado um lugar melhor para praticarmos a arte de servir e proteger”, destaca Rubens Oliboni, Diretor Regional RS da HDI Seguros. “Participar do Encontro Estadual Feminino de Corretoras de Seguros alia duas premissas da Sompo. A primeira é atuar sempre próximo das empresas e profissionais da área de corretagem de seguros, que é uma das características mais marcantes pela qual a companhia é reconhecida no mercado hoje. A segunda é a de incentivar e promover a diversidade. Na Sompo, as mulheres já representam a maior parte de nosso quadro de colaboradores e, no Rio Grande do Sul, contamos com mulheres que empregam alto gabarito profissional em negociações complexas e no suporte a corretoras e segurados no dia a dia. Com isso, contribuem com desenvolvimento do mercado de seguros no nosso Estado”, corrobora Alberto Mullher, Diretor Comercial da Sompo Seguros para a Região Sul.

“É uma honra para a SulAmérica contribuir em diálogos tão importantes como os que teremos no encontro. Vivemos em um contexto social de mulheres cada vez mais empoderadas e com presença forte em diferentes segmentos, sendo um cenário que tende a avançar em escala mundial, mas que ainda necessita de debate e construção de pensamento. Na SulAmérica temos hoje um quadro importante de corretoras parceiras que, por meio de um relacionamento sólido com os clientes, contribuem para a segurança e a tranquilidade da população e para o desenvolvimento do mercado segurador”, finaliza Gilson Bochernitsan, Diretor Comercial da SulAmérica para a Região Sul.

AIG Seguros é destaque pelo 2º ano consecutivo em lista mundial de empresas com diversidade 760

AIG Seguros é destaque pelo 2º ano consecutivo em lista de empresas com diversidade

Companhia, que tem a diversidade e a inclusão como pilares de seus valores empresariais, também garantiu posição de destaque na lista de Melhores Empresas para Mulheres Executivas

A AIG Seguros, uma das organizações líderes no mercado securitário internacional e com forte presença no Brasil, é destaque pelo 2º ano consecutivo na lista das Melhores Empresas para a Diversidade da DiversityInc, que publica anualmente a lista das 50 melhores empresas em práticas de diversidade e inclusão.

A companhia possui 136 grupos (Employee Resource Groups) formados voluntariamente por funcionários com o objetivo de promover um ambiente de trabalho mais inclusivo. Ao todo, reúnem cerca de 10 mil membros em 36 países e representam 13 dimensões de diversidade, como por exemplo, profissionais negros, veteranos, LGBTI, mulheres, jovens, orientais, entre outros. Os grupos promovem programas voltados para o desenvolvimento profissional, conscientização de funcionários e respeito às diferenças. Um dos focos dos grupos é trabalhar com o apoio de aliados, pessoas da empresa que não necessariamente façam parte de uma das dimensões de diversidade abordadas, mas que se identifiquem com a causa e contribuam com seu tempo e conhecimento.

Durante a cerimônia de premiação, ocorrida em Nova York (EUA), a AIG também foi incluída na lista de Melhores Empresas para Mulheres Executivas, ocupando a 9ª posição. O levantamento contou com mais de 1.800 empresas.

“Para nós da AIG Seguros, é um grande reconhecimento estar na lista das melhores empresas para a diversidade. Sabemos da relevância deste tema para uma sociedade mais igualitária, por isso acreditamos que, como companhia, podemos contribuir apoiando o desenvolvimento de ações que permitam a discussão franca do assunto. A diversidade faz parte  do nosso DNA”, explica Fabio Protásio Oliveira, CEO da AIG Seguros no Brasil.

Mulher é presa após adquirir R$ 220 mil em fraudes com o seguro DPVAT 847

Mulher é presa após adquirir R$ 220 mil em fraudes com o seguro DPVAT

Suspeita de 41 anos mantinha uma empresa de eventos, onde conseguia dados de trabalhadores para usá-los nos golpes

Uma mulher de 41 anos está presa preventivamente por receber R$ 220 mil em fraudes no seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). As informações são do jornal Correio Braziliense. A suspeita entrou com pelo menos 16 pedidos de indenizações por invalidez permanente. Na quinta-feira (16), agentes da Delegacia de Luziânia também cumpriram quatro mandados de busca e apreensão.

Segundo o delegado Danillo Martins, a acusada é investigada há 10 meses, quando a Seguradora Líder, a responsável pelo repasse financeiro do DPVAT, realizou um boletim de ocorrência na unidade policial. “Notou-se que, nos últimos anos, houve um crescimento significativo nos pedidos por estas indenizações. A partir disso, apurou-se internamente os casos, o que levou até os pedidos dessa mulher”, explica.

A suspeita, formada em direito, fraudava todos os documentos necessários para a entrada dos pedidos de indenização, como ficou comprovado na apuração do caso. De acordo com Danillo Martins, ela realizava assessoria jurídica para advogados em Luziânia e, assim, tinha acesso aos materiais necessários.

“Ela pegou os documentos padrões e apenas realizava algumas mudanças, para que não chamasse a atenção interna na seguradora. Nos registros constavam que a pessoa tinha sido vítima de acidente de trânsito e que tinha ficado com sequelas permanentes, tais como paraplegia, hemiplegia e perda de membros”, destaca.

A mulher falsificou diversos documentos públicos, como boletins de ocorrência das Polícia Civil de Goiás e Distrito Federal; laudos do Instituto Médico Legal (GO e DF);  ocorrência do Corpo de Bombeiros de Goiás; relatórios médicos do Hospital de Base e do Hospital Municipal de Luziânia. Ela também fraudou documentos particulares dos falsos acidentados, como comprovantes de residência. Desse modo, ela dava entrada no pedido de seguro no valor máximo de R$ 13,5 mil pela debilidade permanente.

Os únicos dados verdadeiros utilizados pela golpista eram das supostas vítimas dos acidentes, que não sabiam dos golpes. “A acusada tem uma empresa de eventos, localizada na cidade de Luziânia, por onde passa vários prestadores de serviços como garçons, cozinheiros e seguranças. Aproveitando o vínculo de trabalho, a investigada obtinha cópia dos documentos pessoais dessas pessoas, alegando que seria para registro de carteira de trabalho”, esclarece o delegado.

Danillo Martins indica que, após a mulher ganhar a confiança destes trabalhadores, ela inventava uma história para ganhar acesso às contas das vítimas. “Como o seguro só é recebido na conta da própria vítima, ela tinha que conseguir estes dados. Ela afirmava que ia receber dinheiro de devedores, mas que estava com a conta bancária bloqueada. Assim, ela obtinha o cartão e senha dos funcionários”, acrescenta.

Doze empregados tiveram os dados usados nos golpes e, quatro, foram informações de familiares da acusada, sendo dois filhos, um cunhado e um genro. Os alvos das buscas desta quinta-feira (16) foram a casa e empresa da mulher, além da residência de parentes.

Policiais apreenderam diversos documentos, três notebooks, um computador e um celular. Os objetos serão encaminhados para a perícia da Polícia Civil. “A investigação continua, pois acreditamos que ela recebeu ajuda para realizar todas estas fraudes. Portanto, nosso foco é identificar os possíveis comparsas”, acrescenta o delegado Danillo Martins.

A ação foi batizada de Operação Parálysis, palavra do grego que significa paralisia, uma das doenças inventada pela acusada para receber as indenizações do seguro DPVAT.

Diretor comercial do Grupo MBM assume mandato na FenaPrevi 251

Diretor comercial do Grupo MBM assume mandato na FenaPrevi

Luiz Eduardo Dilli Gonçalves integra o Conselho Fiscal até 2022

O diretor comercial do Grupo MBM, Luiz Eduardo Dilli Gonçalves, integra o Conselho Fiscal da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), entidade que reúne 67 seguradoras e entidades abertas de previdência complementar no País.

O evento de posse da CNseg e Federações (Fenseg, FenaPrevi, FenaSaúde e FenaCap) para o triênio 2019-2022 reuniu cerca de 400 participantes em confraternização do setor, em São Paulo, no dia 09 de maio. “Posso afirmar que estou muito feliz com essa oportunidade e garanto que eu, juntamente com o MBM, contribuirei para que o setor se fortaleça ainda nos próximos anos”, comenta Dilli.

A FenaPrevi é uma associação civil sem fins lucrativos, afiliada à Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg).

Panambra Seguros participa da 33ª Franchising Fair 334

Panambra Seguros participa da 33ª Franchising Fair / Arquivo JRS

Feira acontece até o próximo domingo, no Shopping Bourbon Wallig, em Porto Alegre (RS)

Quem faz um seguro com a Panambra Corretora de Seguros nunca fica sozinho. “Se algum imprevisto acontecer, nós estaremos aqui. Porque um seguro feito através da Panambra Corretora é como um verdadeiro amigo: está sempre por perto em todos os momentos da vida”, com este lema a empresa é especialista na corretagem de seguros para automóveis, caminhões, previdência privada, pessoas, acidentes pessoais, empresarial, condominial, residencial, RC geral e outras modalidades.

Com opção atrativa no segmento de franquias, a Panambra Seguros participa da 33ª Franchising Fair, que acontece de hoje até o próximo domingo, no Shopping Bourbon Wallig, em Porto Alegre (RS). O estande da corretora apresenta todas as modalidades para franqueados.

Mais informações podem ser obtidas no telefone (51) 3218-1950, pelo e-mail franquias@panambraseguros.com.br ou ainda neste website.