Talento é tema de palestra de Paulo Tusi Mann no Clube da Pedrinha 1082

Encontro mensal foi realizado na segunda-feira

Um grupo seleto de pedrinhas em seguros no Rio Grande do Sul esteve reunido na noite desta segunda-feira, dia 10, no Restaurante Casa do Marquês, em Porto Alegre (RS). Paulo Tusi Mann fez com que todos bebessem um pouco de sua sabedoria e experiência de mais de quarenta anos de vivências em seguradoras de ponta do mercado com o talento que lhe é peculiar. Talento, inclusive, que foi o grande tema de sua fala. Tudo demonstrado através de situações expositivas e uma dinâmica de grupo que integrou todos, além de evidenciar: todos possuem algum tipo de talento.

Confira as imagens:

De olho em aportes de fim de ano, MAG Seguros lança novos planos de previdência 668

Rodrigo Cunha é gerente de Desenvolvimento de Produtos da MAG Seguros /Reprodução

Empresa conta com 185 anos de especialidade em seguro de vida e previdência

A MAG Seguros, companhia especializada em seguro de vida e previdência com 185 anos e reconhecida como precursora da previdência no país, acaba de lançar novos planos PGBL e VGBL. As soluções desenvolvidas unem uma das menores taxa de administração, que é a partir de 0,25% ao ano, com valores de contribuições a partir de R$ 100 mensais ou aporte de R$ 1000. Os novos planos também garantem isenção de taxa de carregamento, tanto de entrada quanto de saída e estão disponíveis para contratação 100% digital. Esta condição está disponível para clientes de seguro da companhia e a expectativa é de captar, pelo menos, R$ 20 milhões no primeiro ano.

“Com este novo plano a MAG Seguros proporciona para as pessoas o acesso a uma das melhores previdências privadas do país. Não é lançar um plano apenas com uma das menores taxas de administração para grandes investidores, mas permitir que cada vez mais pessoas possam planejar a sua aposentadoria”, explica Rodrigo Cunha, gerente de Desenvolvimento de Produtos da MAG Seguros.

Nubank estreia no mercado de seguros 651

Nubank estreia no mercado de seguros

Banco digital amplia portfólio de produtos e reinventa seguro de vida com preços mais acessíveis e experiência 100% digital

O Nubank, maior banco digital independente do mundo, passa a oferecer seguro de vida em seu aplicativo. O Nubank Vida marca a entrada da empresa no setor brasileiro de seguros, e acelera a ampliação de seu portfólio de produtos.

“O custo e a complexidade das opções existentes no mercado tornam o seguro de vida um sonho distante para a maioria dos brasileiros. Assim como já fizemos ao ajudar a criar uma nova geração de serviços financeiros na América Latina, damos o primeiro passo para democratizar o acesso a esse setor com um produto prático e totalmente adaptável às necessidades de cada um”, afirma David Vélez, fundador e CEO do Nubank. “O Nubank Vida é um produto prático e 100% personalizável. Abandonamos os pacotes pré-definidos e a linguagem técnica e cheia de asteriscos dos contratos convencionais que só encarecem e dificultam o processo. O cliente terá autonomia para escolher e só pagar o que realmente valoriza e utiliza”.

A seguradora responsável pelo Nubank Vida é a Chubb, a maior seguradora de propriedade e responsabilidade civil de capital aberto do mundo, com presença em mais de 54 países e territórios. A nova solução utiliza como base as capacidades de integração do Chubb Studio, a plataforma digital global recém-lançada pela seguradora.

“Estamos felizes em participar da reinvenção que o Nubank está propondo para o setor de serviços financeiros no país”, diz Antonio Trindade, Presidente da Chubb Brasil. “Termos sido escolhidos para apoiar a entrada do Nubank no setor de seguros, além de nos dar um enorme orgulho, demonstra o acerto da nossa estratégia digital e a qualidade da nossa equipe. Juntos, entregamos uma solução de seguros sob medida, totalmente alinhada ao foco ímpar do Nubank em oferecer uma experiência diferenciada aos seus clientes”.

O lançamento do Nubank Vida acontece em um ano marcado pela forte aceleração das plataformas digitais e pelo intenso crescimento do Nubank, que hoje soma mais de 30 milhões de clientes no Brasil. Em 2020, a empresa estreou no setor de investimentos com a compra da Easynvest e adquiriu as empresas Plataformatec e Cognitect, em busca de talentos na área de engenharia de software. Ainda, reforçou sua presença internacional com os primeiros cartões de crédito no México e a chegada à Colômbia em setembro.

Reinventando o seguro

O movimento do Nubank no setor de seguros acompanha uma demanda encontrada na sua própria base de usuários. Em levantamento realizado pelo banco digital, apenas 20% de seus clientes afirmam ter um seguro de vida ativo.

Mais de 70% dos clientes do Nubank, no entanto, demonstraram interesse em ter acesso ao serviço. O custo, a complexidade e a falta de entendimento sobre os reais benefícios trazidos pelas opções existentes atualmente foram os principais motivos apontados pelos que se mantêm fora do mercado segurador.

O Nubank Vida chega para ser a evolução das tradicionais opções disponíveis no mercado e reúne simplicidade e preços acessíveis ao permitir que o cliente escolha a proteção e as coberturas adequadas ao seu momento de vida. Isso reduz o preço médio inicial, que será de R$ 9, sem reajuste por idade durante cinco anos.

O gerenciamento do seguro será 100% digital e todo o processo de contratação, incluindo a simulação e confirmação do serviço, leva menos de um minuto diretamente no aplicativo do Nubank. Com a proposta de democratizar o seguro de vida, todas as profissões de risco, muitas vezes rejeitadas devido à alta periculosidade da ocupação, serão contempladas. O seguro também cobre pandemias como Covid-19 e doenças geralmente excluídas, como diabetes.

“As pessoas têm receio de que, quando mais precisarem, terão barreiras para acionar o seguro. É essa experiência dolorosa no momento em que elas mais precisam que iremos combater com agilidade no pagamento de indenizações e com a excelência do atendimento Nubank”, conclui Vélez.

Para garantir esta agilidade, além do acesso diretamente por meio do aplicativo e do atendimento 24 horas do Nubank, a Chubb estruturou uma equipe de sinistros dedicada e revisou seus fluxos e processos, com base em modelos de notificação simplificados e respostas imediatas. Em alguns casos, classificados como simples e urgentes, o pagamento pode ser feito em poucas horas.

A cobertura básica inclui morte natural ou acidental e assistência funerária do titular. Além disso, é possível adicionar proteções que podem ser usadas em vida como hospitalização por acidente, invalidez por acidente e assistência funeral para familiares.

O novo seguro de vida será disponibilizado gradualmente para toda a base de usuários. Para os clientes que desejarem ter acesso ao produto em primeira mão, o Nubank liberou a opção de inscrição em uma lista de interesse.

Para mais informações sobre o Nubank Vida, acesse este endereço.

Bradesco Seguros destaca como corretor pode aumentar vendas com “Residencial Sob Medida” 436

Bradesco Seguros destaca como corretor pode aumentar vendas com "Residencial Sob Medida" / Divulgação

Com cerca de 500 profissionais do mercado, executivos da seguradora abordaram novas coberturas e assistências a corretores das regiões Norte e Centro-Oeste

A Bradesco Auto/RE, empresa do Grupo Bradesco Seguros, promoveu a terceira edição digital do evento ‘Conexão BARE – Com Você, Corretor!’, na última quarta-feira (25), para apresentar estratégias de venda do novo produto Bradesco Residencial Sob Medida segmentado e destacar seus diferenciais no mercado para profissionais das regiões Norte e Centro-Oeste. O bate-papo foi conduzido pelos diretores Saint´Clair Lima, de Auto/RE; e Leonardo Freitas, da Organização de Vendas (OV) – Mercado. Também participaram o Superintendente, Luciano Lacerda, da OV, e os gerentes da Bradesco Auto/RE, Rafael Possati e Thiago Sousa. Cerca de 500 espectadores, entre corretores, representantes de assessorias e demais profissionais do mercado acompanharam a live e tiveram a oportunidade de participar enviando perguntas e sugestões em prol do aprimoramento do produto.

Entre as principais novidades anunciadas, os executivos destacaram os atrativos do Residencial Sob Medida, já disponível no mercado, que contempla novas proteções para casa habitual, de veraneio e apartamento, como cobertura para objetos de arte*, joias*, carro na residência*, danos ao jardim, (*Disponível no segmento Sob Medida +), entre outros. Além disso, a proteção para atividade comercial na residência, se aplica a profissionais liberais, autônomos e estabelecimentos comerciais com ou sem CNPJ, dentro da moradia habitual do segurado. Ainda, outro grande atrativo anunciado para o início de 2021 são as novas assistências. Entre elas, serviço de orientação financeira, reparo de piscina e sauna, dedetização de residências, reparo de ar-condicionado, limpeza de telhados, assistência funeral, entre muitos outros benefícios para o dia a dia.

Para o diretor Saint´Clair Lima, o novo produto Residencial Sob Medida oferece muitas possibilidades ao corretor e afirma que o momento é de oportunidades: “Produtos e coberturas personalizáveis, de acordo com a necessidade, estilo de vida e moradia de cada consumidor, ganharão cada vez mais destaque no mercado. A penetração do seguro Residencial nas regiões Norte e Centro-Oeste é de 3,41% e 13,21% respectivamente. O indicador é baixo se comparado com a média nacional. Ou seja, temos um grande potencial de crescimento e os corretores são parceiros fundamentais na construção de um novo cenário para essas regiões”.

O Conexão BARE é uma reedição do “Encontro de Corretores”, evento que acontecia presencialmente com o objetivo de aproximar os corretores da companhia, ouvir opiniões, feedbacks e transmitir conhecimento técnico referente aos produtos, serviços e a operação da Bradesco Auto/RE. A primeira edição de 2020, já no novo formato, aconteceu em julho para corretores e profissionais do interior paulista.

Assistente virtual Laiz, da Zurich, contribui para dar ainda mais agilidade na prestação de serviços 664

Assistente virtual Laiz, da Zurich, contribui para dar ainda mais agilidade na prestação de serviços

O chatbot que auxilia os clientes dos seguros Auto e Afinidades responde dúvidas de forma rápida e prática e até ajuda na emissão de 2ª via de boletos e apólices, entre outros, o que otimiza o tempo de atendimento

Em junho, a Zurich lançou sua assistente de atendimento 100% virtual, Laiz, como parte da estratégia de se tornar cada vez mais digital, a fim de tornar seu atendimento cada vez mais ágil e descomplicado. O serviço, que se encontra disponível no site da seguradora, tem contribuído para esse objetivo. A empresa aponta o uso crescente da ferramenta pelos clientes: em outubro, o chatbot somou 63 mil acessos, face aos 14,5 mil em janeiro. A diferença entre os números é superior a 300%.

Divulgação
Divulgação

Segundo Lucía Sarraceno, superintendente de Canais Digitais e Relacionamento com o Cliente da Zurich, as dúvidas mais recorrentes são respondidas pela Laiz de forma rápida e prática, o que otimiza o tempo de atendimento e acaba por beneficiar o cliente. Ela revela que o chatbot tem respondido a maior a parte das demandas. “Durante o mês de outubro, a Laiz atendeu a 63% das solicitações de 2ª via de boleto e 80% dos pedidos de 2ª via de apólice do seguro auto. E entre 7% e 8% dos sinistros de afinidades são avisados por ela e pelo Portal do Segurado”.

“Assim como a Laíz, o call center mantém-se ativo para os clientes. Porém, a Zurich oferece outros canais para que eles tenham suas demandas atendidas. Pelos portais da empresa, que atendem tanto clientes quanto nossos parceiros de negócio, como os corretores, há à disposição serviços de autoatendimento e informações disponíveis para consulta 24 horas por dia, 7 dias por semana. Também 24X7, há o serviço de WhatsApp para assistência 24 horas para atendimento aos clientes de seguro Auto e Residencial”, ressalta.

Para a executiva, a razão do uso crescente da assistente virtual da Zurich é que ela atua como chat, auxiliando os clientes no esclarecimento de dúvidas sobre os seguros Auto e Afinidades. Também os assessora na emissão de 2ª via de apólices, boletos e certificados, além de obter o status do sinistro e fornecer informações sobre o Zurich Driver, que é um aplicativo para os segurados auto, que os conscientiza a terem uma condução mais prudente no trânsito. E para os clientes de Afinidades, a Laiz ainda possibilita o acionamento do seguro. Em breve, a Zurich oferecerá serviços para os clientes de outros produtos.

A Zurich já investiu e continua investindo em uma série de melhorias de serviços digitais para tornar a empresa cada vez mais ágil e descomplicada. Para tal, tem investido no desenvolvimento de soluções que simplificam processos e melhoram cada vez mais a qualidade dos serviços prestados por meio de funcionalidades que visam a proporcionar as melhores experiências para os clientes e, também, para os corretores e demais parceiros.

Proteção como bem de consumo: como a inovação impacta o mercado de seguros 772

Proteção como bem de consumo: como a inovação impacta o mercado de seguros

Confira artigo de Felipe Barranco, CEO e cofundador da Flix

Dentre tantas transformações que 2020 trouxe para a sociedade, uma das maiores foi a relação com a “mudança”. Muito ou pouco, todos mudaram algum item em sua rotina ou na maneira de enxergar o mundo. Nesse contexto, a digitalização conquistou de vez o seu espaço no mercado e na vida pessoal. Com o avanço do isolamento, pudemos acompanhar, aos poucos, novos hábitos: as compras passaram a ser feitas por sites e aplicativos, os espaços das casas começaram a ser redesenhados e readaptados para as aulas e trabalho remoto, a atenção à saúde pessoal e financeira redobrou e a concepção de lazer foi entendida de outra forma.

Atento à isso, os diferentes segmentos de mercado precisaram rapidamente entender como permitir uma melhor experiência para os seus clientes, levando em consideração suas novas ambições e necessidades. Um passo à frente, as fintechs e startups já estavam de olho nessa praticidade e, entre uma oferta inovadora e a segurança de controlar tudo na palma da mão, abriram caminho para que novos projetos tomassem forma.

Na primeira quinzena de outubro, por exemplo, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) anunciou uma ação que pretende mudar toda a estrutura que permeia o mercado de seguros. Com o Sandbox regulatório, 11 empresas do segmento poderão atuar, durante três anos, com menos custos para regulamentação e mais flexibilidade para a inovação.

Mas, o que isso tem a ver, de verdade, com a mudança do comportamento do consumidor durante a pandemia? De maneira prática, tudo. Todas as empresas selecionadas trazem uma coisa em comum: a inovação e o uso da tecnologia como facilitador de processos. Por meio dessa iniciativa, um segmento que ainda se apoiava muito nos métodos analógicos, passou a permitir a experimentação e selecionou, justamente, insurtechs que estavam abertas para compreender que, mais do que a tendência iminente de digitalizar, a pandemia acelerou mudanças necessárias para dar acesso a alguns produtos.

Essa perspectiva contribui diretamente para a forma como o consumidor é impactado por produtos securitários. Quem nunca se perguntou sobre a necessidade de contratar uma apólice para assegurar a sua casa? Ou, ainda mais cirúrgico, o motivo de se contratar um seguro residencial uma vez que a possibilidade de um raio cair sobre a minha casa é quase inexistente?

Longe de se resumir apenas a isso, o seguro residencial pode auxiliar de diferentes maneiras. Principalmente para quem tem em seus móveis tudo o que entende como casa. Mas, esse pensamento vai além dessa área de atuação. Ele enquadra a perda repentina de um emprego, celular ou malas em viagem, a segurança e saúde de animais domésticos e acidentes pessoais e problemas com o automóvel. Hoje não há como negar que o seguro ainda é um produto consumido mais por necessidade do que por apenas proteção e precaução.

Mudar essa realidade só é possível por meio da compreensão do consumidor. É importante que, de agora em diante, as empresas sempre tenham isso em mente e entendam que a necessidade de um não é a do outro. Quem possui um imóvel próprio, prioriza a sua edificação. Mas, quem acabou de sair da casa dos pais ou simplesmente optou viver de aluguel, também precisa ser contemplado com uma apólice que faça sentido. Afinal de contas, o bem não está personificado apenas no espaço físico.

Frente ao que foi colocado durante essa breve análise, o passo dado pela Susep é um caminho a ser explorado não apenas pelas 11 selecionadas, mas para todo o segmento. Uma vez que acessibilizar produtos não está apenas ligado ao preço, mas, também, em como eles são anunciados ao mercado e trabalhados com o público.

*Felipe Barranco é CEO e cofundador da Flix, seguradora digital com foco em seguros e assistências residenciais e uma das selecionadas pela Susep para fazer parte do Sandbox.

New Report

Close