A derrocada dos governos populistas socialistas 294

Palestra do CVG-RS evidencia novo momento político e social

A primeira palestra do Clube de Seguros e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG-RS) sob gestão de Eder Oliveira foi marcada pela atualidade do tema proposto. Ademar Schardong, que atua desde 1978 em cooperativas de crédito, conversou sobre conjuntura e expectativas tanto em curto, como a médio prazo para os novos cenários desenhados para a economia mundial. “A crise que nós vivemos tem a ver com valores, ideologias políticas, modelo de Estado e desenvolvimento econômico”, conta o palestrante.

Para Schardong, o momento é de transição. Isso deve prevalecer até 2019, quando será empossado o novo governo brasileiro oriundo das eleições diretas. “Neste período precisamos de mudanças a médio prazo”, justificou. O advogado ainda acredita que o real é uma moeda fragilizada, pois está diretamente relacionada com nossa economia e capacidade de administração.
“Este processo não pode ser revertido no curto prazo. É questão de gerações e leva, no mínimo, 20 anos”, alertou ao evidenciar que as pessoas devem priorizar necessidades básicas para conter o endividamento. “Gastar apenas o que recebemos é algo que deveria vir de berço”, completa.

Apesar das dificuldades da economia, o ex-presidente do Sicredi afirma que vivemos em um momento mágico. “Experimentamos o modelo populista socialista e agora sabemos o efeito disso. Precisamos adaptar o Estado para que caiba na economia e torná-la eficaz na geração de renda”, lembra ao contestar a ideia de que o Estado é o provedor de todos os meios e bens que o cidadão precisa, como praticado na Venezuela, por exemplo. “Daqui há duas décadas estaremos colhendo os frutos deste momento de dificuldade que estamos passando”, destaca.
Ademar Schardong ainda comentou as eleições americanas. Para ele, a eleição de Donald Trump expõe a real necessidade de revermos as políticas sociais e econômicas dos últimos 30 anos. “É uma insatisfação silenciosa, como aconteceu na Argentina, já observamos nas eleições municipais deste ano e certamente veremos na França. O mundo vai mudar”, finaliza.

Confira as imagens:

Sincor-RJ divulga as atividades da Diretoria de Ensino 292

Sincor-RJ divulga as atividades da Diretoria de Ensino

Programação conta com curso e palestra

No mês de fevereiro, os corretores de seguros já podem se inscrever nos cursos e palestras agendados pela Diretoria de Ensino. Nos dias 06/02 e 07/02, a programação conta um curso sobre Seguro de Transporte, ministrado pela Sócia Fundadora do Lugar Seguro, Adriani Miranda; Já no dia 12/02, a palestra sobre Seguro Ambiental será conduzida por Alexandre Faria. E nos dias 13/02 e 14/02, será a vez do Curso Básico de Previdência Complementar, com o Professor Daniel dos Anjos, Sócio Fundador da DDC Corretora de Seguros.

A Diretoria de Ensino prioriza a condução do saber. A qualificação do corretor de seguros é essencial para a evolução do setor. Arley Boullosa convoca os corretores para as atividades agendadas. “Estamos trabalhando para intensificar os cursos e palestras e já estamos dando continuidade a todo plano de ação, que vai contar com novos cursos e palestras no decorrer de 2019. Contamos com a participação de todos”, especificou Boullosa.

Os cursos contam com aulas presenciais e emissão de certificado. Para participar, é só entrar em contato com o Sincor-RJ, através do telefone (21) 3505-5900 ou nesse site O curso e a palestra são gratuitas para associados. Para o público em geral, o valor do curso é de R$ 60,00 e a palestra R$ 30,00.

Mercado projeta Selic em 6,5% ao ano em 2019 315

Mercado projeta Selic em 6,5% ao ano em 2019

Reunião do Copom começa amanhã (5)

Instituições financeiras, consultadas pelo Banco Central (BC), não esperam mais por aumento na taxa básica de juros, a Selic, neste ano. A previsão para a taxa ao final de 2019 passou de 7% para 6,5% ao ano, atual patamar da Selic.

Para 2020, no entanto, o mercado financeiro projeta aumento da Selic, com a taxa encerrando o período em 8% ao ano. Essas projeções estão no Boletim Focus, pesquisa semanal do BC feita a instituições financeiras sobre os principais indicadores econômicos.

A primeira reunião deste ano do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, responsável por definir a Selic, começa amanhã (5).

O Copom reúne-se a cada 45 dias. No primeiro dia da reunião, são feitas apresentações técnicas sobre a evolução e perspectivas das economias brasileira e mundial e o comportamento do mercado financeiro. No segundo dia, os membros do Copom, formado pela diretoria do BC, definem a Selic.

O Banco Central atua diariamente por meio de operações de mercado aberto – comprando e vendendo títulos públicos federais – para manter a taxa de juros próxima ao valor definido na reunião.

A Selic, que serve de referência para os demais juros da economia, é a taxa média cobrada nas negociações com títulos emitidos pelo Tesouro Nacional, registradas diariamente no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic).

A manutenção da Selic, como prevê o mercado financeiro, indica que o Copom considera as alterações anteriores nos juros básicos suficientes para chegar à meta de inflação, objetivo que deve ser perseguido pelo BC.

Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo. Entretanto, as taxas de juros do crédito não caem na mesma proporção da Selic. Segundo o BC, isso ocorre porque a Selic é apenas uma parte do custo do crédito.

Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de ficar acima da meta de inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Inflação

A meta de inflação deste ano, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. Para o mercado financeiro, a inflação deve ficar em 3,94% neste ano. Na semana passada, a estimativa estava em 4%. Para 2020, a previsão é que o IPCA fique na meta, em 4%. O valor para o próximo ano tem intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi mantida em 2,50%, em 2019 e 2020.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar passou de R$ 3,75 para R$ 3,70 no final deste ano, e de R$ 3,78 para R$ 3,75, no fim de 2020.

Seguros SURA e Uperformance apresentam soluções a corretores no Vale do Sinos 628

Encontro aconteceu em Novo Hamburgo (RS)

A Seguros Sura e a Uperformance Assessoria reuniram um grupo de corretores de seguros no Sindilojas da cidade de Novo Hamburgo na manhã desta quinta-feira (31). O momento foi oportuno para que ambas apresentassem e colocassem à disposição dos profissionais da Região do Vale do Sinos os produtos disponibilizados pelas empresas.

“Os profissionais desta região podem e devem explorar as soluções em seguros que nós estamos colocando à disposição, contando sempre com a Sura como uma companhia preparada para atendê-los”, comentou a gerente comercial da Seguros Sura, Fabiana Mello. A oportunidade também contou com a presença da sócia da Uperformance, Estela de Moura Rey, e do vice-presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros do Estado gaúcho (Sincor-RS), André Thozeski.

Operação da Sancor no Brasil cresce 25% em 2018 2011

Operação da Sancor no Brasil cresce 25% em 2018

Novo gerente do RS foi apresentado em Porto Alegre

Executivos da Sancor Seguros Brasil estiveram presentes na noite desta terça-feira (29) em Porto Alegre para apresentar o novo gerente da filial do Rio Grande do Sul, José Inácio Vergara Júnior. O momento também foi oportuno para que o staff compartilhasse com os 90 corretores de seguros presentes o crescimento de 25% da companhia na operação brasileira.

Vergara, que é economista por formação, atua há 16 anos no mercado segurador. “É um desafio grande, mas para o qual estou muito feliz e motivado. Ao longo da minha carreira, que comecei no interior do Estado, o mercado de seguros em Porto Alegre me conheceu trabalhando em empresas de grandes riscos e agora tenho a oportunidade de realizar o desejo de trabalhar com seguros de varejo”, comentou. “Temos uma forte expectativa nele, que é um profissional muito conhecido pelo mercado e que vem para somar”, apostou o diretor geral da Sancor Seguros no Brasil, Leandro Poretti.

Desde a sua vinda para o Brasil, em 2013, o Rio Grande do Sul é um Estado que a Sancor aposta muito, em função da qualidade dos corretores de seguros da Região. “O Estado gaúcho representou um crescimento acima do paranaense no passado e há uma perspectiva de crescimento muito grande. E nós estamos atrás dessa oportunidade”, ressaltou Poretti. “Fazemos questão de compartilhar a notícia de crescimento com nossos corretores, pois são parceiros estratégicos da nossa companhia”, complementa o Superintendente de Gestão Estratégica, Juan Irigo.

Três corretoras de seguros gaúchas foram vencedoras da campanha de incentivo de 2018 da companhia. A Pasetti, de Soledade, e a JDM, de Cruz Alta, foram contempladas com viagem ao Nordeste, com direito a acompanhante. A Neo Executiva, de Porto Alegre, recebeu a chave de um carro 0km. Os diretores Luis Henrique Bueno e Júlia Fetter ressaltaram que o trabalho em equipe é o que mantém a empresa sempre em destaque em ações como essa. “Nossa parceria com a Sancor já tem um ano e três meses, aceitamos a proposta porque é uma companhia que sempre nos atende”, destacaram.

Novidades da Sancor Seguros para 2019 – Todas as imagens

Previsul apresenta a nova Campanha de Incentivo em Porto Alegre (RS) 648

Previsul apresenta a nova Campanha de Incentivo em Porto Alegre (RS)

Premiação deste ano é uma viagem para Dubai

Nesta quarta-feira (23), a Previsul Seguradora apresentou a nova Campanha de Incentivo de Vendas 2019 “Sou + Previsul – Dubai: Experiência Completa, emoção nas alturas”, em Porto Alegre (RS). Até março, a Previsul passará por 27 cidades em 12 estados para apresentar a campanha.

Mais do que incentivo, a Previsul Seguradora aposta no reconhecimento do esforço dos corretores em alcançar cada vez melhores resultados. A companhia está em constante evolução e busca sempre oferecer mais vantagens e benefícios ao corretor, seu principal parceiro na comercialização dos seguros.

“Os corretores são nossos parceiros diários na ampliação da presença da Previsul em todos os cantos do Brasil. Por isso nada melhor do que reconhecer esse esforço com uma viagem para um dos lugares que mais cresce e gera negócios no mundo: Dubai, nos Emirados Árabes Unidos”, afirma a Diretora de Negócios e Marketing, Andréia Araujo, citando a nova Campanha de Incentivo de Vendas 2019 “Sou + Previsul – Dubai: Experiência Completa, emoção nas alturas”.

Trata-se da 6ª edição das Campanhas de Incentivo da seguradora. “Desde a primeira edição trazemos uma proposta com muita clareza, que é oferecer uma experiência ímpar aos nossos parceiros. Nosso trabalho só existe em função do Corretor de Seguros”, completa Andreia. “Viemos com uma ideia de uma Previsul muito mais completa e, por isso, estamos dando nossos primeiros passos em outros produtos como Odonto, Residencial e Empresarial”, finaliza.

Em 2018, a Previsul Seguradora cresceu mais de 20%. O patamar anima o Presidente, Renato Pedroso. “Temos orgulho de pertencer ao Rio Grande do Sul e termos evoluído muito ao longo desses 112 anos”, afirma ao ressaltar as melhorias e foco no digital da companhia. “Hoje é possível acompanhar 100% de um sinistro totalmente de forma digital. Nosso propósito é ser a seguradora digital do Corretor de Seguros”, conta Pedroso ao demonstrar prestígio aos mais de 5 mil Corretores parceiros da Previsul.

Além disso, desde o último ano, o programa de pontos “Clube Sou + Previsul” possibilita a troca de pontos por prêmios mensais mediante a produção.

Com 112 anos de atuação, a Previsul Seguradora é referência em seguro de pessoas no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, com aproximadamente 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul.

*Colaborou: Literal Link Comunicação Integrada.