Sustentare promove encontro especial com parceiros de negócios 1299

Rede de Corretores de Seguros ultrapassou a marca de R$ 50 mi de prêmios emitidos em 2016

O último sábado foi mais que especial para os parceiros da Rede Sustentare. Ao todo, 7 seguradoras parceiras correspondem a mais de 60% das operações da rede de corretores e foram fundamentais para a realização do exitoso encontro no Novotel Três Figueiras, em Porto Alegre (RS). São elas: AIG, Allianz, Bradesco Seguros, HDI, Liberty Seguros, Sancor e Sompo.

A empresa, que finalizou 2016 com 73 escritórios e ultrapassou a barreira dos R$ 50 milhões em emissão de prêmios, promoveu um dia de integração total com apresentações de companhias seguradoras, sorteio de brindes, premiação aos profissionais de destaque e um pocket show especial com o humorista Jair Kobe, o Guri de Uruguaiana.

Campanha leva corretores a viagem exclusiva com acompanhante para resort na Região Nordeste

“Com base no crescimento da Sustentare, acreditamos que ultrapassaremos a casa dos R$ 65 milhões até dezembro deste ano. Queremos estar entre as melhores operações do segmento e ser reconhecida como a melhor provedora de soluções em seguros da Região Sul até 2025”, conta Rogério Oliveira, responsável pelo marketing da Sustentare.

A Sustentare ainda apresentou novidades em seu sistema com o objetivo de facilitar o dia do corretor de seguros. “Além de uma ótima comissão existe a boa visibilidade da marca”, afirma Oliveira. “Com um novo sistema de negócios, a Sustentare visa dar maior controle para as apólices do corretor”, completa ao informar que as novidades referentes à renovações já estarão disponíveis no dia 20.

Marcos Stock Trevisan, CEO da Rede Sustentare

“Entendemos que o segredo são parcerias fortes e consolidadas”, diz Marcos Stock Trevisan, CEO da Rede Sustentare.

Na oportunidade, a Allianz também anunciou sua nova campanha, que vai levar corretores destaques a um mega show no camarote da companhia, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). A Bradesco Seguros sorteou ingressos para um musical com o cantor Michel Teló. Já a Rede Sustentare, reconheceu seus parceiros de negócios de destaque. As unidades de Arroio do Meio, Tapejara e Caxias do Sul/Esplanada aproveitarão um belo resort com acompanhante na Região Nordeste.

O humorista Jair Kobe em pocket show especial
Você fica sabendo muito mais na próxima edição da Revista JRS, que estará disponível nos próximos dias!

Confira todas as imagens:

Confira a segunda parte do programa Seguros Sem Mistério especial:

Como os novos modelos de negócios influenciam no crescimento econômico 1083

César Saut e Oliver Cunningham abordaram o assunto

Os novos modelos de negócios em detrimento do desenvolvimento de novas tecnologias promovidas por startups foi o tema do Tá na Mesa, apresentado nesta quarta-feira (21) pelos empresários César Saut, vice-presidente da Icatu Seguros e presidente da Rio Grande Seguros e Previdência, e Oliver Cunningham, sócio da KPMG no Brasil.

Segundo o estudo Global CEO Outlook 2018, publicado pela KPMG, 40% dos executivos entrevistados têm intenção de criar programas de aceleração de startups. Dentre eles, 38% pensam em colaborar com empresas inovadoras da mesma categoria. Saut destacou a dinamicidade dos modelos de negócios e a importância do investimento em ideias com propósito, enfatizando os modelos de investimento em sistemas de inovação ocorridos em Israel, que segundo ele, não desperdiça capital intelectual: “A Universidade de Israel se orgulha de ter registrado 9280 patentes, com mais de 75% dessas patentes ter se tornado negócios emergidos ou empresas. Um bom programa do exército de Israel nasceu da iniciativa privada de uma startup, o Waze, além de muitas outras”.

Oliver Cunningham e César Saut. Leonardo Ramos/JRS

Para o executivo, hoje as pessoas precisam aprender, desaprender e reaprender para não ficarem desatualizadas com as novas tecnologias que acabam inovando o mercado. “Um dos desafios que as pessoas enfrentam é o curto espaço de tempo para a adaptação às novas tecnologias”, destaca. Mas ele também ressalta que esse desafio advém das gerações nascidas e crescidas nas tecnologias analógicas. As gerações atuais, nascidas com o acesso ao conhecimento virtual ilimitado, e as próximas, estão aptas para a adaptação e a criação de novas estruturas de negócios. Saut destacou o crescimento econômico na China, Alemanha e Israel baseadas no investimento nas startups.

Oliver Cunningham abordou o conceito do modelo industrial promovido por Henry Ford e o seu desaparecimento mediante o desenvolvimento do pós-industrialismo. Para ele, as empresas estão vivendo uma ruptura estrutural gerando a crise do industrialismo: “Nos últimos dez anos as empresas industriais saíram da lista das empresas mais valiosas e as primeiras atuais são todas plataformas de negócios”. As novas empresas têm emergido de investimentos em startups gerando um ecossistema de negócios ligados entre si. “A KPMG migrou para um modelo de monitoramento de startups, tendo o caso de 3 mil startups no Brasil hoje, integrando com o ecossistema israelense com mais 8 mil, ligando com seguradoras chinesas e criando oferta de valor amarrando as pontas muito mais do que uma cadeia de valor clássica”, acrescentou.

Cunningham vê ótimas projeções de desenvolvimento econômico no Rio Grande do Sul por meio desse novo sistema. Apresentou o programa Gaúcho Tech e o panorama inovador do Estado, que possui 26 categorias demonstrando crescimento acelerado nas camadas de inovação e 440 startups em níveis mais desenvolvidas, desenhando um novo perfil econômico do Estado e retendo a sua vocação histórica agroindustrial.

GBOEX disponibiliza o curso: “Conhecendo Previdência e Seguros” 387

GBOEX disponibiliza o curso: “Conhecendo Previdência e Seguros”

Projeto acontece na modalidade de Ensino à Distância (EaD)

O GBOEX, com o intuito de disseminar a cultura securitária e compartilhar mais informações com seus associados, colaboradores e corretores, desenvolveu o curso “Conhecendo Previdência e Seguros”, na modalidade de Ensino à Distância (EaD).

O projeto foi idealizado para que, de um jeito didático e prático, seja contextualizada a história da previdência e do seguro de pessoas no Brasil.  Conforme as desenvolvedoras do projeto, as colaboradoras do GBOEX, Adriela Deantoni e Cássia da Silveira Munhoz, “é uma forma dos nossos públicos compreenderem mais sobre as origens do mercado previdenciário e securitário, no qual o GBOEX está inserido. Democratizar o conhecimento é uma maneira de valorizar e resgatar a função econômica e social do segmento e, por isso, disponibilizamos em nossos Portais, gratuitamente”.

O curso pode ser acessado por diversas plataformas. Ter flexibilidade de aprender  no seu horário livre, sem custo, podendo permanecer em seu ambiente familiar ou profissional,  são algumas das vantagens do modelo EAD. Além disso, vale destacar que também está disponível na Linguagem Brasileira de Sinais – Libras, estando acessível para as pessoas com deficiência auditiva.

As aulas gratuitas do “Conhecendo Previdência e Seguros” estão disponíveis no site do GBOEX nos Portais do Associado e do Corretor, na aba Serviços, no item EAD.

GBOEX – Quando você tem, tudo fica bem.

Liberty Seguros patrocina 9ª edição da Virada Sustentável de São Paulo 616

Liberty Seguros patrocina 9ª edição da Virada Sustentável de São Paulo

Evento acontece entre os dias 22 e 25 de agosto

A Liberty Seguros é, pelo 2º ano consecutivo, patrocinadora da Virada Sustentável de São Paulo. O evento, que acontece entre os dias 22 e 25 de agosto, contará com mais de 600 atrações gratuitas em diversos locais nas cinco regiões da capital paulista, como Parque Ibirapuera, Instituto Tomie Ohtake, Centro Cultural da Juventude, Teatro Sérgio Cardoso e MIS, entre outros.

O projeto da Virada Sustentável começou em 2011 em São Paulo e tem o objetivo de apresentar uma visão positiva e inspiradora sobre a sustentabilidade e seus diferentes temas para a população. A arte e atividades lúdicas são utilizadas como as principais ferramentas, inspirando as pessoas a enxergarem na sustentabilidade um valor coletivo.

Neste ano, a Liberty vai oferecer duas ações personalizadas relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma por meio do programa Liberty Mulheres Seguras e uma atividade esportiva, são elas:

Fórum Equilíbrio de Gênero: benefícios para a sociedade, as empresas e as famílias

Oferecido pelo programa Liberty Mulheres Seguras, o projeto apoia o empreendedorismo e empoderamento feminino, e será realizado em parceria com a empresa de Inteligência de Gênero ImpulsoBeta. O Fórum ocorrerá no dia 23 de agosto na Unibes Cultural, na Oscar Freire, das 8h30min às 10h30min.

Durante o painel, a equipe vai apresentar os benefícios da participação equilibrada e responsabilidades compartilhadas entre homens e mulheres no ambiente de trabalho e como essa equidade impacta positivamente a economia brasileira.

Além disso, participantes dessa ação irão ouvir depoimentos de convidadas especiais que trarão três diferentes pontos de vista sobre o assunto: a Rede Mulher Empreendedora, primeira e maior plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil, abordará o assunto sob a perspectiva da sociedade; Simone Martins, corretora e vice-presidente do Sindicato dos Corretores (Sincor) reforçará a importância do equilíbrio de gênero para as  empresas e Renata Santos, funcionária da Liberty e Embaixadora do Liberty Mulheres Seguras, trará essa visão sob a perspectiva das famílias.

Atividade esportiva com a Fundação Tênis

Entre os dias 24 e 25 de agosto, a Liberty Seguros também vai realizar, no Parque Ibirapuera, uma atividade de tênis com aulas monitoradas pela Fundação Tênis, ONG parceira da companhia que promove a inclusão social e a construção de valores éticos por meio do esporte.

“O patrocínio da Virada Sustentável é mais uma forma da Liberty Seguros se engajar em um dos nossos principais pilares: a sustentabilidade”, diz  Felippe Alves, gerente de marca e sustentabilidade da Liberty Seguros. “Com o projeto, além de contribuirmos positivamente com a comunidade, nós agregamos ainda mais iniciativas ao nosso programa de sustentabilidade”, completa.

Para mais informações sobre a programação da Virada, acesse este endereço.

Campanha da Porto Seguro para corretores entra na reta final e apresenta novidade 434

Campanha da Porto Seguro para corretores entra na reta final e apresenta novidade

Através de leilão de menor lance único, profissionais podem faturar prêmios independente da pontuação acumulada

Fernanda Pasquarelli, diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro / Divulgação
Fernanda Pasquarelli, diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro / Divulgação

A Campanha Conquistadores 2019, do Porto Seguro Vida e Previdência, entra na reta final com uma novidade: durante o segundo semestre, através de um leilão de menor lance único, os Corretores podem faturar prêmios como smartphones, TV’s, tablets e ingressos, independente da pontuação acumulada.

“Com mais essa mudança, buscamos reforçar que todas as conquistas são, de fato, importantes para nós”, destaca Fernanda Pasquarelli, diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro.

A Campanha, que segue até dezembro, já concedeu mais de R$ 500 mil em prêmios para Corretores de todo o país apenas nas duas primeiras etapas do ano, realizadas de janeiro a março e abril a junho. Os profissionais podem escolher entre mais de um milhão de opções de prêmios como eletroportáteis, cursos, viagens, carros e motos, além de vouchers de restaurantes, jóias e experiências. Trimestralmente, o participante que somar no mínimo 2 mil CQ’s poderá resgatar seus pontos por prêmios dentro do Portal Interativo da Campanha, independente de sua classificação no ranking. Isso sem precisar competir dentro da sucursal.

Desempenho e pontos extras

No Portal da Campanha, os profissionais cadastrados podem acompanhar seu desempenho de acordo com cada produto, extrair relatórios de produção, participar de treinamentos de capacitação e interagir com outros profissionais participantes e com a sucursal, além de receber informações sobre o mercado segurador e novidades do produto. Este ano, o Portal oferece ainda uma nova vitrine de prêmios.

Os Corretores que acompanham o site da Campanha Conquistadores 2019 também têm mais chances para alavancar sua pontuação através da interação no portal. Curtidas, comentários, participação em quizz e treinamentos gerarão pontos extras. Quanto mais o Corretor interagir, mais chances de aumentar seus pontos.

Como participar

Podem participar da campanha Corretores ativos, cadastrados na Porto Seguro com registro na SUSEP – pessoa física ou jurídica. Contam pontos os novos negócios de Vida e Previdência fechados de 1 de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2019.

Corretores cadastrados na Campanha Conquistadores 2018 não precisam realizar um novo cadastro, apenas acessar o endereço www.campanhaconquistadores.com.br e dar aceite no regulamento.

Deputado Jerônimo Goergen comenta como MP da Liberdade Econômica pode afetar mercado de seguros 996

Ele também falou sobre a retirada das associações de proteção veicular do texto

A Medida Provisória 881/2019, que dispõe sobre a liberdade econômica, visa garantir livre mercado. O relatório final ficou a cargo do deputado Jerônimo Goergen (PP/RS), que recebeu convidados nesta segunda-feira (19) na sede da Câmara de Indústria e Comércio e Serviços de Canoas (CICS) para abordar o assunto.

Ele falou com exclusividade ao programa Seguro Sem Mistério e Revista JRS como esse texto impacta pequenos e médios negócios e pode afetar o setor de seguros. “A vantagem que o mercado terá é justamente o desaparecimento da burocracia para a abertura de empresa. Claro que cumprindo todas as regras e leis, mas para abrir efetivamente terá toda a flexibilização”, comentou.

Além disso, o relator retirou as associações de proteção veicular do Projeto. “Tivemos uma discussão importante que envolvia a possibilidade de outros segmentos que não tivessem a regulamentação que as segurados tem de comercializar o seguro. Tinham emendas de deputados e senadores que possibilitavam essa atividade em outros segmentos. Eu como relator pude interpretar a insegurança que isso ia gerar ao consumidor do seguro e obviamente mantivemos o sistema como ele está”, explicou. “O debate foi importante e fortaleceu os corretores e as seguradoras. Eu espero que tenhamos cada vez mais condições de oferecer os produtos de seguro com segurança jurídica, que foi exatamente o que mantivemos na lei”, acrescentou.

As lideranças do mercado de seguros foram os responsáveis por fornecer as informações necessárias a Goergen neste sentido. “Eu preciso reconhecer o papel dos líderes do mercado nessa operação, pois eles nos trouxeram todas as informações da maneira mais adequada para que tomássemos a decisão mais acertada e não trouxesse prejuízos ao final ao consumidor de seguro”, disse.

A importância dessa matéria para os corretores de seguros ficou evidenciada pelo vice-presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul (Sincor-RS), André Thozeski. “É fundamental, pois havia uma expectativa das associações de proteção veicular que com essa medida provisória de facilitação da atividade empresarial de que eles iriam aproveitar essa oportunidade para colocar a proteção veicular dentro desse Projeto de Lei. O deputado se deu conta do erro que seria isso e tirou isso”, destacou. “Precisamos entender que há uma diferença fundamental entre seguro e proteção veicular. Quando se contrata uma apólice de seguro, se paga o seguro e passa o risco do negócio para a seguradora. Quando é uma associação de proteção veicular, quem paga o risco são os próprios associados, como se fosse num condomínio. As pessoas compram proteção veicular pensando que estão comprando seguro, mas na verdade não é seguro”, complementou.