Diretoria do Sincor-RS é empossada, em Porto Alegre 12935

Cerimônia aconteceu na noite desta quinta-feira (11)

O presidente reeleito do Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul (Sincor-RS), Ricardo Pansera, foi empossado juntamente a nova diretoria e delegados da entidade, na noite desta quinta-feira (11), em Porto Alegre (RS). A nova gestão segue até o dia 31 de dezembro de 2021.

O momento contou com a presença de figuras importantes do mercado gaúcho de seguros, o que demonstra a harmoniosa relação existente entre as diversas entidades representativas que atuam no Estado.

Diversas foram as vezes em que as memórias de Sérgio Petzhold, ícone do setor, foram homenageadas durante a cerimônia. “Com Corretor de Seguros é muito mais seguro!”, lembraram os presentes.

Destaque para as presenças de Armando Vergílio, presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor), e Gumercindo Rocha Filho, presidente do Ibracor.

Confira todas as imagens – Posse da diretoria do Sincor-RS

Allianz Seguros automatiza cotação residencial e dá mais agilidade aos corretores 280

Cotação Allianz Residencial

Parceiros de negócios ganharam mais tempo para incrementar produtividade

O sistema de cálculo do Allianz Residência tem como base a simplicidade e a agilidade, assim como o do Allianz Auto Instituto Ayrton Senna. O atual modelo de negócio da Allianz Seguros, aplicado nos produtos massificados, além de gerar ganho operacional à seguradora e aos seus parceiros de negócios, incentiva a diversificação de ofertas, fundamental para o atual cenário do mercado de seguros brasileiro.

Por meio da nova estratégia, a Allianz espera alavancar as vendas e a adesão de consumidores ao seguro residência. “O nosso trabalho está voltado para a disponibilização de um sistema eficiente e que dá mais autonomia aos corretores. Com a tecnologia implementada, esperamos garantir entrega mais rápida e adequada desde a cotação até o sinistro”, diz David Beatham, diretor de Massificados e Vida da Allianz Seguros.

Hoje, em menos de um minuto é possível cotar o Allianz Residência. O processo é feito com o preenchimento de somente 14 campos. Caso o cliente já esteja na base de dados da seguradora, a quantidade de lacunas cai para 11. A agilidade foi conquistada graças à automação, que permite busca de informações em bases internas e externas.

Aliadas às inovações no sistema de cotação estão as ampliações no produto. O Allianz Residência passou a amparar veículo estacionado na garagem em caso de incêndio e Danos Morais na cobertura de Responsabilidade Civil Familiar. Um pacote completo de assistência 24 horas, inclusive para residências de veraneio; opção de contratação de residência com escritório, ou seja, o segurado não precisa contratar cobertura à parte para esse último espaço.

Quanto vale a sua corretora de seguros? 914

Consultoria auxilia empresários a avaliar e tomar decisões para o rumo de seus negócios

O valor de uma marca pode ser estudado através da análise de diversos aspectos, que são importantes para que se defina a sua grandeza tanto para seus clientes quanto para o próprio empreendimento. No mercado das corretoras de seguros, isso é ainda mais relevante, tendo em vista que o ramo possui características próprias que o diferem dos demais, como sucessão de carteira de negócios, por exemplo.

Ricardo Padilla auxilia colegas de profissão a avaliarem suas empresas corretoras de seguros. Matheus Pé/JRS

Em função de suas individualidades, um estudo acerca do valor de uma determinada corretora de seguros exige conhecimento da área. E foi neste ambiente que Ricardo Padilla enxergou a oportunidade de auxiliar colegas de profissão, através de uma consultoria detalhada que permite uma visualização ampla do negócio. “Analisamos a corretora que nos solicita da forma mais profunda possível, tanto receita, despesa, a parte contábil, produção, sinistro e todos os departamentos”, conta o diretor da Padilla Corretora de Seguros.

A maioria das empresas chegam com a intenção de promover a venda futura do empreendimento. “Geralmente eles querem conhecer mais a corretora, ou ele tem 4 ou 5 sócios e um dos sócios quer sair por um motivo ou outro. Ele também pode estar pensando em sair e vender a parte dele, ou até uma fusão, aquisição ou venda parcial”, dá algumas opções do que pode acontecer. “Então, ele está sempre procurando, de certa forma, o crescimento profissional, através de ampliação de fonte de produção, de sócios, do mercado de trabalho, filiais. Enfim, uma série de circunstâncias que faz com que o colega chegue até aqui, até nós”, complementa.

Muitas empresas corretoras são administradas por famílias, porém em alguns casos os filhos escolhem outra profissão e o corretor responsável com o tempo não consegue atender sua carteira de clientes. Em situações como essas é que a Consultoria é muito importante para orientar a melhor forma de administrar a empresa. “Quando os filhos acabam buscando um outro rumo, o corretor responsável com uma certa idade vem a ter esse tipo de preocupação. Eu diria que 50% tem esse problema de sucessão”, conta.

Para desenvolver este trabalho, a Padilla montou uma equipe multidisciplinar. “Contamos com profissionais da área da engenharia, administrador de empresas, contadores, advogados e professores da Escola Nacional de Seguros. Nós temos uma equipe completa em que todos opinam a respeito de uma possível avaliação que fazemos”, detalha. Segundo ele, é essa visão externa que pode ajudar os proprietários a tomar decisões. “[Isso] pode mudar o rumo de um planejamento  e pode fazer com que se possa aumentar a receita, diminuir despesas e uma série de outras providências que podem acontecer a partir de uma consultoria bem feita”, afirma, ao salientar que atende uma média de 4 a 6 empresas por ano.

O sócio Tiago Becker é quem fica responsável pelas métricas de avaliação nos 60 dias que geralmente o trabalho exige. “Normalmente as métricas que mais avaliamos é a questão do crescimento dos últimos 3 anos da empresa, vendo mês a mês e comparando com anos anteriores”, comenta. Outras avaliações importantes são o tempo que a empresa tem de mercado, qual é o ramo mais específico que ela trabalha, se ela tem um mix de carteira mais amplo ou se ela é mais específica em algum dos ramos. “Normalmente, a marca é muito mais valorizada quando a empresa tem mais de 30, 40 anos de atuação, por isso que as marcas aqui no Sul são bem positivas”, relata.

Novo Allianz Saúde amplia facilidades aos corretores 226

Allianz Saúde

Empresas de todos os portes contam com amplas coberturas com a simplificação de planos e operações

Mais autonomia para o corretor, processos automatizados, alto nível de serviços e condições comerciais atrativas. É assim que chega ao mercado o novo Allianz Saúde. Com planos estruturados – PME5 (de 5 a 49 vidas), PME50 (de 50 e 199 vidas) e Empresarial (a partir de 200 vidas) – para atender empresas de todos os portes, a seguradora lança quatro categorias: Essencial, Ampliado, Completo e Exclusivo. “Nós reduzimos a quantidade de planos, melhoramos processos e os valores de reembolsos, que agora estão mais abrangentes, o que torna o produto mais atrativo para o corretor comercializá-lo”, explica Matthias Kuehn, diretor da Allianz Saúde.

E as simplificações não param por aí: o sistema do Allianz Saúde permite indexar documentos, fazer cotações, emitir a proposta comercial e a apólice e, posteriormente, gerenciar a carteira de clientes com a Allianz sem sair do escritório. “O ganho operacional para o corretor é grande, já que ele não precisa se deslocar para entregar as documentações fisicamente, em uma de nossas filiais”, diz Kuehn.

Para as empresas PMEs, as vantagens são muitas. Estratificadas por números de vidas, de 5 a 200, o corretor tem autonomia para fazer todo o processo e conta ainda com argumentos de venda como: reembolso em até 5 dias úteis; retaguardas clínica e cirúrgica em hospitais de alto nível; acomodação em apartamento para todos os tipos de planos; rede credenciada de qualidade e preços competitivos em todas as praças de comercialização – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e suas regiões metropolitanas.

Para as empresas a partir de 50 funcionários o VivAZ – programa de gestão de saúde e qualidade de vida – está disponível. Um de seus objetivos é auxiliar os profissionais da área de RH a fazer a gestão da carteira, agindo preventivamente para contribuir com a melhora da saúde do beneficiário, o que acaba por reduzir a sinistralidade. O VivAZ é composto por várias etapas, que se iniciam com o mapeamento de risco da empresa cliente. A partir de seus resultados é que a Allianz Saúde elege onde precisa atuar: se é com programas de nutrição, contra o sedentarismo, antitabagismo, entre outros. “Nosso grande diferencial é o programa osteomuscular. Temos um projeto em parceria com dois excelentes hospitais de São Paulo, que são referência no País todo. Nós oferecemos uma segunda opinião médica para pacientes com problemas graves de coluna. Caso a orientação seja não operar e o paciente opte por segui-la, poderá continuar com o tratamento com os médicos desses dois hospitais, mesmo que o plano do beneficiário não dê cobertura”, completa Kuehn.

Allianz Seguros disponibiliza modelo inédito de oficina referenciada 409

Oficina

Segurado ainda retira o carro reserva no estabelecimento reparador

Para fortalecer o modelo de negócios da Allianz Seguros, que tem a simplicidade, agilidade e conectividade como seus pilares, a seguradora implementou e vem expandindo a “Rede Excelência Allianz”. Com as oficinas mecânicas e de funilaria que compõem essa segmentação, o processo de sinistro passou por desburocratizações e, além disso, o segurado desfruta de benefícios exclusivos.

O modelo de atendimento e serviços da “Rede Excelência” é inédito no mercado de seguros brasileiro. A inovação está no fato de todo o processo de sinistro ser realizado em um só lugar e de forma inteiramente automatizada. Dentro da oficina é possível fazer desde a comunicação e vistoria on-line do sinistro até a reparação do veículo, como também a retirada do carro reserva – os veículos ficam disponíveis nos estabelecimentos à disposição dos clientes.

“Na ‘Rede Excelência’, 90% dos sinistros são liberados no ato. Como a análise é em tempo real, a aprovação pela Allianz para o início da reparação acontece instantaneamente. Com essa configuração de prestação de serviço, o segurado não precisa informar a ocorrência ao contact center ou em um centro de atendimento de sinistros, agendar e realizar a vistoria e depois levar o seu carro em outro local para o conserto. Todas as etapas são feitas com a assessoria de um consultor técnico em um espaço exclusivo para segurados Allianz, dentro da oficina”, conta Laur Diuri, diretor de Sinistros da Allianz Seguros.

O segurado que optar pela “Rede Excelência” conta ainda com desconto de R$ 400 na franquia e garantia de três anos, dada pela Allianz Seguros e AkzoNobel. Esse último fator é possível porque as oficinas contam com funcionários capacitados e treinados e dispõem de avançado nível tecnológico para a execução de serviços em carros nacionais e importados, atendendo às expectativas e exigências do mercado automotivo.

Até o fim do ano, a operação da “Rede Excelência” contará com 20 estabelecimentos reparadores. Já estão em funcionamento 17, em São Paulo (2), Araraquara, Ribeirão Preto, Bauru, Belo Horizonte (2), Recife, Fortaleza, Brasília, Curitiba, Londrina, Porto Alegre, Caxias do Sul, Belém, Salvador e Rio de Janeiro. Ainda em 2018, três outras cidades estarão inclusas, Goiânia, Bento Gonçalves e Florianópolis. As informações completas das oficinas podem ser consultadas neste endereço.

Tempo Assist tem um novo acionista 348

Tempo Assist

Swiss Re passou a deter 30% de uma das maiores empresas de assistências especializadas do mercado brasileiro

A Tempo Assist, uma das empresas líderes em serviços de assistência no Brasil e a única independente no segmento, anunciou que a Swiss Re Direct Investments Company Ltd, que detém participações minoritárias em empresas listadas e não listadas em nome do Grupo Swiss Re, adquiriu uma participação de 30% do Grupo Carlyle e dos fundadores da companhia. O Grupo Carlyle permanece o acionista majoritário com 62% da Tempo Assist. Os fundadores da companhia e executivos detém os 8% restantes.
O investimento do braço financeiro da Swiss Re na Tempo corrobora a solidez e liderança da companhia no segmento de assistências no mercado brasileiro. A Tempo Assist vem executando uma estratégia diferenciada e ambiciosa para ampliar os seus negócios. Além do foco na qualidade, eficiência e inovação como principais pilares de diferenciação e crescimento junto ao mercado segurador, a Tempo Assist continua a expandir sua atuação, oferecendo seus serviços para montadoras, varejistas e financeiras. O canal direto com o consumidor também será outro guia de crescimento nos próximos anos. A Tempo Assist deve lançar em breve sua estratégia digital para acessar um amplo mercado que hoje não é plenamente atendido.
Gibran Marona, CEO da Tempo Assist, afirmou que “A Tempo Assist tem crescido consistentemente nos últimos anos apoiada pelo bom desempenho de seus clientes, expansão da base de clientes e por desenvolver canais inovadores de distribuição dos serviços de assistências especializadas. A chegada do novo acionista evidencia o forte posicionamento estratégico da Tempo Assist e de seus investimentos em tecnologia que resultaram na ampliação da qualidade dos serviços prestados, maior eficiência em processos e de inovação em serviços”.
Daniel Sterenberg, Managing Director da Carlyle e presidente do Conselho de Administração da Tempo Assist, afirmou que “é um motivo de orgulho que um sócio com a qualidade da Swiss Re compartilhe da nossa visão para o futuro da Tempo Assist e tenha decidido nos apoiar na execução do plano de negócios para os próximos anos, o que deverá consolidar ainda mais os diferenciais competitivos da companhia.”
A Tempo Assist foi assessorado por Rothschild & Co, Goldman Sachs e Cescon Barrieu Flesch & Barreto Advogados, enquanto a Swiss Re foi assessorado no Brasil por Cascione Pulino Boulos Advogados e no exterior por Freshfields Bruckhaus Deringer LLP.