As cores do coelho da páscoa 47952

Jogue os melhores games de páscoa grátis

Divirta-se com o nosso Especial Páscoa: os melhores jogos no site do JRS!

Ajude o coelho e complete os ovinhos. Mouse controla o jogo.

Vou acompanhar os jogos da Copa América, preciso de seguro viagem nacional? 2555

Vou acompanhar os jogos da Copa América, preciso de seguro viagem nacional?

ComparaOnline lista motivos para contratar o serviço e aproveitar evento sem susto

A taça da Copa América / Arquivo JRS
A taça da Copa América / Arquivo JRS

O seguro viagem vem sendo cada vez mais utilizado pelos brasileiros, prova disso é o aumento da contratação do serviço em viagens para o exterior. De acordo com a Federação Nacional de previdência Privada e Vida, a aquisição do produto cresceu 12% no primeiro trimestre de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado. Porém, o brasileiro ainda não se preocupa tanto com o seguro viagem nacional.

Para Paulo Marchetti, CEO da ComparaOnline, marketplace de seguros e produtos financeiros, a realização da Copa América no Brasil pode ser educativa para as pessoas que viajarão pelo país para assistir aos jogos. “O seguro viagem é bastante negligenciado no Brasil. Em 40% dos casos, é usado por extravio de bagagem, cancelamento e interrupção de viagem. É comum as pessoas acharem que o serviço funciona apenas para casos que envolvem apenas cuidados médicos e, por terem plano de saúde, estão cobertas em qualquer lugar do país, mas a maioria deles não oferece cobertura fora da cidade de residência”, explica.

De 14 de junho a 7 de julho o Brasil receberá turistas de vários países e brasileiros que viajarão de todos os Estados e vão se concentrar nas cidades sede: Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Isso significa que uma série de doenças e vírus estarão sendo transportadas entre esses locais, inclusive aqueles com incidências apenas em solo estrangeiro, por isso, é preciso ficar atento ao seguro viagem.

“É importante ter em mente que o seguro não é um gasto adicional, mas a possibilidade de fazer uma viagem mais tranquila e, caso haja algum imprevisto, ter a certeza de estar coberto. Se pensarmos no valor que poderia ser gasto com pagamentos particulares percebemos que acaba sendo uma economia, o seguro viagem nacional possui um valor bem mais em conta, a partir de R$ 5 por dia”, finaliza Marchetti.

Rede de convênios GBOEX e páscoa: associados com as melhores opções 1992

Rede de convênios GBOEX e páscoa: associados com as melhores opções

Descontos podem chegar até 30%

A Rede de Convênios GBOEX sempre traz ótimas opções para datas comemorativas e feriados a todos os associados. Com a chegada da Páscoa, as alternativas estão irresistíveis, com passeios e presentes, para todos os gostos.

A Rede oferece vantagens especiais em lojas, hotéis, entre outros segmentos. Para quem opta pelo presente clássico da data, o chocolate, as opções são imperdíveis: Loja Havanna, Chocólatras Anônimos, Cacau Show de Santa Cruz, Chocolates Brasil Cacau de Santa Maria, Chocolate Alaska e o Parque Terra Mágica Florybal, com descontos que variam entre 15% e 10%. Para quem deseja surpreender com cestas comemorativas, a rede conta com a Cestas Micheli, Don Benito e Giuliana, com desconto de até 15%.

Além dos presentes, para os associados que vão viajar, a Rede oferece agências de turismo com até 50% de desconto, clubes com até 30%, hotéis e pousadas com descontos de até 55% e diárias a partir de R$ 30,00, além de serviços de locação e manutenção de carros.

A Rede de Convênio foi criada há mais de 50 anos, e soma hoje mais de 5.700 mil produtos e serviços ofertados. Conheça mais vantagens da Rede: confira a lista de parceiros conveniados neste endereço ou baixe o aplicativo disponível na Apple Store e no Google Play.

Rede de Convênios GBOEX quanto mais você utiliza mais economiza.

GBOEX – Quando você tem, tudo fica bem.

Curta os jogos da Copa sem deixar os pets em apuros 3300

Dog

Estresse e outros prejuízos podem atingir a saúde dos bichinhos se alguns cuidados não forem tomados

Quem pretende assistir aos jogos da Copa na companhia de um pet deve ficar atento a algumas situações que podem comprometer o bem-estar do animal. Além do estresse, esse tipo de comemoração pode causar prejuízos à saúde do pet e até acidentes se alguns cuidados não forem tomados.

Os tutores que pretendem receber visitas, por exemplo, devem observar o comportamento do cão ou gato na presença de outras pessoas. Alguns pets podem ficar incomodados com humanos “invadindo o seu espaço”, com o excesso de movimentação ou de barulho.

A atenção deve ser redobrada quando se trata de filhotes ou animais de pequeno porte, de acordo com o médico-veterinário Rodrigo Soares Mainardi, presidente da Comissão Técnica de Clínicos de Pequenos Animais do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP). “Cães ou gatos muito pequenos correm o risco de serem pisoteados quando há aglomeração de pessoas, o que pode ocasionar fraturas de patas, de costelas ou de coluna, por exemplo.”

Excesso de barulho

Vuvuzelas, televisão no volume máximo, fogos de artifício e até mesmo os gritos de gol têm grandes chances de causar desconforto ao animal. “Alguns animais chegam a passar mal com o barulho, podendo apresentar febre, apatia e até vômito ou diarreia, desencadeados por fatores emocionais” explica o médico-veterinário. Sendo assim, se o pet apresenta muita sensibilidade e se estressa facilmente, o tutor deve tentar evitar que ele seja exposto a sons muito altos.

Mainardi alerta ainda para o risco de fuga do animal. “Por ficarem com medo, alguns animais tendem a se esconder ou, em casos mais extremos, podem acabar fugindo de casa. Isso é muito comum nessas ocasiões, inclusive devido ao entra e sai de pessoas.”

No clima da Copa

Para quem vai vestir o animal de estimação de verde e amarelo, o presidente da Comissão de Clínicos de Pequenos Animais do CRMV-SP diz que adereços e fantasias são permitidos, desde que não prejudiquem a mobilidade e o conforto do pet. Para isso, o tamanho e o peso da fantasia devem ser proporcionais ao porte do animal.

“Os tutores devem ter um cuidado especial com tintas, purpurinas e maquiagens que não são de uso veterinário, pois podem causar graves dermatites e reações alérgicas sérias” reforça Mainardi.

Comilança

Outro ponto de atenção são os alimentos consumidos nesses eventos, como pipoca, amendoim, frituras e churrasco. Como não são alimentos próprios para cães e gatos, é importante evitar que os animais tenham acesso a esses petiscos. “Vale orientar também os familiares e amigos para que não ofereçam comida ao animal”, sugere Mainardi.

Se o pet ingerir algum alimento impróprio acidentalmente, a recomendação é levá-lo a um médico-veterinário para que este avalie o grau de comprometimento ou não da sua saúde. “Se o tutor observar algum tipo de distúrbio (vômito, diarreia ou outros) o animal deverá ser acompanhado por um médico-veterinário e mantido em observação”, salienta Yves Miceli de Carvalho, médico-veterinário presidente da Comissão Técnica de Nutrição Animal do CRMV-SP.

Nesses casos, durante os jogos e comemorações, o ideal é restringir o acesso de cães e gatos a determinados cômodos da casa, onde eles poderão circular com mais tranquilidade. Outra opção é hospedar o pet em um hotel ou creche, especialmente se ele já estiver habituado a frequentar esse tipo de espaço.

Vai curtir os jogos na Rússia? Dicas para quem vai viajar ao exterior pela primeira vez 5399

Moscow

Jogos da Copa do Mundo começam em poucos dias

Quem garantiu ingressos e passagem para curtir os jogos na Rússia começa a preparar as malas após meses de planejamento. Quem vai embarcar pela primeira vez ao exterior, é normal que dê um friozinho na barriga só de imaginar tudo que pode acontecer durante a viagem.

Para garantir a segurança e tranquilidade dos turistas de primeira viagem durante toda estadia, Mário de Almeida, executivo da Allianz Global Assistance, empresa líder na oferta de seguro viagem, separou algumas dicas importantes. No Brasil, a Allianz Global Assistance atua como representante de seguro da Allianz Seguros no segmento viagem.

Conheça seu destino

Para quem vai sair do país pela primeira vez é imprescindível conhecer bem o seu destino. “É recomendado que os brasileiros que vão viajar à Rússia pesquisem sobre o país. Checar o clima da época para saber como preparar sua mala é primordial”, ressalta Mário. Estudando o local, os amantes de futebol podem aproveitar o momento e se programar para conhecer diferentes locais. Em Moscou, os parques – Gorki, Parque da Vitória, Jardins de Alexandre e Hermitage – são excelentes opções de lazer para curtir lindas paisagens entre um jogo e outro.

Como os jogos serão disputados em 11 cidades diferentes, a programação de deslocamento deve ser feita com antecedência. Ter uma rede de amigos online como fonte de informação pode ajudar bastante. “Busque relatos de pessoas que já estiveram no local e pegue informações em blogs de viagens sobre os transportes públicos, além de táxis e locação de veículos”, afirma o executivo.

Alerta sobre o fuso-horário em relação ao horário oficial brasileiro está entre os conhecimentos locais primordiais. “Lembre-se: a hora do voo é sempre na hora local, por isso não perca tempo e arrume seu relógio manualmente assim que aterrissar”, completa Mário de Almeida.

Escolha sua acomodação

Com os serviços online, já é possível efetuar a hospedagem pela internet e encontrar apartamentos, hotéis, hostels, um quarto inteiro ou até compartilhado. Mário dá a dica: “O ideal é que o viajante encontre a acomodação perfeita para seu gosto e orçamento também. Para quem vai embarcar nessa aventura pela primeira vez, anote o nome e endereço do hotel, em alfabeto russo, e o seu número de telefone”.

Passaporte e visto

O turista que planeja viajar para fora do país precisa providenciar informação sobre o visto de entrada no destino internacional. O torcedor que vai desembarcar na Rússia, deve apresentar o passaporte com validade mínima de 6 meses e, neste caso, não precisa se preocupar com o visto de turismo, que vale para o período de até 90 dias. Mário completa: “Além do território russo, alguns países vizinhos como Estônia, Letônia e Lituânia também não exigem o visto”. No entanto, na hora do desembarque, as companhias aéreas entregam o Cartão Migratório, que deve necessariamente ser preenchido e apresentado na hora de voltar para o Brasil. Mais informações, acesse o portal do Itamaraty.

Seguro viagem

É comum que durante o planejamento de uma viagem, ainda mais quando se trata da primeira ao exterior, não passe pela cabeça do turista que problemas com a saúde poderão atrapalhar o passeio. “O seguro viagem é um item extremamente importante. Ele não garante apenas o bem-estar e a tranquilidade, mas também a saúde financeira. Despesas médicas fora do Brasil podem sair extremamente caras”, explica o executivo. Além disso, extravio de bagagem e cancelamento, interrupção e extensão de viagem estão entre os itens que o seguro viagem pode oferecer.

Comunicação

Comunicar-se bem pode ser um ótimo diferencial para ter uma boa viagem, principalmente se for visitar países em que o idioma não tenha nenhuma semelhança com seu. Mesmo que a finalidade da viagem não seja aprender outra língua, estudar algumas palavras ou expressões básicas do dia a dia no idioma local é importante.

O executivo diz que contar com a tecnologia na palma da mão pode tornar o seu passeio ainda mais tranquilo: “O russo é a única língua oficial do país, por isso uma excelente opção é contar com aplicativos de traduções escritas e em áudio. Como as estações de trem, de metrô e nomes de ruas estão escritos em alfabeto russo, opte por aplicativos que traduzem o conteúdo instantaneamente ao posicionar a câmera a frente de um texto”.

Utilize a tecnologia ao seu favor

“Por estar em outro país e com um idioma totalmente diferente – a Rússia utiliza o alfabeto cirílico e o inglês não é tão falado – o smartphone vira mais que um acessório para bater papo com os amigos ou registrar os momentos em fotos, se torna essencial por conta dos seus aplicativos”, comenta Mario de Almeida. Durante a estadia, ter aplicativos em mãos como os de transportes, conversão de moedas e tradutores podem fazer a diferença. Um ótimo exemplo é o aplicativo Travel Smart, que acompanha o passageiro desde o aeroporto, atualizando o status do voo, alterações de horário e a plataforma de embarque. Além disso, o app mostra os hospitais mais próximos do seu hotel e disponibiliza um dicionário de medicamentos com tradução de termos médicos em 18 idiomas.

De olho nos gastos

Planejamento é tudo! Lembre-se que você está em um país distinto, com custos diferentes e outra moeda (Rublo). “Não é recomendado que o turista ande com grandes quantidades de dinheiro. O ideal é utilizar, se possível, cartão de débito pré-pago para as transações de alto valor e, para pequenas compras, dinheiro trocado, para facilitar o troco e evitar o recebimento de notas falsas”.

As grandes cidades, como Moscou e São Petersburgo, contam com diversas casas de câmbio, o que possibilita ao turista procurar a melhor taxa. No entanto, alguns detalhes devem ser lembrados: “a Rússia tem restrição de 10.000 dólares (ou equivalente) para os turistas levarem ao país e as casas de câmbio só aceitam notas em perfeito estado”, ressalta Mario.

Atenção à bagagem de mão

A bagagem de mão ganhou maior protagonismo após as novas regras de franquias. Com peso máximo de 10kg, a mesma pode conter alguns itens essenciais listados por Mario. “Devem ser levados na bagagem de mão itens de grande importância e urgência, como passaporte, telefone celular, objetos pequenos de valor, informações de hospedagem, documentos e roupas leves, assim você está precavido caso ocorra algo com a sua mala despachada”.

Separe os documentos

A lei russa determina que todos os estrangeiros devem portar documento de identificação. Para não andar com o passaporte original e evitar dor de cabeça em caso de perda ou furto, o porta-voz recomenda “andar com uma cópia e manter o original em segurança e, de preferência, dentro do cofre no quarto do hotel em que estará hospedado”.

No aeroporto, dentro do avião e durante a conexão

Começou a viagem! Como não existem voos diretos para a Rússia, “é ideal que o passageiro pergunte aos comissários sobre os procedimentos de conexão. Além disso, alguns países obrigam os passageiros realizarem a imigração, então é necessário o visto estar em dia”, aconselha Mario. Outra dica importante é conferir o tempo de escala e não deixar o embarque para última hora.

Na imigração

Após o desembarque, é hora de passar pela imigração, onde o agente verificará seus documentos e poderá fazer algumas perguntas sobre suas intenções de estadia. “O passageiro deve falar a verdade neste momento e provar que tem condições financeiras para o padrão da viagem. A educação e a calma são outros pontos crucias neste momento”, finaliza o executivo.

Mapfre promove Páscoa solidária 5437

130 caixas de bombons foram entregues a alunos de Escola no RS

A territorial Rio Grande do Sul da Mapfre participou de uma ação solidária junto a Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Catarina, da cidade de Guaíba, localizada na região metropolitana da Capital gaúcha. Em torno de 130 caixas de bombons foram entregues aos alunos e crianças do bairro.

“Batemos a meta de conseguir presentear com uma caixa de bombom cada aluno e criança do bairro. Contamos com o apoio dos amigos da Mapfre e estamos muito agradecidos por este momento”, contou o diretor da Escola, Marcio Coster.

“A educação só é possível se fizermos sozinhos e estamos conseguindo isso, essa é uma ação complementar aos nossos esforços”, acrescentou o vice-diretor, Wilian Silva. “Acreditem nos sonhos de vocês, tenham persistência. Tudo é possível se vocês forem atrás”, finalizou a professora Mônica Fogaça.

New Report

Close