Confiança americana no potencial brasileiro 25246

Edição 215 mostra como a Travelers colhe bons frutos de seus investimentos no Brasil

A edição 215 da Revista JRS apresenta como a Travelers acreditou no potencial do Brasil para resultados surpreendentes. A companhia é especialista em infraestrutura e energias renováveis, além de trabalhar com soluções para PMEs. Tudo isso em uma entrevista exclusiva com Leonardo Semenovitch.

E MAIS: “O Espírito Fenacor” é revelado nos 50 anos da Federação Nacional dos Corretores de Seguros em uma reportagem especial, que homenageia o eterno colunista Sérgio Alfredo Petzhold (in memorian).

Você ainda fica sabendo como funciona o seguro all risks para obras de artes da AXA, tudo sobre o novo livro de Alberto Jr., a inauguração da Neo Executiva Corretora de Seguros em Florianópolis (SC) e muitos outros conteúdos do universo do seguro.

No segundo dia, imersão em produtos e interação são destaques no Corretor Nova Geração 191

Imersão em produtos e interação são destaques no Corretor Nova Geração

SulAmérica apresentou aos jovens corretores sua atuação em Capitalização e em Investimentos, Vida e Previdência, além da área de Afinidades

Em seu segundo dia, o Corretor Nova Geração, evento promovido pela SulAmérica – maior seguradora independente do País –, explorou a interação entre os participantes e apostou no início da imersão aos produtos da companhia. O foco do dia foi, sobretudo, o conhecimento sobre as áreas de Afinidades, Capitalização e de Investimentos, Vida e Previdência, com palestras de representantes da empresa.

“A programação de hoje foi pensada para que, cada vez mais, estes parceiros estejam capacitados a apresentar uma oferta ao consumidor com ampla conveniência. Essa nova forma de gerar negócios, aliada à inovação, presente nas interações que tivemos hoje e que impacta o comportamento social, proporciona uma soma muito importante para a expansão de vendas”, conta o vice-presidente Comercial da SulAmérica, André Lauzana.

A equipe de Afinidades, que abriu a programação do dia, mostrou a versatilidade que envolve a atuação do corretor de seguros. Na sequência, as oportunidades no produto de Capitalização chamaram a atenção dos jovens corretores, que participaram de uma ação de interação ao longo da palestra da área. O ramo de Investimentos, Vida e Previdência, por sua vez, traçou panoramas de mercado e ensinou ainda mais aos participantes do evento sobre os produtos que podem ser explorados pelos parceiros. Por fim, os jovens corretores receberam dicas de vendas para que possam se destacar no mercado segurador.

“A visão da companhia e dos executivos abre ainda mais a nossa cabeça e nos ajuda a observar oportunidades e levar novas ideias para a corretora. Além disso, a própria troca de experiências com os colegas que estão aqui no evento é fundamental para fomentar os negócios”, comentou o jovem corretor Vitor Cesar Jacintho de Faria, de Sorocaba (SP).

O Corretor Nova Geração é uma das iniciativas da SulAmérica que integra o PRA (Programa de Reconhecimento ao Corretor), com foco no pilar de treinamento de seus parceiros de negócios. A atual edição tem a participação de mais de 40 jovens corretores de todo o País.

Corretores concorrem a brindes especiais do GBOEX 188

Promoção acontece no Instagram @revistajrs

Os corretores de seguros concorrem a um super kit especial do GBOEX para curtir o Verão 2019 numa boa. Cadeira de praia, cooler, cuia e bomba de chimarrão é o que o sortudo (ou a sortuda) vai levar para a casa.

A promoção acontece no Instagram do JRS. Basta curtir a publicação e marcar os amigos para aumentar ainda mais as chances de ganhar. O resultado será divulgado às 14h do dia 18 de fevereiro de 2019, lá no @revistajrs.

Anac diz que helicóptero com Boechat não era autorizado a transportar passageiros 702

Anac diz que helicóptero com Boechat não era autorizado a transportar passageiros / Foto: Matheus Herrera

Informação é apurada face cláusulas contratuais de seguro da aeronave

Em nota, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) informou que a aeronave de matrícula PT-HPG e a empresa RQ Serviços Aéreos possuíam autorização para prestar Serviços Aéreos Especializados (SAE), que incluem aerofotografia, aeroreportagem, aerocinematografia, entre outros do mesmo ramo. Qualquer outra atividade remunerada fora das mencionadas não poderia ser prestada.

A informação é apurada pois deve afetar cláusulas contratuais do seguro do helicóptero que caiu na altura do quilômetro 7 do Rodoanel. O jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci, dono da empresa responsável pela aeronave, faleceram no deslocamento entre Campinas (SP) e a capital paulistana.

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em SP

A ANAC informou ainda que abriu procedimento administrativo para apurar o tipo de transporte que estava sendo realizado no momento do acidente. Segundo dados do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), o helicóptero acidentado estava com o Certificado de Aeronavegabilidade (CA) válido até maio de 2023 e a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) em dia até maio de 2019, ou seja, a aeronave estava em situação regular.

O setor de seguros oferece proteção para Pessoas Físicas ou Jurídicas contra danos e perdas de aeronaves, bem como a Responsabilidade Civil a terceiros. Segundo especialistas do setor, as seguradoras costumam elevar o valor do prêmio para o seguro de casco de helicópteros com mais de 25 anos, o que diminui a procura por esse tipo de cobertura, mas não impede ou exime a responsabilidade em uma fatalidade.

Boechat mediou painel sobre política e o setor de seguros, no último Conec

As coberturas básicas do Seguro Aeronáutico contemplam o R.E.T.A. (Seguro de Responsabilidade do Explorador ou Transportador Aéreo). Esse é um seguro obrigatório a ser contratado pelo dono do helicóptero, as principais cláusulas contemplam a vida dos tripulantes e passageiros em caso de morte e danos acidentais provocados pela aeronave às pessoas e bens no solo.

Outras coberturas existentes para aeronaves contemplam o casco, que incluem danos acidentais, como queda ou colisão. Em complemento ao seguro obrigatório existe o seguro facultativo (Limite Único Combinado – L.U.C.), que inclui cobertura de danos corporais ou materiais provocados pela aeronave a terceiros.

Segundo especialistas em aviação, em caso de pane no motor de um helicóptero, uma manobra de emergência deve ser iniciada em apenas dois segundos. O procedimento, conhecido como autorrotação, gera força para manter o movimento das hélices e permite que o piloto mantenha o controle do helicóptero para fazer o pouso em segurança.

Boechat mediou painel sobre política e o setor de seguros, no último Conec 540

Boechat mediou painel sobre política e o setor de seguros, no último Conec

Jornalista faleceu nesta segunda-feira (11), em São Paulo (SP)

Em setembro do ano passado foi realizado, em São Paulo (SP), o 18º Congresso Estadual dos Corretores de Seguros (Conec). O evento, promovido pelo Sindicato dos Corretores de Seguros (Sincor-SP), contou com um painel sobre política e o setor de seguros.

O jornalista Ricardo Boechat, falecido nesta segunda-feira (11), foi o mediador das exposições de Alexandre Camillo, presidente do Sincor-SP; Robert Bittar, presidente da Escola Nacional de Seguros; Marcio Coriolano, presidente da Confederação Nacional de Seguros (CNseg); Joaquim Mendanha, Superintendente da Superintendência da Seguros de Privados (Susep); e Mauro César Batista, presidente do Sindicato das Seguradoras de São Paulo (SindSeg-SP).

“Estamos vivendo um momento muito importante da nossa história e democracia e ter um segmento dessa importância discutindo o seu futuro mostra que estamos avançando”, destacou Boechat.

Boechat mediou painel sobre política e o setor de seguros, no último Conec
Boechat mediou painel sobre política e o setor de seguros, no último Conec

O helicóptero com o piloto e o jornalista caiu na altura do quilômetro 7 do Rodoanel. Ele voava de Campinas para São Paulo.

Ricardo Boechat retornava de uma palestra em encontro da Libbs, empresa da indústria farmacêutica. O pedido de socorro foi realizado às 12h14min.

Sincor-RS convoca corretores de seguros 577

Sincor-RS convoca corretores de seguros

Em artigo, presidente Ricardo Pansera fala sobre a Contribuição Sindical

A visão que o Sindicato das Empresas Corretoras de Seguros e dos Profissionais Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul (Sincor-RS) busca consagrar é o vínculo das empresas corretoras e profissionais corretores com seu sistema de representação, que fortalece a valorização do setor.

“Com Corretor de Seguros é muito mais seguro!”. A força dessa representação vem da participação ativa das empresas corretoras e dos profissionais corretores que, por sua vez, usufruem dos serviços oferecidos pelo sindicato, bem como a intermediação pela entidade sindical de seus interesses às autoridades, a fim de tornar mais efetiva e expressiva a categoria.

A sustentação econômica para manter a estrutura funcional da entidade depende das contribuições de seus representados. Desse modo, a Contribuição Sindical é um das principais fontes de custeio do Sindicato, que trabalha transformando os recursos obtidos com a contribuição em serviços e benefícios, gerando resultados importantes para toda a categoria.

Ao realizar o pagamento da Contribuição Sindical você contribui com a manutenção do Sindicato e o fortalecimento de sua representatividade junto às esferas governamentais, nas negociações coletivas de trabalho, em defesa de um ambiente de negócios favoráveis às empresas corretoras e aos profissionais corretores, principalmente nas áreas tributária, trabalhista, ações judiciais, negociações coletivas, manutenção de comissões de trabalho e de assessorias técnicas, palestras, cursos, eventos e, ainda, ações políticas que levam a conquistas importantes para o setor.

Para continuarmos atuando em defesa e em prol de nossa categoria, contamos com sua contribuição. Sim, ela é facultativa, não mais obrigatória. Por isso a importância da conscientização de cada um.

O Departamento de Cadastro e a Secretaria do Sincor-RS ficam à sua inteira disposição para esclarecimentos através do telefone (51) 3225-7726, no WhatsApp corporativo (51) 999-734-594 ou ainda pelo e-mail cadastro@sincorrs.com.

Lembre-se: Juntos somos muito mais fortes!

Um grande abraço de Ricardo Pansera, Presidente do Sincor-RS.