Neo Executiva reúne entidades de Oficiais de Justiça em Gramado (RS) 3119

Empresa atinge a marca de mais de 21 mil segurados 

A Neo Executiva promoveu no último final de semana a 2° Integração Nacional das Entidades de Oficiais de Justiça (INEOJ) na cidade de Gramado, na Serra gaúcha. O encontro reuniu representantes de entidades de 14 Estados brasileiros, todos vinculados a Federação dos Oficiais de Justiça Estaduais do Brasil, a FOJEBRA, e clientes da corretora.

Recentemente a empresa atingiu a marca de mais de 21 mil segurados pelo país, quase duplicando a quantidade de clientes em menos de dois meses. “Buscamos isso com muito trabalho, dedicação e empenho. Ampliamos a nossa área de atuação com escritórios novos e a parceria que fizemos com órgãos estratégicos, assim, seguimos ampliando exponencialmente o atendimento”, explica o diretor Zênio Costa.

Além disso, a Neo Executiva atingiu um bilhão em garantia segurada entre os Oficiais de Justiça e possui clientes em mais de mil municípios do país. “O Brasil é muito grande, e mesmo assim procuramos estar em todos os lugares que conseguimos, já estivemos no Pará, por exemplo, em comarcas que tinham 950 km de distância da Capital”, conta o diretor Luis Henrique Bueno. O momento contou com a presença do presidente da FOJEBRA, Edvaldo Lima, e do presidente da ABOJERIS (Associação dos Oficias de Justiça do Rio Grande do Sul), Sirlan da Rosa Cruz, além de outros representantes da categoria e de seguradoras.

Gramado foi escolhida para reunir o grupo de mais de 50 pessoas para levar os participantes e clientes da Neo a um lugar diferente. “É uma cidade bonita e receptiva, todos tinham vontade de conhecer e nada melhor do que fazer essa recepção num lugar como esse”, comenta. “Foi uma logística trabalhosa, mas muito gratificante de receber nossos clientes em um momento de comemoração de um trabalho que é feito diariamente”, acrescenta a coordenadora de treinamento da Neo, Júlia Fetter Bueno, responsável por toda a organização do INEOJ.

Neo Executiva reúne entidades de Oficiais de Justiça em Gramado (RS) – Todas as imagens

Porto Seguro anuncia mudanças no PortoCap Aluguel 710

Companhia lança novos planos e amplia o leque de soluções que buscam facilitar a locação de imóveis

A Porto Seguro lança cinco novos planos do PortoCap Aluguel, título de capitalização que substitui o fiador e dispensa análise de crédito no momento da locação de um imóvel. “Agora, aumentamos nosso portfólio e nossos clientes contam com mais possibilidades no momento da contratação de seu título de capitalização”, diz o superintendente de Riscos Financeiros e Capitalização da companhia, Nelson Aguiar.

Além de simplificar o processo de locação, os novos planos do PortoCap Aluguel permitem contratações com vigência de 12, 15, 18, 24 e 30 meses. Os inquilinos ainda participam de sorteios mensais pela Loteria Federal e concorrem a prêmios de até cinco vezes o valor do título, de acordo com a regra vigente no momento da contratação. Oferecem, também, serviços emergenciais gratuitos à residência alugada, entre eles chaveiro, eletricista e encanador.

Caso permaneça até o final da vigência sem usar a garantia, o cliente poderá resgatar o percentual do valor capitalizado, podendo chegar a até 103% de acordo com o plano contratado.

Para mais detalhes sobre os novos planos do PortoCap Aluguel, acesse https://www.portoseguro.com.br/titulo-de-capitalizacao-para-aluguel/portocap-aluguel.

Edição 235 da Revista JRS destaca momento de transformação mundial 22944

Coronavírus à luz do seguro e outros destaques exclusivos estão na publicação

Especialistas reforçam a todo momento: o mundo não será o mesmo depois do novo coronavírus. Mudança de atitudes, da forma de se relacionar e a adoção de medidas de prevenção não só no âmbito pessoal, mas também no profissional, pegaram o mundo de surpresa. No mercado de seguros não foi diferente, seguradores, corretores e prestadores de serviço tiveram que se adaptar à nova realidade, mantendo toda a sua funcionalidade e atendimento à sociedade brasileira.

Estas e outras reflexões estão disponíveis na versão online da Edição 235 da Revista JRS. Uma excelente leitura!

Allianz Seguros promove nova doação à comunidade Santa Rita 480

Mais de 20 toneladas de itens de alimentos e de higiene foram doados

A Allianz Seguros realizou neste mês mais uma doação de mais de 20 toneladas de alimentos e itens de higiene e limpeza para a comunidade Santa Rita, na zona Leste de São Paulo. Como na primeira vez, a ação ocorreu na Associação Beneficente dos Funcionários do Grupo Allianz (ABA), seguindo os mesmos critérios: respeitando as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), com voluntários paramentados com máscaras e luvas, número limitado de pessoas por horário e mantendo a distância de 1,5 metro na fila. A Allianz Seguros já soma mais de 40 toneladas e 60 mil itens doados com mais essa ação, que beneficia cerca de 5 mil pessoas da região.

Para o presidente da Allianz Seguros, Eduard Folch, a nova doação é fruto de um entendimento da importância de manter, por mais um mês, a cooperação às pessoas da comunidade Santa Rita durante esse momento de extrema dificuldade. “Sabemos que muitos provedores das famílias da região tiveram seus trabalhos afetados durante esse período de distanciamento social, dificultando a compra de itens considerados básicos. Nós, da Allianz, estamos voltados à corresponsabilidade social, apoiando ações que amenizem a situação dos moradores locais”, afirma.

Moradora da comunidade, Amanda tem duas filhas e ambas participam das atividades na ABA. Ela recebeu a primeira cesta da Allianz Seguros na sede da entidade, em abril, e foi beneficiada novamente em maio. Desempregada, Amanda relata que a ajuda chega novamente em um momento difícil e valoriza a doação. “A cesta é bastante completa, com insumos o suficiente para nos abastecer por cerca de 20 dias. É até difícil de explicar a alegria de receber essa segunda ajuda da Allianz, porque nós já estávamos quase sem nada em casa”, conta.

A doação foi também uma grata surpresa para Joyce, que trabalha com confecção de bijuterias. Mãe de três meninos, dois que ainda frequentam a ABA, a moradora da região afirma que, devido a recomendação para não sair às ruas, tudo parece ser consumido mais rápido em casa e a cesta foi fundamental para um período o qual o seu emprego tem sido afetado. “Nunca vivemos uma situação dessa. Geralmente, quando param as escolas, a gente continua trabalhando. E, de repente, sair e ver todo mundo de máscaras, ruas vazias, lugares que eram muito movimentados que eu ia bastante por causa do meu trabalho e agora estão sem ninguém, é algo muito difícil”, relata.

Durante esse período de distanciamento social, pessoas, empresas e entidades como a ABA estão se esforçando para manter suas atividades de maneira alternativa. As aulas que a Associação costuma dar presencialmente para crianças e adolescentes de 4 a 17 anos, agora estão sendo oferecidas virtualmente pelo canal do Youtube: Portal ABA Digital. A entidade voltará às atividades assim que o Governo do Estado de São Paulo decretar o fim do isolamento social para este segmento atendido.

Sociedade pode enviar sugestões para a Susep 516

Iniciativa busca redução de custos para o setor de seguros

Sociedade pode enviar sugestões para modelo que visa aplicação proporcional das regras prudenciais. Iniciativa busca redução de custos para o setor de seguros, aumento de eficiência do regulador e benefícios ao consumidor com mais concorrência e melhores preços

Nesta segunda-feira (25), a Superintendência de Seguros Privados (Susep) colocou em consulta pública, propostas para aplicação proporcional das regras prudenciais, de acordo com o porte e a complexidade das empresas do setor. As medidas sugerem alteração na resolução 321/2015, do CNSP, e na circular Susep 517/2015, para adequação de requisitos como prazo e modelos de envio de informações.

Há ainda a redução do capital-base para supervisionadas de menor porte e complexidade, que ficaria entre R$ 3,6 milhões e R$ 8,1 milhões, de acordo com o segmento de cada organização. Com a iniciativa, a autarquia visa promover ganhos de custo operacional para o setor e mais eficiência na supervisão. De acordo com a Susep, a medida beneficiará o mercado consumidor de seguros com melhores preços e mais concorrência.

A superintendência afirmou ainda que este é mais um passo na discussão com a sociedade dos modelos para a segmentação do mercado de seguros, evolução e modernização do setor no Brasil.

A íntegra do normativo pode ser acessada pelo link http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/edital-de-consulta-publica-n-9/2020-258324492.

Sindseg-SC disponibiliza novo Portfólio 695

Material contém as principais ações da entidade

O Sindicato das Seguradoras de Santa  Catarina (Sindseg-SC), divulgou nesta segunda-feira (25), um novo portifólio com diversas informações. No material é possível encontrar informações sobre os Grupos de Trabalho, Quadro Associativo, Estrutura, Qualificação, Trabalho Social, Newsletter, Informativo, Revista, Portal de Informações, Cartilhas, Teatro, Painel, entre outros.

O presidente do Sindicato das Seguradoras de Santa Catarina – Waldecyr Schilling, afirma que o portfólio de forma resumida, apresenta ações e ferramentas disponibilizadas para o mercado de seguros e sociedade. “A força que gera segurança e grandes valores para uma sociedade, começa numa entidade de classe como o Sindseg-SC”, afirmou Schilling.

Para conhecer na integra, visualize aqui ou acesse www.sindsesc.org.br no menu SindsegSC.