317 empresas são autuadas por operar no mercado de seguros sem autorização 626

Empresas

Divulgação da lista é iniciativa inédita da Superintendência de Seguros Privados (Susep)

Em uma ação inédita, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) passa a divulgar uma listagem de empresas e entidades, nacionais e estrangeiras, identificadas e autuadas por não possuírem autorização da autarquia para operar com produtos de seguro. A lista será atualizada periodicamente e abrange o chamado “mercado marginal” como um todo, não apenas a intitulada “proteção veicular”, pois foram identificadas também operações indevidas em relação aos ramos de seguros de vida, funeral, entre outros.

Para o superintendente da Susep, Joaquim Mendanha de Ataídes, um órgão supervisor forte preza pela eficiência do setor, de forma transparente, atuando como agente de proteção ao consumidor e combate ao chamado “mercado marginal”. “Estamos falando de empresas e entidades que foram identificadas pela área de fiscalização comercializando, de forma irregular, produtos similares aos de seguro. Além disso, há também outras empresas que são constituídas fora do Brasil e não possuem autorização para comercializar serviços no mercado brasileiro”, enfatiza.

Entre as regras e os critérios preestabelecidos pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) para a constituição de sociedades seguradoras, estão: as de solvência – que atestam a condição que uma companhia possui, entre ativos e passivos, para arcar com seus compromissos financeiros; bases técnicas atuariais que visam a estabelecer probabilidades de riscos; e a fiscalização em relação às condições legais para eleição dos seus administradores.

Nessa mesma linha, o diretor de Supervisão de Conduta da Susep, Carlos de Paula, reitera que todas as empresas que comercializam produtos de seguro precisam ser autorizadas pela Susep. “A autarquia mantém uma força-tarefa constante no sentido de coibir e enfrentar a realização de operações de seguros por empresas sem autorização”, afirma, ressaltando que a Susep vê o chamado “mercado marginal” com preocupação. “A prática ilegal (sem autorização) causa prejuízos à população porque não há proteção para o consumidor. O consumidor precisa estar bem informado.”, orienta.

Orientações ao consumidor

A lista de empresas e entidades nacionais e internacionais divulgada pela Susep leva em consideração os processos administrativos sancionadores julgados em primeira instância no âmbito da autarquia, tendo caráter informativo e não exaustivo. Confira a lista na íntegra.

Em relação às empresas estrangeiras, a autarquia alerta que há denúncias sobre a comercialização de produtos de seguro de forma irregular no Brasil – sem a autorização da Susep -, e que tal prática vai de encontro à legislação brasileira.

A Susep orienta que, antes da contratação de qualquer produto de seguro, seja realizada uma pesquisa sobre a empresa para certificar que ela é autorizada pela autarquia neste link.

Petzhold: A evolução do Credicor 202

Credicor

Colunista lembra movimentos iniciais do banco dos corretores

Após os seis meses iniciais o nosso banco começa a reagir em todos os setores nos apontando que deixaria de apresentar prejuízos e que o número de sócios em constante crescimento nos tornaria realmente o Banco de Crédito dos Corretores de Seguros que já acenava aos seus “donos” as vantagens de operar com o mesmo, tendo em vista a não cobrança de várias taxas praticadas pelos bancos, empréstimos mais baratos e com menos burocracia, financiamentos para capital de giro, pagamento de impostos, aquisição de veículos, escritórios, computadores com taxas bem mais baratas, aplicações mais atrativas, bem como participações nos lucros proporcional ao movimento financeiro de cada cooperado.

O crescimento constante de nosso banco nestes 18 anos nos permitiram criar além de nossa agência inicial em Porto Alegre outras duas, no interior Caxias do Sul e em Novo Hamburgo. Atualmente somos mais de mil cooperados (donos de nosso próprio banco) que vai muito bem graças a união do verbo (corretores) com a verba (bancos).

“Maioridade de um sonho que virou realidade”, conta Pansera

Agradecimentos aos 22 fundadores em especial aqueles (6) que lá de cima continuam a nos apoiar, Antonio Nejar, Heitor Celso Barriquello, Osmar Krug, Pedro Cardoso de Azevedo, Sérgio Netali Rodrigues Tubino e Ulisses da Silva Pereira.

“Maioridade de um sonho que virou realidade”, conta Pansera 194

Credicor

Credicor completa 18 anos

Foi no dia 1º de junho de 1999 que um grupo de 22 Corretores Profissionais de Seguros, liderados pelo principal incentivador deste empreendimento, nosso colega Sérgio Alfredo Petzhold, deram início oficialmente às atividades da Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros (Credicor-RS). Eu fui um destes privilegiados e pioneiros. Nós tínhamos a certeza que ali estava a semente de um empreendimento que daria excelentes resultados no futuro. Era a concretização de um sonho de ter uma cooperativa de crédito com todas as características de operação de um banco, de e para corretores de seguros. Uma excelente opção para a nossa categoria: deixar de depender dos bancos comerciais e ser dono do seu próprio banco.

Passados 18 anos, o sonho virou realidade e se consolidou. O sucesso foi alcançado graças a participação de todos, unidos pelo espírito do associativismo e cooperativismo. Nossa cooperativa atinge a maioridade com alta performance e plena saúde financeira.

Petzhold: A evolução do Credicor

A Credicor-RS é filiada à Central de Cooperativas de Crédito Mútuo do Rio Grande do Sul (Cecrers). Nossa entidade segue as determinações do Banco Central de estar ligada a uma central e possui uma ouvidoria à disposição dos associados.

Nossa Credicor-RS criou raízes, disponibilizou serviços de qualidade e conquistou a confiança dos corretores. Ela opera com associados que aplicam seus recursos financeiros em seu próprio negócio, na certeza de que, passo a passo, estão fortalecendo o banco dos corretores, pelos corretores e para os corretores de seguros do Rio Grande do Sul.

Tendo em vista o sucesso e atendendo as solicitações dos corretores de seguros da região da Serra, já em 2003 foi inaugurada uma unidade da Credicor-RS em Caxias do Sul. Em 2008, inaugurado o posto da Credicor-RS em Novo Hamburgo, que passou a atender a categoria no Vale do Rio dos Sinos.

Em 18 anos de história a Credicor-RS ultrapassou a marca de 1.100 associados. É uma marca respeitável, já que é formada apenas por Corretores Profissionais de Seguros, familiares e pessoas ligadas ao mercado segurador gaúcho.

Nesta data tão significativa eu saúdo a maioridade desta obra prima da nossa categoria. Estão de parabéns os associados da Credicor-RS o Banco dos Corretores de Seguros.

Parceiros garantem realização do Troféu JRS 830

Berkley Seguradora assegura realização do evento; Grupo MBM é responsável por Seguro APP e Gente Seguradora participa com unidade móvel de saúde

O Troféu JRS, realizado no Centro de Eventos Casa do Gaúcho, em Porto Alegre (RS), é considerado um dos principais acontecimentos do mercado brasileiro de seguros. A grande festa acontece nesta sexta-feira reúne mais de 1 mil convidados em uma noite que consagra Porto Alegre, mais uma vez, entre os grandes mercados do setor em nível nacional. Não há mais convites disponíveis para participação na cerimônia.

Uma votação online é realizada para decidir quem recebe o “Troféu Seguros e Corretagem”. Na primeira fase, que foi até o dia 12 de outubro, o público decidiu qual a Corretora de Seguros Destaque. No dia 19 de outubro, quando acontece a cerimônia de reconhecimento, será realizada a segunda fase, onde será decidida qual a Seguradora Destaque. Em edição anteriores, a Adatto Seguros e a Sustentare Seguros receberam a honraria. Já a HDI Seguros, é bicampeã entre as companhias de seguros.

“Essa escolha é importante pois dá voz também ao público na hora de decidir quem recebe as homenagens, afinal, é para o público que fazemos o JRS”, ressalta o presidente do JRS, Jota Carvalho.

Entre as seguradoras nesta categoria estão: Icatu Seguros, Rio Grande Seguros e Previdência, Bradesco Seguros, SulAmérica Seguros, MAPFRE, Previsul Seguradora, HDI Seguros, Porto Seguro, Sompo Seguros, Sancor Seguros, Seguros SURA, Travelers, Grupo Aspecir, Grupo MBM, CAPEMISA Seguradora e Caixa Seguradora.

Faltam poucas horas para o público descobrir quais os grandes nomes do mercado de seguros em 2018. A escolha leva em consideração operadores de mercado, empresas de corretagem, executivos e seguradores, companhias de seguros e entidades de mercado.

Ao todo, mais de 50 parceiros emprestam suas marcas e prestígio ao JRS, na promoção de mais uma noite especial para os convidados. Essas empresas compreendem que o momento é ímpar para a formação de negócios, uma vez que 60% dos participantes são Corretores de Seguros, e também para confraternização e reconhecimento aos demais profissionais que destacam-se no mercado. São eles: Icatu Seguros, Rio Grande Seguros e Previdência, Bradesco Seguros, SulAmérica Seguros, Previsul Seguradora, MAPFRE Seguros, HDI Seguros, Porto Seguro, Sompo Seguros, Sancor Seguros, Seguros SURA, Grupo Life Brasil, Travelers, Grupo Aspecir Livonius, IMUSA, MAM+S, PAPP+S, Scor RE, Ikê Assistência, GBOEX, Generali, Grupo MBM, BSF Saúde, CAPEMISA Seguradora, NEO Executiva Corretora de Seguros, Autosul Express, Caixa Seguradora Odonto, Tempo Assist, Sultec Vistorias, KSA Corretora de Seguros, BL Car, ExperMed – Perícias Médicas, Ramos Assessoria, Zanatta Seguros, DF Assessoria de Trânsito, Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS), Escola Nacional de Seguros e Ecobioma.

A Berkley Seguradora garante a realização do evento e o Grupo MBM Seguro de Pessoas garante qualquer dano pessoal ocorrido durante a grande festa do seguro. A Gente Saúde garante qualquer atendimento, caso seja necessário, com uma unidade móvel à disposição dos presentes.

A confirmação de nomes é necessária para todos os convidados, a fim de garantir melhor comodidade à todos os presentes. Informações adicionais podem ser obtidas pelo e-mail: ana@jrs.digital.br ou ainda nos telefones (51) 3286-2631 e (51) 3072-2631, que estão à disposição para maiores dúvidas e esclarecimentos. Nossa equipe segue em regime de plantão também nas redes sociais para garantir a melhor experiência possível aos participantes desta noite especial.

21 mil clientes e proteção total em mais de 1 mil municípios 4490

Neo Executiva ilustra capa da edição 217 da Revista JRS

Foi atenta a esse vasto campo que conta, no Brasil, com 34 mil profissionais, que a Neo Executiva Corretora de Seguros vislumbrou uma oportunidade de negócio com benefícios para ambos os lados. Através de parceria com a Federação das Entidades Representativas dos Oficiais de Justiça Estaduais do Brasil (Fojebra) e com entidades representativas de 14 Estados, que a empresa consegue, com preços competitivos e produtos personalizados de acordo com a necessidade destes profissionais, oferecer seguro de vida, benefícios e planos pessoais.

Essa grande história ilustra a reportagem principal da Revista JRS número 217. A publicação mensal, editada por JRS, ainda destaca os grandes destaques do setor de seguros no último mês, bem como reportagem especial sobre novas preferências do consumidor.