Seguro de vida empresarial também é vantagem para o executivo 3409

Seguro de Vida

Contratação do seguro pode auxiliar na retenção de talentos

Adversidades acontecem e estar preparado para elas é algo fundamental no dia a dia de uma empresa. O Seguro de Vida Empresa PME é uma opção para quem deseja ter essa tranquilidade em momentos adversos. O segurado e sua família estarão protegido em casos de morte, morte acidental, invalidez permanente – total ou parcial – causada por acidente ou doença, e ainda terão acesso à assistência funerária e outros serviços customizados no momento da contratação.

O seguro de vida empresarial tem como principal objetivo amparar os beneficiários do colaborador. Mas, no entanto, não é somente o segurado que ganha com a contratação. O empresário que contrata o serviço também se beneficia com a iniciativa.

“Para o empresário, esse tipo de seguro possui diversos diferenciais. Além da tranquilidade e proteção para os beneficiários, o seguro auxilia na retenção de talentos através de uma benesse ao colaborador”, explica Peter Rebrin, Diretor Executivo de Personal Lines e Bancassurance. “E existem também as vantagens para a empresa, que terá cobertura de verbas rescisórias, indicadas ao pagamento de indenização no caso de falecimento de um colaborador”.

A contratação desse tipo de seguro pode ser inteiramente ou parcialmente pago pela empresa, ou ainda inteiramente pago pelo colaborador. Além de oferecer vantagens e diferencias, permite que o empresário atenda a convenções coletivas que exigem a contratação do seguro de vida. O serviço, que possui forte demanda no país, pode ser oferecido conforme o nicho de atuação da empresa e o perfil da seguradora.

MAPFRE explica como curtir o Carnaval com segurança 664

Na viajem ou no bloco, aproveite os dias de folia com responsabilidade

O Carnaval está chegando e, para curtir com tranquilidade a época mais alegre do ano, alguns detalhes não podem passar despercebidos. Seja qual for o seu jeito de cair na folia, a MAPFRE explica como driblar algumas situações de risco bastante comuns nesse período.

1 – Se beber, não dirija!

Para quem faz consumo de bebidas alcoólicas, o principal é deixar o carro em casa. Dá para fazer uso de aplicativos de caronas, eleger o “motorista da vez” entre os amigos ou usar o transporte público para chegar e deixar as festas em total segurança – muitas prefeituras têm esquemas oficiais de ônibus e metrôs durante esse feriado.

2 – Um olho no bloco, outro nos pertences

Para fazer aquele vídeo ou foto legal durante o bloquinho, cuidado redobrado com documentos, celular ou câmeras fotográficas! Para evitar furtos e roubos, não deixe esses pertences em bolsos abertos – e principalmente traseiros – das roupas, ou soltos nas mãos.

A regra é clara: usou, guardou! Esse cuidado também ajuda em caso de chuva durante a folia. Mesmo que você tenha seguro, essa modalidade de apólice não cobre defeitos posteriores a esse tipo de exposição. Uma alternativa é utilizar pochete ou porta-documentos.

3 – Diversão até debaixo de água?

Se vai curtir o Carnaval na praia ou na cachoeira, evite nadar em mar aberto sozinho ou saltar de locais altos na água – onde o solo pode ter bancos de areia, corais ou pedras. E nada de conduzir embarcações sem ser habilitado (vale para motos aquáticas também).

4 – Se juntos já causam, imagine juntos!

O Carnaval é muito mais divertido em grupo, por isso não se esqueça de marcar um ponto de encontro para o caso de alguém se perder, principalmente se vocês forem turistas.

5 – Deixe sua casa segura até a volta

Na hora de partir para o destino do feriadão, cheque se todas as janelas estão fechadas e travadas, as portas trancadas, aparelhos elétricos e eletrônicos desconectados das tomadas e registros de água fechados. Isso pode evitar imprevistos com queima de eletrodomésticos ou alagamentos em casos de problemas nas tubulações internas.

Vale uma dica extra: se tiver a possibilidade, deixe uma cópia das chaves com uma pessoa de sua confiança, em casos de emergência.

Porto Seguro proporciona atendimento humanizado durante chuvas em SP 1035

Companhia montou plantões de atendimentos nos locais afetados, possibilitando a resolução dos casos com rapidez

As chuvas que atingiram a cidade de São Paulo nesta semana chamaram a atenção por ser o maior temporal no mês de fevereiro em 37 anos. Embora a prefeitura tenha investido em melhorias nos últimos anos no município que conta com quase 9 milhões de veículos motorizados, as ações não foram suficientes para não alagar ruas e bairros diante de muita água que caiu.

O diretor geral da Porto Seguro, Rivaldo Leite.

Diante do acontecimento, a Porto Seguro proporcionou um atendimento humanizado aos seus clientes, em uma força-tarefa que envolveu a equipe da companhia, prestadores de serviços e os corretores de seguros. Em publicação na rede social, o diretor geral da seguradora, Rivaldo Leite, destacou que fazem “o possível para evitar acidentes com nossos clientes e o impossível quando eles ocorrem”.

Plantões de atendimento foram montados em edifícios atingidos, possibilitando que a área de sinistro liquidasse todos os casos em menos de 48h e serviços de cartório e despachante também foram levados aos locais. “Agradeço imensamente a todos os prestadores de serviços do Porto Socorro, atendentes da nossa Central 24h e os Peritos de sinistro que ficaram todo esse tempo lá”, comentou. “Não poderia deixar de agradecer também aos Corretores de Seguros que nos apoiaram bastante nesses momentos”, acrescentou.

Junto ao seu depoimento, ele também incluiu um vídeo (abaixo) de um episódio que aconteceu várias vezes durante a semana. “Com um trabalho quase que hercúleo – nossos heróis da resistência – os prestadores de serviços do Porto Socorro foram, como sempre, fantásticos. O maior impacto foi em 3 edifícios da Zona Oeste de SP, onde tivemos mais ou menos 600 veículos retirados dos subsolos. Atendemos clientes e não clientes, nesse momento o que vale e o acolhimento às vítimas dessa tragédia”, afirmou.

Os corretores de seguros que se envolveram aprovaram a operação de emergência, que consideraram humanizada, próxima e eficiente. “A Porto Seguro é uma que nos enche o coração de alegria e me faz ter certeza que estou no caminho certo enquanto corretora de seguros”, comentou Eleonara Barbosa na mesma rede social. “Muitos corretores também se envolveram no apoio, inclusive orientando e auxiliando não segurados deles, somos uma categoria que respeita a ética, empatia e o apoio à sociedade em momentos tão críticos”, complementou.

Carteira gráfica da XP dispara 4,5% na semana e troca duas ações 740

Cashback World lança inovador recurso digital para facilitar compras no Brasil

Substituição vem após portfólio ter rendimento oito vezes maior que o do Ibovespa

A XP Investimentos divulgou nesta segunda-feira (17) a “Top Picks”, sua carteira semanal de análise gráfica, para o período de 14 a 21 de fevereiro, e a opção foi por trocar dois dos papéis do portfolio.

Saíram as ações de Suzano e Hapvida e entraram IRB Brasil e B3.

De acordo com Gilberto Coelho, o Giba, analista responsável pela carteira, a ação do IRB entrou no lugar da Suzano porque esta formou um candle de reversão.

Já IRB graficamente parece ter formado um fundo com o atingimento do suporte nos R$ 32,20. Tanto Índice de Força Relativa (IFR), quando o candle e o padrão de volume sugerem um repique de alta.

Já a B3 entrou no lugar de Hapvida por esta última ter apresentado um engolfo de baixa. A B3 está em tendência de alta projetando ganhos até os níveis de R$ 50,85 ou R$ 55,70. Os suportes para colocar stop loss são R$ 47,40 e R$ 42,50.

O analista desde o fim de dezembro passou a calcular a rentabilidade da carteira entrando nas ações no leilão das sextas-feiras, em vez de fazê-lo às segundas.

Divulgada semanalmente, a carteira Top Picks XP é composta por cinco ativos, tendo cada um peso de 20%. A seleção busca retorno a curto prazo, alinhando fluxo e movimentação das ações ao cenário político e macroeconômico.

O objetivo é de que a média do retorno dos ativos supere o Ibovespa ao fim da semana.

Desempenho

Na semana, a carteira Top Picks subiu 4,5%, ante uma alta de 0,54% do Ibovespa. Em 2020, o portfólio tem alta de 6,36% contra queda de 1,92% do benchmark.

As ações da São Martinho foram as principais responsáveis pelos ganhos semanais, subindo 11,24%. Suzano, por sua vez, valorizou 5,77%, Cogna teve alta de 3,72%, Hapvida avançou 1,49% e Itaú teve leve desempenho positivo de 0,3%.

Campeonato de Inovação: Zurich anuncia vencedor de etapa nacional 674

Com 36 startups inscritas e três dias de evento, a etapa nacional do Campeonato de Inovação da seguradora recebeu grandes iniciativas, com destaque para a PAI Health

A rodada nacional do Campeonato de Inovação da seguradora Zurich ocorreu em janeiro, na própria sede da empresa no Brasil. Nessa etapa, as 26 startups inscritas tiveram a oportunidade de apresentar os seus projetos para serem avaliados e seguirem na etapa regional da competição.

Dentre as finalistas, PAI Health conquistou o primeiro lugar com o projeto de prevenção de doenças cardiovasculares por meio da tecnologia. Essa é a primeira startup a utilizar métricas de atividades físicas, cientificamente comprovadas, para ajudar a reduzir o risco de doenças cardiovasculares em uma média de 25%, por meio de orientações personalizadas para exercícios que otimizam os níveis de aptidão cardiorrespiratória, tudo com a utilização de tecnologias presentes em smartphones e smartwatches.

O segundo lugar ficou com a Pet Assist, serviço de proteção e cuidado para o PET em caso de falecimento do dono. Já Surfly obteve a terceira colocação com a utilização da tecnologia de co-browsing, que permite a humanização do atendimento digital.

“Nesses três dias de evento, tivemos a chance de conhecer projetos inovadores que trazem revoluções com o uso da tecnologia para as mais diversas áreas do mercado. Ficamos muito felizes em recebê-los e fazer parte dessa seleção, que foi muito difícil, pois todos trouxeram iniciativas maravilhosas,” afirmou Rodrigo Barros, Diretor de Estratégia e Inovação da Zurich no Brasil.

O vencedor nacional continuará para a próxima rodada global, divididas em Ásia-Pacífico, América do Norte, América Latina, Europa e Oriente Médio. Já os vencedores gerais da rodada regional, a serem selecionados em junho de 2020, participarão de uma rodada global final, que acontecerá em agosto de 2020.

Os três finalistas da rodada global terão a oportunidade de desenvolver um projeto piloto com a respectiva unidade de negócio, na qual ele foi eleito na rodada local.

“Nossa finalidade é disponibilizar produtos e serviços inovadores aos nossos clientes em seus respectivos países e regiões, podendo ser expandidos globalmente para proteger as próximas gerações com impactos sociais e ambientais positivos no mundo”, afirma o Diretor da Zurich.

Informações adicionais sobre o Campeonato de Inovação estão disponíveis em: www.zurich.com/zic

Rede de franquias É Seguro entra para o segmento financeiro 632

Empresa já trabalha com o mercado de cartões e terá banco digital até o final do ano

A rede de franquias É Seguro está ampliando sua linha de soluções para o público com sua entrada no segmento financeiro. Com 209 unidades espalhadas pelo território nacional, a empresa já conta com 400 máquinas de cartões instaladas, desde o início da operação, em outubro, e com pouco mais de 500 cartões de crédito pré-pagos com a bandeira É Seguro Pay/Visa.

De acordo com Adriano Oliveira, diretor da É Seguro, a entrada neste segmento foi um passo natural da empresa, que já trabalha com outros seis setores – seguro, consórcio, serviços assistenciais, planos de saúde e odontológico, financiamento de veículos e crédito consignado.

“Nosso cliente nos procura para obter várias soluções, e sempre usávamos meios de pagamento de outras empresas, então resolvemos trazer mais esta solução, com a máquina de cartões, que tem operação mais barata para nossos franqueados e comerciantes em geral, e o cartão de crédito pré-pago para o consumidor final”, diz Oliveira.

A meta da empresa é comercializar três mil máquinas até o final do ano e 10 mil cartões. O banco digital já está em fase de formatação e envio de documentação para o Banco Central para começar a operar no segundo semestre.

A rede É Seguro começou a operar em 2015 em Umuarama, no Paraná e em 2017 abriu para o sistema de franquias e faturou em 2019 R$ 120 milhões e planeja expandir mais 60% este ano.