Liberty Seguros aponta tendências de inovação e preferências de consumo das novas gerações 1333

Carlos Magnarelli é presidente da Liberty Seguros

“Next” promove debate sobre preferências de consumo e aponta futuro conectado

Conquistar inovação e experiências que promovam um relacionamento sólido com os clientes é a grande busca das empresas nos dias de hoje. Com os impactos das novas gerações nas preferências de consumo o desafio fica ainda maior. Nesse sentindo, a Liberty Seguros promoveu, nesta quinta-feira (22), o evento “Next”, na Casa Natura, localizada no bairro Pinheiros, em São Paulo (SP).

Carlos Magnarelli é presidente da Liberty Seguros
Carlos Magnarelli durante o evento “Next”

O momento contou com a presença de diversos parceiros de negócios da seguradora e apontou que o futuro do consumo e das relações humanas é totalmente conectado. Para o presidente da Liberty Seguros, Carlos Magnarelli, a seguradora acredita e aposta em ideias disruptivas. “A inovação é uma constante no dia a dia da Liberty. Isso está desenvolvido em nossa cultura organizacional. Todos podem colaborar com ideias, o que já resultou em mais de 40 mil melhorias que visaram qualificar e agilizar o trabalho dos profissionais da corretagem e proporcionar uma experiência ainda melhor aos segurados”, explicou.

Durante a manhã de apresentações, a companhia evidenciou seus pensamentos e expectativas para o futuro, além de apresentar soluções inéditas aos corretores de seguros, como uma academia digital que conta com parceria do Facebook. “Os resultados demonstram que esse é o caminho correto. Até setembro, a seguradora cresceu 16,3% – enquanto a média de mercado foi de 7,5%”, completou Magnarelli.

Patricia Chacon é Head of Marketing & Strategy da Liberty
Patricia Chacon é Head of Marketing & Strategy da Liberty

Para Patricia Chacon, Head of Marketing & Strategy da Liberty, quando o assunto é inovação “estamos necessariamente falando de pessoas”. “Um em cada três funcionários da companhia forneceu sugestões de como tornar a vida do cliente e do corretor mais eficiente. Se todos conseguem dar ideias o trabalho é desenvolvido de uma forma muito melhor. O importante ainda não é apenas acolher ideias, mas fomentá-las para que realmente aconteçam. Por isso, acreditamos em pesquisas e no design thinking para aprimorar o trabalho de forma que ofereça sustentabilidade diante da comunidade”, evidenciou ao enfatizar que o respeito à diversidade e opiniões divergentes resultam em um melhor desempenho.

Patricia ainda abordou a relação da Liberty Seguros com demais empresas do ecossistema de startups. “São diversas iniciativas que promovem facilidades digitais. Esse setor no Brasil está bastante aquecido e, por isso, atuamos em parceria com essas empresas. Contamos com um aplicativo que dimensiona o desempenho de um motorista e que possibilita a concessão de até 30% de desconto, por exemplo. É possível ainda oferecer dicas para que este motorista melhore sua condução”, revelou.

Marcos Machini é Vice Presidente Comercial da Liberty Seguros
Marcos Machini é Vice Presidente Comercial da Liberty Seguros

Marcos Machini, Vice Presidente Comercial da Liberty Seguros, reforçou as tendências em relação aos profissionais da corretagem. “Contamos com um cotador de automóvel com aceitação em tempo de cálculo. A cobertura passa a vigorar a partir da transmissão de proposta e agendamento de vistoria prévia. Temos ainda cotação de Marine, RC e Engenharia na ponta, além de proporcionar ferramentas digitais, expertise no atendimento e investimos em departamento comercial mais próximo”, disse. “Nossa equipe de sinistros é regionalizada, a vistoria de sinistros pode ser realizada a domicílio, além de contarmos com garantia ilimitada a reparos em uma vasta rede de oficinas credenciadas que proporcionam experiências únicas aos nossos clientes”, completou.

Para Machini, a ideia da companhia é oferecer serviços diferenciados em todas as regiões do Brasil, além de atrair novos consumidores ao setor de seguros. “48% dos consumidores da Aliro, por exemplo, nunca tiveram um produto de seguro. A companhia oferece um portfólio completo em automóveis e o prêmio médio é igual ao de seguros tradicionais, mesmo que o valor seja mais acessível ao cliente. Investimos fortemente em Seguros de Vida para atender cada necessidade, além de produtos diferenciados para o Seguro Residencial e soluções integradas para PMEs”, apresentou.

Luis Rasquilha, da Inova Consulting
Luis Rasquilha, da Inova Consulting

A apresentação do Relatório de Tendências de Inovação da Liberty Seguros foi comandada por Luis Rasquilha, da Inova Consulting. O especialista enfatizou o crescente conceito de “lifeware”, que significa a vida interligada ao software e ao hardware. “O mundo está andando mais rápido, o que exige a incorporação de um novo mindset nas empresas. Não podemos mudar o passado, mas podemos aprender com ele. Estamos vivenciando a maior transformação da história da humanidade, a partir da criação do iPhone, o smartphone da Apple”, revelou.

“Aquilo que era verdade ontem não é, necessariamente, verdade hoje e provavelmente não será verdade amanhã. Precisamos de uma nova visão de para onde caminha o mundo”, contou Luis Rasquilha.

Segundo pesquisas apresentadas por Rasquilha, 100% da humanidade deve estar conectada até 2022. “Isso representa 4,2 bi de novos consumidores. Cliente sempre irá existir, estamos na era da convergência e da conectividade, que assumiu o poder nos dias de hoje. Os líderes das transformações do futuro conseguem solucionar problemas complexos, desenvolvem pensamento crítico e a criatividade”, justificou ao reiterar a importância cada vez maior do analytics para a tomada assertiva de decisões. “O sempre foi assim é o grande lado obscuro do corporativismo”, criticou o analista.

A inovação vai de encontro aos números da Liberty. No ramo de Seguros Patrimoniais, o crescimento até setembro de 2018 foi de 20,5%. Já no Seguro de Vida, o índice foi de 18,2%. Em automóveis o número foi de 13,7%. “Estamos crescendo quatro vezes mais que a média de mercado em todas as linhas de negócio. Isso mostra que nosso jeito de trabalhar dá muito certo. Continuaremos fazendo e incentivando ainda mais”, finalizou Magnarelli.

Liberty Seguros promove evento Next, em São Paulo
Liberty Seguros promove evento Next, em São Paulo

Icatu Seguros e Banco Inter fecham parceria para oferecer Previdência por aplicativo 492

Icatu Seguros e Banco Inter fecham parceria / Divulgação

Companhia é líder entre as seguradoras independentes em Vida, Previdência e Capitalização

A Icatu Seguros, líder entre as seguradoras independentes em Vida, Previdência e Capitalização, e o Banco Inter, primeiro banco digital do país, fecharam parceria para comercializar previdência privada pelo aplicativo do banco – uma iniciativa inédita no país. Com o objetivo de democratizar o acesso de todo tipo de investidor e incentivar o planejamento financeiro, um dos propósitos da seguradora, a transação é 100% online, sem taxas de carregamento e com aplicação mínima de R$ 100.

Pelo celular, o investidor responderá a algumas perguntas para receber sugestão do plano mais indicado para seu perfil, tornando a experiência do cliente melhor e ainda mais customizada. Os sistemas da Icatu Seguros e do Banco Inter estão integrados via API. Trata-se de uma tecnologia moderna que torna mais fácil e simples o canal de acesso: o cliente utiliza o sistema da Icatu e tem interface em tempo real com a base do banco, garantindo agilidade aos processos, além de segurança dos dados.

“Criamos uma oferta que não existe no Brasil: pelo celular, qualquer investidor poderá decidir por um produto de previdência com segurança. Estamos conectando consumidores digitais a um marketplace de previdência preparado para atendê-lo na oferta e no pós-venda”, afirma o presidente da Icatu Seguros, Luciano Snel.

A parceria foi lançada nesta quarta-feira, dia 12 de dezembro, em um evento na B3, em São Paulo, quando o Banco Inter anunciou a criação da Plataforma Aberta Inter (PAI).

“Nosso diferencial é ser um banco digital que oferece tudo o que o cliente precisa, na palma da mão. Com a nossa nova plataforma de investimentos, passamos a contar com um portfólio ainda mais completo, oferecendo também a possibilidade de contratação de previdência privada diretamente pelo aplicativo”, afirma João Vitor Menin, CEO do Banco Inter.

Uperformance Assessoria apresenta-se ao mercado gaúcho 472

Empresa auxilia corretores a aumentarem suas receitas

A Uperformance Assessoria reuniu corretores de seguros e parceiros de negócios, na manhã da quarta-feira (12), no auditório do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (SindSegRS). O momento foi oportuno para a empresa apresentar-se ao mercado como uma ótima alternativa em forma de auxílio profissional.

“A nossa missão é aproximar parceiros, operadores de mercado com os corretores, ser o elo entre algumas companhias e estes profissionais”, destaca a sócia da Uperformance, Estela de Moura Rey.

Este primeiro encontro na Capital gaúcha contou com uma exposição da Inpao Dental, uma das parceiras da assessoria. “Neste momento inicial contamos com o apoio desta empresa, que falou um pouco sobre seus produtos e das oportunidades que o setor odontológico oferece”, conta.

A Uperformance Assessoria surgiu com o intuito de ajudar o corretor a aumentar a sua receita. “Muitas vezes o corretor não enxerga as oportunidades nos demais ramos, então a nossa intenção é fazer com que ele vislumbre dentro dos seus clientes Pessoa Jurídica a oportunidade de venda de diversos produtos”, diz. “O dental, por exemplo, impacta no saúde, então aquele corretor que tem um pouco de visão de futuro e que enxerga a possibilidade de diversificar a sua carteira, está procurando por orientação”, finaliza.

Confira as imagens – Uperformance apresenta-se ao mercado gaúcho

Icatu Seguros é destaque no 8º Prêmio Líderes do Brasil 561

Foto: Gustavo Rampini/Rampini Produções

Premiação concedida pelo LIDE reconhece talento, competência e comprometimento de empresas e executivos

O Teatro Santander, na capital paulista, recebeu na noite de 10 de dezembro, 602 empresários, CEOs, presidentes e outras lideranças corporativas, além de autoridades, para a cerimônia de entrega do Prêmio Líderes do Brasil. Promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais, o evento foi transmitido pela Rede TV!, UOL e TV LIDE para todo o Brasil.

O vice presidente corporativo da Icatu Seguros, César Saut, recebeu o troféu de Líder do Estado do Rio Grande do Sul das mãos do presidente do LIDE RS, Eduardo Fernandez. “É considerada uma das maiores premiações empresariais do país por receber as principais lideranças e autoridades políticas. Uma menção especial à Icatu Seguros que recebeu o Prêmio Regional esse ano pelo brilhante trabalho que tem feito no Rio Grande do Sul”, afirmou Fernandez.

Eduardo Fernandez/Reprodução
Eduardo Fernandez/Reprodução

Entre as autoridades presentes no Teatro Santander, na capital paulista, estavam os atuais ministros Sérgio Sá Leitão (Cultura), e Rossiele Soares (Educação); o governador eleito de São Paulo, João Doria, e o futuro secretário estadual paulista Gustavo Junqueira (Agricultura).

Indicados pelo júri oficial, foram homenageados os protagonistas que, mesmo em um cenário de instabilidade econômica, obtiveram êxito nos negócios, nos principais setores da economia do país.Para destacar a forte atuação das unidades regionais do LIDE, a premiação também reconheceu o líder de cada região ou estado onde o grupo atua: Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pernambuco, Região Metropolitana de Campinas (SP), Região de Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Região de São José do Rio Preto (SP) e Região do Vale do Paraíba (SP).

Como as startups estão transformando as empresas tradicionais? 470

Confira artigo de Henrique Maziero, fundador e CEO do Grupo Planetun

Confira artigo de Henrique Maziero, fundador e CEO do Grupo Planetun

Que as startups são modelos de negócios escaláveis tentando inovar com o desenvolvimento de soluções em um cenário de incertezas não é novidade. A reflexão da vez é que, esses empreendedores disruptivos vem transformando não só o nicho em que atuam, mas também todo um setor de mercado anteriormente tradicional e dotado de velhas práticas.

Com o avanço da tecnologia, a chegada da geração millennials ao mercado de trabalho e a mudança na forma como as pessoas consomem os mais diferentes tipos de produtos, as corporações tradicionais tiveram que se adaptar para continuarem competitivas. O novo consumidor demanda um conjunto de agilidade, mobilidade e conveniência, que não pode passar despercebido e deve ser cada vez mais incorporado pelos negócios.

No entanto, implementar mudanças e transformar o legado de uma instituição tradicional não é tarefa das mais simples, por isso um movimento que passou a acontecer foi as grandes empresas buscarem as novatas, que já nasceram com essa veia de inovação e tecnologia, para adotar novas soluções e aprimorar seus processos. Prova disso é que, hoje, já existe uma ampla gama de startups que atuam exclusivamente no segmento B2B, oferecendo recursos para modernizar setores até então mais enraizados.

Uma pesquisa feito pela GE Global Innovation Barometer com executivos seniores de 23 países demonstra essa transformação: 81% reconheceram o crescimento da cultura de startups e concordaram que essa é uma forma de estabelecer sistemas inovadores dentro das organizações. Outro estudo, realizado pelo Harvard Business Review, apontou que 43% das empresas pesquisadas, de diversos setores, estão conseguindo resultados positivos em seus negócios com investimentos em transformação digital.

Uma das principais aplicações tecnológicas que vem sendo inserida nos negócios das grandes companhias é a Inteligência Artificial (IA), tecnologia que se expandiu e fortaleceu em paralelo ao movimento de crescimento das startups no mercado. O objetivo é aprimorar a relação entre empresas e clientes.

Cada vez mais conectado e atento as mudanças ocorridas no comportamento do consumidor, o setor tradicional de seguros é um dos que está apostando nas soluções digitais para atender as novas demandas e se manter competitivo. No caso da Inteligência Artificial, a ideia é levar mais qualidade, segurança e agilidade para os processos, inovando em um ambiente complexo de sistemas, nos quais as seguradoras estão inseridas.

A IA é capaz de substituir esforços repetitivos e manuais, que consomem tempo e recursos deixando de agregar valor ao negócio, por processos automatizados, o que aprimora os serviços das seguradoras de diferentes formas. Entre as vantagens estão um processo mais rápido, melhor experiência do usuário, redução de custos, maior competitividade no mercado e estímulo à inovação.

Visto que o cenário é de transformações, o que percebemos é que não só as startups têm muito a aprender com a experiência das já bem-sucedidas e consolidadas organizações, como as empresas tradicionais também estão cada vez mais engajadas em se inspirar na dinâmica de inovação dessas pequenas disruptivas.

*Por Henrique Mazieiro, fundador e CEO da Planetun, insurtech que desenvolve soluções disruptivas para o mercado de seguros e automotivo.

Capemisa promove melhorias no cotador para PMEs visando atender corretores parceiros 457

Ação visou tornar solução mais prática, clara e objetiva

O cotador de seguros de vida da Capemisa Seguradora para pequenas e médias empresas foi ajustado para se tornar mais prático, claro e objetivo na formalização das propostas e conclusão das apólices. Lançado em abril, ele passou a ser uma das principais ferramentas de otimização da rotina de corretores parceiros, que puderam avaliar o funcionamento e contribuir com sugestões de melhorias. O produto também foi avaliado e traz novidades com a ampliação do capital segurado para as coberturas de Doenças Graves e Diária de Incapacidade Temporária.

Fabio Lessa é Diretor Comercial da Capemisa Seguradora / Divulgação
Fabio Lessa é Diretor Comercial da Capemisa Seguradora / Divulgação

No que diz respeito à parte tecnológica, o sistema ficou mais intuitivo e fácil de usar. Ganhou pop-ups que alertam sobre regras do produto, como adesão compulsória, limites de idade e necessidade de atualização do endereço do segurado, que pode ser preenchido manualmente ou importado de abas anteriores do próprio sistema.

“As considerações de corretores sobre o novo PME foram levadas em conta, o que mostra como a Capemisa valoriza o relacionamento com esses profissionais e está sempre atenta às demandas do mercado. A partir das avaliações, promovemos melhorias para o produto e o cotador de forma a atender às expectativas do cliente e às necessidades do corretor”, afirma o diretor Comercial, Fabio Lessa.

O cotador também preenche automaticamente valores mínimos e máximos para cada cobertura, dependendo da escolha do usuário. Foram incluídas ainda caixas de texto, mensagens de alerta e funcionalidades que demonstram as especificidades de cada cobertura. Para o caso de pendências, o corretor será alertado por e-mail, após validação das propostas. Algumas cláusulas de contratação também foram reformuladas para facilitar o entendimento.

Rafael Amaral é Diretor Técnico da Capemisa Seguradora / Divulgação
Rafael Amaral é Diretor Técnico da Capemisa Seguradora / Divulgação

“Os processos são constantemente revistos para garantir a satisfação dos nossos corretores parceiros e contribuir para o aumento de sua produtividade. As melhorias adotadas no cotador do PME certamente vão otimizar o trabalho e reduzir o tempo de resposta para aceitação das apólices”, explica o diretor Técnico da Capemisa, Rafael Amaral.