Brasil melhora investimentos em energia renovável, aponta Allianz 460

energia

Entretanto, faltam estratégias de longo prazo na maioria dos países do G20

A maioria dos países do G20, incluindo vários países emergentes, melhorou suas condições para de investimentos em energia de baixo carbono no ano passado. No entanto, mais investimentos em energia renovável precisam ser realizados para atender às metas climáticas do acordo de Paris. Além disso, o G20 precisa desenvolver e implementar estratégias de longo prazo mais ambiciosas, consistentes e transparentes para melhorar o investimento para as energias renováveis.

Estas são as principais conclusões do relatório Climate and Energy Monitor 2018, publicado no início desta semana (26/11) pela Allianz, a Germanwatch e o NewClimate Institute. Pelo terceiro ano, as companhias examinaram a expectativa de investimento e os investimentos de fato realizados para energia renovável em todos os países do G20. “O desenvolvimento do setor de energia renovável é crucial para atingir as metas climáticas do Acordo de Paris”, afirma Katharina Latif, chefe de Responsabilidade Corporativa do Grupo Allianz. “Esses desafios só podem ser enfrentados pelo engajamento e esforço conjunto de governos, empresas e sociedade civil”.

Países do topo conduzem o caminho

A França subiu duas posições e assumiu o topo do ranking, enquanto a Alemanha e o Reino Unido caíram para o segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Atualmente, os três primeiros colocados oferecem as melhores políticas e ambientes de mercado, que são critérios fundamentais para investimentos de longo prazo e projetos complexos, como parques eólicos e solares.

“As energias renováveis ​​na França, na Alemanha e no Reino Unido se beneficiam de boas condições de mercado e de investimento em geral, bem como de um ambiente político altamente positivo. No entanto, ainda existem pontos fracos nos países com melhores resultados: os concursos franceses para novas fábricas, por exemplo, não há licitantes suficientes, o investimento da Alemanha em eólica cairá devido às novas regras de leilão e o mercado de energia solar no Reino Unido entrou em colapso após reformas políticas”, disse o professor Niklas Höhne, diretor administrativo do Instituto NewClimate.

As principais melhorias foram atingidas este ano pelo Brasil e pela Itália, ambas alcançando níveis significativamente mais elevados do que no ano passado. Em 2017, o Brasil ocupava a 13ª posição, enquanto a Itália era a 8ª colocada. Neste ano, os países passaram para o 8º e 4º lugares respectivamente.

Brasil ocupa a 8ª posição

No último ano, o Brasil aumentou notavelmente suas adições de capacidade solar fotovoltaica, crescendo a uma taxa similar a outras economias emergentes como Índia, Turquia e China.

De acordo com o relatório, o Brasil planeja instalações anuais de energia renováveis suficientes para estar em conformidade com as metas do Acordo de Paris. O país também teve destaque por possuir um sistema de leilões bem estabelecido e muito transparente para novos projetos fotovoltaicos de energia eólica e solar e por contar com uma linha de crédito especial do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social) para projetos do tipo com conteúdo nacional.

Levando em consideração a meta do Acordo de Paris e as evoluções atingidas, o país é um dos que menos precisa investir em um sistema de energia renovável; cerca de 2,7 bilhões de dólares ao ano, apenas. Em contrapartida, a nação brasileira não possui uma estratégia de descarbonização de longo prazo em vigor.

China, Índia e EUA precisam investir mais

Os EUA caíram duas posições, passando a ocupar o 9º lugar, como resultado de mudanças políticas reduzindo o apoio federal às políticas de energia renovável. Com isso, o número de novas instalações eólicas e solares diminuiu em 2017. Nesse período, os EUA investiram US$ 57 bilhões em energia renovável, apenas um terço do capital exigido de US$ 158 bilhões para alinhar-se às metas do acordo de Paris.

Para fins de comparação: a China, que ficou na quinta colocação, investiu US$ 133 bilhões, mais do que o dobro de 2017. A demanda do país, porém, é nitidamente mais alta, exigindo US$ 314 bilhões anuais no setor de energia. Na Índia, na posição dez, a expansão da energia solar dobrou, enquanto a energia eólica também aumentou. No entanto, com investimentos de US$ 11 bilhões em energia renovável no ano passado, a Índia até agora atingiu apenas um mínimo dos US$ 160 bilhões anuais necessários para atender às metas climáticas do setor elétrico.

Apenas o Reino Unido tem uma estratégia de longo prazo de descarbonização

Apenas alguns países do G20 seguem uma estratégia de descarbonização total para o setor de energia. Quase todos os integrantes deste grupo (exceto os EUA) concordaram em limitar suas emissões de CO2 a zero até 2050, mas apenas o Reino Unido aprovou um plano vinculante e ambicioso de longo prazo para descarbonizar seu sistema de energia. No entanto, até mesmo o Reino Unido não desenvolveu metas de curto prazo de energia renovável.

Somente Brasil, França e Alemanha têm metas renováveis ​​de curto prazo, que elevam as energias renováveis ​​com rapidez suficiente para estar de acordo com o que é solicitado pelo Acordo de Paris.

O Monitor constata que todos os países mostram espaço para melhorias em sua estrutura de políticas para oferecer excelentes condições de investimento para as energias renováveis. “A questão não é se os países implementam políticas, mas como exatamente as implementam”, diz o coautor da Germanwatch, Jan Burck. Os principais desafios incluem:

  • Políticas de suporte
  • Aplicação insuficiente de uma política de suporte
  • Políticas regressivas a vista ou em planejamento

Papel importante dos investidores de longo prazo

As companhias de seguros podem desempenhar um papel crucial em projetos de energia renovável, possuindo a expertise necessária em gerenciamento de risco, além de serem investidores bem capitalizados com uma perspectiva de investimento de longo prazo.

A Allianz é uma das primeiras companhias de seguros a estabelecer metas climáticas de longo prazo que estão ligadas à meta de que a temperatura mundial não aumente mais do que dois graus, definida no Acordo Climático de Paris, e de apoiar a transição para uma economia favorável ao clima, por exemplo, financiando energias renováveis.

Em 2040, em um processo passo a passo, a Allianz terá eliminado gradualmente seus investimentos em negócios baseados em carvão e sua cobertura de seguro de tais riscos.

O Monitor de Clima e Energia da Allianz de 2018 classifica os 19 estados membros do G20 (União Europeia excluída como órgão supranacional) de acordo com a sua atratividade como destinos potenciais para investimentos em infraestrutura de eletricidade de baixo carbono.

O relatório considera ainda as suas necessidades de investimento atuais e futuras, de acordo com uma trajetória compatível com a redução de dois graus Celsius na temperatura mundial, conforme definido no Acordo de Paris. A análise também contempla se e onde os investidores fornecem fundos depende de uma estratégia climática e energética confiável no país em questão, bem como de mecanismos de apoio específicos e transparentes, competição justa com fontes de energia fósseis, influência de lobbies contrários e experiência de mercado com energia renovável. Estes são os elementos avaliados, além de fatores gerais, como inflação, abertura a investidores estrangeiros e segurança jurídica.

“Foco, resiliência e humildade” são as principais características do Corretor do Futuro 1223

Profissionais da corretagem de seguros participaram de imersão em disrupção e troca de experiências

Mais de 250 profissionais do mercado fluminense de seguros participaram, nesta quarta-feira, de um dia intenso de troca de experiências, diálogo e disseminação de conhecimento. A segunda edição do Corretor do Futuro foi promovida pela Kuantta Consultoria e contou com o apoio de Allianz, Porto Seguro, Tokio Marine, SulAmérica e Aruana Seguradora.

Henrique Brandão é presidente do Sincor/RJ
Henrique Brandão é presidente do Sincor/RJ

“Nós vendemos sinistro. Neste momento é que o cliente toma conhecimento da importância do nosso mercado. Foco, resiliência e humildade são as principais características do Corretor do Futuro”, destacou Henrique Brandão, presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro.

Rodrigo Rosa é Consultor Financeiro
Rodrigo Rosa é Consultor Financeiro

O Consultor Financeiro Rodrigo Rosa apresentou estratégias para expansão de resultados e das vendas de forma descontraída. “Primeiro é preciso mudar o mindset. Livros, cursos, vídeos e otimização de tempo e energia me ajudaram a converter e canalizar isso tudo em vendas”, revelou.

Já Gerente Comercial da Porto Seguro, unidade Barra da Tijuca, Marcelo Gonzalez, abordou os desafios do papel de liderança no mercado segurador. “A pesquisa de clima é muito importante para traçar o perfil das corretoras de seguros. Será que o time dessas empresas pode ser responsável por colocá-las no futuro? Como está o engajamento desses colaboradores?”, questionou.

Flavio Rewa é Diretor Regional para o Rio de Janeiro e Espírito Santo da Allianz Seguros
Flavio Rewa é Diretor Regional para o Rio de Janeiro e Espírito Santo da Allianz Seguros

O Diretor Regional para o Rio de Janeiro e Espírito Santo da Allianz Seguros, Flavio Rewa, foi o responsável por apresentar o novo posicionamento da companhia na região. “Vemos grandes oportunidades no Rio de Janeiro, uma boa experiência para o cliente consolida um pensamento sobre produto ou serviço e queremos estar ao lado dos profissionais para desenvolver tudo isso”, argumentou. Quem também participou deste momento especial foi o especialista em gerenciamento de riscos, Gustavo Mello. Mello apresentou uma visão ímpar sobre como o planejamento é um dos maiores aliados do profissional da corretagem de seguros na garantia de excelência e satisfação dos clientes.

Omar Ajame é CEO da TEx Tecnologia
Omar Ajame é CEO da TEx Tecnologia

Disrupção e inovação também foram o foco das apresentações. O CEO da TEx Tecnologia, Omar Ajame, foi convicto em afirmar que o futuro não está definido. “Somos os criadores do Teleport e do Nimble, soluções que otimizam a operação das corretoras de seguros. O ritmo de inovação tende a continuar em franca aceleração, afinal, os consumidores estão cada vez mais exigentes e impacientes. As grandes empresas de tecnologia elevaram o nível dos negócios”, resumiu ao comemorar a marca de 20 companhias seguradoras parceiras.

Jose Luiz Dubourcq representou a Tokio Marine Seguradora
Jose Luiz Dubourcq representou a Tokio Marine Seguradora

A nova realidade do mercado de corretagem de seguros foi apresentada por Jose Luiz Dubourcq, que representou a Tokio Marine Seguradora na ocasião. “A companhia conta com mais de 140 anos de experiência e os esforços estão concentrados nos pilares do empreendedorismo digital, foco nas vendas, marketing digital e gestão eficiente”, ressaltou ao destacar o BrokerTech, plataforma da Tokio Marine que atua na capacitação e inclusão dos profissionais da corretagem neste ambiente da era digital.

Fernando Coelho é Diretor Comercial da Marsh/JLT Brasil
Fernando Coelho é Diretor Comercial da Marsh/JLT Brasil

Fernando Coelho, Diretor Comercial da Marsh/JLT Brasil, enfatizou o prestígio em trocar experiências com os parceiros do Rio de Janeiro. “Apresentamos algumas ações que são utilizadas pela companhia. Em nível mundial o grupo está investindo bastante energia no capital humano, para extrair de cada um que tem de melhor de cada colaborador. O foco está no diálogo e na otimização de recursos, sempre lembrando de compliance, processos e transparência”, completou.

O professor José Renato de Miranda
O professor José Renato de Miranda

Autor de obras como Egoísmo Saudável, Empresa Familiar – é sim – um Bom Negócio e Gestão & Marketing como uma agressiva solução para levar a sua empresa ao futuro, o Diretor da Consultoria de Impacto, José Renato de Miranda, enalteceu que a importância das relações humanas em um momento de hiperestimulação desencadeada pela tecnologia. “Nós não estamos conseguindo conviver conosco. Esta convivência depende do amadurecimento das relações, do diálogo e do entendimento. A tecnologia é solucionadora, decide, produz, cria e comercializa. Ainda somos humanos e somos parte da natureza”, comentou o especialista, considerado um dos 100 melhores palestrantes do Brasil.

Marco Antonio Gonçalves é Vice-Presidente do Conselho Consultivo da Mongeral Aegon
Marco Antonio Gonçalves é Vice-Presidente do Conselho Consultivo da Mongeral Aegon

A apresentação mais aguardada do dia foi a de Marco Antonio Gonçalves, Vice-Presidente do Conselho Consultivo da Mongeral Aegon. “A empresa o tempo todo busca se modernizar e criar todo ambiente necessário e adequado para que o corretor de seguros possa estar junto conosco. Um modelo de muito sucesso, que desenvolve profissionais, e agora enfatiza no acolhimento dos especialistas em corretagem na companhia. Este evento motiva muito sobre a troca de ideias, estamos construindo o futuro no presente e debater é importante para a construção de caminhos mais promissores para os corretores, seguradora e segurados”, explicou.

Arley Boullosa é Diretor da Kuantta Consultoria e de Ensino Técnico do Sincor-RJ
Arley Boullosa é Diretor da Kuantta Consultoria e de Ensino Técnico do Sincor-RJ

Responsável pela Kuantta Consultoria e Diretor de Ensino Técnico do Sincor-RJ, o professor Arley Boullosa demonstrou que o encontro superou todas as expectativas. “Aqui foram apresentados temas que despertam o interesse dos profissionais. Um dia de imersão como esses tem de ter um conteúdo muito bom. Temos reunido toda a semana corretores para trocar experiências, o profissional do futuro quer parcerias e aprender com o outro para avançar”, finalizou o também founder da Dino Marketing Digital e da Resolve Sinistro.

Em novembro acontece a terceira edição do Corretor do Futuro. Agora, o foco está no planejamento de estratégias para acelerar os resultados dos profissionais da corretagem.

2ª edição do Corretor do Futuro – Todas as imagens

Corretores da Previsul Seguradora vivenciaram dias de muita tecnologia e inovação em São Francisco, nos Estados Unidos 917

Corretores da Previsul Seguradora vivenciaram dias de muita tecnologia e inovação São Francisco, nos Estados Unidos

Viagem foi a premiação final da Campanha Sou + Previsul de 2018

Dez corretores da Previsul Seguradora tiveram uma experiência com muita inovação e tecnologia na última semana. Eles viajaram para São Francisco e Vale do Silício, nos Estados Unidos como premiação da Campanha de Incentivo de Vendas 2018, “Sou + Previsul – É você corretor, no centro da inovação”. O presidente, Renato Pedroso, e a diretora de Negócios da Previsul Seguradora, Andréia Araújo, acompanharam o grupo. Esta é a 5ª viagem organizada pela Previsul como premiação aos corretores que mais se destacam em vendas no ano.

Divulgação
Divulgação

A programação foi estruturada de maneira a proporcionar novas experiências para os corretores. “Em nossas viagens, buscamos oferecer um diferencial para o corretor: uma experiência única, com tudo preparado com muito carinho. Este destino foi escolhido por estar alinhado com a proposta da Previsul em ser uma seguradora digital, inovadora e com foco no futuro”, afirma Renato. Um dos grandes destaques da viagem foi a visita ao polo do Google, no Vale do Silício.

Andréia comenta que já está no ar a Campanha de Incentivo de Vendas 2019, “Sou + Previsul – Dubai: Experiência Completa, emoção nas alturas”, que premiará os 10 corretores com melhor desempenho em vendas novas emitidas durante o ano com uma viagem para Dubai, destino completo, que vai do deserto ao grande centro urbano, passando por praias lindíssimas. “Temos como meta oferecer todos os anos uma experiência ainda melhor ao nosso corretor. Com certeza, a viagem para Dubai será inesquecível. Deixo meu convite a todos os corretores a trabalharem com a Previsul e, quem sabe, estarem entre os 10 ganhadores da campanha deste ano”, diz.

Divulgação
Divulgação

A Previsul Seguradora possui 112 anos de atuação e é referência em seguro de pessoas no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, com aproximadamente 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul.

Gaúchos elegem o Grupo Bradesco Seguros como a marca mais lembrada e amada no RS 643

Gaúchos elegem o Grupo Bradesco Seguros como a marca mais lembrada e amada no RS

Reconhecimento foi concedido na noite desta quinta-feira, 23

O Grupo Bradesco Seguros foi uma das empresas que se destacaram na cerimônia de premiação da 29ª edição do Top Of Mind – RS, que aconteceu nesta quinta-feira, 23 de maio, em Porto Alegre. A marca Bradesco Vida e Previdência conquistou 21% da preferência dos entrevistados.

Para esta edição, a revista Amanhã – responsável por promover a premiação –, trouxe uma novidade e lançou o troféu Love Brands, para apontar as marcas mais amadas no estado. Na categoria “Seguradora”, a Bradesco Seguros foi a vencedora entre os 1,2 mil entrevistados gaúchos. O Superintendente Executivo do Grupo Segurador no Rio Grande do Sul, Altevir Dias do Prado, representou os funcionários e colaboradores na premiação.

A pesquisa Top of Mind foi realizada com moradores do estado gaúcho de 75 localidades diferentes, na faixa de 16 anos 75 anos e pertencentes às classes A, B, C e D/E. A amostra ouvida garante um grau de confiança de 95%.

Grupo Aspecir e União Seguradora participam do 17º Troféu JRS 505

Grupo Aspecir e União Seguradora participam do 17º Troféu JRS

Evento acontece no dia 25 de outubro, em Porto Alegre (RS)

No dia 25 de outubro de 2019, no Centro de Eventos Casa do Gaúcho, mais de 1 mil pessoas prestigiam os grandes nomes do mercado brasileiro de seguros, previdência complementar e capitalização. Parceiros de negócios e prestadores de serviço, além de entidades representativas e de ensino, sobem ao palco da 17ª edição do Troféu JRS.

Mais uma vez o Grupo Aspecir, que conta com empresas como a Aspecir Previdência e a União Seguradora, participa da grande noite do seguro em Porto Alegre (RS). Composto por empresas como Aspecir Previdência, União Seguradora, Futuro Previdência e Aspecir Empréstimos, o Grupo Aspecir, comandado pelo presidente Milton Machado e o diretor Júlio Machado, tem como prioridade a previdência, o seguro e a assistência financeira para aposentados e pensionistas do INSS, IPÊ, Exército, Marinha, Aeronáutica, Tesouro RS, SIAPE e empresas.

Hoje, as empresas integram um Grupo que tem mais de 100 anos no mercado. Simplicidade, integridade e orçamento voltado a atender as necessidades de cada empresa e de seus associados estão no DNA do Grupo Aspecir.

Mais informações sobre o Troféu JRS 2019 estão disponíveis no hotsite especial.

Últimos convites para a 3ª Feijoada do CVG/RS com desconto especial 778

Evento de integração do mercado gaúcho está marcado para o sábado, 25

Quem deixou para última hora para adquirir convites para a 3ª Feijoada do CVG/RS ainda tem tempo. O Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul disponibilizou um lote extra com desconto especial de 50% no valor do ingresso.

O evento, alusivo ao Dia Continental do Seguro, acontecerá no salão social do Grêmio Náutico Gaúcho, em Porto Alegre, no sábado (25 de maio). “Ampliamos ainda mais o espaço do nosso evento para que ele conte com a presença de ainda mais profissionais de mercado, pois este se trata de um momento especial de integração para todos”, destaca o diretor financeiro e de planejamento do CVG/RS, Fábio Souza.

Este ano, o momento contará com camisetas especiais, música sob a responsabilidade da Roda de Samba do CVG/RS,  culinária especial e muitas surpresas. Além disso, conceituadas marcas apostam na ação. Agrifoglio Vianna Advogados Associados, CJosias e Ferrer Advogados Associados, Icatu Seguros, KSA Corretora de Seguros e Previsul Seguradora patrocinam o grande dia.

Grandes marcas patrocinam a 3ª Feijoada do CVG/RS
Grandes marcas patrocinam a 3ª Feijoada do CVG/RS

Feijoada do CVG/RS

25 de maio às 12h
Grêmio Náutico Gaúcho (Avenida Praia de Belas, 1948) – Porto Alegre/RS
Estacionamento pela Rua Barbedo, 250
Traje: Esporte
Valor especial do convite (já com 50% de desconto): R$ 50
Para adquirir: (51) 3286-3104 com a secretária Bruna Baptista