Previsul Seguradora vai levar Corretores de Seguros para Dubai 1302

Campanha “Sou + Previsul 2019” foi lançada, em São Paulo (SP)

Com planos de expandir ainda mais suas operações no principal centro financeiro do País, a Previsul Seguradora promoveu o lançamento da Campanha de Incentivo de Vendas 2019 “Sou + Previsul – Dubai: Experiência Completa, emoção nas alturas”, em São Paulo (SP). O anúncio, que reuniu Corretores de Seguros, Executivos e Diretores da companhia, foi realizado na terça-feira (22), no Sky Hall Terrace Bar.

Andreia Araujo é Diretora de Negócios e Marketing da Previsul Seguradora
Andreia Araujo é Diretora de Negócios e Marketing da Previsul Seguradora

Os profissionais da corretagem que mais se destacarem esse ano irão para Dubai, nos Emirados Árabes, um dos destinos mais luxuosos do mundo. “A proposta não é oferecer apenas uma viagem, mas uma experiência completa”, explica a Diretora de Negócios e Marketing da Previsul Seguradora, Andreia Araujo.

Dubai é, hoje, uma das cidades mais imponentes do mundo e que passou por uma grande transformação nos últimos 50 anos. De um simples entreposto comercial com pequenas construções à beira do Golfo Pérsico, a cidade transformou-se em um dos destinos mais populares e desejados no Oriente Médio, com algumas das mais incríveis atrações do mundo.

Veja também: Previsul apresenta nova campanha institucional.

“A escolha do destino reflete a característica em comum entre Dubai e a Previsul: ambas não param de crescer e buscam constantemente oferecer o que há de melhor. A Previsul está sempre se movimentando para criar novos produtos e novas ferramentas para o corretor ter ainda + oportunidades de negócios. Para tornar-se ainda + completa, neste ano, teremos a ampliação da atuação para os ramos residencial e empresarial no primeiro trimestre, com ainda mais novidades ao decorrer do ano. Por isso, garantiremos uma experiência incrível para nossos corretores”, explica Andreia.

O lançamento na capital paulistana também deve-se ao fato de que metade dos profissionais que viajarão para o Vale do Silício, em maio, é da região. A viagem é fruto da campanha de incentivo do ano passado.

“Sabemos o quão complicado é sair de seus locais de trabalho para participar de um evento. Estamos sempre à disposição dos Corretores e que tenhamos um ano de 2019 de muita prosperidade, paz e tranquilidade”, enfatiza Andreia.

Renato Pedroso é Presidente da Previsul Seguradora
Renato Pedroso é Presidente da Previsul Seguradora

O Presidente da Previsul, Renato Pedroso, comemora os resultados do ano passado. Em 2018, a empresa cresceu aproximadamente 20% na emissão de prêmios. “Isso nos deixa entre as seguradoras que mais cresceram no ano passado. A Previsul só é completa por ter o Corretor de Seguros”, afirma.

Entre as novidades da companhia para 2019 está a inauguração de uma sucursal em Campinas (SP), além de outras 6 cidades do Estado. “São Paulo representa cerca de 45% de toda a produção do mercado nacional”, completa Pedroso.

“A Previsul mudou porque entregou inovações. É a única seguradora que disponibiliza cotador e contratação online de Seguro de Vida em Grupo”, finaliza Renato Pedroso.

Entenda como funciona a campanha

Serão premiados os dez corretores com melhor desempenho em novas vendas emitidas durante a campanha (1 de janeiro a 31 de dezembro de 2019). Cada corretor terá direito a levar um acompanhante. Esta é a primeira vez que a Previsul leva os corretores para uma viagem fora do continente americano – nas últimas premiações os profissionais embarcaram para Las Vegas, Cancún e São Francisco e Vale do Silício.

Além disso, desde o último ano, o programa de pontos “Clube Sou + Previsul” possibilita a troca de pontos por prêmios mensais mediante a produção dos corretores. É mais uma maneira de presentear os corretores pelo empenho e dedicação com a companhia.

Para saber mais, o Corretor deve acessar o Portal do Corretor da Previsul, através do site da seguradora.

Confira todas as imagens – Lançamento da Sou + Previsul em São Paulo (SP):

*Colaborou: Literal Link Comunicação e Júlia Senna.

Cascavel recebe pela primeira vez evento de relacionamento com corretores da Zurich 361

O Diretor Regional da Zurich Seguros, Waldecyr Schilling, e a equipe da companhia na Região Sul / Arquivo JRS

Ação da seguradora será no Paiollo Trattoria, no Centro, no próximo dia 24

A cidade paranaense Cascavel vai receber pela primeira vez, no dia 24 de julho (quarta-feira), uma edição do evento de relacionamento Experiência Zurich. Promovida pela Zurich, seguradora global com mais de 80 anos de atuação no mercado brasileiro, a ação será no restaurante Paiollo Trattoria, no Centro, a partir das 19h, e terá a presença de aproximadamente 30 corretores.

Realizado regularmente desde 2017 em diversas cidades brasileiras, o Experiência Zurich tem como objetivo intensificar o relacionamento com os principais parceiros de negócios da seguradora, através de momentos de descontração, networking e troca de conhecimento.

O evento terá a presença de Luiz Gasperi, Gerente de Relacionamento com Corretores; Waldecyr Schilling, Diretor Regional Sul; Marli Lenzi, Gerente Regional Paraná; e o time da filial da Zurich. “Estamos muito felizes em fazer o Experiência Zurich em Cascavel, cidade esta que vem ganhando cada vez mais representatividade nos nossos negócios na região Sul. Que seja a primeira edição de muitas edições. Certamente será uma noite muito agradável e produtiva”, afirma Waldecyr Schilling.

Até o fim de 2019, outras nove edições do Experiência Zurich vão acontecer em cidades como Brasília, Curitiba, Porto Alegre e Goiânia.

Presidente da Porto Seguro analisa oportunidades do mercado nacional 1640

Roberto Santos esteve em Porto Alegre recebendo corretores

Para o presidente da Porto Seguro, Roberto Santos, a proteção veicular pode ser vista sob duas óticas para o mercado de seguros: pela ameaça e pela oportunidade. “Nós sabemos de uma iniciativa chamada proteção veicular, que não é seguro, é outra coisa”, destacou o executivo durante encontro promovido pela companhia nesta sexta-feira (19), em Porto Alegre, com a presença de 200 corretores de seguros.

Sob o ponto de vista da ameaça à instituição do seguro, a proteção veicular não conta atualmente com um esclarecimento de que não se trata do mesmo produto que um seguro, uma vez que não conta com uma regulamentação específica. “Isso não é bem comunicado, o cidadão que compra uma proteção veicular compra muitas vezes achando que é seguro e não é seguro porque não existem provisões técnicas, reservas e isso significa dizer que a probabilidade da empresa ficar insolvente e deixar o cliente na mão é enorme. Depois ele [o cidadão] acha que comprou um seguro e o seguro não pagou e isso é um problema”, afirmou o presidente da seguradora que conta com 28% de marketshare entre as companhias nacionais que operam com seguro auto.

Apesar da crise econômica e mesmo com a mudança de comportamento do consumidor em relação ao automóvel, a carteira  da Porto Seguro continua crescendo. A penetração do mercado de seguros como um todo na frota circulante chega aos 30%. “Esse mercado tem conseguido trazer para essa operação pessoas que não faziam parte do mercado de seguros, ou seja, a proteção veicular está atacando muito nesse 70% que não faz seguro”, analisou.

Contudo, ele ainda comentou que há oportunidades nesse acontecimento. “Por não serem regulados, eles conseguem ter mais flexibilidade de regras, de atender anseios do cidadão. Por exemplo, uma seguradora não pode parcelar o seguro por mais de 11 parcelas, a Superintendência de Seguros Privados não permite porque a última parcela não pode vencer depois do final de vigência da apólice. Então, já se mostra que a seguradora não pode fazer qualquer coisa”, afirmou. Ele enxerga o atual Governo, mais liberal, e o comando da Susep como uma maneira de avançar nesse sentido. “Um discurso na linha de dar mais flexibilidade para o mercado de seguros para que o seguro no Brasil passe a ter índices de países desenvolvidos, porque nós temos muito potencial de crescimento”, disse. “Nós temos que tirar essas amarras de regras desnecessárias que só nos impedem de atender os anseios do consumidor e por isso o advento da proteção veicular nos dá argumentos para a discussão com a Susep de flexibilização de regras”, complementou.

A Porto Seguro trabalha com três linhas de negócios: seguros, produtos financeiros e serviços. E além disso, também é pioneira em inovação. “Hoje todo carro que sai de fábrica vem com uma luz na parte traseira no para-brisa que é o break light, que foi inventado pela Porto Seguro, não foi pelas montadoras, para reduzir a quantidade de colisões na traseira, já que a luz do freio fica embaixo, e nós tivemos essa sacada há 20 anos atrás nos nossos postos de vistoria”, exemplificou. “Uma iniciativa que tinha por objetivo diminuir o número de batidas, na verdade virou um objeto de desejo do consumidor, vendemos muito seguro porque tinham pessoas que queriam ter aquilo no carro e tal. E isso foi incorporado pelas montadoras”, acrescentou.

Para os corretores de seguros, o presidente defendeu que a sua história “se confunde com a desses profissionais”. “Eu costumo dizer que na companhia temos um leque de mais de 50 produtos, mas nunca criamos um produto que não possa ser comercializado pelo corretor de seguros, pois tudo que nós fazemos precisa ser distribuído por eles”, ressaltou.

O gerente regional Rio Grande do Sul Porto Seguro, Edgar Anuseck Neto.

O encontro na Capital gaúcha, que é a segunda maior em produção, marcou a presença da seguradora no dia a dia dos corretores. “Fazemos questão de estar junto dos corretores de seguros e para nós é um marco muito importante ter Roberto Santos junto não só para falar das novidades e como deixamos a companhia mais leve para o corretor, mas também para escutar esse profissionais”, reafirma o gerente regional Rio Grande do Sul Porto Seguro, Edgar Anuseck Neto. “Sempre crescemos ouvindo o corretor para fazer as melhorias devidas e ver de que maneira podemos contribuir juntos para continuarmos melhorando”, conclui o gerente ao lembrar que o balanço é positivo do um ano e meio que está como responsável da companhia na região.

Fotos: Filipe Tedesco/JRS

Região Sudeste movimenta mais da metade do mercado brasileiro de seguros 822

Região Sudeste movimenta mais da metade do mercado brasileiro de seguros

Força econômica da região é atrativo para Quisto Corretora de Seguros; franquia oferece o maior comissionamento do mercado e é diferencial entre as corretoras

Explorar novos mercados é algo buscado por boa parte das empresas e no mercado de franquias essa é uma fase natural dos negócios. Enquanto algumas marcas preferem arriscar em novas regiões, outras optam por consolidar ainda mais sua presença em áreas que já conhecem.

A Quisto Corretora de Seguros possui 50 unidades na região Sudeste e nutre planos ainda maiores para a região: até o final deste ano a marca espera conseguir 30 novos franqueados. O interesse se dá por conta da alta demanda das principais capitais da região. “É de se esperar que maiores concentrações urbanas necessitem de mais serviços, de todos os tipos, e com o mercado de seguros não é diferente”, explica Henrique Mol, diretor executivo da marca.

Há menos de um ano no franchising, a Quisto já conquistou 70 unidades franqueadas e, segundo o diretor, esse é o momento ideal para dar início ao plano de expansão. “Estamos sempre presentes em feiras em todo o Brasil e, por conta disso, é natural surgirem oportunidades no país inteiro. Analisamos todas as regiões e sabemos que começar a expandir pelo Sudeste é a melhor opção”, explica.

Tudo para dar certo

Os números estão aí para provar: a região Sudeste é a melhor para se fazer negócios no mercado de seguros. Isso porque 62,8% de todas as empresas que trabalham no ramo estão em atividade na região, segundo a Fenacor (Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados e de Resseguros, de Capitalização, de Previdência Privada, das Empresas Corretoras de Seguros e de Resseguros). Os quatro estados que compõem a região abrigam 27.840 corretoras, sendo que 18.957 estão localizadas em São Paulo; 4.361 no Rio de Janeiro; 3.866 em Minas Gerais; e 656 no Espírito Santo.

A quantidade de empresas é proporcional à geração de receita na mesma região que gera mais da metade dos prêmios de seguros, com participação de 60%. “São muitas empresas atuando no mesmo ramo em um mesmo lugar. Para muitos empresários esse seria um motivo para implementar sua marca em outras regiões, mas vejo aí uma oportunidade maior ainda: fazer da Quisto uma referência no meio de todas essas opções”, afirma o diretor.

A marca oferece dois modelos de negócio, home office e loja física, com investimentos iniciais de R$ 11.990 e R$ 25.590, respectivamente, sendo que a taxa de franquia e o capital de giro já estão inclusos no investimento da modalidade home office. Os franqueados da Quisto têm à disposição um portfólio completo com produtos que cobrem toda a demanda do mercado de seguros: soluções de vida, residenciais, empresarias, automóveis, entre outros.

Neste primeiro momento o interesse da Quisto é pelas capitais e principais cidades da região. “Esperamos uma forte concorrência, principalmente em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Também vamos apostar na região metropolitana dessas cidades com uma atenção especial para o interior”, diz.

Com as expectativas em alta, a rede tem o cenário como aliado: em 2018, o mercado de seguros fechou o ano com R$ 245,6 bilhões de arrecadações em prêmios, segundo a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNseg). Ainda, estima-se que cerca de 6,5% de todo o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro seja gerado por este mercado. “É uma responsabilidade muito grande lidar com os bens das pessoas, materiais ou pessoais. Quem procura nossos serviços está em busca de uma garantia e serviços que não só suprem suas expectativas, mas que também condizem com sua realidade e é isso que oferecemos”, garante Mol.

Berkley Brasil Seguros realiza treinamento de Seguros de Transportes 935

Berkley Brasil Seguros realiza treinamento de Seguros de Transportes

Evento realizado na matriz em São Paulo para 30 corretores

A Berkley organizou, nesta semana, um treinamento para corretores com foco em Seguros de Transportes (Nacionais e Internacionais). Estiveram reunidos cerca de 30 corretores no evento, realizado na matriz da seguradora, em São Paulo.

Roberto Gallego é Superintendente Comercial da Berkley / Divulgação
Roberto Gallego é Superintendente Comercial da Berkley / Divulgação

A companhia oferece produtos e serviços pensados especificamente para o setor de transportes visando, a proteção deste segmento em crescimento.
Para Roberto Gallego, Superintendente Comercial da Berkley, “este tipo de treinamento, sendo presencial, é um ótimo momento de nos relacionarmos com os corretores. É uma oportunidade de abrirmos as portas para recebermos os corretores dentro de casa possibilitando aproximar ainda mais o time comercial e também área de subscrição junto aos corretores. Ao capacitá-los, com mais conhecimento e recursos, eles serão mais qualificados para agregar valor às decisões de seus clientes”.

O treinamento contou ainda com a presença da Dra. Requel Jesus, advogada especialista no assunto. A palestrante discursou sobre o tema Redespacho x Subcontratação. Os convidados tiveram a oportunidade de interagir com os palestrantes e esclarecer suas dúvidas do ponto de vista de produto, coberturas e legislação vigente.

“Um programa de treinamento como este proporciona integração e acesso à experiência da Berkley auxiliando os nossos parceiros a aumentarem o conhecimento e a geração de negócios”, disse Thiago Tardone, Superintendente de Transportes da seguradora.

Dácio Ventura, gerente técnico da Itsseg corretora considerou fundamental participar do treinamento. ”Primeiro o corretor tem uma visibilidade melhor da Berkley, o que a seguradora pretende, qual é a postura com o mercado, quais os diferenciais e o que pode agregar como serviços no dia a dia para dar suporte ao corretor em formatar produtos aderentes as necessidades dos clientes”, finaliza.

AIG Seguros anuncia nova liderança focada no interior de São Paulo 626

AIG Seguros anuncia nova liderança focada no interior de São Paulo

Emmanuel Rodrigues tem como missão fortalecer marca e relacionamento da companhia com corretores da região

Em coquetel realizado no último dia 3 de julho em Campinas, Fabio Oliveira, CEO da AIG Seguros, e Rodrigo Valadares, líder da área de Corretores Nacionais, reuniram-se a corretores do interior de São Paulo para apresentar o novo líder das operações comerciais para a região, Emmanuel Haddad. Na AIG desde 2013, Emmanuel atuava como executivo de vendas na capital paulista.

Agora, à frente dos negócios no interior de São Paulo, com sede em Campinas (SP), o executivo terá como missão fortalecer a marca AIG e relacionamento com os corretores locais. A filial São Paulo Interior da AIG é uma das operações mais importantes para a estratégia de crescimento da AIG no Pais.

Emmanuel Haddad iniciou sua carreira do mercado segurador em 2006, tendo passado por diferentes empresas, tanto na área comercial, quanto de subscrição de seguros. É graduado em Administração pela FECAP- SP.