Como um consórcio pode ajudar no planejamento financeiro para 2019? 528

Como um consórcio pode ajudar no planejamento financeiro para 2019?

Confira artigo de Luís Toscano, Vice-presidente de negócios da Embracon

2019 começa com todos os planos e metas para esses 365 dias que estão por vir. Muitos de nós, aproveitam essa época para colocar no papel tudo aquilo que querem alcançar para o próximo ano – seja um carro novo, uma viagem ao exterior, uma festa de casamento, ou até mesmo o sonho da casa própria.

Mas o que podemos fazer para que todos esses planos possam, de fato, sair do papel? Infelizmente, muitas vezes esses objetivos se perdem no caminho, por uma série de motivos. Por trás disso, temos muitas vezes um vilão comum:  a falta de planejamento! É por causa dela, ou por sua falta, que as mais diversas metas não se concretizam.

Uma pesquisa realizada este ano pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que, depois de motivos como falta de renda, ou renda baixa, 14% dos Brasileiros não poupam dinheiro alegando imprevistos e 13% admitem não conseguir controlar gastos e juntar dinheiro no fim do mês.

É aí que entra o consórcio, alternativa financeira auxiliar para diversas situações. Uma das vantagens é a ajuda na disciplina de investir ou poupar dinheiro: com o compromisso de pagar mensalmente algo que será revertido em um valor à vista no futuro. Isso proporciona ao consorciado maior poder de compra e faz com que ele vire um investidor de seu futuro.

Segundo dados da Associação Brasileira de Consórcios (ABAC), só em 2018 as adesões aos consórcios ultrapassam o número de 2 milhões, as contemplações, aproximam-se de um milhão e os negócios superam R$ 85 bilhões de janeiro a outubro. Os números reforçam a importância do segmento como elemento propulsor das atividades da cadeia produtiva.

Esses números que refletem o aumento da busca e a adesão por consórcios ilustram um cenário onde, como alternativa ao momento de instabilidade econômica de nosso país, pessoas podem continuar adquirindo bens, poupando e se planejando. Tudo isso, graças a isenção de taxa de juros, flexibilidade no meio de pagamento e possibilidade de lances e contemplações que façam com que o consorciado seja premiado antes mesmo de terminar as parcelas.

Se planejar financeiramente pode ser um desafio, mas sempre é válido buscarmos alternativas seguras e inteligentes para conseguirmos alcançar nossos objetivos – o consórcio é uma delas. E agora, se sente mais preparado para planejar e realizar sonhos em 2019?

Porto Seguro apresenta novidades no aplicativo Corretor Online 261

Porto Seguro apresenta novidades no aplicativo Corretor Online

App permitirá o acompanhamento da performance de produção, compartilhamento de apólices e boletos em atraso via Whatsapp

Com o objetivo de facilitar ainda mais a gestão da carteira de clientes dos Corretores, a Porto Seguro reformula e moderniza o aplicativo Corretor Online. Agora, os Corretores podem acessar a plataforma por meio de biometria, aumentando a segurança das informações disponibilizadas no canal.

O Corretor também terá acesso aos gráficos referentes à sua carteira. Neles, é possível verificar, em tempo real, a performance da produção realizada, das cotações e conversões e também das suas renovações.

Além disso, outras novidades estarão disponíveis, tais como a regularização da parcela, emissão de segunda via de boleto, compartilhamento do boleto pelo WhatsApp e e-mail e contato direto com o cliente. Os Corretores também acompanharão as informações completas sobre as propostas pendentes, apólices em andamento e cobrança.

Rivaldo Leite, diretor geral da Porto Seguro, explica que todas as melhorias foram feitas após um estudo, “entender como é a experiência do Corretor e como poderíamos melhorá-la, foi essencial para chegarmos nesse novo formato. Esperamos trazer agilidade e maior mobilidade para o seu negócio”.

O aplicativo está disponível nas lojas virtuais App Store e Google Play. Os Corretores que já possuem o aplicativo precisam apenas atualizá-lo nas lojas.

Zurich passa a oferecer seguro Proteção Digital para PMEs 336

Zurich passa a oferecer seguro Proteção Digital para PMEs

Produto foi adaptado para atender este mercado e visa resguardar pequenas e médias empresas de riscos cibernéticos

A transformação tecnológica vem mudando a maneira de fazer negócios e as informações estão se tornando o ativo mais valioso para as empresas. Com os novos métodos de ataques cibernéticos surgindo a todo momento e as Regulamentações e Leis de Proteção de Dados e de Privacidade em todo mundo estão se tornando mais rígidas, a segurança contra estas ameaças vem sendo cada vez mais essencial para qualquer tipo de companhia.

Ciente deste cenário e utilizando toda sua expertise em riscos cibernéticos, a Zurich, seguradora global com mais de 79 anos de atuação no mercado brasileiro, passa a disponibilizar o seguro Proteção Digital voltado para pequenas e médias empresas.

O Zurich Proteção Digital, que foi lançado no mercado nacional em 2017 e visa resguardar as companhias de eventuais perdas financeiras devido à violação de privacidade de suas informações, recebeu adaptações especialmente na sua forma de adesão, simplificando o acesso para PMEs. “A proposta de adesão foi facilitada e adequada a este mercado, tornando mais simples a contratação do seguro. As coberturas são as mesmas já aplicadas ao produto tradicional”, afirma Fernando Saccon, Head de Linhas Financeiras da Zurich no Brasil.

O seguro Proteção Digital para PMEs é voltado para diferentes segmentos e setores, como associações profissionais, comércio (não eletrônico), consultorias, empresas de engenharia e arquitetura, empresas de hospitalidade (hotéis, restaurante), empresas de tecnologia, escritório de advocacia e de contabilidade, farmácias, clínicas médicas e odontológicas, imobiliárias, instituições de educação, sindicatos, entre outros.

“Depois de muitos estudos de mercado, entendemos que são setores que tem uma grande exposição a ameaças cibernéticas, principalmente por envolver informações e dados de clientes, e estes riscos não podem ser ignorados por nenhum tipo de empresa”, diz o executivo.

Em recente estudo publicado pelo Fórum Econômico Mundial, com apoio da Zurich, o risco cibernético foi apontado como um dos mais preocupantes por executivos em todo o mundo. Estima-se que os custos de crimes cibernéticos contra empresas devam representar US$ 8 trilhões nos próximos cinco anos, o equivalente ao PIB (Produto Interno Bruto) atual do Reino Unido, França e Alemanha juntos.

Entenda as coberturas do seguro Proteção Digital para as empresas:

  • Responsabilidade civil por atos de violação: o seguro arca com o pagamento dos custos e danos, caso a empresa seja responsabilizada pela violação de dados por meio de um ataque cibernético;
  • Violação de privacidade: o seguro cobre os custos com investigação, monitoramento de crédito e relações públicas;
  • Despesas de substituição de ativo digital: em caso de dados corrompidos ou destruídos, os custos para a recuperação são cobertos;
  • Lucros cessantes: caso ocorra um ataque que interrompa o acesso ao sistema da empresa, o seguro reembolsa os lucros cessantes;
  • Ameaça cibernética: o seguro cobre o pagamento de extorsão e despesas na apuração de ameaças;
  • Multas e sanções administrativas: o seguro cobre o pagamento com multas e sanções.

Sabendo que as primeiras horas após o ataque são cruciais para minimizar danos, vale destacar ainda outro diferencial do seguro Proteção Digital. Por meio de uma parceria com a Crawford, a Zurich oferece ao segurado a possibilidade de contratação de um serviço de resposta a incidentes, provendo assessoria imediata no caso de uma violação da segurança da rede.

SulAmérica apresenta case no IT Fórum 2019 225

SulAmérica apresenta case no IT Fórum 2019

Vice-presidentes Cristiano Barbieri e Patrícia Coimbra mostram como a seguradora engaja colaboradores na transformação digital

A SulAmérica, maior seguradora independente do País, será destaque na programação do IT Fórum 2019, um dos maiores eventos de tecnologia do Brasil, que será realizado entre os dias 17 e 21 de abril, no Iberostar Bahia Hotel, localizado na Praia do Forte (BA). O case de transformação digital da companhia, fundamentado na mudança da cultura organizacional e no engajamento dos colaboradores, será apresentado no fórum pelo vice-presidente de Estratégia Digital, Advanced Analytics, Inovação e TI, Cristiano Barbieri, e pela vice-presidente de Capital Humano, Administrativo e Sustentabilidade da SulAmérica, Patrícia Coimbra.

O painel “Digitalização na prática: engajar pessoas e acelerar a mudança” ocorre em duas edições: nos dias 18, às 14h45, e 20, às 9h25min. Promovido anualmente pelo Grupo IT Mídia, o IT Fórum reúne líderes de tecnologia em busca de tendências, melhores práticas e soluções inovadoras em produtos e serviços nos mais importantes setores. Nesta edição, o tema central será “Eu 5.0”, visando estimular o debate sobre a construção de um futuro melhor para a sociedade, com bem-estar e qualidade de vida, por meio da tecnologia.

IT Fórum 2019

Data: De 17 a 21 de abril.
Local: Iberostar Bahia Hotel (Praia do Forte/BA).
Mais informações: neste endereço.

Vem aí a 17ª edição do Troféu JRS; Confira a nova marca da festa 1649

Noite de reconhecimento será realizada no mês de outubro, em Porto Alegre (RS)

A Capital Gaúcha é palco da grande noite de reconhecimento aos profissionais, empresas e entidades dos mercados de seguros, serviços financeiros e de assistência. Grandes nomes de prestadores de serviço deste nicho importante para a economia brasileira estarão no palco do Centro de Eventos Casa do Gaúcho no mês de outubro.

Neste sábado (13), a equipe de JRS bateu o martelo em relação a nova marca da festa. A partir daí será desenvolvida toda a identidade visual, decoração e até mesmo os troféus que serão entregues nesta, que trata-se da 17ª edição da cerimônia que reúne mais de 1 mil operadores do setor. Uma noite para confraternizar, fortificar relações, prestigiar ícones do mercado e até mesmo promover novos negócios.

Nos próximos dias serão divulgadas as datas para inscrições no Troféu Seguros e Corretagem 2019, além da data de realização do evento. O hotsite especial da ação também já está disponível pela equipe do JRS, que prepara condições especiais para inovar em uma edição única e especial do evento.

Confira a nova marca do Troféu JRS:

Morgan Stanley reconhece Thinkseg Group como a maior companhia tecnológica de seguros do Brasil 726

Andre Gregori, Fundador e CEO do Grupo Thinkseg

Segundo analistas, modelo de negócio totalmente digital e a aquisição de uma das maiores corretoras de seguros online do País motivaram a escolha do Grupo

Um dos principais bancos do mundo, o Morgan Stanley, divulgou seu último relatório sobre o setor de seguros no Brasil. Figurando entre as empresas líderes do segmento no País, o relatório reconheceu  a insurtech Thinkseg Group como a maior companhia tecnológica de seguros brasileira. O posicionamento se deu em função do seu modelo de negócio totalmente digital e a compra da corretora de seguros online Bidu, realizada no ano passado, que trouxe 23 mil clientes ativos e 2 milhões de consumidores para a sua base.

Além de citar o uso da tecnologia para entender o comportamento do cliente e criar produtos personalizados de acordo com cada perfil, a análise destacou o lançamento que será feito pela empresa do primeiro seguro Pay-Per-Use do Brasil. Na modalidade, o cliente pagará uma assinatura mensal somada a um valor variável conforme a utilização de seu carro – uma combinação de quilometragem rodada com a forma de condução do segurado.

“Este reconhecimento é um passo importante para nos consolidarmos como uma empresa de tecnologia em seguros, que possui um ecossistema aberto, atuando na aquisição do cliente, formatação de produtos, distribuição, atendimento e prestação de serviços. Um modelo que apostamos e ainda traz mais transparência, agilidade e preço justo para o consumidor”, explica Andre Gregori, ex-BTG Pactual, fundador e CEO da Thinkseg Group.

Esta edição do relatório analisa a indústria de seguros no Brasil em todos os seus segmentos, destacando ainda outras empresas líderes em solo brasileiro, como Bradesco Seguro, Sul América, Porto Seguro, Tokio Marine, entre outras companhias que ajudam o País ser o maior mercado do setor na América Latina, com quase 60% do montante de prêmios da região. A visão detalhada da Morgan Stanley traz insights relevantes para investidores globais direcionarem suas tomadas de decisão, considerando características competitivas, riscos, crescimento, mix de produtos, entre outros dados.