Confiantes na aprovação da reforma da previdência, empresas vão contratar mais em 2019 692

Confiantes na aprovação da reforma da previdência, empresas vão contratar mais em 2019

Pesquisa da Câmara Americana entrevistou 550 altos executivos de empresas de todos os portes

A confiança na economia está alta entre os empresários. A Amcham Brasil entrevistou 550 presidentes e diretores de empresas, na última semana, e 83% afirmaram acreditar na aprovação da reforma da Previdência este ano. Otimistas em relação a nova previdência, 51% responderam que vão contratar mais profissionais.

Para 63% deles, a expectativa é de aprovação de um projeto de reforma da Previdência que não consiga abarcar todos os setores da sociedade, mas que ainda assim terá um impacto positivo nas contas do governo. A aprovação de uma reforma estrutural e ampla, que consiga abarcar todos os setores – incluindo militares e todos os servidores públicos – até o final do ano, foi votada por 20% do público.
O otimismo do setor privado é grande. Só 16% acham que a reforma ainda enfrentará certa resistência para ser aprovada, provavelmente não sendo aprovada até o fim do ano. E só 2% não acreditam que ela sairá em 2019.

“O clima é de confiança. Detectamos que os empresários brasileiros estão confiante na capacidade do governo de conduzir o comunicar os motivos da reforma e os efeitos que pretendem ser alcançados”, comenta a CEO da Amcham Brasil, Deborah Vieitas. A Câmara Americana de Comércio reúne no Brasil 5 mil empresas, em 15 cidades, sendo 85% delas de origem brasileira. A pesquisa Plano de Voo Amcham 2019: perspectivas do setor privado do País” foi realizada no último dia 7 de fevereiro, em São Paulo, com empresas de todos os portes e segmentos.

Contratando mais

A maioria das empresas (51%) vai contratar mais pessoas ao longo de 2019, abrindo novas posições ou ampliando equipes. Sendo que 36% vão trazer colaboradores pelo regime de CLT, e 15% por meio de novas maneiras de contratação possibilitadas pela nova lei trabalhista. Mas 37% dos executivos não pretendem contratar este ano, enquanto 12% não têm definição.

“O clima é de otimismo. Detectamos que os empresários brasileiros estão confiante na capacidade do governo de conduzir as reformas estruturais que o Brasil precisa, em especial, a da Previdência”, comenta Vieitas.

O ritmo de crescimento e contratação de mão de obra vai depender de alguns fatores. O primeiro deles, apontado por 42%, é o aumento da competitividade da economia, o que vai exigir firmeza na condução dessas reformas estruturais aguardadas ansiosamente pelos empresários.

Na sequência, os empresários entrevistados pela Amcham, citam dois fatores cruciais a retomada das contratações: o aumento do consumo (33%) e maiores investimentos em infraestrutura (22%), que exige – entre outras ações – mecanismos a serem oferecidos pelo novo governo para diminuir riscos implícitos de contratos.

Confiança no novo governo

O otimismo do setor privado na aprovação de reformas econômicas está alto. A área que os executivos mais sentem confiança em relação ao novo governo é na economia (61%), com expectativa de aprovação de reformas como a previdenciária e tributária.
Com 31% dos votos, a pauta de combate ao crime (segurança pública) e à corrupção veio em seguida, com mais rigor na punição e adoção de novas políticas de combate. Outros 8% sentiram confiança em iniciativas de relações exteriores, se aproximando de parceiros econômicos e políticos estratégicos.

Expectativas de crescimento

A economia vai crescer em 2019 para 99% do público. Só há divergência quanto ao ritmo: 69% acham que o PIB aumenta até 2%, enquanto 30% é mais otimista e considera que será mais que 2%.

O otimismo quanto ao crescimento é pontual para 52% e baseado no voto confiança ainda sem base concreta que garanta uma melhora da economia. Mas 45% acha que o cenário de crescimento é concreto e segue em virtude da nova agenda econômica e ajustes prometidos pelo novo governo.

Diante de um cenário macroeconômico positivo, 34% do empresariado respondeu que suas respectivas empresas vão crescer entre 5% e 10% este ano. Outros 28% estimam /expansão de 10% nos seus negócios, enquanto 27% projetam crescimento de até 5%. E 10% responderam que não haverá crescimento.

Os primeiros 40 dias

A avaliação do governo nos primeiros 40 dias é bem positiva. 60% respondeu que os anúncios de medidas econômicas é positiva, com perspectivas de melhora da economia, geração de empregos e aumento de competitividade. Pouco mais de um terço (36%) achou neutro, uma vez que não houve tempo ou marcos suficientes para avaliação da gestão. E 4% acharam que o começo foi negativo, com pouca perspectiva de crescimento da economia.

Outras reformas

Além da Previdência, o governo terá algum folego para aprovar outras reformas. A que tem mais chances de acontecer, para 41%, é um ambicioso programa de privatização e prestação de serviços de infraestrutura. Em seguida, vêm a mudança do sistema tributário (15%), reforma administrativa e liberação comercial (com 13% cada), redução e racionalização dos subsídios concedidos da União, e autonomia do Banco Central (9% cada).

Baixa confiança

Por outro lado, o público está pessimista em relação à atenção que o governo vai dedicar a algumas áreas importantes. 37% dos respondentes estão menos confiantes em medidas para as áreas social e cultural. Em seguida, vêm a área ambiental (24%), educação e saúde (23%) e relações exteriores (10%).

Das reformas com menos chance de acontecer nos próximos 4 anos, a mudança do sistema tributário foi a mais votada, com 37%. Também há baixa expectativa de reforma administrativa (19%), redução e racionalização dos subsídios concedidos da União (17%) e autonomia do Banco Central (15%).

Competitividade

O público também foi convidado a escolher qual a medida mais importante para aumentar a competitividade. Quase metade (48%) votou na simplificação e redução de carga tributária. O restante ficou dividido entre atração de investimentos (20%), desburocratização (15%), ajuste fiscal (10%) e combate à corrupção (6%).

Produtividade para crescer

As empresas também estão planejando ações de expansão em 2019. Para a maioria dos pesquisados pela Amcham, o crescimento vai ser com produtividade em processos, produção e equipe. É o que respondeu 43%, quando perguntados sobre a prioridade do negocio. Destaque para o foco em inovação e digitalização do portfólio de produtos e serviços (21%), ampliação geográfica de mercado (12%) e aquisição ou investimentos em novos negócios (11%).

As companhias também planejam investimentos em áreas consideradas como não prioritárias pelo novo governo. Para compensar, as empresas vão investir de maneira redobrada em educação, capacitação e treinamento para colaboradores (38%), inovação (33%), sustentabilidade (18%) e diversidade (12%). Em janeiro, por exemplo, o governo sinalizou cortes de verba no Sistema S (Senai, Senac e Sebrae).

Em relação ao uso de novas tecnologias no negócio, 42% do empresariado respondeu que os investimentos serão para melhoria de processos, com foco em aumento de eficiência e da produtividade. Também serão feitos investimentos em ferramentas para melhorar a experiência do cliente (34%) e detecção de produtos e novos modelos de negócios, com foco em análise de dados e incorporação de serviços digitais ao produto (17%).

Affinity Seguro Viagem contrata novo gerente comercial no interior paulista 150

Affinity Seguro Viagem contrata novo gerente comercial no interior paulista

Executivo possui 20 anos de experiência no setor

Tem gente nova na área. A equipe comercial da Affinity Seguro Viagem no estado de São Paulo acaba de ganhar um reforço de peso com a contratação de Washington Marcilio para assumir a gerência comercial do interior paulista. O executivo possui 20 anos de experiência no turismo e conta com mais de uma década de atuação dedicada ao segmento de seguro viagem.

“Meu principal desafio será potencializar as vendas nos principais polos como a regiões de Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, São José dos Campos e parte do Sul de Minas”, explica o profissional. Somente entre os meses de fevereiro e março, a Affinity acrescentou cinco novos executivos ao seu time de vendas.

“Essas contratações são muito importantes e vão ao encontro de nosso objetivo que é continuar crescendo acima da média. Temos certeza que nossa equipe em todo o Brasil está alinhada com os valores da Affinity e isso nos deixa cada vez mais fortes”, avalia o diretor geral da empresa, José Carlos Menezes.

Em 2018, a Affinity registrou crescimento de 35% nas vendas com mais de 500 mil bilhetes vendidos.

Anote os contatos de Washington Marcilio: washington@affinityseguro.com.br / (19) 99111-2731

HDI Seguros participa da 6ª Convenção Lojacorr 217

HDI Seguros participa da 6ª Convenção Lojacorr

Murilo Riedel, CEO da companhia, debate a evolução do mercado de seguros em talk show com players importantes do setor

A HDI Seguros, quinta maior seguradora de automóveis e sexta em residências do Brasil, estará presente na 6ª Convenção Anual da Rede Lojacorr, que ocorre nos dias 21 e 22 de março de 2019, em Curitiba/PR. O evento reúne corretores, gestores e dirigentes da área de seguros de todo o Brasil, e é realizado pela Rede Lojacorr – Corretora de Seguros Independentes.

Murilo Riedel, CEO da HDI Seguros, será um dos debatedores do talk show “Tempo de Transformação”, comandado pela jornalista Kelly Lubiato. A atração acontece no primeiro dia do evento, a partir das 17 horas, e discutirá o impacto da indústria 4.0 no mercado de seguros e como as pessoas estão inseridas neste cenário, especialmente as soluções em desenvolvimento pelas companhias, tendências e ideias em estudo para operar neste novo contexto.

A HDI também encabeçará duas mesas de negócio no evento. Em uma delas, Alexandre Mandaji, Superintendente Property e Resseguro, e Bruno Monfardini, Gerente Técnico Demais Ramos, dividirão com os corretores detalhes dos seguros empresariais da companhia; e na outra Felipe Prado, Superintendente de Produto Automóvel Perfil e Frota, falará das coberturas do seguro automotivo individual e para frotistas.

Participante de todas as edições da Convenção Lojacorr, em 2019, além do Lounge, a empresa oferecerá sessões gratuitas de quick massage aos visitantes.

Serviço:

HDI Seguros na 6º Convenção Nacional da Rede Lojacorr
Quando: 21 e 22/03
Onde: Expo Unimed Curitiba – PR
Endereço: R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido, Curitiba – PR, 81280-330
Mais informações: neste endereço.

Azul Auto Leve cresce mais de 100% no Estado do Rio de Janeiro 322

Azul Auto Leve cresce mais de 100% no Estado do Rio de Janeiro

Companhia afirma que aumento reflete aumento da conscientização sobre proteção de patrimônio

A Azul Seguros fecha o balanço de 2018 com crescimento de 104% no Azul Auto Leve, no Estado do Rio de Janeiro, comparado ao ano anterior. Para a companhia, esse aumento reflete maior conscientização das pessoas no que diz respeito à proteção do patrimônio.

“A compra de um automóvel é um momento especial e de conquista. Entretanto, por se tratar de um alto investimento, a contratação de um seguro é um passo muito importante para evitar preocupações e não ficar no prejuízo no caso de uma eventualidade. Diante desse cenário, os condutores buscam opções de proteção atrelados ao custo-benefício, nesse espaço que o Azul Auto Leve tem crescido exponencialmente”, relata o diretor comercial Rio de Janeiro da Porto Seguro, Marcos Silva.

Com coberturas para colisão, roubo, furto, incêndio, assistência 24h e cobertura adicional a terceiros, o Azul Auto Leve oferece também oficinas referenciadas com ampla rede de atendimento, contratação facilitada, Centro de Atendimento Rápido (CAR), para vistoria e liberação do carro em caso de sinistro, além de três opções de franquia, pagamento parcelado e desconto para clientes do banco Itaú.

“O Azul Auto Leve é um produto que estimula a inclusão securitária ao oferecer soluções simplificadas, sem pesar no orçamento, de acordo com a necessidade de cada motorista. Por isso, a adesão vem crescendo ao longo dos últimos anos, especialmente no Estado do Rio de Janeiro, onde as pessoas estão se conscientizando cada vez mais sobre a importância de contratar um seguro”, afirma Marcos.

Previsul Seguradora reforça sua campanha do Dia da Mulher em evento do CVG RS 256

100 primeiras participantes do encontro receberam camisetas da campanha

Divulgação
Divulgação

Durante o mês de março, a Previsul Seguradora convida as mulheres a reafirmarem sua autoestima, autoafirmação e autonomia nas redes sociais usando a #SeguradeMim. Uma das ações da campanha “Segura de Mim”, desenvolvida para comemorar o Dia Internacional da Mulher, é a distribuição de camisetas contendo os dizeres “Segura de Mim”. Nesta sexta-feira (15), as 100 primeiras participantes do primeiro Café do CVG RS receberam camisetas da campanha.

A diretora de Negócios e Marketing, Andreia Araújo, que também é presidente do CVG RS afirma que esta ação amplia o alcance da campanha, inspirando outras mulheres a compartilharem suas histórias de autoafirmação e protagonismo. A ação pode ser acompanhada nas redes sociais da companhia: Linkedin, Instagram e Facebook.

A Previsul Seguradora possui 112 anos de atuação e é referência em seguro de pessoas no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, com aproximadamente 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul.

Café do CVG/RS: Simone Leite defende participação efetiva nas questões públicas 787

Presidente da Federasul palestrou na última sexta-feira

O primeiro Café do CVG/RS teve a presidente da Federação das Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul, Simone Leite, como palestrante. A oportunidade aconteceu nesta sexta-feira (15) em Porto Alegre (RS) e contou com 150 participantes, entre sócios e não-sócios. Sob o tema “Um olhar sobre o novo tempo”, a empresária abordou perspectivas econômicas e políticas em 2019 e a relação disso com o mercado de seguros.

Ponto destacado por Simone foi a participação dos cidadãos junto aos projetos públicos que são necessários para o avanço da sociedade. “É importante que cada um de nós façamos a nossa parte, seja cobrando os políticos que elegemos ou participando efetivamente”, comentou. Ela também comentou o fato de ser a primeira mulher presidente eleita da Federasul. “Se há poucos anos atrás não tínhamos espaço, agora temos qualificação e estamos ocupando. Foi isso que aconteceu na Federasul, sendo a primeira vez que tivemos uma disputa entre duas chapas e a eleição de uma mulher ao cargo”, disse. “Por ser mulher, nos precisamos todos os dias mostrar que somos capazes”, acrescentou.

O seu nome foi escolhido pela diretoria do Clube de Seguros de Vida e Benefícios do RS em função de sua proatividade nas pautas em que atua. A participação da mulher, segundo ela, é uma questão de evolução. “Há poucos anos atrás não podíamos votar ou fazer parte da política, e agora as mulheres estão de forma gradativa ocupando esses lugares”, afirmou.

“A Simone atua fortemente e sempre tem um conteúdo para nos apresentar. Contamos com casa cheia, foi uma palestra muito bem recebida pelo nosso mercado e dá início ao calendário do CVG/RS para 2019, em que teremos um evento todo mês com conteúdos interessantes e fazendo com que movimente e acrescente sempre ao nosso mercado”, defendeu a presidente do CVG/RS, Andreia Araújo, lembrando que o próximo encontro está marcado para o dia 12 de abril.

Durante o primeiro Café do CVG/RS de 2019, as primeiras 100 participantes receberam camisetas da campanha #SeguradeMim. A ação é uma gentileza da Previsul Seguradora, que convida as mulheres a reafirmarem sua autoestima, autoafirmação e autonomia nas redes sociais em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

Café do CVG/RS – Todas as imagens