Diferenças entre Proteção Veicular e Seguro de Automóvel 363

Diferenças entre Proteção Veicular e Seguro de Automóvel

Confira artigo de Bernard Biolchini, CEO do Grupo Pentagonal

Primeiro ponto a deixar claro que não sou especialista em Direito e não irei entrar nos méritos legais da questão, me atento somente a questões práticas e em alguns aspectos emitindo a minha opinião. Talvez nem a Própria Susep tenha tentado entrar neste mérito tendo em vista a sua, se não inércia quanto ao assunto, sua ineficiência em reprimir essa prática.

Para iniciar – Como surgiram as Cooperativas de Proteção Veicular? O mercado se adapta, de acordo com as necessidades do cliente. E quando há demanda, atender é fundamental. Seguindo esta linha de raciocínio, podemos dizer que existe uma fatia enorme de consumidores que não eram vistos pelas seguradoras como interessantes. As companhias de seguros com seus gênios atuariais, ao longo dos anos, alegam o seguinte motivo para recusar a apólice para a classe média baixa: “não tenho interesse em te ter como segurado, por morar em locais com alto índice de criminalidade, por possuírem veículos mais antigos, o que me dificulta a achar peças de reposição, além de terem o crédito negativado, o que significa que eu já entendo que vocês possam fraudar um sinistro para conseguirem pagar as suas dívidas e “limparem” os seus nomes na Praça. E o consumidor com esse perfil, questiona: então eu não posso proteger o meu patrimônio que demorei tanto para conseguir auferir? Para as seguradoras até podem segurar o bem, desde que paguem entre 30% a 50% do valor do veículo a ser segurado. E mesmo assim, pode ser que a resposta ainda seja não!

O Mercado se adaptou e  o público que a seguradora ignora, resolveu se unir em torno de um CNPJ de cooperativa, para que todos paguem mensalmente um valor que possa Proteger o seu patrimônio. As cooperativas de Proteção Veicular foram simplesmente uma adaptação de mercado como muitas que vemos hoje em dia.

Quais são as diferenças entre cooperativas de Proteção Veicular e Seguradoras? As Cooperativas não têm um órgão regulador que fiscalize seu caixa ou balanços, para saber se possuem reserva técnica que garanta uma Indenização. Há também o risco de que uma cooperativa vá à falência, tenha desvios internos e que o seu cooperado em caso de necessidade fique a ver navios. Em Seguradoras não há o Risco de que isto aconteça, ou os riscos são mínimos. O cooperado obviamente pode pleitear seus direitos na Justiça, mas como cooperado, ele também não deixa de ser um cotista. È importante lembrar que a relação de consumidor já fica abalada em caso de processo. Obviamente, muitas coisas poderão ser alegadas pelos advogados e operadores do direito, mas os riscos são muito mais altos. Fazer uma Proteção Veicular é algo que vai muito mais da confiança que a Cooperativa passa do que qualquer outro aspecto. O Famoso jargão: “é o que temos para Hoje. Se não quiser, fique sem nada!”

Proteção Veicular pode ser vendida por qualquer vendedor.  Não há a necessidade legal de especialização para ser comercializada. Eu vejo hoje corretores espumando pela boca quando se fala na tal Proteção Veicular, mas não vejo Seguradoras preocupadas, ou se estão, não deveriam estar, pois as proteções foram uma resposta do mercado dada através dos clientes que ela mesma não aceita. Não acredito realmente que os clientes que possam ter seguros em Seguradoras a preços que caibam nos seus orçamentos fariam Proteção Veicular ao invés do Seguro Tradicional.

Finalizo então para não me alongar mais, a Proteção Veicular se agigantou juntamente com a crise. De acordo com a minha opinião, não há nada que se possa fazer para mudar esse quadro. Essa modalidade de proteção nós sabemos que não é seguro e a sua regulamentação já foi aprovada em primeira votação no Congresso. Corretores, a realidade é única: não adianta reclamar dos peixinhos, se os tubarões estão satisfeitos com as suas refeições. Tenham sempre em mente que é preciso não só fazer o planejamento estratégico financeiro e de vendas, mas atuar num cenário onde não existem mocinhos e bandidos, mas sim, profissionais que sabem o que, quando e onde atuar para oferecer o melhor para seus segurados.

Presidente da Bradesco Seguros divulga mensagem especial a corretores 4016

Vinicius Albernaz reforçou que as propostas na mudança da legislação não impactarão a relação longeva desenvolvida entre os profissionais e o Grupo

O presidente do grupo Bradesco Seguros, Vinicius Albernaz, divulgou nesta sexta-feira (6) um vídeo destinado especialmente aos corretores. Celebrando os excelentes resultados obtidos a frente da companhia em 2019, o executivo ressaltou a importância desses profissionais no fortalecimento da relação do Grupo com os seus quase 30 milhões de clientes e destacou que as propostas de mudança na legislação, a partir da MP 905, não terão nenhum impacto na longeva parceria desenvolvida com os corretores.

“Há quase 30 anos abrimos as portas das agências do Bradesco para os corretores trabalharem conosco. Reforçamos nosso posicionamento, reafirmamos a visão da importância da venda consultiva e da relação direta entre as pessoas nesse processo. Vocês corretores são parte integrante da estrutura do maior mercado segurador da América Latina, uma posição que foi construída ao longo de décadas”, elogiou o presidente da Bradesco Seguros.

Ao final do vídeo, produzido especialmente para envio aos corretores, Vinicius aproveitou para enviar uma mensagem de fim de ano, agradecendo por toda a parceria realizada neste ano e desejando ótimas festas a todos.

“Agradecemos por tudo que conquistamos juntos neste ano de 2019, contamos mais uma vez com cada um de vocês para darmos continuidade a esta parceria vitoriosa e fazer de 2020 um ano com muitas alegrias e realizações”, finalizou Vinicius Albernaz.

Argo Seguros promove campanha de incentivo relâmpago para corretores 832

Argo Seguros promove campanha de incentivo relâmpago para corretores

Serão 10% de desconto nas apólices de RC Profissional de Engenheiros, Arquitetos e Urbanistas entre 09 e 13 de dezembro

Para celebrar o Dia do Engenheiro (11 de dezembro) e o Dia Nacional do Arquiteto e Urbanista (15 de dezembro), a Argo Seguros lançou uma campanha promocional relâmpago. Entre os dias 09 e 13 de dezembro, o corretor que trouxer novos negócios de Responsabilidade Civil Profissional dessas duas categorias terá 10% de desconto no valor final da apólice.

A campanha, que leva o nome de “Desafio RCP”, visa incentivar as vendas do produto, mas também celebrar o dia desses profissionais. “Queremos ajudar os corretores de seguros, nosso principal parceiro comercial, a fechar o ano faturando mais. Além de uma bonificação, desenvolvemos essa ação em um momento perfeito para facilitar a prospecção de novos negócios”, afirma Vanessa Oliveira, Head Consumer Lines da Argo Seguros.

Divulgação
Divulgação

O seguro de Responsabilidade Civil Profissional para Engenheiros e Arquitetos protege sua carreira, imagem e patrimônio contra falhas cometidas no exercício das suas atividades, como erros de projeto ou execução; responsabilização por subcontratação e por emprego de material impróprio; falhas no gerenciamento e supervisão da obra; além da responsabilidade técnica, penal e civil.

Suas coberturas básicas envolvem despesas de defesa, ressarcimento, acordo e indenização, mas pode incluir também outras, de acordo com o perfil de risco do segurado, como danos à reputação; custos emergenciais; honorários retidos; calúnia, injúria e difamação. Para pessoa física, o limite de cobertura varia de R$ 30 mil a R$ 1 milhão. Já para pessoa jurídica, a apólice garante indenização entre R$ 100 mil e R$ 1 milhão.

Os produtos da Argo Seguros contam ainda com alguns importantes diferenciais, como emissão online na ponta; link de contratação de fácil direcionamento e distribuição; landing page personalizadas no formato de campanhas ou grupos de afinidades; e pagamento facilitado (tanto no cartão, como no boleto).

No caso de grupos de afinidade e negociações coletivas, a Argo Seguros oferece ainda IS individualizada por segurado, ou seja, em caso de sinistro, uma apólice não interfere na outra. Além disso, a seguradora oferece condições comerciais diferenciadas para grupos fechados.

“Como líderes em RC Profissional, oferecemos inovações que o mercado ainda não possui. Por exemplo, temos três opções de franquia para todas as atividades: reduzida, padrão e majorada. Para quem ainda não trabalha conosco, essa é uma excelente oportunidade de conhecer como fazemos negócios”, convida Vanessa.

Atualmente, a Argo Seguros oferece produtos para 43 categorias profissionais diferentes, como médicos, dentistas, corretores de seguro e de imóveis, contadores, advogados, entre outras. Reconhecida por seu diferencial tecnológico e inovação, a multinacional possui ainda posição de destaque nos ramos de Transportes, Bike e D&O.

Pantone anuncia Classic Blue como a cor do ano para 2020 706

Pantone anuncia Classic Blue como a cor do ano para 2020

Coral imperou em 2019

Na noite de ontem (04 de dezembro), o Instituto Pantone anunciou a cor do ano para 2020: sai o Coral, que imperou em 2019, para dar lugar ao Classic Blue. Segundo o comunicado da Pantone é “uma cor eterna e resiliente em sua elegante simplicidade”.

O azul já é sucesso em arquitetura e decoração e, com certeza, ditará tendência em 2020.

GEO oferece Seguro Prestamista em parceria com a MetLife 544

Rossana Costa é diretora da GEO / Divulgação

Empresa aumenta opções de apólices no Portal GEO com cobertura para morte e invalidez em operações de crédito em conjunto com seguradora norte-americana

A GEO, empresa de tecnologia pioneira na gestão e comercialização totalmente online de seguros, anuncia o início da oferta do Seguro Prestamista em formato 100% digital por meio do seu portal. A apólice disponível ao mercado cobre situações de inadimplência em decorrência de morte ou invalidez em todos os tipos de contratos de crédito, como crédito consignado, crédito pessoal, consórcios, cartões de crédito e crédito agrícola, por exemplo.

O Seguro Prestamista, que a partir de hoje está disponível a contratação no Portal GEO, conta com diferenciais como a taxa única, independente da idade ou do tipo de crédito contratado; além de não ter a necessidade de apresentar a Declaração Pessoal de Saúde do devedor, para valores segurados de até R$ 500 mil por CPF. O portal GEO oferece facilidades como emissão digital e importação inteligente das apólices, assim como certificado digital individual na ponta em tempo real.

“Ficamos muito felizes em poder contar novamente com a MetLife nesse momento de entrada no segmento de crédito. Pretendemos levar o nosso sucesso e experiência de 15 anos no ramo de crédito habitacional para outras modalidades a partir de agora, mantendo os benefícios que a GEO já oferece como maior agilidade na aprovação e emissão das apólices, aliada à experiência única do faturamento em tempo real”, afirma Rossana Costa, diretora da GEO.

Esse anúncio segue em linha com o seu movimento de expansão para além dos segmentos imobiliários e de construção civil, onde conta com mais de 18 anos de experiência. Além disso marca um novo momento da parceria com a MetLife, que trabalharam em conjunto entre os anos de 2007 e 2012, com a apólice MIP (Morte e Invalidez Permanente) Prestamista para o segmento imobiliário.

CSP-MG realiza confraternização e homenageia personalidades do setor 663

Alaor Silva Júnior (presidente e fundador do PASI), João Paulo Moreira de Mello (presidente do CSP-MG) e Jamir Pereira dos Santos (ex-executivo de seguradoras): reconhecimento pela contribuição ao mercado / Fotos: Arnaldo Athayde

Presidente e fundador do Seguro PASI, Alaor Silva Júnior, e o ex-executivo Jamir Pereira dos Santos foram agraciados com troféus

Uma manhã de muitas homenagens, reencontros e momentos especiais para celebrar as conquistas do ano. Assim foi a confraternização do Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG), realizada no dia 3 de dezembro, no salão nobre do Automóvel Clube de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Com a presença expressiva de associados, instituições beneméritas e representantes do mercado, o presidente do CSP-MG, João Paulo Moreira de Mello, fez um retrospecto das atividades do ano, onde destacou os eventos realizados que contaram com a presença de importantes autoridades do mercado. Foram eles: o 6º Encontro, com o presidente da FenaPrevi, Jorge Nasser; o Seminário sobre Saúde Suplementar, com o presidente da FenaSaúde, João Alceu Amoroso Lima; e a palestra sobre inovação em seguros, com Cadu Sarkovas e Mauricio Tadeu.

Sergio Prates, vice-presidente do CSP-MG, João Paulo Mello, presidente do Clube, homenageiam Alaor Silva e Fabiana Resende pelos 30 anos de fundação do PASI
Sergio Prates, vice-presidente do CSP-MG, João Paulo Mello, presidente do Clube, homenageiam Alaor Silva e Fabiana Resende pelos 30 anos de fundação do PASI

O presidente lembrou ainda a série de workshops “Conhecer para Proteger”, que oportunizou o encontro entre beneméritas e corretores, que proporcionou, além de capacitação, networking e novas oportunidades de negócios. “Foram 5 eventos em 68 dias! Essa série causou grande impacto e deixou muito aprendizado, pois em quase todos tivemos lotação esgotada e uma presença mesclada de corretores tradicionais e outros com pouco tempo de registro, entre as 800 participações”, comemorou.

João Paulo Mello fez questão de ressaltar a parceria e o apoio das beneméritas e associados. “Sem vocês não conseguiríamos esses resultados”, enfatizou.

Mauricio Tadeu Morais (diretor do CSP-MG), Jamir Pereira (homenageado) e João Paulo Mello (pres. do Clube)
Mauricio Tadeu Morais (diretor do CSP-MG), Jamir Pereira (homenageado) e João Paulo Mello (pres. do Clube)

Homenagens

Durante o evento de confraternização, o CSP-MG homenageou o Seguro PASI, pelos 30 anos de atuação no mercado, além do presidente da empresa, o corretor de seguros Alaor Silva Júnior, e o ex-executivo Jamir Pereira dos Santos. Todos receberam troféus em reconhecimento à contribuição fundamental ao setor.

A vice-presidente executiva do PASI, Fabiana Resende, lembrou a trajetória vitoriosa da empresa, reconhecida em todo mercado pela atuação inovadora, ao criar o primeiro modelo seguro popular do País, precursor do microsseguro. “Ficamos muito honrados e agradecidos. Considero essa homenagem um marco em nossa história. Encerramos as comemorações dos 30 anos do PASI de maneira muito especial, aqui no CSP-MG, onde temos a honra de participar como benemérita”, exaltou.

João Paulo Mello fez um retrospecto das atividades do ano e agradeceu o apoio das beneméritas e associados
João Paulo Mello fez um retrospecto das atividades do ano e agradeceu o apoio das beneméritas e associados

O fundador e presidente do PASI, Alaor Silva, recebeu o troféu de personalidade do mercado. “Eu já não estava me cabendo de alegria com a comenda recebida pelo PASI e agora veio esta surpresa maravilhosa. É muita felicidade ver minha história contada de forma tão carinhosa, principalmente na frente de tantos amigos, parceiros do mercado e minha família. Eu jamais esperava uma homenagem tão emocionante”, disse.

“Meus sinceros agradecimentos ao João Paulo e à toda diretoria do CSP-MG. Agradeço também à instituição seguro que me proporcionou fazer a diferença, levando a proteção a trabalhadores e pessoas que mais precisam”, finalizou.

Em outro momento especial, foi a vez de homenagear um dos profissionais mais respeitados do setor em Minas Gerais. Com mais de quatro décadas dedicadas à atividade do seguro, Jamir Pereira do Santos construiu uma carreira vitoriosa nas companhias Minas Brasil, atual Zurich, e na Porto Seguro.

Confraternização reuniu mercado mineiro no salão nobre do tradicional Automóvel Clube de Minas Gerais
Confraternização reuniu mercado mineiro no salão nobre do tradicional Automóvel Clube de Minas Gerais

“É com imensa satisfação que recebo este troféu conferido pelo CSP-MG. Agradeço ao João Paulo e a todos pela distinção. É muito bom rever tantos amigos do mercado. Quando nos aposentamos, pensamos que encerramos nosso ciclo, ou seja, já deixamos nossa contribuição. Qual não foi minha surpresa ao chegar aqui e receber tantos cumprimentos, abraços, manifestações de carinho e reconhecimento”, emocionou-se.

Beneméritas

O CSP-MG apresentou ao mercado as novas beneméritas do Clube: Asseg Assessoria, FF Seguros, Phoenix Minas Assessoria, Seguro do Trabalhador e Vallor Administradora de Benefícios. Todas as instituições mantenedoras ainda receberam uma flâmula em agradecimento à parceria ao longo de 2019.

Beneméritas também foram homenageadas durante o evento
Beneméritas também foram homenageadas durante o evento

O evento contou coma presenças de lideranças do mercado como Augusto Matos (SindSeg MG/GO/MT/DF), Gustavo Bentes (Sincor-MG), Carmem Ribeiro (Clubcor-MG), Marcelo Braz (Clube da Bolinha) e Jader Abreu (Aconseg-MG).