Resseguro em evidência e Encontro da Lojacorr são destaques na Revista JRS 93109

Confira a edição 224 da publicação mensal

O JRS busca fomentar conhecimento e a cultura do seguro no Brasil. Há quase 20 anos, este objetivo é perseguido por uma equipe assídua, que visa inovação e novas formas de trazer sempre a melhor informação sobre este universo, conectando os profissionais do setor e mostrando ao público a relevância social existente por trás de uma proteção securitária.

Esta edição apresenta justamente isso. Vivemos a era do compartilhamento e o mercado segurador demonstrou isso em diversas oportunidades, como na 6ª Convenção Nacional da Rede Lojacorr e no 8º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro. Este último, com cobertura especial, garantida pela Icatu Seguros, a maior seguradora independente nos segmentos de Vida e Previdência do Brasil.

Aprecie e ajude a disseminar os nossos conteúdos e faça parte dessa história. Porque aqui o Seguro é Sem Mistério!

Prós e contras da prorrogação da LGPD em meio ao cenário de pandemia 5761

Artigo é do advogado Sahil Bhambhani, da Agrifoglio Vianna Advogados Associados

Em abril do presente ano, o Senado Federal aprovou a prorrogação do início da vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) para janeiro de 2021, sendo que a eficácia das disposições que versam sobre as penalidades foi postergada para agosto de 2021.

É de se entender e apoiar que todos os esforços do país, no momento, sejam destinados a mitigar os efeitos nefastos da pandemia, mas a justificativa dada não possui correlação com elemento essencial à vigência efetiva da LGPD: a implementação da Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD), que ainda não ocorreu. Trata-se do órgão regulamentador da Lei, responsável pela elaboração de estudos e diretrizes da proteção de dados, que funcionará como um elo entre a sociedade e o governo.

A instabilidade regulatória constitui grande óbice ao avanço do país no tema, pois pode implicar em tutela difusa por outros órgãos fiscalizadores, causando insegurança jurídica. Importante denotar, também, que diante da necessidade de isolamento domiciliar de grande parte da população, houve crescimento da utilização das plataformas de teletrabalho e vídeo-chamadas, entre outros, o que ensejou no aumento da circulação de dados pessoais nas plataformas digitais. São informações que continuam a circular sem o tratamento necessário, com possíveis consequências nebulosas para seus titulares.

Sob o prisma econômico, acredita-se que a prorrogação ajudará as empresas, inegavelmente afetadas pela crise, a ganharem tempo para se adequar às diretrizes da Lei. Entretanto, analisando-se a questão sob outro ângulo, o atendimento às disposições legais da LGPD pode constituir um diferencial competitivo para as empresas. Outro ponto importante é a necessidade do Brasil possuir legislação vigente acerca do tema para as empresas locais estarem de acordo com as disposições de outros países – a União Europeia, importante parceira econômica do país, através do General Data Protection Regulation (GDPR), exige que para a troca de dados internacionais entre empresas, o parceiro deve possuir legislação de proteção de dados igual ou superior ao seu nível de proteção. Há o temor, portanto, que as empresas locais sejam prejudicadas no cenário internacional, o que dificultaria ainda mais a retomada do crescimento econômico.

Como se sabe, países como Itália e Espanha, entre outros, sofreram gravemente com o Coronavírus nos meses de março e abril – e foi reforçada a necessidade pela União Europeia (UE) de utilização de dados pessoais anonimizados em meio digital para prever o avanço da doença, avaliar a efetividade das políticas de saúde e ajudar os serviços mais importantes naquele momento. Tudo isto com a atuação do órgão fiscalizador, para que os procedimentos estivessem de pleno acordo com a regulamentação da UE acerca do tratamento destes dados.

A partir do momento em que fosse implementada a ANPD, o Brasil poderia trabalhar da mesma forma, aliando as benesses da tecnologia com o tratamento correto de dados pessoais de seus cidadãos, especialmente os relacionados à saúde, ao passo que são considerados dados sensíveis. Este é o ponto central da questão – a vigência plena da LGPD, com órgão fiscalizador atuante, poderia auxiliar, primordialmente, no combate à pandemia, ao mesmo tempo em que, indiretamente, traria um diferencial para as empresas brasileiras no mercado global.

Não se pretende ingressar em uma dicotomia, com a necessidade de escolha entre a proteção dos dados ou a saúde, mas sim garantir que ambos sejam priorizados e se complementem, afim de mitigar todos os danos causados pela pandemia.

Veículos parados e higienização: saiba quais cuidados necessários durante pandemia 5171

Oficina RCN Autos está oferecendo serviço de busca

Rodrigo Cardoso é sócio proprietário da RCN Autos. Filipe Tedesco/JRS

O cenário de pandemia também exige cuidados por parte dos apaixonados por carros. Com a orientação de não sair de casa sem necessidade, muitos veículos ficam parados na garagem. O sócio proprietário da RCN Autos, localizada em Canoas (RS), Rodrigo Cardoso, destaca que estacionar o carro com tanque cheio, pneu calibrados, dar a partida e deixar funcionando por pelo menos 10 minutos a cada 10 dias e desconectar a bateria são medidas que evitam futuros problemas mecânicos nessa situação.

Algumas pessoas precisam conduzir seus veículos, seja para irem ao médico, supermercado e até trabalhar. Nesse caso, atitudes devem ser adotadas ao entrar e sair do interior do veículo para evitar propagação do novo coronavírus: “Manter o interior do veículo higienizado com álcool isopropílico ou outro produto específico para limpeza de interiores, já que o álcool gel pode danificar as partes plásticas do interior; manter o carpete e bancos limpos com água e sabão neutro, esvaziar e lavar a lixeira e ter disponível álcool gel para higienizar as mãos ao entrar e sair do veículo”. Ele acrescenta que motoristas que trabalham com Uber estão mais expostos a Covid-19, mas as recomendações são as mesmas. “[Eles] devem utilizar máscara sempre que estiverem dentro do veículo e manter o veículo higienizado”, afirma.

Além disso, a pane mais comum que um automóvel pode dar parado e que deve ser revisada por uma oficina é algum problema na bateria. “Neste caso, o veículo não irá dar a partida e é importante, neste momento, não tentar fazer “ponte” com outro veículo, pois este procedimento, se executado de forma errada, pode causar danos ao sistema elétrico”, explica. “Opte por chamar uma oficina ou solicitar auxílio de seu seguro, se for o caso”, complementa.

Durante o período de isolamento social, a RCN Autos está oferecendo diferenciais aos seus clientes. “Estamos trabalhando com sistema de leva e traz, tanto do veículo quanto do cliente, sempre tomando todos os cuidados de higienização e etiqueta respiratória, e estamos atendendo a domicílio nos casos de veículos que precisam de vistoria de seguro de nossas seguradoras credenciadas”, finaliza. A oficina está lozalicada na Avenida Getúlio Vargas, 4.294, no Centro de Canoas/RS, com atendimento pelo telefone 51 3463-1540 e whatsapp 51 98139-3119.

GBOEX: Ações de aniversário destacam o cuidado com a vida 4437

Campanha visa a valorização dos clientes, associados, corretores de seguros e colaboradores

“No cuidado com a vida, a nossa história encontra a sua.” Esse é o recado que o GBOEX – Previdência e Seguro de Pessoas quer passar para associados, corretores, colaboradores e outros parceiros, neste mês de aniversário. No próximo dia 24, a empresa completará 107 anos de fundação, sempre focada em proteger vidas e em preservar seus valores de tradição, solidez e segurança.

Entre as ações programadas para o mês, destaca-se uma campanha sobre a valorização dos seus clientes, dos associados, corretores de seguros e dos colaboradores, que contribuíram e construíram a trajetória de sucesso da entidade e, neste período de distanciamento social em função da pandemia do novo coronavírus, uniram-se e adaptaram-se. Em regime de home office, os colaboradores, com dedicação, entregam serviços e produtos com a qualidade já conhecida pelo mercado. Os corretores, na medida do possível, também tentam manter a sua rotina de trabalho.

Campanhas motivacionais, e-mails marketing para associados, conveniados e corretores, ações de endomarketing – como informativo on-line “GBOEX Informa”-, anúncios em revistas, portais e emissoras de televisão, além da criação de temas de aniversário para as redes sociais da empresa, são algumas das iniciativas de comunicação que visam reconhecer a importância de todos que fazem parte do dia a dia da empresa. “O objetivo é agradecer a todos que sempre estiveram ao lado da entidade ao longo dos anos e demostrar o orgulho de cuidar do futuro das pessoas, protegendo e assegurando a tranquilidade das famílias”, resume a superintendente de Marketing, Ana Maria Pinto.

 

15 anos do Clube da Pedrinha RS: Competência marca gestão de Ana Maria Pinto e diretoria 2429

Ações de auxílio profissional, solidariedade e encontros reforçaram missão da entidade

Diretoria do Clube da Pedrinha (RS)
Ana Maria Pinto, presidente do Clube da Pedrinha RS, recebe os cumprimentos de Clovis Della Flora, executivo do Grupo Autosul e integrante da entidade, em 2018. Arquivo JRS

O Clube da Pedrinha do Rio Grande do Sul completa nesta terça-feira, 19, 15 anos de sua criação. A entidade se destaca por reunir e integrar profissionais da área de seguros, previdência e capitalização, além de gestores de entidades parceiras. Mais do que isso, os pedrinhas são especialistas qualificados e super envolvidos com o mercado em que atuam.

À frente da entidade nas gestões de 2018-2020, a presidente Ana Maria Pinto e sua diretoria marcaram o grupo por uma administração competente e comprometida. Sob a liderança da executiva, que também é Superintendente de Marketing do GBOEX, formada em administração de empresas e pós-graduada em marketing digital, o Clube realizou seus tradicionais encontros mensais, que proporcionaram orientações e atualizações de diferentes palestrantes e a troca entre os integrantes. “A sensação é de missão cumprida, de satisfação de ver o carinho dos integrantes do Clube conosco, do reconhecimento do nosso trabalho por parte de todos”, relata a presidente Ana, que conta com 26 anos de mercado de seguros.

Um dos destaques entre as ações realizadas ao longo da gestão é o Banco de Currículos, disponível no site do Clube. Com o apoio do Sindicato das Seguradoras do Estado (SindSeg RS), este espaço aberto ao público em geral e às empresas, auxilia profissionais a se recolocarem no mercado de trabalho. “Com o apoio da diretoria, realizamos um trabalho com muito comprometimento e seriedade. Exige dedicação por parte de todos, como tudo na nossa vida. E isto nós tivemos, Pedrinhas comprometidos e dedicados em prol das atividades e das relações que fortalecem o Clube da Pedrinha RS”, reforça.

O apoio jurídico, afim de auxiliar os sócios em qualquer dúvida, também é criação da gestão 2018-2020. Além disso, no período, R$ 3.244 foram arrecadados pelos pedrinhas e doado à Confrasol e outras instituições de solidariedade ao próximo, bem como outras ações sociais, como doação de lenços, acessórios de cabeça e cabelos para o Instituto da Mama (IMAMA) e arrecadação de alimentos, foram realizados.

A presidente salienta que o carinho e respeito com que todos são tratados entre os pedrinhas fez a diferença para uma atuação comprometida. “[Agradeço] aos Pedrinhas, aos Diretores que sem eles não seria possível esta gestão, cada um, em sua respectiva pasta, realizou um excelente trabalho. Agradecer as empresas e as entidades que nos apoiaram em nossas ações; agradecer a nossa imprensa, sempre muito atuante, destacando o Clube e suas atividades: a todos, fica o meu muito obrigada”, afirma.

Ana Maria entrega a presidência a advogada Suellen Farias, sócia da CJosias e Ferrer Advogados Associados, mas segue atuante na diretoria do Clube. “De curto prazo, conduzirei a realização das comemorações dos 15 anos do Clube durante todo o dia 19 de maio, bem como realizar a transmissão de posse para a nova presidente e sua diretoria, da qual também farei parte, junto ao Conselho de Ex-Presidentes, promovendo a integração do grupo. Clube permanecerá contando com um time muito bom de profissionais”, ressalta sobre seus planos futuros.

Ela ainda deixa mensagem especial para marcar os 15 anos. “Ao nosso Clube da Pedrinha desejamos muito mais anos de existência, sempre fiel a sua missão. Vida Longa a todos! Vida Longa Clube da Pedrinha RS! Parabéns! Que venham outros aniversários! Muito obrigada a todos, cada mensagem recebida ficará guardada em nossas memórias, como uma passagem muito linda frente ao Clube. Quem é Pedrinha sempre será Pedrinha”, finaliza.

Grupo Caburé ultrapassa a marca de 2 mil corretores parceiros 1298

Empresa é especialista na venda de seguro de vida

No início do mês de maio, o Grupo Caburé ultrapassou a marca de 2 mil corretores de seguros parceiros, especificamente na área de seguros de vida, especialidade da empresa, que é uma liderança na América Latina em administração de apólices e na realização de longas parcerias com estes profissionais. Através do seu Canal Corretor, a Caburé tem desenvolvido crescentes negócios com corretores de seguros de todos os portes e por todo o Brasil, trazendo a estes profissionais: auxílio e otimização na gestão operacional, aumento de produção de novas vidas e o consequente desenvolvimento de suas carteiras e, principalmente, o aumento de seus ganhos de comissões.

Com o crescimento da conscientização da população brasileira a respeito da proteção importante que oferece o seguro de vida, o Grupo Caburé entende que cada vez mais suas parcerias com os corretores aumentarão por todo o país, trazendo ganhos para todos; segurados, corretores, administrador e seguradoras. “Seja você também e sua corretora um parceiro do Grupo Caburé e potencialize seus negócios de seguro de vida”, reforça a empresa.