Revista JRS destaca 106 anos do GBOEX, completados em maio 95423

Edição ainda traz entrevista especial com Solange Vieira, nova superintendente da Susep

A edição 225 da Revista JRS destaca uma série de movimentos que indicam um 2019 recheado de ações e mudanças no setor de seguros. No entanto, fica evidenciada a importância em ressaltar operações exemplares à todos, em meio aos processos de disrupção e inovação que explodem em diversos setores.

Em maio, o GBOEX completou 106 anos de atividades, protegendo e beneficiando as famílias brasileiras desde sempre. Por isso, este número de nossa publicação mensal ressalta a expertise e relevância desta instituição, além de novos horizontes, que possibilitam uma relação ainda mais duradoura dos parceiros de negócios, fiéis ao GBOEX.

Excelente leitura!

Fórum do Sandbox gera 40 respostas aos comentários recebidos 692

Questões abordaram temas relacionados ao edital do Sandbox

O Fórum do Sandbox Regulatório chegou a um total de 40 perguntas respondidas pelas equipes técnicas da Superintendência de Seguros Privados (Susep) durante o período de abertura à participação – de 4 a 8 de maio. As questões abordaram diversos temas relacionados ao edital, como: atendimento, etapas do sandbox, riscos e projeções financeiras. É possível consultar as respostas e os depoimentos sobre a iniciativa por meio do endereço https://www.sandbox.susep.gov.br/.

A Susep promoveu o fórum para esclarecimento de dúvidas sobre o Sandbox Regulatório, que constitui um ambiente regulatório experimental, no qual as companhias participantes possuem, por um prazo determinado, condições especiais, limitadas e exclusivas para operar.

O Edital do Sandbox está suspenso devido à pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19) e o estado de calamidade pública estabelecido no país. A nova data de vigência do edital será informada oportunamente, de acordo com os desdobramentos de cenários que a autarquia segue monitorando.

Pandemia: mercado de seguros enfrenta desafios 696

Revista de Seguros, da CNseg detalha como uma crise de saúde pública teve o condão de criar uma crise econômica, atingindo produção, emprego e renda

A Revista de Seguros, da CNseg, que completa 100 anos de circulação neste ano, é publicada pela primeira vez apenas na versão digital, em tempos de cuidados extremos para evitar circulação de pessoas em face da propagação do coronavírus. A edição segue o exemplo de outras grandes publicações brasileiras, à espera da volta à normalidade e, naturalmente, trata, como uma das matérias de capa, dos impactos da Covid-19 no mercado de seguros, detalhando como uma crise de saúde pública teve o condão de criar uma crise econômica, atingindo produção, emprego e renda.

A outra matéria de capa – uma entrevista exclusiva concedida pelo Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão, antes da explosão da pandemia – trata de um País de cenários relevantes, de mais longo prazo, como o ingresso do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), reforma política e questão ambiental. Enfim, trata de temas que devem voltar à pauta após o fim do estado de emergência nacional decretado em função da pandemia.

Nesta edição, os leitores poderão conferir também uma diversidade de abordagens, como um estudo da CNseg que mostra o setor segurador brasileiro muito bem posicionado nos índices globais de competitividade. Um setor que apresenta menor nível de concentração do que em países como Chile, Canadá, Holanda e Espanha. E as perspectivas promissoras para Seguro Rural, beneficiado pela expansão contínua do agronegócio, o setor produtivo de maior dinamismo no Brasil. A telemedicina, autorizada em caráter extraordinário nestes tempos de pandemia, é outro tema de reportagem, ao lado do promissor mercado de “games” e das novas oportunidades para os seguros.

A edição está disponível em: http://cnseg.org.br/publicacoes/revista-de-seguros-n-912.html

Susep amplia acesso ao aplicativo da Carteira de Corretor  521

Aplicativo já está disponível também para download via aparelhos com sistema operacional iOS

Usuários de aparelhos com sistema operacional iOS, da Apple, já podem obter o app Corretores Susep para realizar o registro de corretor e obter a carteira digital pelo celular. A facilidade, que coloca o registro “na palma da mão” dos profissionais da área, foi lançada na última terça, inicialmente para usuários do sistema Android. A inovação é parte do novo sistema de registro da Susep, que já reúne 24.740 profissionais.

A autarquia investiu em tecnologia de ponta, segurança da informação e na experiência do usuário para agilizar a vida do corretor de seguros neste momento de desafio da pandemia. Assim, os profissionais podem fazer seu cadastro no celular, checar e compartilhar suas informações com clientes, além de ter à mão um canal direto com o órgão supervisor. Tudo de forma simples, online e gratuita.

A carteira de habilitação digital da Susep viabilizará a identificação dos profissionais cadastrados na autarquia, com foto e o número do registro e será mais uma opção para manter o corretor diretamente conectado com a Susep. O aplicativo abre caminho para outras facilidades que a Susep pretende garantir por meio da tecnologia, como acesso a notícias, informações atualizadas e pesquisas de opinião, que podem ser operacionalizados com o aplicativo.

Conexão

De acordo com o chefe do Departamento de Tecnologia da Informação da Susep, Leonardo Brasil, o app Corretores Susep também será uma ferramenta de conexão entre o corretor e o consumidor, seja para confirmação do registro do corretor na autarquia ou mesmo para funcionar como um cartão de visitas. “Haverá um QR Code exclusivo à disposição dos profissionais que pode conectá-lo a seus contatos, além de outros processos de identificação digital no futuro”, diz.

Terão direito à habilitação digital da Susep os profissionais em situação regular no novo sistema de registro da Susep. O cadastro é gratuito e pode ser feito através do link: https://www2.susep.gov.br/safe/Corretores/. O recadastramento pode ser feito até o dia 31 de julho. A autarquia disponibilizou também um canal direto para dúvidas e sugestões de aprimoramentos: corretores@susep.gov.br.

A nova identidade digital do corretor de seguros é parte de um processo de modernização que a Susep vem implementando em todo o setor. Com esta iniciativa, evitam-se também os custos da emissão de um documento físico, além de permitir agilidade no envio e manutenção das habilitações para os corretores cadastrados.

Acesse aqui para baixar o app na App Store.

Acesse aqui para baixar o app no Google Play.

Segunda em resultados do Grupo Tokio Marine, operação no Brasil comemora 60 anos 3263

José Adalberto Ferrara, Presidente da Tokio Marine Brasil / Divulgação

Relacionamento com Corretores e Assessorias; Inovação e Qualidade na entrega de Produtos e Serviços são pilares da Seguradora

A Tokio Marine tem excelentes motivos para celebrar os 60 anos de atuação no Brasil no próximo dia 7 de julho. A Seguradora ultrapassou as operações na Ásia e na Inglaterra e desta forma, tirando o Japão, o Brasil é atualmente o segundo País do Grupo Tokio Marine em resultados, atrás apenas dos Estados Unidos. Ao longo de seis décadas, a Companhia construiu uma história de sucesso baseada em forte relacionamento com Corretores e Assessorias; Inovação e Qualidade na entrega de Produtos e Serviços para seus Clientes.

“Temos muito orgulho da trajetória que estabelecemos desde a abertura do nosso primeiro escritório em 1959, na cidade de São Paulo. Além da posição de destaque que alcançamos entre as operações internacionais do Grupo, registramos nos últimos anos um crescimento acima da média do mercado brasileiro, com estratégias assertivas de precificação, regulação de sinistros e gestão de riscos. São resultados extremamente relevantes, frutos da motivação de um time de 2 mil Colaboradores e da confiança de 30 mil Parceiros de Negócios”, comemora o Presidente da Tokio Marine Brasil, José Adalberto Ferrara.

Em um período de sete anos, entre 2012 e 2018, a Tokio Marine passou de uma produção de R$ 1,6 bilhão para R$ 5,3 bilhões em Prêmios Emitidos, devolvendo mais de R$ 3 bilhões à sociedade em indenizações de seguros contratados. E de acordo com os últimos dados oficiais divulgados pela Susep, a Seguradora cresceu 9,7% até abril deste ano, enquanto o mercado subiu 8,1% (sem VGBL, Saúde e Previdência). “Estamos bastante confiantes de que podemos encerrar o exercício 2019 com um crescimento de dois dígitos”, informa Ferrara.

A Seguradora conta com um amplo portfólio de produtos para atender Pessoas Físicas e Jurídicas. Este ano, lançou os produtos Tokio Marine Aluguel, que substitui garantias locatícias tradicionais como fiador e caução, e o Tokio Marine Agro Safras, com cobertura para 70 culturas, garantindo ao produtor o replantio da safra e a permanência na atividade. Além disso, a Companhia continua empenhada em prover soluções em tecnologia para agilizar os processos internos, sustentar o crescimento e facilitar o dia a dia dos Parceiros de Negócios e Clientes.

“A Tokio Marine chegou ao Brasil há 60 anos com o propósito de proporcionar tranquilidade e segurança às Pessoas e Empresas, além de contribuir para o desenvolvimento da sociedade brasileira. Junto com nossos Corretores e Assessorias, vamos continuar trabalhando para identificar novos nichos de produtos para atender às necessidades dos mais diversos perfis de públicos. Seguimos com o firme compromisso de difundir a Cultura do Seguro no Brasil”, conclui o presidente José Adalberto Ferrara.

Tokio Marine intensifica operações no Rio de Janeiro devido às chuvas na região 3618

Tokio Marine intensifica operações no Rio de Janeiro devido às chuvas na região

Seguradora mobiliza suas equipes para concluir regulação de sinistros em menos de 24 horas

Diante da situação crítica causada pelas fortes chuvas dos últimos dias no Rio de Janeiro, a Tokio Marine, uma das maiores Seguradoras do País, acionou um Plano de Contingência para tornar ainda mais ágil o processo de atendimento aos Segurados da região. Com uma equipe exclusiva de operadores e com vistoriadores alocados em pátio previamente selecionado para concentrar todas as operações, a Companhia consegue antecipar os diagnósticos e regulação de sinistros de Automóvel e demais riscos segurados.

A Seguradora tem o compromisso de tomar medidas imediatas que visam amenizar os impactos que possam afetar seus Clientes. A ação, portanto, tem como objetivo viabilizar que, em no máximo 24 horas, a Tokio Marine possa entrar em contato com o Segurado e definir o pagamento integral ou o reparo do veículo.