Bradesco Seguros apresenta novo Superintendente Sucursal Corporate RS 3105

Evento contou com a presença do Superintendente da Região Sul, Altevir Prado

Nesta terça-feira (09), a Bradesco Seguros promoveu almoço com um seleto número de parceiros de negócios, em Porto Alegre (RS). O momento foi prestigiado pelo Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul (Sincor-RS), na figura do presidente Ricardo Pansera. O objetivo era apresentar o executivo Nelson Boruszewski Junior como novo responsável pela Superintendência da Sucursal Corporate RS da seguradora.

Apresentado ao mercado gaúcho, Boruszewski é paranaense, da cidade de Palotina. Com passagem pelo interior de São Paulo e pelo Nordeste do Brasil, o executivo desembarcou em Porto Alegre agradecendo a hospitalidade e o prestígio da Bradesco Seguros na Região Sul. O momento também contou com a presença de Altevir Prado, Superintendente da Região Sul. “Embora a inércia do mercado e os desafios econômicos, a Bradesco Seguros segue investindo para ofertar produtos e serviços de proteção”, comentou Prado.

Confira as imagens – Apresentação do novo Superintendente Sucursal Corporate RS:

União Seguradora patrocina o Acampamento Farroupilha 251

Empresa proporciona Seguro de Rodeio e Cavalgadas

Nascida em 20 de setembro de 1913, a União Seguradora, empresa do Grupo Aspecir, não poderia deixar de estar presente no maior evento do Movimento Tradicionalista Gaúcho – MTG – o Acampamento Farroupilha. Sendo assim, a empresa como patrocinadora, traz para o acampamento o Seguro de Rodeio e Cavalgadas. O melhor Seguro de Eventos elaborado junto com a CR Machado Seguros e o MTG para atender às necessidades dos participantes de eventos de Rodeios e de Cavalgadas.

A parceria entre as entidades garante segurança e tranquilidade no cumprimento das leis 10519/2002 e 10220/2001 que exigem que todo organizador de Rodeios e Cavalgadas faça seguro.

A União Seguradora se sente honrada e patrocinar o Acampamento Farroupilha que teve início no dia sete de setembro e conta com a participação de 340 galpões de entidades tradicionalistas com programações culturais e campeiras. O tema desta edição é a Vida e Obra de Paixão Côrtes. A expectativa é de superar o público do ano passado, que foi de um milhão de visitantes. A festa mais importante do tradicionalismo gaúcho se estende até o dia 22 de setembro.

Icatu Seguros: entre as melhores empresas em Satisfação dos Clientes do Brasil 1248

Icatu Seguros: entre as melhores empresas em Satisfação dos Clientes do Brasil

Ranking avaliou mais de seis mil empresas nos mais diversos segmentos

Especialista em pessoas, a Icatu Seguros está pela 3° vez entre as 100 melhores empresas do Brasil em Satisfação dos Clientes. Elaborado pelo Instituto MESC, o ranking avaliou mais de seis mil empresas nos mais diversos segmentos, a partir da opinião de mais de 250 mil clientes.

Para a gerente de Relacionamento da Icatu, Geovana Ramalho, o resultado mostra que a companhia está no caminho certo atuando em projetos para aprimorar a jornada do cliente. “Somos uma seguradora de pessoas e o cliente é o foco central do nosso negócio. Estamos cada vez mais coletando, analisando e agindo com prontidão nos feedbacks dos clientes, capturados em toda jornada de relacionamento que possui conosco. A ampliação de canais digitais para melhor prover conveniência aos nossos clientes também tem sido uma de nossas prioridades”, explica.

Há outro detalhe especial que contribui para este resultado: a Icatu Seguros também foi escolhida pelo quinto ano consecutivo como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil, no ranking Great Place to Work. “Queremos dar a melhor experiência para os clientes e o bom ambiente de trabalho e o clima organizacional são essenciais para essa entrega”, avalia Geovana.

Critérios

O Ranking das Melhores Empresas em Satisfação do Cliente do Instituto MESC avalia seis mil empresas em 42 segmentos de mercado. A pesquisa utiliza a metodologia do Pentagrama da Satisfação do Cliente, que apresenta confiança estatística de 98%. Os entrevistados foram questionados sobre Valor, Atendimento e Execução dos produtos e serviços que compraram ou utilizaram nos últimos 12 meses. Além da pesquisa quantitativa, o Instituto MESC realizou um “cliente oculto” nos canais de atendimento da Icatu. Solução do problema, qualidade das informações passadas e sensibilidade do atendente foram pontos avaliados.

Dia do Cliente

Além do trabalho desenvolvido pelos Canais de Relacionamento, a Icatu aposta em iniciativas que reforçam os propósitos da marca e sua preocupação em oferecer conteúdos que inspirem as pessoas sonhar e construir um futuro melhor para si e sua família. Este ano, para celebrar o Dia do Cliente, a seguradora criou duas playlists especiais no Spotify, uma delas com a curadoria da gravadora Biscoito Fino, no ar desde 15 de setembro.

O canal terá conteúdo musical que representa a essência e a “brasilidade” da companhia, legitimada pela sua cultura de investimento na música nacional. Valores como liberdade, parceria e proteção foram o ponto de partida para a criação da programação do projeto, que representa as cinco regiões do Brasil, seus gêneros e estilos musicais. Basta acessar o perfil Icatu diretamente no Spotify.

Susep emite parecer jurídico sobre contratação direta de produtos de seguros 650

Susep emite parecer jurídico sobre contratação direta de produtos de seguros

Em carta-circular, a autarquia esclarece que, na venda de seguros por meio de bilhete, a comissão é opcional

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) enviou, nesta segunda-feira (16), ao mercado segurador, uma carta-circular esclarecendo a possibilidade de contratação direta de produtos de seguros via bilhete.

De acordo com parecer jurídico da Procuradoria Federal junto à Susep, em casos de contratação direta de seguros, o recolhimento de comissão é opcional. O parecer foi demandando à Procuradoria em virtude da norma de sandbox, que deverá ser colocada em consulta pública ainda este mês. O entendimento da Susep está em linha com os artigos 18 e 19 da Lei nº 4.594/64

O diretor da Susep Rafael Scherre explica que a ação da autarquia objetiva trazer segurança jurídica para o mercado e, consequentemente, ampliar a concorrência e a oferta de produtos de seguros aos consumidores. “A Susep está atenta aos processos de inovação tecnológica, o que implica diretamente em novas formas de contratação de seguros. Esse é mais um instrumento que visa o desenvolvimento do mercado, buscando oferecer opções e baratear o custo final dos produtos aos consumidores”, argumenta.

Segundo relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil figura entre os países com a maior relação comissão/prêmio do mundo, com 9,77%, enquanto a Dinamarca é o país com a menor relação, com 0,9%. Os Estados Unidos registram 4,8%.

Os dados também apontam que o percentual de comissão em relação ao prêmio no Brasil sobe para 19,80% se for desconsiderado o VGBL, conforme demonstra o gráfico abaixo.

Com essa medida, espera-se que o preço do seguro ao consumidor final seja reduzido e que a base de pessoas seguradas no País aumente.

Divulgação
Divulgação

Confira a carta-circular na integra. 

Contratação de seguros sob demanda deve impulsionar proteção em diversos nichos 1158

Patrícia Costa é gerente de Desenvolvimento de Produtos da Mongeral Aegon / Divulgação

Gerente de Desenvolvimento de Produtos da Mongeral Aegon classifica novidade como um grande avanço ao mercado nacional

No final de agosto a Superintendência de Seguros Privados (Susep) editou a Circular 592, que apresenta as condições gerais para customização de planos de seguros com vigência reduzida de contrato e a criação da modalidade com o período intermitente. Ou seja, agora, as companhias seguradoras podem oferecer apólices que serão acionadas de acordo com a conveniência do consumidor.

O lançamento da solução “on-demand” no mercado segurador é considerada uma evolução para Patrícia Costa, gerente de Desenvolvimento de Produtos da Mongeral Aegon. “[A Circular 592 introduziu] a possibilidade de contratar um seguro de vida ou para um bem no período em que for mais propício para cada segurado, podendo ser em meses, dias, horas, minutos, jornada, viagem ou trecho. O período poderá ser convencionado de forma descontinuada por determinados critérios de interrupção e recomeço, bem como inclusão ou exclusão de cobertura dos riscos, ‘liga e desliga'”, cita a especialista.

Para Patrícia as oportunidades são muitas nos mais diversos ramos de seguros. “Em Vida e Previdência [foco de atuação da Mongeral Aegon] abre-se um leque infinito de oportunidades, a partir de um ecossistema regido pela jornada diária do cliente. Além disso, o produto – na sua versão mais reduzida de cobertura – inclui uma grande fatia do mercado mais sensibilizada pelo preço do seguro e que por esta razão, não o contratava. Também não devemos deixar de considerar outro aspecto deste novo modelo de seguro que diz respeito à sua democratização: agora, o segurado é quem escolhe quando e por quanto tempo quer estar segurado e nossa expectativa com isso é a de que o tema “seguros” fique cada vez mais próximo da população, abrindo oportunidades e interesses para outras coberturas”, explicou. “Com criatividade e visão nas inúmeras possibilidades/ocasiões para coberturas, acreditamos ser possível atender a um grande volume de clientes, adequando a oportunidade à cada perfil, ou seja, não há limitação nesse sentido”, completa.

A gerente de uma das companhias de seguros com maior tempo de atuação no Brasil acredita que os novos modelos devem contribuir com a ampliação da base de segurados. “[Isso deve acontecer] através da comercialização de produtos para nichos ainda não explorados. Esta formalização é uma tendência mundial e uma evolução natural. Representa um passo à frente no marco regulatório do setor de seguros e uma inovação importante, permitindo aos segurados a contratação das garantias pelos períodos desejados”, reitera. “Montar todo o quebra cabeça tecnológico, a melhor forma de ofertar o produto e, finalmente, um jeito completamente novo de subscrever o risco, baseado nesse dinamismo é desafiador e recompensante e nós da Mongeral Aegon estamos preparados para essa nova era do seguro”, finaliza.

Júlia Senna é a nova Pedrinha Honorária 988

Entrega do pin especial do Clube da Pedrinha RS aconteceu no Acampamento Farroupilha

O Clube da Pedrinha do Rio Grande do Sul aproveitou o Acampamento Farroupilha, em Porto Alegre, para celebrar a data alusiva à Revolução Farroupilha e reunir seus participantes nesta quinta-feira, 12. O Piquete Portal do Rio Grande, dos anfitriões Clóvis Della Flora (Grupo Autosul) e Fernando Menezes (Sultec Vistorias), recebeu carinhosamente os pedrinhas.

A presidente da entidade, Ana Maria Pinto, entregou o pin de pedrinha honorária a editora-chefe do JRS, Júlia Senna. “Há anos contamos com o nosso querido amigo e pedrinha honorário Jota Carvalho, que infelizmente nos deixou. Como forma de mantê-los conosco, que estão sempre no nosso evento, entregamos este pin a nova pedrinha honorária”, destacou. “É uma alegria fazer parte de um grupo que acompanho há tantos anos, ele gostava muito dos amigos e com certeza está olhando por cada um dos pedrinhas lá de cima”, acrescentou Júlia Senna, referindo-se a Carvalho, que faleceu no último dia 30.

O momento também arrecadou alimentos não perecíveis que serão encaminhados a Confrasol, confraria da solidariedade do mercado segurador gaúcho que auxilia diversas instituições de caridade.