Onde há fome não há paz: a importância do agronegócio para o desenvolvimento humano 3284

Onde há fome não há paz: a importância do agronegócio para o desenvolvimento

Tokio Marine Seguradora promoveu evento sobre um dos setores mais importantes da economia brasileira

Com estimativas do Ministério da Agricultura de que as safras brasileiras de grãos cresçam 30% na próxima década o mercado de seguros volta os olhos para este tipo de proteção. O Seguro Rural trata-se de um aliado fundamental não apenas ao agricultor, como também ao consumidor em geral, uma vez que o impacto de prejuízos e perdas no campo diante dos preços é absorvido pelas indenizações.

José Adalberto Ferrara é presidente da Tokio Marine Seguradora
José Adalberto Ferrara é presidente da Tokio Marine Seguradora

Os desafios do agronegócio foram tema do evento Expertise Seguro Agro, promovido pela Tokio Marine Seguradora, na capital paulista. O momento contou com apresentações dos diretores da companhia e palestras da meteorologista Desirée Brandt, da Somar Meteorologia, e do agrônomo Roberto Rodrigues, ex-ministro da Agricultura, entre 2003 e 2006. “A Tokio Marine trata-se de um dos 10 maiores conglomerados de seguros do mundo, sendo a 5ª maior companhia mundial com um lucro líquido que chega ser maior até que o próprio valor do mercado segurador brasileiro como um todo”, citou José Adalberto Ferrara, presidente da Tokio Marine Seguradora, ao comemorar os 60 anos completados pela companhia no último mês. “Contamos com 2 mil colaboradores, distribuídos em 74 unidades de negócios pelo Brasil, além de 30 mil corretores de seguros e assessorias que distribuem os mais de 60 produtos disponíveis em nosso portfólio. Temos crescido acima da média de mercado, com a emissão de prêmios registrando crescimento de 200% nos últimos 7 anos”, registrou diante dos R$ 5,739 bi em prêmios emitidos nos últimos 12 meses pela empresa, um crescimento de 11,5%. 

Ferrara e os diretores da Tokio Marine destacaram a manutenção do subsídio agrícola e ambos foram enfáticos ao demonstrar o desejo em expandir a participação do segmento nos resultados da seguradora. “Nosso objetivo é apresentar nossas soluções aos nossos principais parceiros de negócios. O produto agro conta com muitos diferenciais, pois queremos atender as expectativas de um segmento muito significativo para a economia brasileira”, abordou o Diretor Executivo Comercial, Valmir Rodrigues.

Já o Diretor Executivo da companhia, Felipe Smith, disse que a “Tokio Marine seja protagonista neste segmento”. Smith ainda enumerou a relevância do agronegócio para o Produto Interno Bruto (PIB), corresponde a 21% do total. “Atualmente são 12 milhões de hectares assegurados, distribuídos em 70 culturas. Na virada de 2019 para 2020 são esperados R$ 1 bilhão em subvenção ao Seguro Rural. A área segurada cresceu 700% desde 2006, quando o programa foi implementado”, revelou ao enfatizar o crescimento de 520% do produto em 10 anos, com R$ 2 bilhões em prêmios emitidos. Para se ter uma ideia, neste nicho de seguro, foram R$ 8 milhões em prêmios emitidos pela Tokio Marine em 2018, em 2019 o valor já ultrapassou R$ 27 milhões. 

O Gerente de Produtos Agro da Tokio Marine, Joaquim Neto, ressaltou as características da proteção ofertada pela seguradora. “São coberturas adaptadas às necessidades dos clientes, incluindo coberturas de intercorrências climáticas. Uma safra ruim pode inviabilizar um produtor por até 3 anos, com o seguro ele retoma a produção em 30 dias”, afirmou ao enaltecer a pulverização das áreas cobertas, para mais de 472 municípios.

Desirée Brandt é meteorologista da Somar Meteorologia
Desirée Brandt é meteorologista da Somar Meteorologia

Desirée Brandt demonstrou a importância das previsões meteorológicas não apenas para o dimensionamento do seguro, como também para o próprio planejamento das safras. “Entre 2015 e 2016, por exemplo, tivemos o El Niño mais intenso da história. Este ano o El Niño deve deixar de acontecer no final da primavera, o que resultará em um verão neutro. A classificação disso acontece de acordo com a análise das águas superficiais e subsuperficiais do pacífico”, explicou. “No Sul as chuvas devem ficar acima da média até o começo da primavera. Se a chuva fica presa no Sul teremos seca e impactos na safra verão do Sudeste, por isso, a relevância em saber o período de chuvas para iniciar o plantio”, observou ao registrar evidências de proximidade do fenômeno La Ninã, que pode ocasionar em mais chuvas na região Nordeste e o Sul com precipitações mais irregulares nos primeiros meses de 2020.

Roberto Rodrigues foi ministro da Agricultura do Brasil entre 2003 e 2006
Roberto Rodrigues foi ministro da Agricultura do Brasil entre 2003 e 2006

“Onde houver fome não haverá paz, é o que defende a ONU”. Assim começou a fala do ex-ministro Roberto Rodrigues durante seu painel. “Não existem líderes no mundo contemporâneo, onde não há líderes não existem projetos”, comentou o especialista ao contextualizar o cenário global de expectativa de vida, mudanças climáticas e nos hábitos de consumo, além da digitalização, concentração de renda e choque das democracias. O especialista classificou a segurança alimentar como algo fundamental para o desenvolvimento sociedade. “Em 2020, um agricultor alimentará cerca de 200 pessoas. O agronegócio representa 42% das exportações brasileiras, temos uma juventude extraordinária, algo inexistente em outras partes do mundo. As mulheres, por exemplo, estão assumindo papéis muito importantes e relevantes para a sociedade”,analisou. 

Rodrigues, autor do livro “Agro é Paz”, projetou o crescimento exponencial do agronegócio no Brasil. “Temos energia tropical sustentável, terra disponível e recursos humanos qualificados. Para se ter uma ideia, nosso País possui 43.5% da energia renovável, algo muito acima da média internacional. A regulação de terras por aqui, no entanto, é inibidora da abertura de florestas, estamos vendo muito mais carne e leite e muito menos pasto”, enfatizou. “Não podemos tolerar desmatamento ilegal, assim como os agricultores não toleram”, ponderou ao citar a Lei Florestal, que prevê como o desmatamento legal pode acontecer.

Expertise Seguro Agro – Imagens:

SulAmérica participa de almoço na Aconseg-SP 671

SulAmérica e a diretoria da Aconseg-SP, da esquerda para a direita: Jairo Christ, Roberto B. Oliveira, Helio Opipari Junior (que assume a presidência da entidade em 2020), Luciano Lima, Ricardo Montenegro, Portella, Colantonio, Lauzana e Milton Ferreira / Divulgação

Executivos da companhia prestigiaram tradicional almoço da entidade paulistana

A SulAmérica marcou presença em tradicional almoço oferecido pela Aconseg-SP para parceiros. Gabriel Portella, presidente da seguradora, André Lauzana, vice-presidente Comercial e de Marketing, e Luciano Lima, diretor Comercial de São Paulo foram recepcionados pelo presidente da entidade, Marcos Colantonio, e por membros da diretoria.

Para Lauzana, o encontro é uma “ótima oportunidade de mostrar como a SulAmérica valoriza as assessorias e seus corretores, e para solidificar a longa relação da empresa com a Aconseg-SP”.

Gabriel Portella, Marcos Colantonio e André Lauzana durante almoço oferecido na sede da Aconseg-SP / Divulgação
Gabriel Portella, Marcos Colantonio e André Lauzana durante almoço oferecido na sede da Aconseg-SP / Divulgação

HDI Seguros promove Summit de Mobilidade, no Distrito Fintech 808

HDI Seguros promove Summit de Mobilidade, no Distrito Fintech

Painéis debatem hábitos de consumo e desafios para as próximas gerações

No próximo dia 23 de outubro, a partir das 15h, a HDI Seguros promove a primeira edição do Summit de Mobilidade. O encontro reúne especialistas no assunto no Distrito Fintech (Avenida Rebouças, 1.585). Na oportunidade serão debatidos desafios e oportunidades inerentes ao novo contexto de multi-modais de transporte e alternativas para otimização do tempo durante deslocamentos.

Ana Luiza Dal Pian, Gerente de Produtos da HDI Seguros, será a mediadora dos painéis, que serão compostos por executivos de empresas e startups que se dedicam ao desenvolvimento de soluções para o fomento de melhores práticas de locomoção urbana. A programação completa será divulgada nos próximos dias.

Grupo Bradesco Seguros é reconhecido entre as melhores empresas de Tecnologia da Informação 680

Grupo Bradesco Seguros é reconhecido entre as melhores empresas de Tecnologia da Informação

Evento reuniu mais de 8 mil profissionais do segmento

A tarde da última quarta-feira, 16 de outubro, foi marcada por mais uma importante conquista para o Grupo Bradesco Seguros: a empresa foi a campeã na categoria “Seguradoras” do prêmio 100+ Inovadoras no Uso de TI. O evento, realizado há 19 anos pela IT Mídia em parceria com a PwC, faz parte do calendário do IT Fórum X, encontro que reuniu mais de oito mil profissionais de TI, no Transamérica Expo Center.

Curt Zimmermann, executivo do Grupo Segurador na área de TI, foi o responsável por receber o troféu, que ainda contou com a presença da gerente de Inovação Lívia Prescinotti. O projeto Integração Bia e Google Assistant: a assistente digital da Bradesco Seguros está pronta para ouvir a sua voz garantiu o primeiro lugar para a Seguradora.

Na edição de 2019, foram recebidas 197 inscrições de empresas dos mais variados segmentos. Dessa lista, cem foram classificadas e 20 executivos levaram o troféu de mais inovador na categoria da qual participou.

Circuito da Longevidade chega a Porto Alegre no dia 27 de outubro 1235

Projeto incentiva a prática da atividade física a partir de corridas (6km) e caminhadas (3km)

Pelo sétimo ano consecutivo, a cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, receberá mais uma temporada do Circuito da Longevidade, patrocinado pelo Grupo Bradesco Seguros. No domingo 27 de outubro, cerca de quatro mil atletas profissionais e amadores poderão correr (6 km) ou caminhar (3 km), em um dos principais lugares para eventos da capital gaúcha: o Jockey Club do Rio Grande do Sul. As inscrições estão disponíveis a partir desta segunda-feira, 7 de outubro, neste site.

“Nós entendemos a importância da prática de atividade física e acreditamos no poder transformador da longevidade na vida das pessoas. O Grupo Bradesco Seguros representa a soma de muitas vozes e é exatamente disso que parte nosso incentivo à longevidade em todas cidades brasileiras”, destaca Alexandre Nogueira, Diretor de Marketing do Grupo Bradesco Seguros.

O Circuito também conta com a participação de pessoas com deficiência, trazendo acessibilidade a uma largada diferenciada, que ocorre antes da largada oficial. A prova de corrida tem caráter competitivo, com participação de atletas brasileiros e estrangeiros. Os cinco primeiros colocados recebem R$ 23 mil em prêmios, divididos da seguinte forma: R$ 5 mil (1º colocado), R$ 3 mil (2º), R$ 2 mil (3º), R$ 1 mil (4º) e R$ 500 (5º lugar). Já a caminhada, conta com participantes de todas as idades e é indicada às pessoas que ainda não praticam atividade física com regularidade.

Os longevos recebem destaque especial na cerimônia de premiação: os cinco mais bem colocados na corrida de 6km são homenageados no palco, com troféus e medalhas. O atleta Lucio Diniz de 76 anos, também conhecido como “Seu Lúcio”, bateu a marca de 804 corridas, são 21 anos dedicados à inúmeras provas. Só pela Bradesco Seguros, já correu mais de 90 vezes. Este atleta mineiro – que começou a correr após se aposentar, aos 55 – investia do próprio bolso para participar de corridas em cidades como Ribeirão Preto até tornar-se, há 10 anos, um dos personagens mais populares do Circuito da Longevidade.

O Grupo Segurador também tem um time de atletas de elite que participa do Circuito. Atualmente, Adriana Cristina é a representante feminina e já acumula, tanto em pistas como nas ruas, títulos e marcas nacionais e internacionais. A Bradesco Seguros também conta com os gêmeos Cosme e Damião, patrocinados pela Bradesco Seguros. Damião começou a correr tardiamente, aos 23 anos. Hoje é considerado um dos fundistas mais completos do Brasil. Ele é irmão do também corredor Cosme, que em 2015 participou do Campeonato Pan-americano de Cross country, na Colômbia. Cosme tem se destacado nas provas nacionais e, principalmente, no Circuito da Longevidade.

A Bradesco Seguros se preocupa em deixar um legado para a cidade que o recebe: o valor da renda obtida com as inscrições é destinado a uma entidade de cunho assistencial indicada pela Prefeitura local. Desde 2007, mais de 3,6 milhões já foram distribuídos. Esta é a última edição da temporada 2018/2019 do Circuito da Longevidade. Em breve, o calendário da temporada 2020/2021 será divulgado pelo grupo segurador.

Kits de participação

A entrega dos kits de participação para a etapa de Porto Alegre ocorrerá um dia antes da prova, 26 de outubro (sábado). Os inscritos deverão comparecer ao Anfiteatro do Pôr do Sol (local do evento), das 9 às 17h, e retirar o seu kit. Na ocasião e na data das provas, os participantes poderão realizar, gratuitamente, avaliação física e teste de pisada.

Todas as etapas do Circuito da Longevidade contam com um bicicletário especial do “Movimento Conviva”, iniciativa do Grupo Bradesco Seguros para incentivar a convivência harmoniosa entre ciclistas, motoristas, motociclistas e pedestres.

Serviço: Circuito da Longevidade Bradesco Seguros – Etapa Porto Alegre

Data: 27 de outubro de 2019;
Local: Jockey Club do Rio Grande do Sul
Endereço: Av. Diário de Notícias, 750, Crystal, Porto Alegre/RS;
Horário da largada: às 7h (corrida) e às 8h30 (caminhada);
Valores: de R$30 (corrida) a R$7,50 (caminhada, meia);
Confira os valores para cada faixa etária neste endereço.

Corretor da Região Sul: a Argo Seguros quer fazer negócios com você 1672

Companhia promoveu evento em Porto Alegre em parceria com a Inova Representação

A Argo Seguros quer fazer negócios com os corretores de seguros da Região Sul do Brasil. A companhia marcou a sua intenção estratégica em evento nesta quarta-feira (18), em Porto Alegre, em parceria com a Inova Representação.

O CEO & Presidente da Argo Seguros, Newton Queiroz, frisou que o momento é para gerar aproximação da companhia com os corretores de seguros gaúchos. “Nós já atuamos aqui na região, mas era uma atuação mais tímida e agora o nosso foco é aumentá-la e estarmos mais próximos e esse encontro é o primeiro passo para isso”, comentou. “A nossa indústria é feita por pessoas, a ideia aqui é nos aproximarmos desse grupo de corretores, começar a fazer mais negócios e explicar qual é o nosso foco”, acrescentou.

A seguradora é uma companhia multilinha, mas com grande especialização na área de transportes, estando entre os dez primeiros do Brasil e, no transporte internacional, entre os cinco maiores. “No segmento de Erros e Omissões, RC Profissional, nós somos os líderes de mercado, já alguns anos, que é um dos nossos carros-chefe; no D&O, estamos sempre entre os dez maiores”, detalhou.

Para a empresa, este ano finalizará, em prêmios, entre R$ 250 a 270 milhões. “O nosso foco é chegar no final de 2021 passando a marca dos R$ 500 milhões, o que é muito significativo para o grupo porque quando uma unidade produz mais de 100 milhões de dólares, ela se torna ainda mais relevante. Hoje em dia estamos no patamar de 70 milhões de dólares, então queremos chegar nessa marca, sempre com o combinado operacional dando lucro”, comentou. “E para isso precisamos sair da nossa zona de conforto, de São Paulo que é onde todo mundo geralmente fica, e contar com o apoio dos corretores parceiros e podermos expandir e ter uma maior penetração no que nós somos líderes e começar a vender produtos que a gente ainda não tem uma participação expressiva na região”, diagnosticou.

Na Região Sul, eficiência e facilidade de contratação são os focos da seguradora. “Nosso modelo é fazer um processo de venda muito mais interessante, fácil, eficiente e rápido para o corretor, que representa o cliente. Por isso o nosso foco é trazer essa tecnologia em produtos que hoje ainda não estamos utilizando e estamos finalizando esse processo”, afirmou. “D&O é um grande exemplo, pois hoje a maioria das seguradoras vendem 100% sob medida e hoje estamos trazendo uma ferramenta aqui para o Sul, que vai ser online, que vai facilitar os corretores para fazer a contratação”, exemplificou.

A cargo da Inova Representação, representada pela executiva Cristiane Troleze, fica a responsabilidade de desenvolver a expansão da companhia. “É uma atuação comercial, atuando como uma filial, representando todos os produtos, negócios, levando a estratégia, retomando os negócios que a Argo num passado recente já fez”, explica. De acordo com ela, o corretor buscar a Argo por ser uma seguradora reconhecida nas linhas financeiras, operando uma plataforma digital que traz autonomia.

A Inova tem a proposta de ser uma representante da companhia efetivamente, falando a língua da companhia e levando exatamente o seu tom para o corretor. “Muito embora também seja uma assessoria, ela nasceu realmente para representar a companhia no nível que ela precisa, com muito respeito e compromisso. Eu já estou no mercado há 24 anos, então muitos corretores já me conhecem e a ideia é dar continuidade ao trabalho com a bandeira da Inova”, finalizou.