Ketchum é a nova agência de relações públicas da Europ Assistance Brasil 496

Ketchum é a nova agência de relações públicas da Europ Assistance Brasil

Líder em assistência para automóveis, seguro viagem e serviços pessoais, a empresa tem entre seus principais parceiros seguradoras, bancos, financeiras e locadoras de veículos

A Ketchum, agência global de comunicação com atuação em mais de 70 países, é a nova agência de relações públicas da Europ Assistance Brasil, empresa do Grupo Europ Assistance, pioneiro em assistência 24 horas e líder mundial neste segmento, com mais de 50 anos de experiência.

A Europ Assistance atua no Brasil há mais de duas décadas, com foco em cinco linhas de negócios: automóveis, viagens, saúde, residencial e concierge. Com uma ampla rede de prestadores de serviços, atendeu, somente em 2019, mais de 900 mil chamadas de usuários. Sua operação no mercado envolve parcerias de negócios com seguradoras, bancos, financeiras, locadoras e montadoras de veículos, fabricantes de eletrodomésticos, operadoras de telefonia e varejistas.

Em 2014, a Europ Assistance deu um importante passo para ampliar sua gama de soluções tecnológicas voltadas à mobilidade ao adquirir 100% da CEABS, uma das maiores empresas de rastreamento e gestão de frotas do Brasil.

Como agência de PR, o principal desafio da Ketchum é alavancar resultados de negócios por meio de ações estratégicas de comunicação capazes de conectar pessoas e gerar impactos positivos relevantes. O atendimento da conta será feito por Amanda Cruz, sob coordenação de Jaqueline Frederes e direção de Mônica Brissac.

Saúde suplementar é parte da solução 471

Vera Valente é Diretora-executiva da FenaSaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar) / Divulgação

Oferta segmentada de cobertura ampliará o acesso

O sistema de saúde brasileiro, cuja crise não é nova, sofre ainda mais com a estagnação econômica e o desemprego, que aumentam a demanda sobre o SUS. A saúde suplementar é parte indispensável da solução.

Até 1998, a saúde suplementar não era regulada no Brasil. A lei 9.656/1998 resultou em maior segurança jurídica e definição mais clara de direitos e deveres. No entanto, após duas décadas, como é natural em qualquer setor regulado, a legislação demanda urgente atualização.

As discussões se desenrolam há anos e envolvem diversos agentes e visões. Elas são debatidas abertamente tanto em fóruns setoriais quanto no Congresso, onde tramitam centenas de projetos que atualizam as regras. Operadoras são parte indissociável da discussão, junto com reguladores, legisladores, prestadores, fornecedores e consumidores. Nosso objetivo é comum: ampliar o acesso à saúde.

Isso não é bom apenas para as empresas, é bom para todos. Vale lembrar que, de acordo com diferentes pesquisas, o acesso a plano de saúde é um dos maiores desejos da população. Nos últimos quatro anos, cerca de 3 milhões de pessoas deixaram de contar com planos privados. Na maioria, passaram a dispor apenas do SUS.

As entidades representativas do setor vêm buscando soluções de forma transparente e legítima. Consideramos que um dos principais objetivos deve ser viabilizar a volta da oferta de planos individuais, que hoje representam fatia pequena do mercado —80% do ingresso é feito por meio de planos coletivos.

A experiência internacional demonstra que um arcabouço legal que permita oferecer um leque maior de opções de cobertura é fundamental para ampliar o acesso, na medida em que possibilita segmentar a oferta e, assim, adequar os preços a perfis específicos de usuários. Hoje, infelizmente, isso não é possível.

Há outras iniciativas importantes. A primeira é diminuir custos, combater fraudes e evitar desperdícios que contribuem para o crescimento das despesas em ritmo bem acima dos índices gerais de inflação.

A segunda é criar incentivos à atenção primária, de forma a investir na prevenção e evitar o agravamento das doenças.

Já a terceira é dispor de um órgão regulador, no caso a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), com independência, autonomia e qualificação técnica, que dê mais estabilidade e segurança jurídica a todos os envolvidos.

A consequência, desejável e possível, será a redução dos preços finais.

A pior forma de tentar resolver um problema é fingir que ele não existe. A aprovação da reforma da Previdência permite que, no passo seguinte, avancemos rapidamente nas discussões em torno da atualização do marco legal da saúde suplementar.

Temos plenas condições de caminhar para um modelo de saúde que propicie aos cidadãos mais qualidade de vida, em que se somem os sistemas público e suplementar. A hora é agora.

*Por: Vera Valente, Diretora-executiva da FenaSaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar) e Reinaldo Scheibe, Presidente da Abramge (Associação Brasileira de Planos de Saúde).

Chubb foi a seguradora oficial do Mice² Meeting 355

Chubb foi a seguradora oficial do Mice² Meeting

Reunião aconteceu em 19 de agosto, no WTC Events Centes

A Chubb foi a seguradora oficial do Mice² Meeting, que ofereceu 8 horas de palestras voltadas exclusivamente a profissionais que promovem eventos no Brasil. O encontro teve o objetivo de promover o aprendizado e a reciclagem dos participantes em 5 diferentes áreas de eventos: corporativos, médicos e promocionais; motivadores; técnicos, científicos e educacionais; feiras de negócios; e geração de negócios. A reunião aconteceu no dia 19 de agosto, em São Paulo, no WTC Events Center.

“Os próprios profissionais do setor de eventos se sentiram mais seguros em contar com a Chubb para proteger o encontro do qual participariam”, observa Juliana Santos, responsável pela área de seguros de Entretenimento da Chubb. Na ocasião, as apresentações transcorreram em 5 diferentes arenas de debates, onde diversos especialistas abordaram cases e, em seguida, responderam as questões do público. A conferência também estimulou a interação e a troca de ideias entre os presentes.

A apólice da Chubb garantiu aos promotores do encontro a possibilidade de indenização em caso de danos corporais e morais aos participantes, além de proteção aos profissionais envolvidos diretamente com a organização do evento, da montagem à desmontagem.

Juliana Santos lembra que, no Brasil, a Chubb é pioneira no setor de seguros de Entretenimento, que oferece coberturas para eventos, audiovisuais, proteções fotográficas e outros nichos. No mundo, a seguradora possui mais de 50 anos de experiência no segmento.

TEx lança solução em inteligência de mercado para setor de seguros 417

Omar Ajame é CEO da TEx Tecnologia / Arquivo JRS

Plataforma concede visão abrangente e confiável sobre o mercado de seguros

A TEx, startup especializada em soluções para o mercado segurador, amplia seu leque de soluções e apresenta o TEx Analytics, uma plataforma de inteligência direcionada às seguradoras para auxiliar na precificação dos seguros para veículos. Com dados resultantes de uma base de cinco milhões de cálculos, a plataforma torna-se fundamental para as seguradoras ao conceder uma visão abrangente e confiável do mercado de seguros.

De acordo com Emir Zanatto, COO da TEx, o TEx Analytics nasceu a partir de estudos realizados pela startup para levar mais conhecimento ao mercado de seguros, permitindo a ampliação da produtividade e da competitividade entre as empresas seguradoras e os segurados. “Com o TEx Analytics é possível tomar decisões mais precisas, com base em informações em tempo real. Isto ajuda no desenvolvimento e na competitividade do setor” explica Emir Zanatto COO da TEx.

“Antes, as seguradoras contratavam estudos que mostravam, com uma pequena amostra, o retrato do mercado 15 ou 30 dias depois do ocorrido. No TEx Analytics o filme é com uma amostra extremamente grande e em tempo real. Alem de que são casos reais, e não simulações”, ressalta Emir.

Segundo Emir Zanatto, o TEx Analytics contribui para o desenvolvimento pois possibilita análise precisa do mercado. “Nossa solução permite que companhias tradicionais e novos entrantes sejam mais competitivos ao oferecer seus produtos. O que traz vantagens para o consumidor final”.

Customização – A solução foi desenvolvida para atender as seguradoras de todo país de forma ampla e irrestrita, atendendo as especificações de cada empresa. “Desenhamos o produto de forma que é aderente a todas as companhias, mas realizamos ajustes customizados para que elas (seguradoras) possam ajustá-los às suas regras, estudos e ações específicas”, destaca o executivo da TEx.

Vale ressaltar que o TEx Analytics respeita da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), pois todas as informações abarcadas na plataforma são conjuntas, anônimas e indistintas. “Respeitando todas as normas Brasileiras e Europeias para proteção de dados, criamos a ferramenta que está permitindo que as Seguradoras vejam como estão posicionadas frente ao mercado e dê a eles dados que permitam serem mais competitivos de forma extremamente ágil. O que era um sonho há alguns meses, hoje é realidade para o setor.”, explica Zanatto.

Em breve a TEx lançará soluções analíticas para as montadoras e para as corretoras de seguros.

União Seguradora entrega prêmio de Capitalização 564

Premiação foi no valor de R$ 5 mil reais

União Seguradora entrega prêmio de Capitalização
União Seguradora entrega prêmio de Capitalização

Empresa do Grupo Aspecir, a União Seguradora entregou mais um prêmio de capitalização na Matriz da Coopeder em Belo Horizonte (MG). Ao fazer o seguro de vida, o associado José de Souza da 12ª CRG – Itabira, fez um Plano de Capitalização Vida Flex e concorreu todos os sábados através da extração da Loteria Federal a uma premiação no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

O cheque foi entregue pelas mãos do diretor comercial da União, João Lock, a Dario Rutier, presidente da Coopeder. Presentes na ocasião, estavam Carla Guimarães, da Promisses Corretora, e Cláudio Ramos, da Ramos Assessoria.

Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul comemora 124 anos de atuação 752

Ações que visam a promoção da cultura do seguro foram enaltecidas pelo presidente da entidade, Guacir Bueno

A noite do dia 14 de agosto foi mais do que especial em Porto Alegre (RS). O Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg-RS) comemorou 124 anos da atuação e reuniu diversos parceiros e agentes do mercado segurador gaúcho, na sede da instituição.

O presidente do Sindseg-RS, Guacir de Llano Bueno, destacou a relevância destes parceiros que são aliados na defesa e na promoção da instituição da cultura securitária. “Também registro agradecimento às muitas diretorias que nos antecederam, homens e mulheres que proporcionaram o melhor para o crescimento e solidificação do nosso seguimento. Destaco o acolhimento e ações em conjunto com a Escola Nacional de Seguros. A educação do povo do seguro sempre foi uma preocupação do nosso Sindicato, que conta com modernas instalações”, comentou Bueno.

A figura de Miguel Junqueira Pereira também foi lembrada, por tratar-se de ilustre personagem do segmento de seguros no Brasil e da própria história do Sindseg-RS.

Confira as imagens: