Grande maioria dos beneficiários de planos de saúde está satisfeita com serviços 669

Grande maioria dos beneficiários de planos de saúde está satisfeita com serviços

Pesquisa do Ibope realizada em parceria com o IESS mostra ainda que a oferta do benefício influencia a escolha do emprego

Cerca de 80% dos beneficiários estão satisfeitos com os serviços oferecidos pelos planos de saúde no País. Esse é um dos principais resultados de pesquisa realizada pelo IBOPE em parceria com o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), divulgada esta semana. O levantamento ouviu 3,2 mil pessoas entre os dias 29 de abril e 17 de maio de 2019. Essa é a terceira edição do estudo, realizado desde 2015. O índice de satisfação com os serviços é o mesmo registrado no levantamento de 2017 e superior ao de quatro anos atrás.

A diretora-executiva da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), Vera Valente, destacou a importância dos planos de saúde para a população brasileira. “A pesquisa mostra, mais uma vez, que quem tem plano de saúde privado se sente satisfeito e bem atendido. O desafio é criar mecanismos, baseados na lei, que permitam que muito mais pessoas possam ter seu plano, seja individual, seja coletivo, com maior acesso à saúde de qualidade”, afirmou.

A aprovação aos serviços aumenta à medida em que são utilizados. Do total de beneficiários que precisaram de internação nos últimos 12 meses, 83% se sentiram muito satisfeitos ou satisfeitos.

A taxa de recomendação é também bastante alta, chegando a 80%. E o desejo de continuar com a contratação do serviço aumenta de acordo com a idade, saltando de 60%, para aqueles com menos de 35 anos, para 74% entre os que têm mais de 65 anos.

A percepção de qualidade do serviço vem crescendo. O atendimento é o principal motivo de satisfação com os planos de saúde para 55% dos entrevistados, ante 24% registrados na pesquisa de 2015. Em relação aos canais de atendimento, 75% consideraram que as informações obtidas foram suficientes.

A pesquisa também mostra como a oferta do benefício de um plano de saúde influencia a decisão de aceitar ou não uma nova oportunidade de trabalho. A quase totalidade dos entrevistados (97%) indicou que é muito importante que as empresas ofereçam planos de saúde aos seus colaboradores.

O desemprego é a principal razão alegada pelos entrevistados para deixar de utilizar os serviços dos planos de saúde. “O acesso a um plano de saúde privado está diretamente relacionado a emprego e renda”, disse Valente. “Como não temos perspectivas de geração expressiva de novos empregos no curto e médio prazo, é importante buscarmos caminhos de viabilidade para a volta da oferta de planos individuais”, alertou. Segundo a pesquisa, essas novas alternativas poderiam atender a 73% dos entrevistados que hoje não contam com um plano de saúde, mas gostariam de contratar o serviço.

União Seguradora entrega prêmio de Capitalização 563

Premiação foi no valor de R$ 5 mil reais

União Seguradora entrega prêmio de Capitalização
União Seguradora entrega prêmio de Capitalização

Empresa do Grupo Aspecir, a União Seguradora entregou mais um prêmio de capitalização na Matriz da Coopeder em Belo Horizonte (MG). Ao fazer o seguro de vida, o associado José de Souza da 12ª CRG – Itabira, fez um Plano de Capitalização Vida Flex e concorreu todos os sábados através da extração da Loteria Federal a uma premiação no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

O cheque foi entregue pelas mãos do diretor comercial da União, João Lock, a Dario Rutier, presidente da Coopeder. Presentes na ocasião, estavam Carla Guimarães, da Promisses Corretora, e Cláudio Ramos, da Ramos Assessoria.

Icatu Seguros apresenta show inédito da Rock de Galpão em Florianópolis 461

Icatu Seguros apresenta show inédito da Rock de Galpão em Florianópolis

Show conta com patrocínio master da Icatu Seguros e apoio da Rio Grande Seguros e Previdência

Na próxima quarta-feira, dia 21 de agosto, Florianópolis volta a receber o Rock de Galpão para o show de lançamento do DVD “10 Anos na Estrada”. O espetáculo será no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), às 20h, e promoverá o reencontro do grupo gaúcho com o público da capital catarinense, que foi uma das cidades por onde passou a turnê que deu origem ao seu mais recente trabalho. E desta vez o Rock de Galpão recebe artistas locais para participações especiais.

Formado por Tiago Ferraz (voz e guitarra), Rafa Schuler (guitarra e vocais), Guilherme Gul (bateria), Mestre Kó (teclados e vocais), Gustavo Viegas (contrabaixo) e Guilherme Goulart (acordeon), o Rock de Galpão mescla as sonoridades regionais do cancioneiro gaúcho, brasileiro e latino-americano com as mais contemporâneas e universais formas de fazer música.

A partir dessas sonoridades – como a milonga, o xote e o chamamé – o grupo cria novos arranjos com influências do rock, do reggae, do folk, do blues e de outros ritmos, resgatando a obra de grandes autores como Gildo de Freitas, Cenair Maicá, Mario Barbará, Vitor Ramil, Almir Sater e Atahualpa Yupanqui. “O Rock de Galpão tem a intenção de unir, agregar e divulgar a cultura sulista, tão próxima e tão distante geograficamente. O DVD que marcou os 10 anos do grupo traz músicas que representam a arte de cada estado”, completa Tiago Ferraz.

O DVD “Rock de Galpão – 10 Anos na Estrada” é o registro de diversas apresentações realizadas em turnê pela Argentina e capitais do Sul do Brasil, e contou com as participações especiais de artistas como Humberto Gessinger, Neto Fagundes, Hique Gomez, Hossam Ramzy e Valeria Lynch. O show de Florianópolis apresentará um apanhado dos grandes sucessos que marcaram a trajetória do grupo, e terá as participações do grupo Rédea Solta, do artista plástico Mai Bavoso e das Invernadas Artísticas do CTG Os Praianos, do Grupo de Arte e Cultura Querência Açoriana e do Grupo de Arte e Cultura Ilha Xucra.

Os ingressos para o show no TAC estão à venda na bilheteria do teatro e também no Sympla.

O show conta com o patrocínio master da Icatu Seguros e apoio da Rio Grande Seguros e Previdência, Teatro Álvaro de Carvalho e EXP Transmídia. A realização é da Válvula de Escape Produções Artísticas.

A importância do consultor comercial nas estratégias de venda 606

A importância do consultor comercial nas estratégias de venda

Confira artigo de Giordania Tavares, diretora da Rayflex

Com um mercado cada vez mais competitivo, ter profissionais na linha de frente, dispostos a ouvir, entender e auxiliar nos problemas dos clientes é, sem dúvida, um grande diferencial. Antes de oferecer, logo de imediato, qualquer que seja o produto ou serviço, é preciso ter em mente se o que está sendo apresentado é realmente relevante e faz sentido naquele momento. A venda, por si só, não fideliza o maior ativo de uma empresa, o cliente. É preciso, antes de tudo, fornecer aquilo que ele necessita, respeitando suas características, anseios e objetivos, gerando, portanto, valor agregado em cada bem comercializado.

É neste contexto que o consultor comercial vem para agregar à estratégia de vendas. Conhecido também como consultor técnico, é o responsável por manter a imagem da empresa que representa, identificando as necessidades reais de cada cliente e analisando, assim, sua operação como um todo, de forma a identificar o melhor equipamento para aquela demanda. Algumas características pessoais vem bem a calhar para este profissional, como ter perfil analítico e observador, além de ser capaz de desenvolver habilidades de vendas e comunicação, planejamento e organização, gerenciamento de tempo e conceitos básicos de contabilidade.

Pode até soar exigência determinadas características, mas elas são imprescindíveis para o sucesso da empresa. Vale a pena, portanto, investir em treinamentos para a equipe, pois é uma maneira de capacitar a todos para entender os diferenciais entre cada produto e quais têm relação com a operação do cliente. É importante ter claro que um equipamento sem o rendimento ideal e que não atende a expectativa é sim sinônimo de uma má venda, pois reflete em descontentamento. A reciclagem anual dos profissionais também é bem-vinda e pode ser feita por meio de encontros presenciais ou até webconferências, desde que haja interação e alinhamento entre a empresa e seus consultores.

Nessa profissão, a capacidade de criar e ampliar o networking, prestar um atendimento diferenciado e saber explorar as potencialidades dos produtos é fator decisivo para conquistar os resultados almejados. Planejar e executar adequadamente o pós-venda também se mostra cada vez mais determinante para que os clientes voltem a adquirir o produto ou serviço e façam recomendações positivas do mesmo. Este profissional é de extrema importância para que a empresa conquiste ainda mais clientes e feche bons contratos e também para que seus produtos se tornem conhecidos pelo público.

Redução de custos na saúde interessa a toda a sociedade 642

Redução de custos na saúde interessa a toda a sociedade

Em audiência no Senado, superintendente da FenaSaúde defendeu busca de modelo sustentável para ampliar acesso de consumidores à saúde suplementar

A redução dos custos dos planos de saúde é um objetivo comum dos beneficiários, das operadoras do setor e de toda a sociedade brasileira. A opinião é de Sandro Leal Alves, superintendente de Regulação da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), que participou, no dia 15 de agosto de 2019, de audiência pública no Senado sobre o tema “inflação dos planos de saúde”.

Em sua apresentação, Alves mostrou que as despesas das operadoras de saúde suplementar cresceram 135,4% entre 2012 e 2018. Os custos crescentes, de acordo com o superintendente da FenaSaúde, devem-se a fatores como o envelhecimento populacional, o avanço de doenças crônicas como hipertensão e diabetes, a incorporação de novas tecnologias sem a devida análise da razão entre custo e efetividade terapêutica e o aumento da frequência de utilização dos serviços. “O Brasil é um dos líderes na realizaç&atild e;o de exames de alta complexidade”, exemplificou. “O preço e frequência de uso desses procedimentos têm efeito direto no crescimento da despesa assistencial e, consequentemente, no bolso dos consumidores”, esclareceu.

“Muitos dos preços da saúde suplementar, como próteses implantáveis ou medicamentos de uso exclusivo em hospitais, não são capturados pelo IPCA”, explicou. Para ele, o desafio do sistema de saúde é identificar os motivos pelos quais as despesas assistenciais se situam num patamar acima do poder aquisitivo dos consumidores. “É interesse de todos que os custos se tornem sustentáveis”, disse. “No caso das operadoras, até para que novos consumidores consigam usufruir dos planos de saúde suplementar.”

A audiência pública no Senado foi promovida pela Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização, Controle e Defesa do Consumidor. Além do superintendente de Regulação da FenaSaúde, participaram do encontro Maurício Nunes da Silva, diretor-adjunto de Normas e Habilitação de Produtos da ANS, Ana Carolina Navarrete, pesquisadora do IDEC, e Carlos Octávio Ocké-Reis, economista do IPEA. A audiência foi mediada pelo senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL).

Prudential do Brasil Vida em Grupo realiza primeiro workshop colaborativo com corretores de seguros 532

Prudential do Brasil Vida em Grupo realiza primeiro workshop colaborativo com corretores de seguros

Ação, que acontece em São Paulo e no Rio de Janeiro, tem o objetivo de otimizar o processo de comercialização dos seguros de vida em grupo a partir da troca de experiências entre a companhia e os corretores

A Prudential do Brasil Vida em Grupo acaba de realizar o VG Lab, primeiro workshop colaborativo da empresa com corretores de seguro. A ação, que aconteceu na última terça-feira, 13 de agosto, em São Paulo e terá uma edição no próximo dia 19 de agosto, no Rio de Janeiro, tem o objetivo de otimizar, ainda mais, o processo de comercialização dos seguros de vida em grupo a partir da troca de experiências entre a companhia e os corretores.

Durante o encontro em São Paulo, conduzido em parceria com a Laje Consultoria, especialista em inovação e aprendizagem para organizações, profissionais da Prudential e cerca de 20 corretores habilitados para comercializar os produtos da companhia participaram de dinâmicas com base nas técnicas de Design Thinking, a partir das quais o grupo levantou uma série de ideias, oportunidades e desafios existentes no processo de venda. O resultado foi uma enriquecedora experiência para incrementar a rotina de trabalho.

“O VG Lab representa uma forma inovadora de aproximação da Prudential do Brasil com corretores de seguros na medida em que podemos encontrar, juntos, ferramentas e mecanismos que ampliam ainda mais a qualidade das vendas e a proximidade com os segurados. A iniciativa também fortalece a parceria com os corretores e permite estabelecermos em conjunto o crescimento sustentável no nosso ramo de atuação”, destaca o vice-presidente de Vida em Grupo da Prudential do Brasil, Carlos Guerra.

Divulgação
Divulgação

Para Natan Zalcman, proprietário da Zalcman Corretora de Seguros, o evento pode ser visto como um marco importante para a relação de parceria entre seguradoras e corretores de seguros. “Em 20 anos de experiência no mercado segurador, posso dizer que o movimento de proximidade com os corretores de seguros normalmente acontece de forma unilateral, com as seguradoras promovendo encontros com modelos já embalados de informações sobre produtos e sistema de vendas. O fato de ter esse convite para ouvir o nosso feedback é muito positivo e amplia ainda mais a nossa confiança na companhia”, ressalta.

O primeiro VG Lab da Prudential do Brasil também contou com um quiz ao final do workshop, no qual os corretores vencedores ganharam prêmios como produtos para a casa e um par de ingressos para o Rock in Rio 2019, o maior festival de música e entretenimento do mundo, o qual a Prudential do Brasil será a seguradora oficial este ano. Por fim, o grupo ainda participou de um descontraído happy hour.

O próximo VG Lab será no Rio de Janeiro, dia 19 de agosto, às 13h, no Hotel Prodigy – Santos Dumont (Av. Almirante Silvio de Noronha, nº 365). Após o encontro, também haverá happy hour exclusivo para os participantes convidados no charmoso Xian, que possui uma bela vista para um dos principais cartões-postais da cidade: o Pão de Açúcar.