Como os novos modelos de negócios influenciam no crescimento econômico 2029

César Saut e Oliver Cunningham abordaram o assunto

Os novos modelos de negócios em detrimento do desenvolvimento de novas tecnologias promovidas por startups foi o tema do Tá na Mesa, apresentado nesta quarta-feira (21) pelos empresários César Saut, vice-presidente da Icatu Seguros e presidente da Rio Grande Seguros e Previdência, e Oliver Cunningham, sócio da KPMG no Brasil.

Segundo o estudo Global CEO Outlook 2018, publicado pela KPMG, 40% dos executivos entrevistados têm intenção de criar programas de aceleração de startups. Dentre eles, 38% pensam em colaborar com empresas inovadoras da mesma categoria. Saut destacou a dinamicidade dos modelos de negócios e a importância do investimento em ideias com propósito, enfatizando os modelos de investimento em sistemas de inovação ocorridos em Israel, que segundo ele, não desperdiça capital intelectual: “A Universidade de Israel se orgulha de ter registrado 9280 patentes, com mais de 75% dessas patentes ter se tornado negócios emergidos ou empresas. Um bom programa do exército de Israel nasceu da iniciativa privada de uma startup, o Waze, além de muitas outras”.

Oliver Cunningham e César Saut. Leonardo Ramos/JRS

Para o executivo, hoje as pessoas precisam aprender, desaprender e reaprender para não ficarem desatualizadas com as novas tecnologias que acabam inovando o mercado. “Um dos desafios que as pessoas enfrentam é o curto espaço de tempo para a adaptação às novas tecnologias”, destaca. Mas ele também ressalta que esse desafio advém das gerações nascidas e crescidas nas tecnologias analógicas. As gerações atuais, nascidas com o acesso ao conhecimento virtual ilimitado, e as próximas, estão aptas para a adaptação e a criação de novas estruturas de negócios. Saut destacou o crescimento econômico na China, Alemanha e Israel baseadas no investimento nas startups.

Oliver Cunningham abordou o conceito do modelo industrial promovido por Henry Ford e o seu desaparecimento mediante o desenvolvimento do pós-industrialismo. Para ele, as empresas estão vivendo uma ruptura estrutural gerando a crise do industrialismo: “Nos últimos dez anos as empresas industriais saíram da lista das empresas mais valiosas e as primeiras atuais são todas plataformas de negócios”. As novas empresas têm emergido de investimentos em startups gerando um ecossistema de negócios ligados entre si. “A KPMG migrou para um modelo de monitoramento de startups, tendo o caso de 3 mil startups no Brasil hoje, integrando com o ecossistema israelense com mais 8 mil, ligando com seguradoras chinesas e criando oferta de valor amarrando as pontas muito mais do que uma cadeia de valor clássica”, acrescentou.

Cunningham vê ótimas projeções de desenvolvimento econômico no Rio Grande do Sul por meio desse novo sistema. Apresentou o programa Gaúcho Tech e o panorama inovador do Estado, que possui 26 categorias demonstrando crescimento acelerado nas camadas de inovação e 440 startups em níveis mais desenvolvidas, desenhando um novo perfil econômico do Estado e retendo a sua vocação histórica agroindustrial.

Icatu Seguros: entre as melhores empresas em Satisfação dos Clientes do Brasil 1142

Icatu Seguros: entre as melhores empresas em Satisfação dos Clientes do Brasil

Ranking avaliou mais de seis mil empresas nos mais diversos segmentos

Especialista em pessoas, a Icatu Seguros está pela 3° vez entre as 100 melhores empresas do Brasil em Satisfação dos Clientes. Elaborado pelo Instituto MESC, o ranking avaliou mais de seis mil empresas nos mais diversos segmentos, a partir da opinião de mais de 250 mil clientes.

Para a gerente de Relacionamento da Icatu, Geovana Ramalho, o resultado mostra que a companhia está no caminho certo atuando em projetos para aprimorar a jornada do cliente. “Somos uma seguradora de pessoas e o cliente é o foco central do nosso negócio. Estamos cada vez mais coletando, analisando e agindo com prontidão nos feedbacks dos clientes, capturados em toda jornada de relacionamento que possui conosco. A ampliação de canais digitais para melhor prover conveniência aos nossos clientes também tem sido uma de nossas prioridades”, explica.

Há outro detalhe especial que contribui para este resultado: a Icatu Seguros também foi escolhida pelo quinto ano consecutivo como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil, no ranking Great Place to Work. “Queremos dar a melhor experiência para os clientes e o bom ambiente de trabalho e o clima organizacional são essenciais para essa entrega”, avalia Geovana.

Critérios

O Ranking das Melhores Empresas em Satisfação do Cliente do Instituto MESC avalia seis mil empresas em 42 segmentos de mercado. A pesquisa utiliza a metodologia do Pentagrama da Satisfação do Cliente, que apresenta confiança estatística de 98%. Os entrevistados foram questionados sobre Valor, Atendimento e Execução dos produtos e serviços que compraram ou utilizaram nos últimos 12 meses. Além da pesquisa quantitativa, o Instituto MESC realizou um “cliente oculto” nos canais de atendimento da Icatu. Solução do problema, qualidade das informações passadas e sensibilidade do atendente foram pontos avaliados.

Dia do Cliente

Além do trabalho desenvolvido pelos Canais de Relacionamento, a Icatu aposta em iniciativas que reforçam os propósitos da marca e sua preocupação em oferecer conteúdos que inspirem as pessoas sonhar e construir um futuro melhor para si e sua família. Este ano, para celebrar o Dia do Cliente, a seguradora criou duas playlists especiais no Spotify, uma delas com a curadoria da gravadora Biscoito Fino, no ar desde 15 de setembro.

O canal terá conteúdo musical que representa a essência e a “brasilidade” da companhia, legitimada pela sua cultura de investimento na música nacional. Valores como liberdade, parceria e proteção foram o ponto de partida para a criação da programação do projeto, que representa as cinco regiões do Brasil, seus gêneros e estilos musicais. Basta acessar o perfil Icatu diretamente no Spotify.

SulAmérica é uma das vencedoras do Gaivota de Ouro 2019 392

SulAmérica é uma das vencedoras do Gaivota de Ouro 2019

Companhia foi destaque na categoria “Excelência Melhor Resultado na Carteira de Seguro Condomínio”

A SulAmérica é a vencedora do prêmio Gaivota de Ouro 2019, promovido pela Revista Seguro Total, na categoria “Excelência Melhor Resultado na Carteira de Seguro Condomínio”. Essa é mais uma importante recompensa para a galeria de prêmios da seguradora, que venceu, em diferentes segmentos, nos anos de 2012, 2016, 2017 e 2018.

A SulAmérica atribui a conquista à qualidade dos serviços em Condomínio e ao empenho e dedicação dos colaboradores e corretores de seguros, que se refletiram na satisfação dos clientes e, consequentemente, no reconhecimento que a companhia recebe do mercado.

Nicolas Keter e Viola Chemos vencem a etapa do Rio de Janeiro do Circuito da Longevidade 542

Nicolas Keter e Viola Chemos vencem a etapa do Rio do Circuito da Longevidade

Com a iniciativa, a Bradesco Seguros registra mais de R$ 3,6 milhões repassados a entidades desde que o Circuito da Longevidade foi criado

Cerca de seis mil atletas profissionais e amadores lotaram um dos principais cartões postais brasileiros, a Praia de Copacabana (RJ), na manhã de domingo (15) com a participação nas provas de corrida (6km) e caminhada (3km). Esse é o décimo primeiro ano consecutivo que os cariocas recebem uma temporada do Circuito da Longevidade, patrocinado pelo Grupo Bradesco Seguros.

A atleta de Uganda Viola Chemos foi a grande campeã da prova feminina, com o tempo de 19’52’’. Já entre os homens, o queniano Nicolas Keter subiu no lugar mais alto do pódio, com o tempo de 16’37’’. Os atletas Bradesco Seguros também conseguiram posições de destaque na etapa carioca: Damião Souza e Leandro Prates terminaram na quarta e quinta posições, respectivamente, com os tempos de 17’27’’ e 17’46’’.

Muitos atletas amadores também marcaram presença no Circuito da Longevidade com mais de mil pessoas participantes com mais de 50 anos de idade. Após a corrida de seis quilômetros, foi a vez de o grupo da caminhada suar a camisa, com participantes de diferentes idades vindos de diversas cidades do Brasil. Desde crianças em seu primeiro ano de vida a mais de cem atletas que já passaram dos 70 anos.

Durante o evento, foram oferecidos teste da pisada, avaliação física, massagem e aulões de dança. Por meio de um equipamento de última geração, os interessados tiveram acesso a uma série de dados sobre sua condição física e receberam orientações de profissionais especializados para potencializar o treino e ganhar mais qualidade de vida.

Já no teste da pisada, os participantes foram orientados a utilizar o tênis mais adequado ao seu passo. Todas as etapas do Circuito da Longevidade contam, também, com um bicicletário especial do “Movimento Conviva”, uma iniciativa do Grupo Bradesco Seguros para incentivar a convivência harmoniosa entre ciclistas, motoristas, motociclistas e pedestres.

Esporte com responsabilidade social

Toda a renda obtida com as inscrições é destinada a uma entidade de cunho assistencial indicada pela Prefeitura da cidade. A ação se repete em todas as cidades por onde o Circuito da Longevidade é realizado. Desde que foi criado, mais de R$ 3,6 milhões já foram distribuídos.

A próxima edição do evento já tem data marcada: 27 de outubro em Porto Alegre (RS). As inscrições poderão ser feitas em breve, pelo site Viva Longevidade. Criado em 2007, o projeto incentiva a pratica da atividade física a partir de corridas (6km) e caminhadas (3km), na prova diferentes gerações se encontram em busca dos mesmos objetivos: saúde e convívio social por meio do esporte. A expectativa é reunir mais de 40 mil pessoas na temporada 2018/2019.

Longevos homenageados no palco

Os mais longevos da corrida e da caminhada receberam troféus e homenagens no palco. Ari Velasques, de 95 anos, foi o participante mais longevo da etapa do Rio de Janeiro. Lucio Diniz, velho conhecido do Circuito, também esteve presente e está prestes a completar o marco de 800 corridas pelo Brasil. Só pela Bradesco Seguros, o atleta já correu mais de 90 vezes. Este mineiro, de 76 anos – que começou a correr após se aposentar, aos 55 – bancava do próprio bolso para correr em cidades como Ribeirão Preto até tornar-se, há 10 anos, um dos personagens mais populares do Circuito da Longevidade.

Resultado da Prova

Divulgação
Divulgação

Susep emite parecer jurídico sobre contratação direta de produtos de seguros 595

Susep emite parecer jurídico sobre contratação direta de produtos de seguros

Em carta-circular, a autarquia esclarece que, na venda de seguros por meio de bilhete, a comissão é opcional

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) enviou, nesta segunda-feira (16), ao mercado segurador, uma carta-circular esclarecendo a possibilidade de contratação direta de produtos de seguros via bilhete.

De acordo com parecer jurídico da Procuradoria Federal junto à Susep, em casos de contratação direta de seguros, o recolhimento de comissão é opcional. O parecer foi demandando à Procuradoria em virtude da norma de sandbox, que deverá ser colocada em consulta pública ainda este mês. O entendimento da Susep está em linha com os artigos 18 e 19 da Lei nº 4.594/64

O diretor da Susep Rafael Scherre explica que a ação da autarquia objetiva trazer segurança jurídica para o mercado e, consequentemente, ampliar a concorrência e a oferta de produtos de seguros aos consumidores. “A Susep está atenta aos processos de inovação tecnológica, o que implica diretamente em novas formas de contratação de seguros. Esse é mais um instrumento que visa o desenvolvimento do mercado, buscando oferecer opções e baratear o custo final dos produtos aos consumidores”, argumenta.

Segundo relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil figura entre os países com a maior relação comissão/prêmio do mundo, com 9,77%, enquanto a Dinamarca é o país com a menor relação, com 0,9%. Os Estados Unidos registram 4,8%.

Os dados também apontam que o percentual de comissão em relação ao prêmio no Brasil sobe para 19,80% se for desconsiderado o VGBL, conforme demonstra o gráfico abaixo.

Com essa medida, espera-se que o preço do seguro ao consumidor final seja reduzido e que a base de pessoas seguradas no País aumente.

Divulgação
Divulgação

Confira a carta-circular na integra. 

Portal de Sinistro da Sompo permite acompanhamento das ocorrências em tempo real 580

Portal de Sinistro da Sompo permite acompanhamento das ocorrências em tempo real

Novas funcionalidades disponibilizadas pela seguradora para seguros de Automóvel, Residencial, Condomínio e Empresarial traz “linha do tempo” em que segurado e corretor de seguros acompanham as fases do processo do início ao fim

Andreia Paterniani é diretora de Sinistros da Sompo Seguros / Divulgação
Andreia Paterniani é diretora de Sinistros da Sompo Seguros / Divulgação

Sompo Seguros, empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo –, para incrementar os serviços e melhorar ainda mais a experiência do cliente, acaba de lançar o novo Portal de Sinistro da companhia. A partir de agora, corretores de seguros e segurados dos ramos Automóvel e Ramos Elementares (Residencial, Condomínio e Empresarial) contam com uma série de novas funcionalidades que tornam a comunicação, acompanhamento e conclusão de um sinistro mais dinâmico e ágil. “Com a tecnologia, ao mesmo tempo em que implementamos novas funcionalidades que otimizam os processos, garantimos mais eficiência além de uma melhora substancial na experiência do cliente. Além disso, como o portal é totalmente responsivo, o usuário pode efetuar o acompanhamento dos procedimentos pela tela do computador, tablet ou smartphone”, destaca Andreia Paterniani, diretora de Sinistros da Sompo Seguros.

O novo Portal de Sinistro da Sompo Seguros pode ser acessado por corretores de seguros e segurados meio dos aplicativos e portais do Corretor e do Segurado. Com uma linguagem simples e de fácil entendimento, um novo design também propicia uma melhor disposição das informações disponibilizadas e dos campos para preenchimento.

Funcionalidades

Agora, caso aconteça algo com algum veículo, imóvel residencial, condomínio ou empresa segurados, tanto o corretor de seguros quanto o segurado contam com recursos que facilitam os trâmites juntos à seguradora. Alguns deles são:

  • Abertura de sinistro e possibilidade de abrir mais de um sinistro para terceiros. Caso o cliente não tenha todas as informações em mãos, poderá seguir com o aviso e comunicar os dados do terceiro posteriormente;
  • Acompanhamento do andamento do processo por meio de uma “linha do tempo” atualizada em tempo real;
  • Acesso a todas as informações do processo. Ex.: SMS, correspondências enviadas, liberação de reparos, demonstrativo de indenização, orçamento, pedido de entrega de peças etc.;
  • Possibilidade de baixar e efetuar o envio de documentos;
  • Agendamento de vistoria e escolha da oficina referenciada para o segurado e terceiro, inclusive em casos de seguros Residencial, Condomínio ou Empresarial com danos a veículos (por exemplo, quando o manobrista atinge carros de clientes no estacionamento da empresa);
  • Resumo da apólice e Condições Gerais.

“Por meio do Portal de Sinistro, o corretor de seguros e o segurado acompanham em tempo real cada etapa do processo. Ao ter informação do seu sinistro de forma objetiva e simples, o cliente tem a real compreensão sobre tudo o que é necessário para que seu atendimento seja concluído rapidamente, fazendo com que sua experiência seja a melhor possível.”, conclui Andreia.

Dicas

A ocorrência de um sinistro é sempre um momento delicado na vida das pessoas. Por isso, vale observar algumas dicas simples para agilizar o atendimento ao sinistro:

Contatos – Procure ter sempre em mãos os dados de sua apólice, os contatos de seu corretor de seguros e da seguradora. Na Sompo Seguros, todas essas informações estão reunidas no app Sompo Segurado;

Consulte sua apólice – Todas as informações referentes ao seu seguro, tais como coberturas e limites, estão disponíveis na sua apólice para auxiliá-lo no entendimento do processo de sinistro;

Peça ajuda ao corretor – O corretor é o representante que pode auxiliar o segurado durante todo o processo de sinistro. Por isso, faça contato com ele sempre que necessário;

Informe o que aconteceu – No caso de sinistro é importante a comunicação à Seguradora imediatamente após a sua ocorrência.  Forneça o máximo de informações durante o Aviso de Sinistro. Isso pode agilizar o andamento do processo e nos permite lhe atender com mais eficiência.