Tendências e tecnologias redesenham o setor de seguros 1943

Caroline Capitani foi a palestrante do workshop do SindSegRS

De acordo com a relações públicas, especialista em design digital e inovação e palestrante do workshop do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (SindSegRS), Caroline Capitani, o setor de seguros precisa, cada vez mais, estar atento às tecnologias e tendências que estão redesenhando o segmento. O encontro aconteceu nesta terça-feira (27), na sede da entidade, no coração da Capital gaúcha.

“Temos que olhar para a revolução que a indústria de maneira geral tem vivido, em especial o seguro, e ver o quanto a inteligência artificial tem invadido o setor”, comentou. “Destaco as questões voltadas a dados, pois por meio deles conseguimos ter cada vez mais predição, para não pagarmos o sinistro depois que ele aconteceu, mas sim termos uma antecipação”, exemplificou.

A mudança de comportamento de consumo também merece destaque, defende Caroline. “As pessoas não querem mais ter as coisas, elas querem ter acesso e isso muda muito o mercado de seguros. Como asseguramos questões e bens com uma mudança de consumo nesse sentido?”, indagou. “Temos que salientar a importância da reinvenção, da oxigenação dos negócios e o setor de seguros tem 220 anos no Brasil, desde 1808, e tem muita coisa ainda para ser melhorada, processos para ser reinventados e oxigenados”, complementou.

O presidente do SindSegRS, Guacir Bueno, lembrou da importância de trazer temáticas como essa para a discussão de todos. “Estamos sempre acompanhando as inovações e movimentações, nos mostrando um mercado dinâmico e antenado no que é preciso fazer para se manter atualizado e de acordo com as necessidades dos consumidores”, finalizou.

Carlos Rodrigo Dias da Silva é o novo superintendente matriz da Bradesco Seguros 953

Executivo estava como superintendente da Sucursal Porto Alegre

Carlos Rodrigo Dias da Silva está de mudança para São Paulo. O executivo, que é conhecido carinhosamente pelos gaúchos como Carlinhos, aceitou um novo desafio: o de assumir a função de superintendente matriz das assessorias da Bradesco Seguros

Carlinhos, que até então estava como superintendente da Sucursal Porto Alegre conta com 28 anos de Bradesco Seguros, aceitou o desafio com entusiasmo. “Mais uma vez sendo valorizado pelo meu trabalho, assumindo um novo desafio dentro da organização, saindo de Porto Alegre e indo pra matriz em São Paulo, lá em Alphaville”, comenta. “Vou ficar como superintendente matriz e ficar cuidando de uma carteira muito importante pra companhia que são as assessorias e alguns grupos que temos de corretores, que a gente tem algumas tratativas diferenciadas”, complementa.

Na Capital dos gaúchos, que é a terceira maior sucursal da Bradesco Seguros do Brasil, o executivo permaneceu por dois anos e dois meses. “A saída não é nada fácil, eu só tenho que agradecer o pessoal do Rio Grande do Sul, que me receberam muito bem. Quem tem a imagem de que o pessoal do Sul é frio, tá enganado. Porto Alegre me recebeu com um carinho gigante. As pessoas me acolheram muito bem, souberam me colocar uma tranquilidade pra eu poder fazer um bom trabalho”, destaca.

Ainda não está certo o nome de quem virá para o lugar de Carlinhos na Sucursal Porto Alegre. “Aqui temos uma responsabilidade muito grande, pois é uma sucursal que transforma realmente profissionais em executivos, e com certeza com a minha saída tem várias pessoas querendo vir pro meu lugar. Eu tenho certeza que a Companhia vai analisar e vai colocar um profissional a nível tão grande como o maior aqui de Porto Alegre, para poder dar sequência no trabalho, e realmente deixar os corretores com uma tranquilidade de continuar apostando na empresa”, finaliza.

Jornadas de Transformação da D1 miram no mercado de seguros para promover inovação e disrupção no setor 579

Palestras voltadas à transformação digital para o mercado de seguros contaram com a presença de executivos de tecnologia da HDI Seguros e Youse que compartilharam suas experiências de inovação na área de experiência do cliente

Nesta terça-feira,19, a D1- plataforma que ‌viabiliza‌ ‌o‌ ‌processo‌ ‌de‌ ‌transformação‌ ‌digital‌ ‌para‌ ‌a‌ entrega ‌de melhores‌ ‌jornadas‌ de‌ ‌engajamento‌ ‌no‌ ‌envio‌ ‌de‌ ‌comunicações‌ ‌omnichannel, realizou a segunda edição das Jornadas de Transformação, desta vez focada no mercado de seguros.

O evento foi realizado em parceria com o Distrito Fintech e teve a participação da Superintendente de Tecnologia da HDI Seguros, Fernanda Toscano e do CTO da Youse, Rodrigo Brancher, e também contou com apoio do Amigos do CX. O objetivo do encontro foi trazer experiências e insights que despertem inovação e disrupção no setor por meio da tecnologia como ferramenta para melhorar, principalmente, a experiência do cliente.

No encontro, a HDI Seguros apresentou um estudo sobre o mercado atual com base em dados da CNSeg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização) e FNSeg (Federação Nacional de Seguros Gerais), que aponta que apenas 30% da frota de carros circulantes no Brasil possuem seguro auto.

Já na área de residência, apenas 15% das casas do país possuem cobertura. O déficit mostra uma oportunidade à todas as companhias e o desafio na hora de alcançar esta parcela que ainda não contratou este tipo de serviço.

Pensando nisso, a HDI passou por um um processo de profunda transformação digital que não se limitou apenas às implantações de tecnologia, mas que precisou mudar a cultura de uma companhia tradicional.

Fernanda Toscano explica que todos os projetos começam com estratégias baseadas no uso de design thinking e definição de personas, desta forma eles entram em teste antes da implantação na companhia. Outra mudança foi a simplificação do sistema de cotação pelo site da HDI, um dos pontos mais importantes para a superintendente.

“Quando cheguei na seguradora, não conseguia contratar um seguro, era difícil porque não sabia quais informações colocar para fazer uma cotação, e isso não pode ser assim. A venda de seguros necessita ser pensada para leigos, o cliente precisa ter uma experiência tão agradável como ele tem no Facebook”, afirma Fernanda que contratou os serviços da D1.

Já na Youse, plataforma de venda de seguros online da Caixa Seguradora, a experiência foi completamente diferente, porque a insurtech nasceu em um formato inovador e digital. Mesmo assim, Rodrigo Brancher apontou os pontos importantes para as empresas que desejam ser digitais e inovadoras baseado nas ações da Youse, que se denomina uma empresa nativa digital. Para ele, quando se fala em digital o foco principal são as pessoas, que são divididas em dois grupos: cliente e time.

“O cliente é o ponto de partida e esse é um dos principais valores da Youse. Mas entender o cliente como ponto de partida é uma questão que o mercado associa frequentemente apenas como foco no cliente. Porém, percebemos isso de forma um pouco diferente, porque enxergamos ele como a razão da existência da companhia”, conta Brancher.

“Por isso utilizamos o digital como um meio de acessar diretamente esse consumidor e não somos só nós que pensamos assim, se lembrarmos das empresas referências em cultura centrada no cliente, como a Amazon, por exemplo, o digital pra eles não é só uma tecnologia mais legal, mas sim uma forma de chegar até o cliente e com isso se relacionar direto com ele, permitindo a construção de uma experiência completamente diferente”, complementa.

A D1 realizará mais duas Jornadas da Transformação, uma focada no varejo e a segunda para o setor de saúde, que acontecem ainda no primeiro semestre do ano. Para o CRO da D1 e mediador do meet-up, Alexandre Bazzi, as palestras servem como estratégia de trocas de experiências que tendem a explicar o processo de transformação digital para diferentes áreas do mercado.

“A ideia não é só falar das empresas em si, mas principalmente ouvir esses profissionais para aprender como o que eles estão fazendo para realmente conseguir essa mudança dentro dessas companhias tão diferentes. Isso é uma grande inspiração para todos nós, independentemente de ser uma empresa de software, de seguros, ou uma fintech. Este encontro serve para questionarmos os processos que temos dentro das nossas próprias empresas”, finaliza Alexandre.

Argo Seguros lança o Argo Digital, seu novo ambiente virtual de negócios 726

Nova arquitetura permitirá mais agilidade no lançamento de novos produtos e serviços, além de aprimorar a experiência do usuário

A Argo Seguros acaba de lançar o Argo Digital, seu novo ambiente online para corretores, assessorias e parceiros de negócio. O novo projeto segue a mesma linha do seu antecessor, o Protector, e continuará visando facilitar a distribuição digital dos seus produtos.

As semelhanças, porém, terminam por ai. O layout da nova home é muito mais moderno que a versão anterior e novas funcionalidades foram incluídas. Ferramentas como geração de leads – que visam a captação de informações para facilitar a conquista de novos segurados através dos corretores – e o processo de cotação simplificado, que que era feito anteriormente em sete passos e agora é concluído em apenas dois e em uma única tela.

“Criamos uma nova arquitetura que nos permitirá mais agilidade no lançamento de novos produtos e serviços; e buscamos aprimorar a experiência do usuário, de forma a tornar o processo mais rápido e intuitivo. A nova home tem uma nova proposta visual, direcionada para melhorar a comunicação com nossos clientes e corretores. Em relação a produtos, oferecemos uma nova experiência de compra, além de ferramentas para o corretor criar campanhas para explorar sua base de clientes”, explica Bruno Porte, diretor de Operações e TI da Argo Seguros.

A distribuição de produtos também segue uma nova estratégia da companhia, estabelecida no começo do ano passado. Agora são duas grandes linhas de negócio: Consumer e Corporate. Na primeira estão os seguros voltados para pessoa física e pequenas empresas, como bike, E&O e Equipamentos. Justamente por isso, foram os primeiros a serem integrados na nova plataforma.

Já o Corporate é a linha de negócios que oferece seguros para empresas e também terá novas funcionalidades. Nesse pacote estão soluções para os seguros de Transportes, D&O, Property e Engenharia, além do RC Geral nas áreas de educação, lazer e reformas; e o RC Profissional. “Novos produtos e ferramentas serão introduzidas gradativamente, em um processo que deve levar mais algumas semanas. Teremos novidades para ajudar o corretor a impulsionar novos negócios e diversificar seu portfólio”, finaliza Bruno.

Previsul moderniza Portal do Corretor e Cota+ com tendências do mercado 787

Para facilitar o dia a dia do corretor, a ferramenta está com sua interface mais amigável e funcionalidades mais inteligentes

Com a proposta de ser a Seguradora Digital, a Previsul Seguradora modernizou e trouxe melhorias para o Portal do Corretor e Cota+, cotador online da Companhia. A plataforma, que é um canal exclusivo dos corretores parceiros, possibilita maior controle e acesso às informações dos segurados, como consultas, serviços, downloads de documentos e acompanhamento online do sinistro.

“O corretor de seguros é o principal parceiro da Previsul na comercialização dos produtos e o Portal é uma importante ferramenta de trabalho no seu dia a dia. Por isso, investimos em um time multidisciplinar, desde a equipe comercial, passando por profissionais de TI, Operações e Experiência do Usuário para entregar uma ferramenta ainda mais completa ao nosso parceiro. Esse movimento, associado ao investimento na ampliação de portfólio da Previsul, busca oferecer aos corretores ainda mais opções de negócios”, conta Renato Pedroso, presidente da Previsul Seguradora.

O Portal está com um novo layout mais moderno e intuitivo, acesso mais rápido às informações, segmentações mais inteligentes e novo menu de produtos da Previsul. As atualizações garantem mais autonomia aos corretores.

E não para por aí. A Previsul também realizou melhorias no Cota +, sistema que fica dentro do Portal e faz cotação online de seguros. As inovações trazem um novo mosaico, separado por categoria/ramo do produto, um novo campo de perguntas que direciona o corretor para o produto ideal e mais agilidade na finalização de cotações em aberto.

“Na Previsul, temos o cuidado e uma busca constante por entregar ao corretor soluções que facilitem a sua rotina administrativa proporcionando, assim, mais tempo para se dedicar a fechar negócios. As melhorias do Portal visam trazer mais agilidade no acesso cotidiano às informações, e o Cota+ passou por uma série de melhorias para que o processo de cotação e emissão fiquem ainda mais fáceis. Além disso, o corretor sempre pode contar com a equipe comercial para fomentação de novos negócios e com o Previsul Soluciona para atendimento de dúvidas operacionais”, explica a diretora de Negócios e Marketing, Andréia Araújo.

Com 113 anos de atuação, a Previsul é referência como seguradora Multirriscos no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, com aproximadamente 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul.

Sancor Seguros reforça presença em São Paulo 1050

Companhia fechou parceria com Assecor Assessoria

Na última terça (18), a Sancor Seguros realizou evento de lançamento de sua parceria com a Assecor Assessoria em São Paulo. Além dos representantes de cada empresa, estiveram presentes o presidente da Sincor-SP, Alexandre Camillo, e alguns corretores, que ouviram atentamente dados institucionais do grupo Sancor e suas perspectivas para a nova fase na capital paulista.

Originalmente argentina e consolidada no sul do Brasil desde 2013, a Sancor Seguros tem como objetivo aumentar o cooperativismo, aproveitando a força da representante para levar seus produtos a uma praça tão disputada e importante do país. A ideia é ser uma das grandes fornecedoras do produto “Vida” e ganhar espaço na capital, para que a empresa se desenvolva ainda mais no Brasil.

“Nós ainda não somos conhecidos em São Paulo, então agregamos nossa marca a uma assessoria já conhecida na região, com pessoas de alta relevância no mercado segurador e, com isso, conseguimos passar ainda mais credibilidade ao corretor”, explica o Superintendente Comercial Sancor Seguros, Rosimário Correa Pacheco, sobre a escolha da assessoria.

Para Alexandre Camillo, presidente do Sindicato de Empresários e Profissionais Autônomos da Corretagem e da Distribuição de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP), a parceria tem tudo para dar certo. “Conheci a Sancor na Argentina e foi uma experiência fantástica, tem umas particularidades interessantes – em vez da sede na capital, é localizada no interior de cidades afastadas dos grandes centros. A cidade possui 21 mil habitantes e, chegando lá, você se depara com uma estrutura comparável a grandes empresas, em porte de grandeza, receptividade fantástica, um operacional maravilhoso e um apego ao corretor incondicional. Convivendo com as modernidades e tecnologias que temos, mas com foco no corretor, trazendo essa história para São Paulo juntamente da Assecor, a experiência será promissora”, opina Camillo.

“Esta parceria é um marco”, diz André Oliveira, Diretor das Operações Comerciais da Assecor. “Estamos aqui com três mãos para trabalharmos juntos e dar início a algo grandioso – a da Assessoria, da Sancor e dos Corretores, que farão proposta de valor.”, complementa Oliveira.

A Sancor chegou ao Brasil em 25 de abril de 2013 e já fez as adaptações necessárias para atender as demandas do país, como em sua identidade visual – alterando sua marca para a cor magenta. Em Maringá, iniciou as operações no mesmo ano com seguros de agronegócios, o que a tornou a segunda maior seguradora em grãos no país. Após essa experiência, partiu para outros ramos, como: automóveis, agronegócios, pessoas, empresas, patrimoniais e viagem.

No primeiro ano, 2013, o faturamento da Sancor foi de R$ 3 milhões, já com mais corpo, em 2019, a empresa fechou o ano com mais de R$ 432 milhões – o que representa um crescimento de 27,7% em relação ao último exercício. “Para 2020, nossa projeção é atingir um faturamento de R$ 538 milhões e já pensando em 2021, a meta é fechar o ano com R$ 635 milhões”, explica o Superintendente Comercial Sancor Seguros, Pacheco.

Para Pacheco a missão da empresa de desburocratizar e avaliar caso a caso pretende ser mantida na capital paulista. “A indenização é uma forma de dar continuidade à vida das pessoas e, para isso, é necessário ter responsabilidade e deixar nas mãos das pessoas certas”, reforça o Superintendente Comercial da Sancor.

Fundada em 1945, o Grupo Sancor Seguros é hoje a maior seguradora argentina, com cerca de 5.850.00 segurados, 2.965 colaboradores, 6.900 corretores e 760 escritórios. Sua sede fica em Sunchales, província de Santa Fé, Argentina. Hoje no Brasil a empresa possui estrutura de 1.450.000 segurados, 250 colaboradores, 2.035 corretores e 18 escritórios.