Maioria dos brasileiros não se preocupa com mudanças no mercado de trabalho e com futuro financeiro, mostra pesquisa 614

Maioria dos brasileiros não se preocupa com mudanças no mercado de trabalho e com futuro financeiro, mostra pesquisa

Estudo realizado pela seguradora Zurich e Universidade de Oxford ouviu 1.145 trabalhadores, entre 20 e 70 anos

Grande parte dos brasileiros não está preocupada com as profundas mudanças no mercado de trabalho e com a segurança de ter uma renda no futuro. Essa é uma das constatações da pesquisa ‘Agile Protection – Proteção social: do frágil ao ágil’, produzida pela seguradora Zurich em parceria com a Universidade de Oxford, com tendências de adaptações e estratégias de proteção de renda dos indivíduos, realizada junto a 1.145 trabalhadores brasileiros de 20 a 70 anos. A Agile Protection é um desdobramento do estudo Income Protection Gaps (IPGs), de 2018, sobre as lacunas de proteção de renda, e mostra que 65% dos brasileiros especializados em trabalho “braçal”, e 73% dos profissionais da área do conhecimento e criação, não têm receio de serem substituídos por tecnologias.

O estudo também mostra que mesmo diante das transformações no mercado de trabalho que impactam diretamente na renda, é baixo o número de brasileiros que se preocupa com o futuro financeiro, principalmente os mais jovens. Só 23% dos mais novos de 20 a 29 anos e 30% aqueles de 30 a 39 anos afirmaram que ter dinheiro para a aposentadoria é a maior preocupação.

Os dados fazem parte de um amplo levantamento realizado com 16.894 indivíduos de 20 a 70 anos, com alguma ocupação no mercado de trabalho em 15 países (Brasil, México, Austrália, Reino Unido, Irlanda, EUA, Espanha, Itália, Alemanha, Suíça, Emirados Árabes Unidos, Malásia, Hong Kong, Romênia e Japão). Participaram da pesquisa 1.145 brasileiros com uma renda mensal média de R$ 5.561,90. A coleta de dados online aconteceu de fevereiro a março deste ano com grupos divididos em jovens da geração millennials (20-29 anos), adultos da geração millennials (30-39 anos), adultos da geração X (40-54 anos) e baby boomers (55-70 anos). De acordo com o levantamento, em todas as estratificações analisadas, considerando idade e gênero, não há uma percepção clara do poder disruptivo das tecnologias e as suas consequências no tradicional modelo de trabalho.

Para Edson Franco, CEO da Zurich no Brasil, o modelo tradicional de se ter um único emprego ou uma única carreira por toda a vida não é mais a única possibilidade de trajetória, mas para isso é necessário um planejamento profissional e financeiro. “As inovações criam novos modelos de trabalho e mais liberdade para as pessoas. Entretanto, à medida que a flexibilidade dos trabalhadores aumenta, eles também tornam-se mais suscetíveis a perdas em relação a estabilidade de emprego e de renda. Nesse sentido, o estudo traz uma valiosa contribuição para refletirmos sobre o futuro dos empregos e a estabilidade financeira dos trabalhadores”, complementa o executivo.

Estabilidade no emprego

A maioria é conservadora em relação à estabilidade no emprego: 79% com idade entre 40 a 54 anos, 73% com 55 anos ou mais e 70% de 30 a 39 anos, disseram ser improvável deixar o atual emprego voluntariamente para uma mudança na vida profissional. Na análise por gênero, 80% das mulheres e 77% dos homens não pretendem deixar o trabalho.

A reciclagem profissional aparece com uma estratégia para se manterem empregados. A qualificação profissional é uma preocupação tanto pela maioria dos trabalhadores que executam trabalho “braçal” (81%), quanto para os profissionais da área do conhecimento e criação (85%).

Futuro financeiro incerto

A Agile Protection também revela que é baixo o número de brasileiros que se preocupa com o futuro financeiro. Apenas 23% dos jovens 20 e 29 anos e 30% dos que têm de 30 a 39 anos afirmou que ter dinheiro para a aposentadoria é a maior preocupação. O índice só aumenta um pouco entre os mais velhos: 44% dos baby boomers e 42% daqueles da geração X têm o mesmo sentimento.

Segundo a pesquisa, pagar conta mensal ainda é a principal preocupação para 49% dos jovens de 20 a 29 anos e para 46% dos adultos de 30 a 39 anos. As contas mensais também pesam para 43% dos adultos de 40 a 54 anos.

Outro indicador mapeado pelo levantamento foi o total de brasileiros que conseguiram guardar dinheiro no ano anterior. Dos 1.145 participantes, só 47% dos entrevistados de 55 anos ou mais, e 41% dos jovens de 20 a 29 anos afirmaram ter conseguido constituir uma reserva financeira em 2018. O grupo de brasileiros de 40 a 54 anos poupou menos. Só 36% guardou dinheiro em 2018. “Há um sentimento geral da necessidade de um planejamento financeiro de longo prazo para se ter um complemento de renda no futuro. Mas, no curto prazo, as despesas domésticas mensais ainda comprometem grande parte da renda dos brasileiros, principalmente aqueles com renda inferior a R$ 5 mil”, diz o executivo.

Mesmo não se preparando para fazer frente às profundas mudanças no mercado e poupando pouco, segundo o estudo, a maioria dos brasileiros está otimista quanto ao futuro financeiro. Para 79% dos trabalhadores que executam trabalho “braçal” e 82% dos profissionais da área do conhecimento e criação, a sua situação financeira vai melhorar.

Seguro de vida

Os brasileiros ainda têm pouco conhecimento sobre instrumentos de proteção de renda familiar e pessoal, segundo a Agile Protection. Apenas 10% das mulheres e 15% dos homens afirmaram ter familiaridade com o seguro de vida. O seguro para proteção de renda também só é conhecido por 10% das mulheres e 14% dos homens.

Na mostra analisada por gênero, a maioria das mulheres (90%) e dos homens (88%) disse não ter um seguro de vida ou um seguro de proteção de renda.

Na análise por faixa etária, 91% dos participantes com idade entre 40 e 54 anos, e 90% daqueles de 30 a 39 anos e 55 anos ou mais não têm nenhum dos dois seguros. Entre os jovens millenials de 20 a 29 anos, também é baixa a penetração do seguro de vida e do seguro de proteção de renda: 84% não os têm. “O índice de conhecimento e de aquisição de seguros ainda é baixo entre os consumidores brasileiros, por isso nosso desafio é informá-los sobre a importância de uma proteção para a renda familiar. Isso deve ser feito com forte investimento em educação financeira”, diz.

Em relação aos planos de previdência privada, o conhecimento é maior em comparação à familiaridade que os brasileiros têm com os seguros: 40% dos homens e 25% das mulheres participantes do estudo sabem o que uma previdência privada. “Mesmo sendo mais conhecido, apenas 6,17% da população brasileira e 14,8% do total de pessoas com alguma ocupação no mercado de trabalho têm um plano de previdência para constituir uma reserva de longo prazo”, avalia o executivo, ressaltando que é necessária uma conscientização de que os dois produtos são complementares.

Desdobramentos

A pesquisa Agile Protection produzida pela seguradora Zurich em parceria com a Universidade de Oxford (Smith School of Enterprise and the Environment), traz uma completa análise sobre as decisões financeiras e profissionais dos individuos diante das profundas mudanças no mercado de trabalho, e o papel do seguro de vida e da previdencia privada no planejamento de longo prazo dos entrevistados dos 15 países.

O estudo prevê para outubro de 2019 outro relatório tratando das questões apresentadas na pesquisa Agile Protection, apresentando uma visão global e peculiraidades de cada país.

Em 2020, em uma nova rodada, a seguradora Zurich e a Universidade de Oxford vão tratar de outros temas do ponto de vista dos empregadores em um levantamento sobre políticas e práticas em diversos países, e como as circunstâncias específicas de cada país podem estruturá-las.

Posteriormente, a seguradora e a universidade publicarão uma série de recomendações para melhorar a proteção financeira dos indivíduos – inclusive trabalhadores com empregos não-tradicionais. As recomendações serão direcionadas a governos, empregadores, seguradoras e outras instituições financeiras e intermediárias, assim como a indivíduos e famílias.

Mais informações sobre a Income Protection Gaps (IPGs) 2018 neste endereço.

Bradesco Dental lança plano odontológico para o segmento premium corporativo 675

Bradesco Dental lança plano odontológico para o segmento premium corporativo

Bradesco Dental Prívian oferece rede credenciada exclusiva para atendimento personalizado e pacote de serviços Concierge

A Bradesco Seguros lança o Bradesco Dental Prívian, plano odontológico corporativo focado no segmento premium. O produto foi desenvolvido especialmente para quem busca exclusividade e excelência no atendimento. Entre as qualidades do novo produto está uma rede exclusiva de dentistas especializados para atendimento diferenciado, além de contar com ampla cobertura.

Outro importante diferencial do Bradesco Dental Prívian é a possibilidade de contar com serviços exclusivos do Bradesco Dental Concierge, proporcionando todo o cuidado necessário ao beneficiário. Entre os destaques que o Concierge do plano oferece estão: personal assistant – consultor dedicado para atendimento personalizado dos beneficiários; indicação de dentista no exterior; reembolso internacional; reembolso digital em até 48 horas úteis; Spa Day odontológico com equipe dedicada para a realização de todo o tratamento em um único dia.

“O Dental Prívian foi um produto especialmente desenvolvido para categoria premium, pensando em todos os detalhes para que o beneficiário tenha todo o conforto, desde a escolha do profissional ao tratamento, independentemente de onde ele estiver, garantindo uma experiência única”, comenta Marta Esposito Peixoto, Gerente de Relacionamento Prívian.

Os planos Bradesco Dental Prívian, além de contarem com ampla cobertura – prótese completa, clareamento e implante – podem ser utilizados logo após a contratação, por não haver carência. Além disso, todos os tratamentos, mesmo os realizados fora da Rede Credenciada, contam com valores de reembolso diferenciados, e são acompanhados pela equipe interna de Gestão da Qualidade composta por Cirurgiões Dentistas para garantir a excelência e segurança dos beneficiários.

LGPD entra em vigor nesta sexta-feira; empresas precisam se adequar o quanto antes 681

LGPD entra em vigor nesta sexta-feira; empresas precisam se adequar o quanto antes

Especialista afirma que companhias devem garantir segurança e privacidade em operações

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou a lei nº 13.709 e com isso a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) começa a valer a partir desta sexta (18). Após a publicação no Diário Oficial da União, a série de medidas para proteger os dados e a privacidade do cidadão, como evitar vazamentos de dados, empresas e órgãos públicos deverão adotar medidas para ficarem em conformidade com a nova lei.

Com a vigência, empresas precisam se adequar o quanto antes para cumprir os requisitos da nova legislação. É o que diz Adriano Mendes, advogado especializado em Direito Digital, Empresarial e Proteção de Dados. O especialista, que também é consultor para assuntos jurídicos da Trend Micro, empresa líder global em cibersegurança, afirma que mais importante do que a data que a lei passará a valer é o movimento que as companhias em geral devem fazer para que consigam endereçar as exigências da legislação no que tange ao trato e à proteção das informações dos usuários.

“Agora, desde quando a lei entrou em vigor é o de menos, uma vez que as empresas ainda não olharam para as suas implicações. As que não estão se adequando estão perdendo tempo. Ou seja, aquelas que ainda não se adequaram à legislação, deveriam estar fazendo isso independente da vigência da lei”, diz Mendes. Para o especialista, o que as companhias precisam realizar no momento é um assessment interno, de modo a verificar quais aspectos da sua operação estariam mais sensíveis às readequações de acordo com a LGPD.

Apesar da vigência da LGPD, a criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão responsável por fiscalizar e normatizar a aplicação da lei, segue ainda com futuro incerto. Falta a nomeação dos seus diretores pelo presidente da República para a sabatina e ratificação do Senado.

Independente da resolução sobre a validade da lei e suas implicações, Mendes avalia que as empresas não podem aguardar as definições das normativas regulatórias para se adequarem à LGPD. O especialista afirma que companhias de diversos setores terão impacto muito grande nas suas receitas financeiras caso sejam penalizadas pelo não cumprimento da lei. “Empresas com faturamento acima de R$ 1 bilhão, especialmente àquelas com lucro na faixa de 5% da sua receita, além de sociedades controladoras que possuem um grande volume de dados, são as companhias que mais precisam estar preocupadas com os impactos de não adequação à LGPD”, afirma.

O consultor jurídico da Trend Micro ressalta que daqui para frente as empresas devem adotar os conceitos de security and privacy by design. Ou seja, todas as iniciativas adotadas dentro das operações das organizações já devem conter  tanto o fator de segurança como de privacidade na sua concepção. “É importante que as companhias tenham claro que medidas de segurança e processos deverão ser documentados para mostrar a transparência e a governança também para a LGPD”, diz.

As empresas e os negócios têm o desafio de se adequar aos requerimentos e procedimentos descritos na LGPD para garantir os direitos dos titulares, a aderência aos princípios e fundamentos da Lei, bem como aos procedimentos de resposta a incidentes e aos titulares. “Mapear e monitorar quais circunstâncias a operação coleta, armazena e manipula dados que envolvam informações de pessoas físicas identificadas ou identificáveis é passo primordial. Depois, avaliar se essas informações foram coletadas da maneira correta e qual base legal é a adequada para que se justifique seu uso”, ressalta Mendes.

Estudo recente da Trend Micro apontou que a LGPD se aplica a qualquer tipo de negócio e gera reflexões sobre a quantidade de informações que são recolhidas e para qual finalidade. Também há questões que envolvem o compartilhamento de dados com outras empresas e negócios. Mesmo que seja um datacenter, um provedor de hospedagem ou um call center, os fluxos de dados precisam agora ser identificados e analisados para saber como será necessário documentar e o que informar na relação de Controlador e Operador e do Controlador e os direitos dos titulares, avalia o relatório da Trend Micro.

Panvel abre 500 vagas de trabalho no Rio Grande do Sul 579

Panvel abre 500 vagas de trabalho no Rio Grande do Sul

Do total de vagas, 160 são para trabalhar em lojas de Porto Alegre (RS)

A rede Panvel está oferecendo 500 vagas de emprego distribuídas entre as cidades no Rio Grande do Sul. As oportunidades destinam-se principalmente às lojas de Porto Alegre, região metropolitana, Santa Maria, Bento Gonçalves, Passo Fundo, Pelotas, Rio Grande, Caxias do Sul e Litorais Norte e Sul. Os novos postos são para os cargos de Farmacêuticos e Balconistas. Do total de vagas, 160 são para trabalhar em lojas de Porto Alegre (RS).

Os candidatos interessados em trabalhar na Panvel devem acessar este site, e clicar em “carreira” ou acessar o site e clicar em “Trabalhe conosco”, onde poderão visualizar as oportunidades disponíveis e se cadastrar na vaga de seu interesse ou ainda, podem encaminhar seu currículo para o e-mail vagas@grupodimed.com.br, informando no assunto a cidade e cargo de interesse. Para a função de Balconista é necessário ter Ensino Médio Completo e para Farmacêutico, Superior Completo em Farmácia e CRF ativo. Ambas oportunidades exigem que o candidato tenha mais de 18 anos e resida nas cidades em que vai concorrer à vaga.

Entre os benefícios oferecidos pela Panvel estão vale-transporte, vale-refeição, assistência médica, convênio farmácia com desconto em toda rede Panvel, PLR (plano de participação nos lucros), convênios com instituições de ensino e bonificação variável por atingimento de metas.

Troféu JRS 2020: Qual a corretora de seguros destaque do ano de 2020? 16382

Troféu JRS 2020: Qual a corretora de seguros destaque do ano de 2020?

Votação vai até às 23h59min do dia 23 de setembro no site do JRS

Chegou a hora do público eleger a Corretora de Seguros Destaque do Ano de 2020. A votação desta categoria do Troféu JRS 2020 começa nesta quinta (17) e vai até às 23h59min do dia 23 de setembro. Os vencedores serão conhecidos na cerimônia de reconhecimento, que acontece em formato Drive-In, completamente adaptada às recomendações para evitar a disseminação do covid-19. O evento será realizado no Estacionamento 4 do Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS).

Vote na etapa Corretora de Seguros (PF ou PJ) até às 23h59min do dia 23 de setembro:

A votação acontece no site do JRS e no hotsite do Troféu JRS. Nesta quarta terminou a escolha do Prestador de Serviços Destaque do Ano de 2020. Além da atual etapa, voltada à empresas que atuam no mercado de corretagem de seguros ou corretores Pessoas Físicas, também será eleita pelo público a Seguradora Destaque do Ano de 2020.

Faça campanha para sua empresa favorita

Abaixo disponibilizamos alguns itens para facilitar a criação de materiais para as redes sociais. Não esqueça de marcar @jrs.digital no Instagram!

Cronograma e regras:

  • Podem ser votadas seguradoras devidamente habilitadas pela Susep.
  • Podem ser votadas corretoras PF e PJ devidamente habilitadas pela Susep.
  • Podem ser votadas entidades, empresas e organizações prestadoras de serviços para o ecossistema de seguros.
  • Cada pessoa tem direito a um voto atrelado ao seu nome e e-mail.
  • Nomes e e-mails que estiverem duplicados, serão desconsiderados.
  • E-mails inválidos serão votos desconsiderados.
  • Data das etapas:
    Etapa Prestadoras de Serviço: de 20h do dia 13 de setembro às 23h59min do dia 16 de setembro.
    Etapa Corretoras de Seguros: de 20h do dia 17 de setembro às 23h59min do dia 23 de setembro.
    Etapa Seguradoras: de 20h do dia 24 de setembro às 12h do dia 27 de setembro.
  • Os vencedores serão convidados a participar da cerimônia de reconhecimento, no dia 27 de setembro, no Estacionamento 4 do Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS). Será ofertado apenas um convite para um veículo com até 4 pessoas por vencedor. O promotor desta ação não arcará com custos de deslocamento e/ou hospedagem dos vencedores.
  • Serão divulgadas prévias diárias com o resultado das votações, através do Instagram do JRS, entre os dias 14 e 26 de setembro, por volta das 18h.

 

Ver essa foto no Instagram

 

🔥🔥🔥Qual a Corretora de Seguros Destaque do Ano de 2020? 🔥🔥🔥 . Chegou a hora do público eleger a Corretora de Seguros Destaque do Ano de 2020. A votação desta categoria do Troféu JRS 2020 começa nesta quinta (17) e vai até às 23h59min do dia 23 de setembro. Os vencedores serão conhecidos na cerimônia de reconhecimento, que acontece em formato Drive-In, completamente adaptada às recomendações para evitar a disseminação do covid-19. O evento será realizado no Estacionamento 4 do Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS). . A votação acontece no site do JRS e no hotsite do Troféu JRS. Nesta quarta terminou a escolha do Prestador de Serviços Destaque do Ano de 2020. Além da atual etapa, voltada à empresas que atuam no mercado de corretagem de seguros ou corretores Pessoas Físicas, também será eleita pelo público a Seguradora Destaque do Ano de 2020. . Saiba mais em @jrs.digital ou nos links disponíveis na bio e nos stories! 🏆

Uma publicação compartilhada por JRS | Seguro Sem Mistério (@jrs.digital) em

Patrocinadores:

Entre os Patrocinadores Ouro estão Icatu Seguros, Rio Grande Seguros e Previdência, HDI Seguros, Mapfre, SulAmérica, Bradesco Seguros, MAG, Omint Saúde e Seguros, Fracel Corrretora de Seguros, Grupo Caburé Seguros, App Anjo, Grupo Life Brasil, Seguros Sura, Capemisa Seguradora e Agrifoglio Vianna Advogados Associados.
Patrocinadores Prata: Porto Seguro, União Seguradora, Grupo Aspecir, GBOEX, Neo Executiva Corretora de Seguros, ZL Brasil Corretora de Seguros, Caprice, ViverBem, Sancor e Caixa Seguradora.
Patrocinadores Bronze: MBM Seguro de Pessoas, SINDSEG RS, KSA Corretora de Seguros, Expermed e Solaris Corretora de Seguros.

Troféu JRS: Começa hoje, a partir das 20h, votação para escolher a Corretora de Seguros Destaque do Ano 4041

Troféu JRS: Começa hoje, a partir das 20h, votação para escolher a Corretora de Seguros Destaque do Ano

Evento será realizado no Estacionamento 4 do Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS)

Chegou a hora do público eleger a Corretora de Seguros Destaque do Ano de 2020. A votação desta categoria do Troféu JRS 2020 começa nesta quinta (17), a partir das 20h, e vai até às 23h59min do dia 23 de setembro. Os vencedores serão conhecidos na cerimônia de reconhecimento, que acontece em formato Drive-In, completamente adaptada às recomendações para evitar a disseminação do covid-19. O evento será realizado no Estacionamento 4 do Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS).

A votação acontece no site do JRS e no hotsite do Troféu JRS. Nesta quarta terminou a escolha do Prestador de Serviços Destaque do Ano de 2020. Além da atual etapa, voltada à empresas que atuam no mercado de corretagem de seguros ou corretores Pessoas Físicas, também será eleita pelo público a Seguradora Destaque do Ano de 2020.

Vote na etapa Corretora de Seguros (PF ou PJ) até às 23h59min do dia 23 de setembro:

Faça campanha para sua empresa favorita

Abaixo disponibilizamos alguns itens para facilitar a criação de materiais para as redes sociais. Não esqueça de marcar @jrs.digital no Instagram!

Cronograma e regras:

  • Podem ser votadas seguradoras devidamente habilitadas pela Susep.
  • Podem ser votadas corretoras PF e PJ devidamente habilitadas pela Susep.
  • Podem ser votadas entidades, empresas e organizações prestadoras de serviços para o ecossistema de seguros.
  • Cada pessoa tem direito a um voto atrelado ao seu nome e e-mail.
  • Nomes e e-mails que estiverem duplicados, serão desconsiderados.
  • E-mails inválidos serão votos desconsiderados.
  • Data das etapas:
    Etapa Prestadoras de Serviço: de 20h do dia 13 de setembro às 23h59min do dia 16 de setembro.
    Etapa Corretoras de Seguros: de 20h do dia 17 de setembro às 23h59min do dia 23 de setembro.
    Etapa Seguradoras: de 20h do dia 24 de setembro às 12h do dia 27 de setembro.
  • Os vencedores serão convidados a participar da cerimônia de reconhecimento, no dia 27 de setembro, no Estacionamento 4 do Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS). Será ofertado apenas um convite para um veículo com até 4 pessoas por vencedor. O promotor desta ação não arcará com custos de deslocamento e/ou hospedagem dos vencedores.
  • Serão divulgadas prévias diárias com o resultado das votações, através do Instagram do JRS, entre os dias 14 e 26 de setembro, por volta das 18h.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Chegou a hora do público eleger a Corretora de Seguros Destaque do Ano de 2020. A votação desta categoria do Troféu JRS 2020 começa nesta quinta (17), a partir das 20h, e vai até às 23h59min do dia 23 de setembro. Os vencedores serão conhecidos na cerimônia de reconhecimento, que acontece em formato Drive-In, completamente adaptada às recomendações para evitar a disseminação do covid-19. O evento será realizado no Estacionamento 4 do Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS). . A votação acontece no site do JRS e no hotsite do Troféu JRS. Nesta quarta terminou a escolha do Prestador de Serviços Destaque do Ano de 2020. Além da atual etapa, voltada à empresas que atuam no mercado de corretagem de seguros ou corretores Pessoas Físicas, também será eleita pelo público a Seguradora Destaque do Ano de 2020. . Saiba mais em @jrs.digital ou nos links disponíveis na bio e nos stories!🚀

Uma publicação compartilhada por JRS | Seguro Sem Mistério (@jrs.digital) em

Patrocinadores:

Entre os Patrocinadores Ouro estão Icatu Seguros, Rio Grande Seguros e Previdência, HDI Seguros, Mapfre, SulAmérica, Bradesco Seguros, MAG, Omint Saúde e Seguros, Fracel Corrretora de Seguros, Grupo Caburé Seguros, App Anjo, Grupo Life Brasil, Seguros Sura, Capemisa Seguradora e Agrifoglio Vianna Advogados Associados.
Patrocinadores Prata: Porto Seguro, União Seguradora, Grupo Aspecir, GBOEX, Neo Executiva Corretora de Seguros, ZL Brasil Corretora de Seguros, Caprice, ViverBem, Sancor e Caixa Seguradora.
Patrocinadores Bronze: MBM Seguro de Pessoas, SINDSEG RS, KSA Corretora de Seguros, Expermed e Solaris Corretora de Seguros.