Staff internacional da Seguros Sura promove reunião de relacionamento no Brasil 1647

Executivos receberam corretores de seguros gaúchos e devem visitar outras cidades

A Seguros Sura recebeu os corretores de seguros parceiros em reunião de relacionamento na terça-feira (12), na Capital dos gaúchos. O objetivo foi apresentar os executivos colombianos e brasileiros e mostrar a gestão da companhia, explicar de que forma visualizam o cenário brasileiro e o quanto apostam no país.

“É sempre um prazer estar aqui, pois, na seguradora, tradicionalmente gostamos de visitar as cidades sempre que podemos, geralmente duas vezes ao ano, como uma maneira de estar em contato com o negócio e com nossos parceiros”, destacou o presidente mundial da Seguros Sura, Gonzalo Perez Rojas. “E é por isso que estamos em Porto Alegre, para conhecermos a operação, pelo apoio em todos esses anos que essa região, que sempre cresceu muito bem, nos concede e pelos corretores que acreditam na Sura”, acrescentou.

O Vice-presidente de Subscrição e Canais, Cristiano Saab, pontua sobre a importância das visitas que o staff colombiano promove no Brasil. “Vocês corretores escutam muito da nossa visão de futuro e bem estar, pois são coisas que determinamos como companhia e hoje vocês conseguem visualizar quem é a nossa companhia”, comentou. Os executivos estavam acompanhados da Vice-presidente Juana Cadavid, do VP de Recursos Humanos Sergio Montoya, do CEO Brasil Thomas Batt, da VP brasileira de Recursos Humanos Denise Conde, do VP Técnico Eduardo Gabriel Bugallo, do VP de Tecnologia Luís Ramos e da gerente comercial Fabiana Mello.

Por unanimidade, Altevir Prado é eleito presidente do Sindseg PR/MS 1470

Nova diretoria assume a partir do dia 15 de fevereiro

O Sindicato das Seguradoras do Paraná e do Mato Grosso do Sul (Sindseg PR/MS) elegeu sua nova diretoria durante a terça-feira, 14. Por unanimidade, o superintende da Bradesco Seguros na Região Sul Altevir Prado foi eleito presidente da entidade, em conjunto com a diretoria, que conta com Gustavo Henrich, vice-presidente da Junto Seguros, como vice-presidente.

A nova diretoria toma posse a partir do dia 15 de fevereiro. SindSeg PR/MS

Altevir Prado possui Mestrado em Economia pela Unisinos e Doutorado em Economia do Desenvolvimento pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), com parte do seu doutorado realizado na Espanha, assumiu a Regional Sul da Bradesco Seguros em 2019. “É um sentimento de felicidade e ao mesmo tempo de um enorme compromisso que a gente passa a assumir, oficialmente, a partir de agora. Eu acho que é preciso lembrar que o Sindseg Paraná/Mato Grosso do Sul é uma das instituições mais antigas do país, praticamente centenária, e um dos sindicatos de maior representatividade e de maior respeito em todo país”, destacou ao JRS o novo presidente.

Ele e a diretoria eleita tem à frente o desafio de suceder a equipe que tinha como presidente João Gilberto Possiede, que soma mais de 70 anos de mercado segurador. “A sucessão no Paraná talvez seja uma das mais emblemáticas do país porque estamos continuando o trabalho de João Gilberto Possiede, que é uma lenda no mercado de seguros brasileiro, talvez como Miguel Junqueira foi no Rio Grande do Sul”, lembrou. “Substituí-lo é uma responsabilidade gigantesca. Então tem essa parte emblemática de não ser só uma eleição ou uma sucessão simples, mas, sim, uma sucessão emblemática que marca o encerramento de um ciclo para a abertura de um novo tempo na entidade”, acrescentou.

Prado ainda contou com exclusividade ao JRS que a diretoria eleita, sob seu comando, caminhará sob quatro eixos: ações coletivas e democráticas, respeito à cultura e tradições da instituição, a modernização do Sindseg PR/MS e promoção do protagonismo da entidade. “Estamos prestes a comemorar os cem anos e uma das principais missões, dentro desses quatro eixos, é preparar o Sindicato para os próximos cem anos. Ou seja, construir as bases ao comemorar o centenário e prepará-lo para as próximas gerações, o que é um desafio muito grande”, concluiu.

A trajetória completa do presidente da entidade foi destaque na edição 231 da Revista JRS. Leia em A fantástica trajetória de Altevir Prado.

Diretoria Sindseg PR/MS 2020/2022

Presidente: Altevir Dias do Prado Bradesco Seguros
Vice-Presidente: Gustavo Henrich Junto Seguros
Diretor Financeiro: Moacir Abba de Souza HDI
Diretor 2º Financeiro: Leandro Ariel Poretti Sancor
Diretor Secretário: João Maria Francisco Centauro On

Conselho Fiscal
Conselheiro Efetivo: Vanderlei Scarpanti Mapfre Seguros
Conselheiro Efetivo: Wilson Bessa Pereira AIG
Conselheiro Efetivo: Ulisses Ferreira Caldeira Sompo
Conselheiro Suplente: Luciano Ambrosini Allianz
Conselheiro Suplente: Luciana Maria de Almeida Gomes Porto Seguro
Conselheiro Suplente: Luciana Alves Sobreda Zago Tokio Marine

Conselho de Representantes junto à Fenaseg
Membro efetivo: Altevir Dias do Prado Bradesco Seguros
Membro suplente: Gustavo Henrich Junto Seguros

AIG anuncia os 20 grandes vencedores do Rally dos Corretores 2019 684

Cerca de 8 mil corretores participantes também concorreram a recompensas instantâneas

A última edição da campanha de relacionamento e incentivo da AIG Rally dos Corretores superou as expectativas, com o crescimento significativo em prêmios nos seguros de Riscos Cibernéticos (Cyber), RD Equipamentos voltado para o maquinário de construção civil e agro (linhas amarela e verde) e Responsabilidade Civil Geral. Como resultado, 20 representantes de corretoras e assessorias de São Paulo (capital e interior), Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Bahia estarão com a AIG na Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, para um rally de regularidade exclusivo em meio à paisagem dos canyons da região.

Além do grande prêmio, os cerca de 8.000 corretores participantes concorreram a recompensas instantâneas de acordo com o produto e desafio proposto a cada mês. Os produtos participantes foram: CyberEdge® (riscos cibernéticos), seguro Patrimonial, seguro de RD (Riscos Diversos) Equipamentos de linhas amarela (construção civil) e Equipamentos linha verde (agrícola), seguro de Responsabilidade Civil Geral e Seguro Viagem Corporativa. “De março a novembro, centenas de parceiros atingiram as metas mensais e puderam escolher o resgate de prêmios a partir das transações feitas no Portal”, explicou Rodrigo Valadares, Gerente de Corretores Nacionais da AIG.

Até o final do Rally 2019, a AIG promoveu cerca de 30 treinamentos sobre produtos e tendências no setor, entre encontros presenciais e online, com cerca de 1.500 corretores participantes nas diferentes regiões. “Durante a campanha e por meio dos nossos treinamentos, buscamos apresentar os diferentes riscos presentes nos mais variados negócios e como os Seguros AIG atuam como aliados na continuidade do negócio das empresas”, afirmou Rodrigo.

Crescimento em prêmios e cotações

Com o Rally dos Corretores, os seguros RD Equipamentos e Cyber superaram os 100% de crescimento em prêmios emitidos (GPW). Outro destaque foi o crescimento na procura e cotação pelos seguros RC Geral e Cyber. “Ao trabalharmos junto com os corretores, podemos contribuir para que explorem novas oportunidades de diversificação dos negócios”, completa Rodrigo.

Guilherme Bini eleito presidente do SindSeg RS 1920

Nova diretoria assume a partir do dia 15 de fevereiro

Guacir Bueno (à direita) entregará presidência da entidade a Guilherme Bini (à esquerda) no dia 15 de fevereiro. Filipe Tedesco/JRS

O Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (SindSeg RS) escolheu nesta terça-feira, 14, seu próximo presidente. A partir do dia 15 de fevereiro, o paranaense Guilherme Bini substituirá Guacir Bueno nos próximos dois anos. Alberto Muller, diretor da Sompo, e Rubens Oliboni, diretor da HDI, assumirão as vice-presidências. Bueno foi presidente do SindSeg RS nos últimos quatro anos, tendo se reelegido em 2018. A definição do novo presidente é feita a partir de uma votação com participação de representantes das empresas associadas ao Sindicato.

Guilherme Bini possui 23 anos de experiência de mercado. Ele iniciou sua carreira como digitador e movimentador de apólices de vida, passou pelas áreas de sinistro e atendimento de corretores e foi assessor comercial na Mapfre. Ocupou o cargo de Gerente Especialista de Vida e Previdência, cuidou da sucursal da companhia em Curitiba nos últimos seis anos e há três meses assumiu a diretoria territorial da Mapfre no Rio Grande do Sul e no sul de Santa Catarina. O JRS conversou com Bueno e Bini sobre o período de transição, balanços e perspectivas para o futuro.

Ao relembrar o último ano, Guacir Bueno enfatizou que “nossa mensagem é relembrar que conseguimos fazer um 2019 com a resiliência, a força e o comprometimento peculiar ao setor de seguros brasileiro. Saímos com um resultado muito acima da inflação apresentada no país, então considero que estamos novamente de parabéns porque isso é fruto do nosso trabalho e do comprometimento de todos nossos players. Entregamos ao povo do Brasil produtos e serviços de qualidade e avançamos na difusão e na abrangência que tanto almejamos, para que possamos beneficiar a todos os nossos conterrâneos com o consumo do nosso trabalho, do nosso serviço, dos nossos produtos”.

Rubens Oliboni, junto com Alberto Muller, assumem a vice-presidência.

Ambos frisaram a importância do trabalho em equipe e da cooperação.  “Nós estamos aqui manifestando o nosso agradecimento muito efusivo aos nossos pares, aos diretores do nosso sindicato, das seguradoras do Rio Grande do Sul pelo trabalho ao qual nos dedicamos no ano de 2019”, destacou Bueno. “Estou contando muito com o apoio do presidente Guacir nessa transição e nós entendemos que o sindicato não é algo de uma pessoa, é de uma equipe e de um time. E para isso nós compusemos uma chapa forte, com antigos diretores e conselheiros que vão me auxiliar muito nessa empreitada. O presidente Guacir se colocou a total disposição nessa transição para que seja a mais suave e cômoda possível. E nós vamos continuar trabalhando junto ao mercado de seguros para o desenvolvimento da classe, pensamos muito nas oportunidades para 2020 e como o sindicato vai auxiliar o Mercado, as seguradoras e até mesmo os corretores de seguros nesse desenvolvimento e também nas ações sociais onde o sindicato se envolve, aumentando também a nossa participação e a divulgação do mercado de seguros como um todo” frisou Bini.

O novo presidente enfrentará, segundo ele mesmo, grandes desafios frente à empresa e segundo à frente do Sindicato. Mas conta novamente com a parceria como motor principal do seu trabalho. “A equipe vai me ajudar muito, a composição da agenda de todos nossos compromissos já está muito bem estruturada. A própria diretoria vai me ajudar nesse caminho, mas eu conto muito com a equipe do sindicato nas organizações, no planejamento. Não posso fazer nada sozinho e eles serão muito importantes nesse momento” comentou.

Guilherme Bini desembarcou há três meses em solo gaúcho, rodou o estado visitando as sucursais da Mapfre e sente-se bem recebido aqui. “Eu aprendi um pouquinho sobre o que é ser bairrista e eu acredito que o Rio Grande do Sul tem muito disso, de gostar do que é daqui. Por que gostar do que é daqui? Porque faz muito sentido, o Rio Grande por muito tempo foi deixado de lado pelo Governo e algumas empresas locais abraçaram o Estado. E hoje eu vejo que o bairrismo é você comprar, ir ao mercado, prestigiar quem é da região” pontuou.

Bueno e Bini frisam a importância da equipe do Sindicato.

Ele define-se enquanto “uma pessoa que se preocupa com pessoas, alguém muito ligado a esse mercado e quer divulgar cada vez mais o seguro, a importância e o nosso papel para a sociedade mostrando o que a seguradora pode fazer para a sociedade no caso de uma catástrofe ou dos imprevistos que temos todos os dias”. Já Bueno, ao refletir sobre seus anos de contribuição ao Sindicato despede-se com “um enorme agradecimento aos colaboradores do nosso sindicato, pessoas que se dedicam desde muito tempo para que possamos fazer um belo trabalho. E meu agradecimento muito forte aos meus pares que trabalharam e se dedicaram para que pudéssemos assim cumprir nossa missão da melhor forma possível. Aos meus antecessores nessa diretoria meu forte abraço, meu agradecimento pelas suas vivências e pelas suas transmissões de conhecimento que a mim puderam auxiliar no desempenho da função. Que todos nós do setor de seguros do Brasil, que tem efetivamente um trabalho muito profícuo na nossa seara tenhamos um 2020 bastante produtivo e que nós possamos transmitir aos brasileiros muitas boas coisas, oferecendo segurança numa hora de sinistro. Quando há uma fragilidade familiar ou pessoal, que possamos estar com a nossa mão estendida para minimizar os problemas decorrentes dessas infelicidades. Um grande abraço a todos”.

Para especialista, 2020 será um ano de reconstrução econômica 717

Com o avanço das relações comerciais entre China e Brasil, importações e exportações crescerão em 2020

A Maersk, uma das maiores empresas de logística integrada do mundo, está mais otimista com o Brasil em 2020. “Vemos 2020 como um ano de reconstrução econômica antes que o Brasil realmente comece a crescer novamente em 2021”, diz Gustavo Paschoa, Diretor Comercial da Maersk para a Costa Leste da América do Sul.

Segundo uma das maiores empresas de logística integrada do mundo, a Maersk prevê que as importações e exportações crescerão 4% e 5%, respectivamente, em 2020. Além disso, cresce o otimismo em torno da possibilidade do Brasil e a China aprofundarem os laços comerciais, alimentando mais oportunidades.

O Brasil assinou nove protocolos com o governo chinês no ano passado, incluindo um sobre frutas, envolvendo importações de peras para o Brasil e exportações de melão para a China. Isso inclui protocolos de saúde para a exportação de peras chinesas para o Brasil e outro para a venda de melão brasileiro para a China.

Paschoa explica que as exportações de melão para a China trarão um impacto positivo direto ao nordeste do Brasil: “A região se beneficiará porque os produtores nordestinos há muito tentam aumentar as exportações para a China, mas o consideram um mercado muito competitivo porque o país mais populoso do mundo geralmente compra frutas de países vizinhos do Pacífico Asiático”.

“Permitir o comércio é a principal missão da Maersk e parabenizamos a iniciativa para o desenvolvimento de um acordo comercial mais amplo entre o Brasil e a China, incluindo o fortalecimento e a diversificação da cooperação”, acrescenta Paschoa.
Segundo o governo brasileiro a China é o maior consumidor mundial de melão: em 2018, foram consumidas 15.648.000 toneladas. No ano passado, a China importou um total de aproximadamente US $ 7 bilhões em frutas frescas. Agora, Brasília está focada em aumentar o comércio com o país asiático em várias frentes, principalmente soja.

Paschoa reforça que as previsões para 2020 são positivas, mas avalia que só em 2021 a economia realmente começará a crescer novamente.

Previsões para Maersk 2019 x 2020
• EXP 2019: + 4,0%
• EXP 2020: + 4,5%
• IMP 2019: + 5,0%
• PMI 2020: + 4,0%

Todas as imagens: os detalhes do MAGNEXT 2790

Evento foi promovido pela MAG Seguros, que completou 185 anos

Ainda repercute no mercado todos os detalhes do MAGNEXT, evento promovido pela Mongeral Aegon, agora MAG Seguros, durante três dias no Rio de Janeiro (RJ), com a presença de 3 mil pessoas. Ao completar 185 anos, a Mongeral Aegon promoveu a mudança de sua marca, apresentou outras novidades e realizou projeções para 2020.

Mongeral Aegon agora é MAG Seguros 

O MAGNEXT reuniu o staff da companhia com os corretores de seguros, parceiros, entidades de mercado e colaboradores. O presidente do Conselho de Administração Nilton Molina, o presidente Helder Molina, o Vice-presidente do Conselho Consultivo Marco Antônio Gonçalves e o presidente da Fenacor Armando Vergílio são alguns dos nomes que acompanharam os três dias de encontro. Além disso, palestras da jogadora Marta Silva e apresentação de Carlinhos Brown, Michel Teló e Anitta completaram o evento.

Mongeral Aegon aposta na longevidade e modelo de vendas para crescer ainda mais 

Confira todas as imagens que o repórter do JRS, Filipe Tedesco, registrou durante o MAGNEXT 2020: