Sucesso da Expo ABGR 2019 aponta para futuro de progresso na gerência de riscos no Brasil 3886

Sucesso da Expo ABGR 2019 aponta para futuro de progresso na gerência de riscos no Brasil

Foram 12 palestras e uma feira de negócios grandiosa, com 21 expositores do mercado de risk management e seguros

Aconteceu nesta quarta-feira, 13 de novembro, o segundo e último dia da Expo ABGR 2019. Consagrada pelos participantes que lotaram as 12 palestras, além de uma feira de negócios grandiosa – composta por 21 expositores do mercado de risk management e seguros – e surpreendente. No rastro do evento, o gerenciamento de riscos em seus diversos aspectos mostrou que a atividade no Brasil ganha a merecida projeção e virou alvo das corporações.

Diversidade Aliada à Sustentabilidade nas Organizações

A palestra “Diversidade aliada à sustentabilidade nas organizações”, realizada na manhã do segundo dia da EXPO ABGR 2019, discutiu a importância de cultivar a diversidade e a inclusão dentro das empresas. A mesa foi mediada por Marcia Ribeiro, diretora executiva da Associação das Mulheres do Mercado de Seguros (AMMS), e contou com Maristella Iannuzzi, digital executive da CMI Business Transformation; Roberta Nascimento, risk manager da NOV, Francisco Vidigal Filho, o presidente da Sompo Seguros; Camila Calais, advogada e sócia do grupo Mattos Filho Advogados; e Simone Vizani, vice-presidente da AAMMS.

Projeto de Lei de Livre Iniciativa | Liberdade Econômica

A nova Lei da Liberdade Econômica, em vigor no Brasil desde o ano passado (nº 13.974, de 20 de setembro de 2019), também foi tema de plenária. A palestra abordou questões relevantes no sentido de impulsionar o mercado segurador para uma mudança de mindset, como a simplificação da atual regulamentação e a despadronização de produtos para possibilitar o desenvolvimento de novos negócios.

Com moderação de Walter Polido, sócio da Polido e Carvalho Consultoria em Seguros e Resseguros, contou com a participação de Cristina Tseimatzidis, head of surety and financial line da Lockton Brasil; João Di Girolamo Filho, head of surety Brazil da Swiss Re Corporate Solutions; Karini Madeira, superintendente de acompanhamento técnico da CNseg; e Marcelo Mansur, sócio da Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados.

Benefícios e impactos da reforma da Previdência

No painel que discutiu os “Benefícios e impactos da reforma da Previdência”, Marcelo Rossetti, superintendente Executivo da Bradesco Vida e Previdência, chamou a atenção para a mudanças demográficas. “Sem a reforma, em 2045, o Brasil gastaria 20% do PIB”, disse. Para Filipe Nicodemus, diretor de Benefícios na MDS Brasil, a previdência privada poderá ser utilizada nas empresas como um meio de garantir renda para os trabalhadores que permanecerem mais tempo trabalhando. Antonio Penteado Mendonça, sócio titular da Penteado Mendonça e Char Advocacia, disse que a população mais pobre não terá renda para comprar planos de previdência.

O Futuro e Tendências do Setor Logístico

Logística 4.0, Internet das Coisas, uso de drones, transportes autônomos, Blockchain e Big Data com aplicação na área de logística e Digital Twins foram as principais tendências abordadas na palestra “O Futuro e Tendências do Setor Logístico”, com mediação de Luciano Póvoa, gerente de riscos em transportes RCG da Herco Consultoria de Riscos.

Guilherme Brochmann, diretor de gerenciamento de risco LATAM da DHL; Luiz Carlos de Andrade, superintendente técnico da Lockton Brasil e Paulo Robson Alves, head of marine da AXA XL; também fizeram avaliação sobre a atuação do segmento na área de seguros, pontuando a necessidade de reinvenção frente aos novos riscos, processos de inovação e uso de tecnologia, incluindo a busca de alternativas que superem os desafios de infraestrutura no Brasil, como a falta de polos logísticos de qualidade, ferrovias inacabadas e as péssimas condições das estradas.

Engenharia de riscos – Loss Prevention

Poucas empresas possuem área de prevenção de perdas, segundo Carlos Cortés, Head Risk Engineering da Zurich. “A maioria tem apenas áreas de política de segurança e saúde ocupacional”, disse ele durante o painel que abordou o tema “Engenharia de Riscos e Loss Prevention”.

Cesar López, gerente da área de Engenharia de Riscos na MAPFRE Global Risks, destacou a importância do engenheiro para a avaliação de risco. “Porque o interesse é comum com as seguradoras”, disse. Empresas que investem em loss prevention oferecem maior retorno aos acionistas, segundo levantamento da Aon. Alexandre Botelho, diretor da Aon Brasil.

Saúde e Gestão de Riscos

O painel “Saúde e Gestão de Riscos” foi composto por Lenise Secchin, chefe de gabinete da Presidência da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS); Rodolfo Petrait, risk manager da Bosch; Heitor Augusto, diretor técnico e de relacionamento com clientes Saúde e Odonto da SulAmérica; e Gustavo Quintão, vice-presidente de Saúde e Benefícios da MDS Brasil; e mediada por Josafá Ferreira Primo, CEO da Salagah Gestão em Contratos de Seguros.

Na fala dos palestrantes, a transparência e a disponibilização de dados na área de saúde foram valorizadas. “Transparência é pilar para gestão de riscos”, afirmou Lenise Secchin, citando exemplos como a Lei de Acesso à Informação (LAI), que tem “acesso como regra, sigilo como exceção’’.

Transportes, Logística e Gerenciamento de Riscos

No início da tarde, Christian Mendonça, Head of Insurance Brazil and South America da Norsk Hydro Brazil, mediou o painel “Transportes, Logística e Gerenciamento de Riscos”, com a presença de Letícia Toral, Gerente de Seguros da LDC; Marconi Peixoto, Coordenador de Gerenciamento de Riscos e Logística da Willis Towers Watson; e Valdo Alves, Diretor de Transportes da Tokio Marine Seguradora. O debate levantou questões relacionadas às boas prática e dinamismo da carteira, com highlights relevantes do ponto de vista do subscritor de risco do transporte e o papel em comum entre embarcadores e transportadores, que deve ser pautado pelo cuidado em relação à transferência de responsabilidade.

Mudanças Climáticas e Agronegócio

A palestra “Mudanças climáticas e agronegócio” também fez parte da programação da tarde da EXPO ABGR 2019 e discutiu se a pecuária e a agricultura podem ser consideradas vilãs para o meio ambiente. Para Carlos Branco, gerente regional de Seguros da Cargill Agrícola,”somos todos corresponsáveis’ pelas mudanças de clima no mundo”. Compuseram a mesa, ainda, Gabriel Lemos, head agro da Swiss Re Corporate Solutions; Miguel Almeida, head of agriculture da IRB Brasil RE; e Paulo Vitor Rodrigues, superintendente de Agronegócios da Lockton Brasil. A mediação foi feita por Cristina Weiss Tessari, coordenadora de Seguros Corporativos da CPFL Energia.

Política de seguros e salvados

Rodrigo Ávila, gerente de Riscos e Seguros na Suzano e vice-presidente da ABGR, disse que a política de seguros nas empresas deve contemplar todas as normas de contratação do seguro até como atuar em caso de sinistro. “Isso dá mais conforto ao gestor de riscos”, disse. Sobre os salvados, Julia Santoro, sócia da DR&A Advogados, destacou que para a seguradora servem para minimizar os efeitos do sinistros na carteira. Já o lucro com a venda de salvados pertence ao segurado, segundo ela. Sheila Garcia, diretora de Sinistros na Aon Brasil, contou que um segurado preferiu não reclamar o sinistro e vender o salvado, porque era mais vantajoso.

Cyber Risks e LGPD

Com mediação de Camila Calais, advogada e sócia da Mattos Filho, o painel “Cyber risks e LGPD’’ discutiu privacidade e mercado de seguros cibernéticos. Os palestrantes foram Alberto Bastos, sócio da Módulo S/A; Claudio Macedo, fundador da Clamapi Seguros Cibernéticos; Marta Helena Schuh, head cyber insurance da Marsh Brasil; Fernando Saccon, superintendente de Linhas Financeiras da Zurich e Flavio Sá, gerente de linhas financeiras da AIG Seguros. Segundo Macedo, é necessário investir em segurança independentemente da Lei Geral de Proteção de Dados entrar ou não em vigor: “O risco operacional é maior do que a multa da LGPD”.

P&C – Property & Casualty e a nova maneira de encarar os riscos

Rodrigo Ávila mediou o painel “P&C – Property & Casualty e a nova maneira de encarar os desafios”. Os desafios da gestão de riscos para a carteira foram apresentados pelos especialistas em recortes específicos como, por exemplo, processos de avaliação de riscos e quais cenários devem ser considerados; evolução de ambientes econômicos e, com isso, o surgimento de novos riscos relacionados ao uso da tecnologia; adoção de melhores práticas e processos de inovação em tratamento de riscos, entre outros.

Participaram Carla Karwacka – gerente de Riscos e Seguros – Claro S.A.; Daniel Kaneko, superintendente de P&C da Lockton Brasil; Florian Lauebli, head CUO Office & Leader Platform Solutions da AXA XL; e Sidney Cezarino, diretor de Property, Riscos de Engenharia, Riscos Diversos e Energy – Tokio Marine.

Seguro e Risco Ambiental

Katia Papaioannou, superintendente de RC e Ambiental na Marsh Brasil, destacou a confusão que as empresas fazem ao contratarem a cobertura de poluição súbita na apólice de RC Geral. “Pensam que todos os riscos ambientais estão cobertos, mas não estão”, disse ela no painel que discutiu “Seguro e Risco Ambiental”. Para Ilan Kajan, diretor de Riscos Corporativos na Alper Consultoria em Seguros, o corretor deve atuar como consultor no seguro ambiental. “Ele deve se especializar nessa área”, disse.

Associação Brasileira de Gerência de Riscos

A Associação Brasileira de Gerência de Riscos é uma entidade sem fins lucrativos dedicada ao desenvolvimento, aprimoramento e divulgação da Gerência de Riscos no Brasil. Congregando em seu quadro associativo empresas compradoras de seguros de todos os segmentos produtivos, tem como principal objetivo defender os seus interesses junto ao mercado segurador e entidades governamentais.

Além de manter representações em vários estados do país, é parceira internacional das mais importantes organizações de risk management do mundo, transmitindo as mais recentes tecnologias e tendências do mercado global (coberturas, novos produtos etc.) aos seus associados.

CSP-MG é agraciado com a Medalha do Mérito Segurador 634

CSP-MG é agraciado com a Medalha do Mérito Segurador

Maior Honraria do mercado foi concedida pelo SindSeg MG/GO/MT/DF

O Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG) recebeu a Medalha do Mérito Segurador, conferida pelo SindSeg MG/GO/MT/DF, durante a confraternização do setor, realizada no dia 29 de novembro, no Espaço Ilustríssimo, em Belo Horizonte.

A comenda é destinada a personalidades do mercado, instituições, e membros da sociedade civil que se destacam pelo desenvolvimento do mercado de seguros.

João Paulo Mello: “honraria é a mais importante que o Clube recebeu ao longo de sua trajetória”
João Paulo Mello: “honraria é a mais importante que o Clube recebeu ao longo de sua trajetória”

Muito emocionados, o presidente do CSP-MG, João Paulo Moreira de Mello, e o vice-presidente, Sergio Prates Nogueira Filho, receberam a medalha das mãos do presidente do Sindicato das Seguradoras, Augusto Frederico Costa Rosa de Matos.

“Agradeço ao presidente e à toda diretoria por reconhecer o trabalho do Clube, cuja missão é disseminar a cultura dos seguros de pessoas no Estado e no País. Essa honraria é consequência de um trabalho sério e muito dedicado que completou nove anos. Muitas pessoas contribuíram para que chegássemos até aqui”, ressaltou Mello. E completou: “certamente o SindSeg é um dos principais incentivadores do CSP-MG desde sua fundação, junto com o Sincor-MG e a Escola de Negócios e Seguros, além das beneméritas que acreditam na instituição e a sustentam financeiramente. Estamos honrados e felizes com essa homenagem, a mais importante que recebemos ao longo da trajetória da instituição”.

Também estiveram presentes na solenidade os diretores, assessores e conselheiros do CSP-MG, entre eles Rogério Gebin, Mauricio Tadeu, José Bregunci, Hélio Loreno, Juliana Queiroz, Fernanda Machado, Landulfo Ferreira, Ronaldo Gama, Eduardo Diniz, Leandro Godinho, Giuliano Baeta, Elizabet Fonseca e Denize Pena.

Augusto Matos, presidente do SindSeg MG/GO/MT/DF, entrega a medalha ao presidente do CSP-MG, João Paulo Moreira de Mello, e ao vice-presidente da entidade, Sergio Prates
Augusto Matos, presidente do SindSeg MG/GO/MT/DF, entrega a medalha ao presidente do CSP-MG, João Paulo Moreira de Mello, e ao vice-presidente da entidade, Sergio Prates

Este ano, além do CSP-MG, o SindSeg MG/GO/MT/DF também homenageou as seguintes entidades: Clube dos Corretores de Seguros de Minas Gerais (Clubcor-MG), Associação das Agências, Assessorias e Consultorias de Seguros do Estado de Minas Gerais (Aconseg-MG), Clube da Bolinha de Minas Gerais e a Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP).

Aconseg-MG prestigia confraternização da Aconseg-SP 298

Aconseg-MG prestigia confraternização da Aconseg-SP

Jader Abreu, atual presidente, e Robson Carneiro, presidente eleito da entidade mineira, participaram do evento

O recém-eleito presidente da Aconseg-MG, Robson Augusto Carneiro, e o atual presidente da entidade, Jader Pereira de Abreu Filho, prestigiaram o evento de confraternização da Aconseg-SP, que ocorreu no dia 26 de novembro, na capital paulista.

Na ocasião, foi apresentada a nova diretoria da Aconseg-SP, que será comandada, a partir de janeiro do próximo ano, pelo empresário Helio Opipari Junior. O executivo reforçou o compromisso da nova gestão “de atuar pela construção de um ambiente colaborativo, ético e de boa convivência, buscando sempre as melhores práticas do mercado”.

Robson Carneiro (presidente eleito da Aconseg-MG), José Aldalberto Ferrara (presidente da Tokio Marine Seguradora) e Jader Abreu (atual presidente da entidade), durante jantar comemorativo da Aconseg-SP / Divulgação (Aconseg-SP)
Robson Carneiro (presidente eleito da Aconseg-MG), José Aldalberto Ferrara (presidente da Tokio Marine Seguradora) e Jader Abreu (atual presidente da entidade), durante jantar comemorativo da Aconseg-SP / Divulgação (Aconseg-SP)

Jader Abreu elogiou o trabalho desenvolvido pela Aconseg-SP. “Desde sua fundação, a instituição tem colaborado de forma significativa para a evolução do mercado de assessorias. O atual presidente Marcos Colantonio e toda diretoria estão de parabéns. Que a nova gestão seja bem-sucedida em seus objetivos.”, ressaltou.

Robson Carneiro parabenizou a entidade paulistana pelo acontecimento. “Foi de grande relevância a nossa participação no jantar comemorativo da Aconseg-SP. A confraternização foi marcada pela perspectiva positiva a respeito do crescimento do mercado nos próximos anos. Em conversa com as principais lideranças das seguradoras, percebemos o otimismo de todos. Parabenizo a diretoria da entidade pelo excelente evento e desejo sucesso para os próximos anos”, enfatizou o empresário, que estará à frente da Aconseg-MG no biênio 2020/2021.

Simetria Brasil firma parceria com Sindvan 516

Simetria Brasil firma parceria com Sindvan

Instituições negociaram condições especiais para ofertar planos de saúde aos associados do Sindicato

O plano de saúde é uma das conquistas mais desejadas pelos brasileiros. Os associados do Sindicato das Empresas de Transporte de Turismo e Locação de Vans, Micro-Ônibus e Ônibus do Estado de Minas Gerais (Sindvan-MG) já podem contar com o benefício por meio da parceria exclusiva entre o Grupo Simetria Brasil, Affiance Life Administradora de Benefícios em Saúde e a operadora SAUDE Sistema.

Líder na comercialização de planos de saúde e odontológicos no mercado mineiro, a Simetria fará a distribuição do produto e o atendimento exclusivo aos associados do Sindvan.

“Com a nossa expertise no setor conseguimos negociar com a operadora descontos de até 50% na contratação do plano de saúde coletivo por adesão”, anuncia o diretor-executivo da empresa, André Beraldo de Morais.

Para Morais, a parceria possibilita “ganhos expressivos” aos trabalhadores do ramo, pois garante acesso ao benefício com preços realmente adequados à realidade dos associados.

Os interessados em aderir ao plano de saúde podem entrar em contato pelo telefone (31) 3207-8090 ou neste site.

Tokio Marine cria cobertura para carregadores de carros elétricos instalados em condomínios 644

Tokio Marine cria cobertura para carregadores de carros elétricos instalados em condomínios

Modalidades Condomínio e Residencial oferecem segurança aos equipamentos contra incêndio, danos elétricos, roubo e subtração de bens

A Tokio Marine — uma das maiores Seguradoras do País — acaba de disponibilizar, nos produtos Tokio Marine Condomínio e Tokio Marine Residencial, novas coberturas que garantem proteção a equipamentos de recarga de bateria para carros elétricos. O novo serviço está alinhado às mais novas tendências de mobilidade e a um projeto de cidade que mira em relações de consumo mais sustentáveis.

Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), até outubro foram vendidos 7,43 mil modelos de automóveis híbridos ou elétricos no Brasil, ante 3,97 mil em todo o ano passado. Como consequência desse mercado em expansão, muitos prédios e condomínios residenciais já estão considerando a instalação de pontos de abastecimento desde a sua construção. A adequação também é considerada um diferencial para os condomínios já existentes, a fim de atender a uma demanda cada vez mais comum entre seus moradores.

“Em ambos os casos, há a necessidade de um investimento relevante para a aquisição e instalação dos carregadores, que, por consequência, demandam proteção. Trata-se de um patrimônio comum dos condôminos que diferencia o empreendimento e, a longo prazo, pode trazer conforto e praticidade aos moradores”, explica Arnaldo Bechara, Diretor de Precificação e RD Massificados da Tokio Marine.

A partir de agora, tanto as apólices vigentes quanto as novas apólices do Tokio Marine Condomínio e Tokio Marine Residencial oferecem proteção contra incêndio, danos elétricos, roubo e subtração de bens, sem nenhum custo adicional aos Segurados. “São 50 mil condomínios e 250 mil residências em nossa carteira que já podem se beneficiar com mais essa proteção”, completa Bechara.

Uma curiosidade, que comprova a proximidade da Tokio Marine com seus Corretores e a visão da Companhia para a inovação em seus produtos, é sobre como o serviço passou a ser estudado para inclusão no portfólio da Seguradora. A ideia partiu de um Parceiro de Negócios que já atendia um condomínio com a instalação do equipamento. “Isso mostra como estamos próximos dos Corretores e das Assessorias e, de fato, o quanto levamos em consideração suas avaliações. Eles são os agentes mais próximos dos Clientes, capazes de identificar com maior facilidade as necessidades diárias que se apresentam e é nosso compromisso desenvolver soluções cada vez mais aderentes, que muitas vezes antecipam demandas futuras de mercado”, ressalta o executivo.

IESS reúne especialistas para debater LGPD e telessaúde no Brasil 715

IESS reúne especialistas para debater LGPD e telessaúde no Brasil

Encontro acontece nesta quarta-feira, em São Paulo

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) realiza o seminário “Transformação Digital na Saúde” nesta quarta-feira (11 de dezembro), a partir das 8h30min, no hotel Tivoli Mofarrej (Al. Santos, 1.437), em São Paulo. O evento reunirá alguns dos maiores especialistas do País para debater os impactos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) na saúde e o potencial de transformação das novas tecnologias em telessaúde.

Confira a lista de debatedores:

• Camilla Jimene, sócia da Opice Blum Advogados e professora do MBA de Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito (EPD)

• Dr. Carlos Alfredo Lobo Jasmin, diretor da Associação Médica Brasileira (AMB)

• Dr. Chao Lung Wen, professor líder do grupo de pesquisa de telemedicina da Universidade de São Paulo (USP)

• Leandro Fonseca, diretor presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

• Dr. Sidney Klajner, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein

• José Cechin, ex-ministro da previdência e superintendente executivo do IESS

Durante o evento, também será realizada a cerimônia solene de entrega do IX Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar, com apresentação dos avaliadores (Dr. Alberto Ogata, diretor da Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV); Antonio Carlos Campino, professor da Universidade de São Paulo (USP); e, Luiz Felipe Conde, advogado sócio do escritório Conde & Advogados sobre a aplicabilidade dos estudos laureados.

Confira a programação completa:

8h30min – Welcome coffee

9h00 – Abertura

José Cechin, superintendente executivo do IESS

9h20 – Apresentação dos vencedores do IX Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar

Dr. Alberto Ogata, diretor da Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV) e avaliador da categoria Promoção da Saúde, Qualidade de Vida e Gestão da Saúde

Antonio Carlos Campino, economista, professor da Universidade de São Paulo (USP) e avaliador da categoria Economia

Luiz Felipe Conde, advogado sócio do escritório Conde & Advogados e avaliador da categoria Direito

9h50 – Coffee break e exposição de pôsteres

10h30 – Palestra 1 – Transformação digital na saúde e impactos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

Camilla Jimene, sócia da Opice Blum Advogados e professora do MBA de Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito (EPD)

11h00 – Palestra 2 – Telessaúde e telemedicina: desafios para uma nova era de cuidados

Dr. Chao Lung Wen, professor líder do grupo de pesquisa de telemedicina da Universidade de São Paulo (USP)

11h30 – Debate – Uma visão integrada dos desafios da transformação digital na saúde

Debatedores:

Camilla Jimene

Dr. Carlos Alfredo Lobo Jasmin, diretor da Associação Médica Brasileira (AMB)

Dr. Chao Lung Wen

Leandro Fonseca, diretor presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

Dr. Sidney Klajner, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein

Mediação: José Cechin

12h30 – Encerramento