Porto Seguro Saúde destaca a importância do cuidado com a saúde masculina 647

Porto Seguro Saúde destaca a importância do cuidado com a saúde masculina

No mês de conscientização sobre o câncer de próstata, companhia ressalta a importância da atenção com possíveis sinais da doença

O mês de novembro é marcado pela campanha de conscientização, cuidados e diagnóstico do câncer de próstata. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), a doença é a segunda maior responsável pela morte de homens no Brasil – atrás apenas do câncer de pele. Atento à importância do tema, o Porto Seguro Saúde adere ao Novembro Azul e ressalta a necessidade do cuidado e da atenção aos possíveis sinais da doença – um diagnóstico precoce da doença contribui para as chances de cura.

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, localizada abaixo da bexiga e que tem como função armazenar e secretar os fluidos que formam o sêmen. Assim como outros tipos de cânceres, o câncer de próstata não apresenta sintomas na fase inicial, o que reforça a necessidade de visitas regulares ao urologista.

“Infelizmente esse tema ainda é um tabu que precisa ser enfrentado. Aos poucos os homens precisam entender a importância de fazer os exames, como o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico) e o de toque retal. O diagnóstico precoce é fundamental para o combate à doença”, afirma a Dra. Cecília Dias – CRM 59043, médica coordenadora da área de Liberação Prévia e Autorização do Porto Seguro Saúde.

Em um estágio mais avançado da doença, os sintomas são: dor ao urinar, dor óssea, vontade de urinar frequentemente e presença de sangue na urina ou no sêmen – sintomas também presentes em casos de hipertrofia benigna da próstata. Histórico familiar, consumo de alimentos com corantes e a obesidade são alguns dos fatores de risco da doença.

Em casos de aumento da glândula, comuns à medida que os homens envelhecem, uma biópsia identifica se a doença é benigna ou maligna. A indicação do melhor tratamento depende de vários aspectos, como o tipo e a velocidade de crescimento do tumor, o estado de saúde atual, o estágio da doença e a expectativa de vida.

Chubb interage com corretores para expandir conscientização acerca dos riscos do carnaval no Brasil 400

Principais ameaças seriam quedas de estruturas, atropelamentos e outros

A Chubb, que há mais de 50 anos atua de forma global com seguros de entretenimento, está interagindo com parceiros corretores de todo o Brasil para intensificar a conscientização em torno da necessidade do seguro para cobrir riscos associados com eventos do carnaval. De acordo com a companhia, as principais ameaças seriam quedas de estruturas, atropelamentos, acidentes envolvendo carros alegóricos, choques elétricos, danos corporais em função de tumultos, intoxicação com alimentos ou bebidas, danos a equipamentos, incêndios e outros casos.

O esforço de conscientização está sendo feito junto a empresas, clubes e entidades que organizam o carnaval por meio de blocos de rua, camarotes e bailes em recinto fechado nos mais variados municípios do país. “O principal objetivo é capacitar os promotores de eventos a oferecer uma justa indenização em caso de sinistro, a partir de um modesto investimento em uma apólice de seguro”, diz Juliana Santos, responsável pela área de seguros de Entretenimento da Chubb.

Em especial, a executiva lembra que os incidentes com vítimas fatais, que não são incomuns no carnaval, hoje em dia podem condenar o promotor a efetuar a reparação com valores que chegariam a inviabilizar o prosseguimento do seu negócio. “Do mesmo modo, um eventual cancelamento do evento pode ser igualmente severo, uma vez que o promotor não poderá contar com a renda da bilheteria para saldar dívidas com fornecedores e honrar compromissos com patrocinadores, entre outros prejuízos”, acrescenta.

Conforme Juliana Santos, a Chubb está trabalhando para que seus parceiros corretores iniciem o quanto antes os contatos com promotores envolvidos com o carnaval, que em 2020 vai acontecer na última semana de fevereiro. “Temos seis preciosas semanas para ampliar a conscientização em torno da necessidade do seguro”, lembra. Como as oportunidades deverão surgir até a véspera da folia, ela destaca que a seguradora dispõe de um sistema que emite boleto, certificado e apólice em até 24 horas.

A Chubb iniciou sua atuação com seguros de entretenimento de forma pioneira no Brasil, a partir de 2001. De lá para cá, a companhia introduziu diferentes soluções no mercado nacional de entretenimento, tais como os seguros de cancelamento, adiamento e interrupção de eventos, seguro de produções audiovisuais, responsabilidade civil de eventos e outras.

Generali é eleita uma das 100 maiores empresas sustentáveis ​​do mundo 49

Companhia é o único grupo de seguros italiano incluído no índice

A Generali foi eleita umas das “100 empresas mais sustentáveis ​​do mundo em 2020”, pela Corporate Knights, que apresenta o ranking das 100 empresas mais sustentáveis ​​do mundo. A 16ª edição do ranking do Corporate Knights foi divulgado após uma avaliação de 7.395 empresas com receita superior a US $ 1 bilhão. Entre as empresas “2020 Global 100”, 49 são da Europa, 29 dos EUA e Canadá, 18 da Ásia, três da América do Sul e apenas um representante do continente africano.

Esse reconhecimento destaca a evolução da jornada de sustentabilidade da Generali, que é parte integrante do plano estratégico “Generali 2021”. Até 2021, a companhia estabeleceu a meta de 4,5 bilhões de euros em investimentos verdes e sustentáveis ​​e um crescimento de 7 a 9% dos prêmios brutos emitidos em produtos verdes e sociais. Além disso, em setembro de 2019, a Generali emitiu o primeiro título verde do setor de seguros europeu no valor de 750 milhões de euros.

Em relação aos impactos diretos ambientais, em 2018, o Grupo optou por energia elétrica proveniente de fontes renováveis ​​para 88% do total de energia elétrica comprada. O compromisso da Generali com a sustentabilidade também é atestado pelos inúmeros índices de sustentabilidade em que está incluído, como: o Dow Jones Sustainability World Index, o Dow Jones Sustainability Europe Index, o MSCI ESG Leaders Index, o FTSE4Good Europe e o Euronext Vigeo Europe 120.

Gaúcho Ronaldo Dalcin é eleito presidente do Sindseg N/NE 1287

Ronaldo Dalcin, Superintendente Comercial Nordeste da Tokio Marine

Superintendente da Tokio Marine contribuirá com a entidade para fomentar o desenvolvimento do mercado segurador na região

Há mais de 20 anos atuando no segmento de seguros, Ronaldo Dalcin, Superintendente Comercial Varejo Nordeste da Tokio Marine, foi eleito presidente do Sindicato das Seguradoras Norte e Nordeste para o próximo ciclo, referente ao período de 2020 a 2022. Durante sua gestão, o executivo buscará implementar ações para contribuir com o desenvolvimento do mercado, especialmente nas regiões capitaneadas pela entidade.

“A nova gestão será norteada por conceitos baseados na união e compartilhamento de forças para atuar no crescimento do mercado segurador. Temos como meta, também, aumentar a participação da indústria de seguros no PIB de cada Estado sob nossa responsabilidade. Há um longo caminho a percorrer, sabemos disso, mas é nosso compromisso protagonizar essa evolução”, afirma Dalcin.

Diversas iniciativas fazem parte dos planos da nova Diretoria para ampliar ainda mais a cultura do seguro na região. A nova equipe atuará focada em ações conjuntas com os agentes locais, especialmente com os Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e a Sociedade, em prol da criação de uma agenda comum de trabalho.

Crescimento do setor demandará maior qualificação profissional 406

Há vagas para as modalidades presencial e online

O setor de seguros fechou 2019 com crescimento na casa de dois dígitos, entre 11% e 12,5%. Para 2020, a expectativa permanece positiva: a projeção mais otimista indica expansão de até 13%. Os dados são estimados pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg).

Um mercado em constante crescimento requer mão de obra altamente qualificada e, para preparar esses profissionais, um dos principais programas educacionais da ENS é a Graduação Tecnológica em Gestão de Seguros. O curso está com inscrições abertas para processo seletivo das turmas presenciais, que serão formadas no Rio de Janeiro (RJ) e em São Paulo (SP), e também para turmas online.

O programa possibilita ao aluno compreender as diversas etapas que compõem um processo técnico, comercial e de sinistro, sendo capaz de planejar, coordenar, executar ou avaliar atividades de seguros, além de administrar, comercializar e gerenciar riscos. Com carga total de 1.600 horas, a graduação pode ser concluída em apenas dois anos.

O próximo vestibular acontecerá no dia 30 de janeiro, para o curso no Rio de Janeiro, em São Paulo e online. Já no dia 1º de fevereiro, o processo seletivo será em Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador (BA) e Teresina (PI), para alunos que desejam cursar a modalidade online.

Investimento, corpo docente e edital podem ser acessados no endereço profissaosegura.com.br, onde também é possível efetuar matrículas.

LTSeg alerta para cuidado com patrimônio em época de chuvas 55

Confira dicas da corretora de seguros

A temporada de chuvas ainda tem mais dois meses pela frente e os riscos de temporal continuam em todo o País. Junto com as chuvas temos os prejuízos patrimoniais que muitas vezes podem ser minimizados levando em conta alguns cuidados simples. A LTSeg, corretora de seguros, por meio de sua equipe de engenharia de risco, listou alguns deles para evitar, ou pelo menos minimizar, danos em casos de inundações.

A primeira dica é manter o estoque e itens de maior valor em local mais alto, mesmo que seja em um estrado de madeira, estantes ou um andar superior. É importante também sempre verificar os ralos e encanamentos em busca de entupimentos e outros problemas que podem fazer a água não escoar.

Um plano de emergência também é muito útil para os momentos de crise. Neste plano é fundamental explicar qual a função de cada pessoa e/ou funcionário no momento da crise e que medidas deverão ser tomadas caso o nível da água se eleve.

“Apesar do seguro patrimonial ser possível tanto para empresas e pessoas físicas, aquelas em área de risco possuem maior exposição a perda”, explica Caio Timbó, diretor financeiro da LTSeg. A cobertura básica ampara os danos materiais causados pelas chuvas, sendo que há também coberturas específicas, como lucros cessantes, perda e pagamento de aluguel, equipamentos, que podem ser aplicáveis de acordo com a necessidade de cada segurado.

Para a identificação das melhores coberturas o segurado deve buscar um corretor capacitado que entenda suas necessidades e exposições, de modo que sua apólice de seguros seja dimensionada para o pior cenário de perdas, assim, até nas piores catástrofes, o segurado poderá contar com todo o apoio e indenização da cia seguradora.