Atropelar pedestres é o maior medo dos motociclistas da cidade de São Paulo 14609

Estudo desenvolvido pela Fundación MAPFRE foi apresentado no Detran/SP

“É preciso ter uma visão sistêmica do trânsito. Estamos falando de trabalhadores que são, em grande parte, pais de família”, comentou o professor David Duarte Lima, que apresentou o estudo “Motociclistas na Cidade de São Paulo”. O levantamento, desenvolvido pela Fundación MAPFRE, foi lançado em um grande painel sobre o assunto, promovido na sede do Departamento de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran-SP).

Os resultados são preocupantes. Dois em cada três motociclistas afirmaram ter pilotado uma moto antes mesmo de possuir a habilitação. A maioria também admite não respeitar sempre o Código de Trânsito Brasileiro e circular pelos corredores (espaços entre as faixas de rolamento).

Os dados também levam em conta as principais preocupações dos motociclistas. 45% afirmou que o maior receio no trânsito é atropelar um pedestre. Para 28%, o maior medo é colidir com um ônibus ou um caminhão.

Praticamente todos os consultados disse ter se envolvido em um acidente. 80% conta que conheceu alguém que morreu no trânsito, enquanto que o índice daqueles que possui um colega com sequelas após uma ocorrência com moto chega a 84%.

A estimativa do Instituto Brasileiro de Segurança de Trânsito (IST) é de que entre 2007 e 2017 tenham sido gastos mais de R$ 70 bilhões no sistema de saúde com perdas, socorros, internações e tratamento das vítimas em acidentes com motociclistas. A maior parte dos acontecimentos é na parte do dia e os pesquisados apontam a péssima qualidade das pistas e sinalizações como um dos principais motivos para os trágicos números do trânsito brasileiro.

“É preciso rever o processo de formação dos condutores, além de promover ações governamentais efetivas nas áreas de educação, segurança pública e infraestrutura de vidas”, comentou Fernando Poch, Diretor de Educação para o Trânsito e Fiscalização do Detran-SP.

Aconseg-MG prestigia confraternização da Aconseg-SP 350

Aconseg-MG prestigia confraternização da Aconseg-SP

Jader Abreu, atual presidente, e Robson Carneiro, presidente eleito da entidade mineira, participaram do evento

O recém-eleito presidente da Aconseg-MG, Robson Augusto Carneiro, e o atual presidente da entidade, Jader Pereira de Abreu Filho, prestigiaram o evento de confraternização da Aconseg-SP, que ocorreu no dia 26 de novembro, na capital paulista.

Na ocasião, foi apresentada a nova diretoria da Aconseg-SP, que será comandada, a partir de janeiro do próximo ano, pelo empresário Helio Opipari Junior. O executivo reforçou o compromisso da nova gestão “de atuar pela construção de um ambiente colaborativo, ético e de boa convivência, buscando sempre as melhores práticas do mercado”.

Robson Carneiro (presidente eleito da Aconseg-MG), José Aldalberto Ferrara (presidente da Tokio Marine Seguradora) e Jader Abreu (atual presidente da entidade), durante jantar comemorativo da Aconseg-SP / Divulgação (Aconseg-SP)
Robson Carneiro (presidente eleito da Aconseg-MG), José Aldalberto Ferrara (presidente da Tokio Marine Seguradora) e Jader Abreu (atual presidente da entidade), durante jantar comemorativo da Aconseg-SP / Divulgação (Aconseg-SP)

Jader Abreu elogiou o trabalho desenvolvido pela Aconseg-SP. “Desde sua fundação, a instituição tem colaborado de forma significativa para a evolução do mercado de assessorias. O atual presidente Marcos Colantonio e toda diretoria estão de parabéns. Que a nova gestão seja bem-sucedida em seus objetivos.”, ressaltou.

Robson Carneiro parabenizou a entidade paulistana pelo acontecimento. “Foi de grande relevância a nossa participação no jantar comemorativo da Aconseg-SP. A confraternização foi marcada pela perspectiva positiva a respeito do crescimento do mercado nos próximos anos. Em conversa com as principais lideranças das seguradoras, percebemos o otimismo de todos. Parabenizo a diretoria da entidade pelo excelente evento e desejo sucesso para os próximos anos”, enfatizou o empresário, que estará à frente da Aconseg-MG no biênio 2020/2021.

Análise: 2019 comprova resiliência do setor de seguros 1771

Análise: 2019 comprova resiliência do setor de seguros

Apesar de cenário econômico desfavorável, estudo realizado pelo Sindseg-SP e Sincor-SP aponta crescimento de dois dígitos do mercado de seguros

“O mercado de seguros brasileiro tem se mostrado resistente e flexível diante do momento econômico mais complicado do País, devendo, mais uma vez, ter crescimento real de receita neste ano”, é o que diz a última edição da Carta de Conjuntura do Setor de Seguros, produzida pelo Sindicato das Empresas de Seguros e Resseguros (Sindseg-SP) e pelo Sindicato de Empresários e Profissionais Autônomos da Corretagem e da Distribuição de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP).

Segundo o estudo, apesar do cenário desfavorável, o mercado de seguros deve fechar 2019 em alta. Um dos destaques é o segmento de pessoas, com taxas de crescimento acima de 10% ao ano.

Nos ramos típicos de seguros, como automóvel, pessoas, residencial, empresarial, etc., a variação acumulada foi de +8% em valores até outubro. Já na separação, os ramos elementares registraram faturamento de R$ 6,4 bilhões, influenciados pela queda da receita do DPVAT.

Os seguros de pessoas conseguiram registrar faturamento de R$ 3,7 bilhões até outubro deste ano. O segmento está crescendo acima de 15% nos últimos anos, superando a taxa de inflação.

Confira a Carta de Conjuntura.

39 planos de saúde estão suspensos a partir de hoje 467

39 planos de saúde estão suspensos a partir de hoje

Medida ocorre em função de reclamações sobre problemas assistenciais relatados por beneficiários

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu temporariamente a venda de 39 planos de saúde de 12 operadoras em todo o país, devido a reclamações efetuadas pelos consumidores no terceiro trimestre deste ano. A proibição da venda começou a valer nesta segunda-feira (09 de dezembro) e faz parte do Monitoramento da Garantia de Atendimento, que acompanha o desempenho do setor e atua na proteção dos beneficiários.

Além das suspensões, a ANS divulgou também a liberação de comercialização de 11 planos de saúde de 07 operadoras. Eles haviam sido impedidos de serem comercializados em ciclos anteriores, mas melhoraram os resultados no Monitoramento e, com isso, poderão voltar a ser vendidos para novos clientes a partir de hoje, desde que não estejam com a comercialização interrompida por outros motivos.

O Monitoramento da Garantia de Atendimento avalia as operadoras a partir das denúncias sobre descumprimento dos prazos máximos para realização de consultas, exames e cirurgias ou sobre negativa de cobertura assistencial encaminhadas para a fiscalização da ANS. A intenção do programa é estimular as operadoras a garantir o acesso do beneficiário aos serviços e procedimentos de acordo com o que foi contratado. Neste ciclo, 1,4 milhão de beneficiários ficam protegidos com a medida.

Panorama do ciclo de Monitoramento da Garantia de Atendimento – 3º trimestre/2019*

  • 39 planos com comercialização suspensa pelo Monitoramento da Garantia de Atendimento
  • 12 operadoras com planos suspensos
  • 1,4 milhão consumidores protegidos
  • 07 operadoras com planos liberados da suspensão
  • 11 planos liberados da suspensão

(*) Denúncias recebidas no período de 01/07/2019 a 30/09/2019.

Acesse aqui a lista de planos com comercialização suspensa

Acesse aqui a lista dos planos que já estavam suspensos por outros motivos e que também foram suspensos pelo monitoramento da garantia de atendimento

Acesse aqui a lista dos planos reativados

Acesse aqui a lista dos planos liberados pelo monitoramento da garantia de atendimento, mas que continuam com sua comercialização suspensa por outros motivos

Os beneficiários também podem consultar informações sobre o Monitoramento da Garantia de Atendimento por operadora, conferindo o histórico das empresas e verificando, em cada ciclo, se ela teve planos suspensos ou reativados nesse programa. A ANS disponibiliza ainda um panorama geral com a situação de todas as operadoras, com a classificação das empresas nas quatro faixas existentes (que vão de 0 a 3).

Clique aqui para acessar a página do Monitoramento e faça a consulta por operadora de plano de saúde

Consulta sobre a situação do plano

A página do site que reúne as informações sobre suspensão da comercialização de planos também passa a apresentar, de forma mais destacada e de fácil acesso ao consumidor, a ferramenta de consulta que possibilita verificar a situação de comercialização de todos os planos registrados na ANS. A busca pode ser feita por operadora ou por plano, e o usuário obtém dados como o número de registro, segmentação e abrangência geográfica do produto, entre outros.

Acesse o link e consulte a situação do plano de saúde.

Sompo Seguros recebe Prêmio Nacional de Qualidade de Vida da ABQV 813

Sompo Seguros recebe Prêmio Nacional de Qualidade de Vida da ABQV

Programa de Qualidade de Vida da seguradora incentiva o protagonismo do colaborador, promove a diversidade e disponibiliza benefícios

A Sompo Seguros S.A., empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo, acaba de ser reconhecida por suas Boas Práticas em Gestão, na Categoria Grande Empresa, pelo XXII Prêmio Nacional de Qualidade de Vida – PNQV, conferido pela Associação Brasileira de Qualidade de Vida – ABQV, durante solenidade realizada na terça-feira, dia 03 de dezembro, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), em São Paulo (SP). A premiação é conferida anualmente às empresas que tiveram mais evidência na implantação e sustentabilidade dos seus programas de qualidade de vida durante o ano.

“O investimento em capital humano está no centro das estratégias da Sompo Seguros. Nós entendemos que, além de muito bem qualificados, nossos profissionais devem ter a percepção do valor de cada um para companhia. Isso só é conquistado com um planejamento estruturado e um trabalho bem desenvolvido”, considera Francisco Caiuby Vidigal Filho, presidente da Sompo Seguros.

“Esta foi a primeira edição em que decidimos concorrer e já ficamos entre os cases que obtiveram o reconhecimento do PNQV, que é uma premiação de referência em relação às questões de qualidade de vida do trabalhador. Ter a chancela da ABQV, que acompanha as tendências e melhores práticas desenvolvidas pelas organizações é de suma relevância”, complementa Celso Ricardo Mendes, diretor administrativo da Sompo Seguros.

Qualidade de Vida na Sompo

O Programa de Qualidade de Vida da Sompo atualmente em vigor segue o Modelo de Gestão estabelecido em 2018, que definiu as diretrizes que passaram a nortear as ações das lideranças em todos os níveis. Entre elas, estavam “Cuidar da empresa e das pessoas” e “Garantir a igualdade”. “Mesmo que essas já fossem questões que fizessem parte das políticas e cultura da empresa, estabelecê-las como diretrizes fez com que estivessem sempre presentes em qualquer projeto desenvolvido pelas equipes da companhia”, ressalta Roberta Caravieri, superintendente de RH da Sompo Seguros. “Isso também nos trouxe mais subsídios para reforçar as questões relacionadas à qualidade de vida nas comunicações com as lideranças em todas nas nossas unidades”, ressalta.

Uma das características do Programa de Qualidade de Vida da Sompo Seguros é que muitas de ações desenvolvidas incentivam a participação e o protagonismo do colaborador. Também há o entendimento que a questão da Diversidade é um dos direcionadores para promoção do ambiente de trabalho saudável na companhia.

A Sompo Seguros estabeleceu em 2018, as Comissões de Diversidade, que são grupos multidisciplinares formadas na companhia por colaboradores com o objetivo de instituir ações, práticas e políticas que promovam a igualdade de oportunidades, além da integração e respeito no ambiente corporativo. A companhia conta atualmente com cinco pilares: Gênero, Gerações, Raças & Etnias, Pessoas com Deficiência e LGBTI+. Cerca de 50 profissionais da companhia dedicam parte de seu tempo às comissões, que organizam iniciativas para garantir a equidade, respeito mútuo, a promoção de um ambiente de trabalho amigável e, com isso, a melhora da qualidade de vida dos colaboradores.

Ao longo dos anos de 2018 e 2019, já foram realizadas iniciativas significativas voltadas às questões de diversidade, como a criação de cursos de libras gratuitos para que colaboradores ouvintes possam aprender a linguagem de sinais, parceria com a Transempregos (entidade que media a contratação de profissionais transgênero), encontros para debater questões relacionadas à diversidade no ambiente interno, desenvolvimento da Declaração de Diversidade e Inclusão, que estabelece diretrizes para estimular um ambiente de respeito, inovação, inclusão e equidade, que garante igualdade de oportunidades a todos, considerando cada um em sua individualidade, respeitando sua dignidade e reconhecendo seus méritos; entre outros.

Outra ação que incentiva o protagonismo dos colaboradores é o Semear o Bem, programa de voluntariado em que a companhia apoia e incentiva projetos de responsabilidade social voltadas às causas de Direitos Humanos e Meio Ambiente. Por meio da iniciativa, os grupos de colaboradores apresentam propostas sobre iniciativas que pretendem desenvolver. Os selecionados contam com o apoio da companhia, além da orientação e acompanhamento de uma consultoria especializada para que sejam viabilizados de forma profissional e atinjam seus objetivos.

A Sompo Seguros conta também com uma Comissão de Saúde, que faz a gestão da saúde do trabalhador. A companhia conta com ambulatório próprio com médicos, enfermeiras, fisioterapeuta e massoterapeuta, que fazem o acompanhamento regular de pacientes crônicos, oncológicos e gestantes. Exames periódicos identificam os grupos de risco, que são encaminhados para acompanhamento. A Comissão de Saúde avalia os relatórios de sinistralidade para promover e aprimorar os programas de qualidade vida. Por meio desta análise surgiram novos programas como o Alimentação Saudável, Programa de Saúde Mental, gestão do absenteísmo e afastamentos.

Na companhia, os colaboradores também são incentivados à prática de atividades físicas. Além da parceria com a Gympass, que confere aos colaboradores acesso a diferentes modalidades esportivas parcialmente subsidiadas pela empresa, também foi instituído o Sompo Balance, programa em que os funcionários contam com aulas de yoga, pilates e zumba nas dependências da seguradora. Já o Sompo Bike é uma iniciativa por meio da qual os colaboradores podem emprestar sem qualquer custo, bicicletas disponíveis na sede da companhia.

Também foi instituída a jornada flexível, por meio do qual o trabalhador pode entrar mais tarde, sair mais cedo ou escolher fazer entre 1h15 e 2h00 de almoço, desde que cumpra sua jornada diária. Para o horário do intervalo há o Espaço de Convivência, criado para integração e lazer dos colaboradores, com equipamentos de jogos como mesa de sinuca, pebolim e videogame, por exemplo. Outra iniciativa é a Cabine do Cochilo, uma cabine instalada na sede da empresa para que colaboradores possam agendar diariamente uma soneca de 15 minutos.

A iniciativa mais recente foi a flexibilização do dress code da empresa, com a liberação de uso de bermudas todos os dias da semana para todos os funcionários. A novidade foi bem aceita e o engajamento tem sido bem significativo, já que até os altos executivos aderiram ao estilo mais informal.

Reconhecimento

A conquista do PNQV veio para somar a outro reconhecimento recebido pela Sompo Seguros na área de gestão de pessoas. Recentemente, a companhia foi premiada como Empresa Revelação 2019 na lista das 150 Melhores Empresas para Trabalhar a edição 2019, do Guia VOCÊ S/A. A seguradora alcançou o maior Índice de Felicidade do Trabalho medido pelo levantamento entre as empresas que entram pelo ranking pela primeira vez.

“Todo o nosso programa conta com métricas que nos permitem aferir o clima organizacional. Acompanhar e endereçar as sugestões de melhoria de nossos colaboradores também é essencial para aprimorar um ambiente saudável!”, avalia Adriana Martins, coordenadora de Qualidade de Vida da Sompo Seguros.

Como transitar de bicicleta com segurança pela cidade 3753

Como transitar de bicicleta com segurança pela cidade

Com o objetivo de potencializar a mobilidade, a Seguros SURA alerta para cuidados básicos ao se deslocar por vias urbanas

As bicicletas vêm se transformando em um dos meios de transporte preferido das pessoas que buscam uma alternativa ao caótico trânsito de veículos das grandes cidades, ou para pessoas que buscam qualidade de vida. Elas têm se multiplicado pelas ruas, avenidas e, principalmente, ciclovias em uma progressão inimaginável há alguns anos. Junto com essa nova onda, surge a preocupação e, mais que isso, a necessidade de se buscar mais segurança para usuários e pedestres que dividem o mesmo espaço.

A pesquisa “Origem e Destino”, divulgada pelo Metrô de São Paulo recentemente, mostra que o uso da bicicleta como meio principal de deslocamento cresceu 24% desde 2007 na capital paulista, cidade com maior concentração e uso. Novas regras vêm sendo testadas e implementadas, mas, garantir mais segurança pessoal é sempre uma atitude inteligente. Cada vez mais, torna-se obrigatório o uso do capacete, porém este é apenas um dos itens que previne danos mais severos.

Pensando na importância da mobilidade no dia a dia das pessoas, a Seguros SURA preparou 10 dicas para quem utiliza as bikes para o deslocamento ou mesmo a lazer pela cidade

• Utilize sempre os equipamentos de segurança, como luzes dianteiras e traseiras e, principalmente, o capacete.

• Evite transitar com duas pessoas e muito cuidado ao levar crianças, lembre-se de transportá-las em uma cadeirinha própria para bicicleta e não se esqueça do capacete nas crianças também.

• Respeite a sinalização: semáforos específicos para bikes e faixas de pedestres.

• Cuidado ao estacionar. Deixe a bike em um lugar seguro, mas que não atrapalhe a circulação das pessoas, autos e outros meios de mobilidade.

• Procure pedalar em locais tranquilos para conhecer bem sua bike antes de transitar em vias urbanas.

• Utilize um calçado adequado e confortável (tênis, sapatos sem salto) e não pendure bolsas e sacolas no guidão.

• Procure transitar somente em ciclovias ou ciclofaixas e nunca na contramão.

• Fique atento, não utilize fones de ouvido ou celular enquanto pilota sua bicicleta.

• Evite fazer manobras radicais, dirigir sem as mãos, isso multiplica muito a chance de acidente com você ou com os outros.

• Planeje seu percurso antes de sair de casa e respeite os limites de velocidade.

A Seguros SURA tem acompanhado as tendências de mobilidade para identificar oportunidades e entregar soluções e produtos que facilitem o dia a dia e gerem bem-estar para as pessoas. “Lançamos recentemente uma nova solução de seguros para bicicletas e, em breve, disponibilizaremos o seguro também para usuários de patinetes, pois estamos engajados com os novos hábitos e comportamentos, buscando atender assim, as reais necessidades das pessoas”, explica Gabriel Bugallo, vice-presidente de soluções da Seguros SURA.