Venda de ingressos para o Rio Open 2020 começa nesta segunda-feira 949

Venda de ingressos para o Rio Open 2020 começa nesta segunda-feira

Torneio faz parte do circuito da ATP (Associação de Tenistas Profissionais) e acontece em fevereiro do ano que vem

Os ingressos para a edição de 2020 do Rio Open de Tênis começaram a ser vendidos nesta segunda-feira (2). O torneio acontecerá entre os dias 15 e 23 de fevereiro do ano que vem, no Jockey Clube, localizado no bairro da Gávea, zona sul da capital do Rio de Janeiro. Estão disponíveis entradas para todas as fases da disputa, com preços a partir de R$ 30.

Aos fãs do esporte, há ainda a opção de pacotes de ingressos, que dão direito a acompanhar diversos jogos por fases: Primeira Rodada (segunda e terça) por R$ 173, Segunda Rodada (quarta e quinta) por R$ 263 e Finals (sábado e domingo) por R$ 668. Eles contemplam os ingressos do setor lateral e são limitados. Disputado no piso de saibro, o complexo conta com nove quadras, que vão sediar mais de 50 partidas de simples e de duplas. Em 2019, mais de 50 mil pessoas acompanharam o torneio, que é o maior da América do Sul na modalidade e único da ATP no Brasil.

Além das disputas, o Rio Open 2020 irá oferecer o Leblon Boulevard aos visitantes, com atrações culturais e gastronômicas. A HDI Seguros, patrocinadora oficial do evento, terá um estande próprio no local, onde receberá parceiros, corretores e o público em geral. As chaves do torneio serão definidas apenas em janeiro e o campeão deve ganhar, além de uma premiação em dinheiro, 500 pontos no ranking da ATP.

Outra vertical que faz parte do Rio Open é a parceria entre o NERO (Núcleo Esportivo do Rio Open) e a AGLO (Autoridade de Governança do Legado Olímpico), que oferece aulas de tênis gratuitas a crianças de 8 a 13 anos, no Parque Olímpico. Há ainda apoio a iniciativas como o Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e o projeto Arremessar para o Futuro. O Torneio Winners, em que competem meninos e meninas participantes desses programas, é um dos resultados dessas ações, que têm como propósito principal fazer com que o Tênis proporcione mobilidade social.

O sérvio Laslo Djere é o atual vencedor da competição, que já tem confirmadas as participações do austríaco Dominic Thiem, número 4 do ranking; o croata Borna Coric, grande nome da nova geração da ATP; o italiano Matteo Berrettini, Top 10 no ranking e o argentino Diego Schwartzman, 14o. colocado na ATP e campeão do Rio Open em 2018.  Do Brasil, um dos tenistas confirmados é Felipe Meligeni, que venceu a 2ª edição do Torneio Maria Esther Bueno, finalizado ontem.

Exame para Corretores de Seguros abre inscrições 396

Exame para Corretores de Seguros abre inscrições

Provas acontecerão entre 27 e 30 de janeiro

O corretor de seguros é o profissional especializado e tecnicamente preparado para intermediar contratos de seguros entre consumidores e sociedades seguradoras, empresas de previdência aberta e de capitalização. Ele atua como consultor junto a seus clientes indicando as melhores coberturas, esclarecendo dúvidas e resolvendo problemas.

Para exercer essa função, é necessário estar devidamente capacitado e conhecer as especificidades dos seguros. Como o mercado de seguros lida com riscos e produtos complexos, profissionais qualificados sempre terão mais credibilidade e respaldo entre as empresas do setor e a sociedade.

Uma das formas de alcançar essa formação é por meio do Exame para Habilitação de Corretores de Seguros, ministrado pela ENS. Em sua 65ª edição, a avaliação será realizada em 12 localidades: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

As provas acontecerão entre 27 e 30 de janeiro, em cinco modalidades: Vida e Previdência; Capitalização; Vida e Previdência e Capitalização; Demais Ramos e Todos os Ramos.

Curso online

Para os candidatos que desejarem ter acompanhamento pedagógico antes das provas, a ENS oferece cursos preparatórios online. Os programas incluem material didático atualizado periodicamente e dá direito a isenção na taxa de inscrição do Exame, desde que a matrícula seja na mesma habilitação do Exame.

Mais informações e inscrições estão disponíveis no site da Escola de Negócios e Seguros.

Seguro de vida é aliado dos profissionais autônomos 569

Seguro de vida é aliado dos profissionais autônomos

Ninguém sabe quando vai ter um imprevisto

Um acidente de carro, o diagnóstico de uma doença grave, uma internação na UTI. Ninguém sabe quando vai ter um imprevisto, mas, se alguma dessas situações acontecer, o seguro de vida pode ser um aliado, desmitificando a ideia de que que o produto só tem utilidade nos casos de morte.

Tendo em vista o aumento do número de empreendedores, microempresários e profissionais autônomos nos últimos anos, a contratação do seguro se faz ainda mais importante a quem não tem carteira assinada, especialmente se o profissional autônomo for o provedor de sua família. Isso porque trabalhar por conta própria exige do profissional autônomo um planejamento financeiro que compense a ausência dos benefícios oferecidos pela iniciativa privada ou cargo público, como uma renda fixa, aposentadoria e cobertura do INSS em caso de afastamento do trabalho por acidente ou invalidez.

Com uma renda mensal flutuante, um dos maiores desafios do profissional autônomo é cobrir todas as suas necessidades de seguro.

“Além das coberturas tradicionais para casos de acidente que podem incorrer em uma invalidez ou mesmo morte, existem coberturas que podem cobrir as despesas médico hospitalares (Cobertura DMHO) e até pagar um valor fixo por dia de internação hospitalar (Cobertura DIH), garantindo para o segurado uma renda extra que pode ser utilizada inclusive para auxiliar nas despesas para o tratamento de sua saúde que, para o caso de autônomos, é uma ótima alternativa durante a fase de restabelecimento. O ideal é que o profissional que não tem a contribuição compulsória contrate um seguro de vida para garantir renda em caso de doença ou acidente que o afaste do trabalho. Os seguros de vida tradicionais, acidentes pessoais, incapacidade temporária ou prestamista (que cobre dívidas em caso de morte, invalidez e até perda de renda do segurado) oferecem uma espécie de colchão que protege o segurado e a sua família em situações imprevistas”, explica Karina Massimoto, superintendente executiva de Seguros de Pessoas da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

Tanto a cobertura DMHO quanto a DIH têm facilidade no pagamento da indenização. No caso da cobertura de DIH, o segurado receberá o valor da diária contratada somente comprovando a internação por acidente, sem necessidade da comprovação da renda familiar. Na cobertura DMHO, basta o segurado comprovar o acidente e encaminhar as notas fiscais para reembolso.

“São seguros com valores acessíveis por mês, que normalmente ainda contam com assistências que dão suporte no dia a dia com serviços para sua moradia, seu carro ou outros”, afirma a executiva.

Atualmente, a Brasilseg oferece seguros que oferecem coberturas para doenças graves e acidentes pessoais. O de doenças graves, um dos mais contratados, possibilita, em casos de câncer, infarto ou AVC, que o segurado receba a indenização de uma única vez. Já o de acidentes possui uma cobertura exclusiva de Acessibilidade Física, cujo valor de indenização pode ser utilizado para a realização de tratamentos, com médicos especializados, por exemplo, ou para a realização de modificações na casa, no carro ou no dia-a-dia que permitam ou facilitem a mobilidade e tragam maior qualidade de vida permitindo que segurado se adapte a nova condição.

O produto BB Proteção, por exemplo, custa R$ 6,49/mês e, além da cobertura de morte acidental e invalidez por acidente, inclui serviços emergenciais de assistência como chaveiro, encanador e eletricista, auxílio-funeral e, para o automóvel, em casos de pane seca, troca do pneu e o serviço de motorista amigo, por meio do qual o segurado tem seu carro entregue em sua residência e utiliza táxi, se não tiver em condições de dirigir.

Já os produtos BB Seguro Vida Completo, BB Seguro Vida Mulher Mais e BB Seguro Vida Estilo contam, além das coberturas de acidentes, com outras mais completas, como por exemplo a de Doenças Graves, que assegura o pagamento de indenização em caso de diagnóstico de câncer primário, infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral (AVC), cirurgia coronariana, insuficiência renal crônica e transplante de órgãos vitais. O principal diferencial desta cobertura é que não se trata de reembolso de despesas ou adiantamento do capital de morte, mas sim um valor contratado entre R$ 10 mil e R$ 100 mil pago em vida ao segurado quando confirmado o diagnóstico da doença.

“Tratam-se de doenças de alto custo que, embora cobertas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), nem sempre estão cobertas pelos planos de saúde privado e quase sempre exigem do segurado ou de familiares o desembolso de altos valores com remédios. Nesse sentido, o valor da indenização pode cobrir ou colaborar com o pagamento parcial das despesas decorrentes do tratamento ou até mesmo a contratação de cuidadores”, explica Karina.

Em parceria com a Chevrolet, HDI oferece desconto no seguro dos novos Onix 702

Fábio Leme é Vice-Presidente Técnico da HDI Seguros / Divulgação

Benefício para assinantes da tecnologia OnStar vai até o dia 31 de dezembro

A HDI Seguros, 5ª maior seguradora do segmento automotivo, está oferecendo um desconto exclusivo no seguro automotivo aos novos modelos do Onix, recém-lançados pela Chevrolet. O benefício abrange ambas as versões Hatch e Sedan (Plus e Plus Black) dos veículos, que contam com novas funcionalidades da tecnologia OnStar, que proporcionam maior segurança e uma melhor experiência de uso dos carros, tanto em movimento, quanto parados.

O benefício é válido até o dia 31 de dezembro e estão contemplados os seguintes produtos do portfólio da seguradora para o ramo automotivo: HDI Auto Perfil, HDI Fit, HDI Flex e Auto Funcional. As coberturas dos produtos protegem o veículo em sinistros que envolvem colisão, incêndio, roubo e furto, tendo como principal característica a possibilidade de adequá-las ao estilo de vida do segurado.

A atual versão da tecnologia OnStar, que equipa os novos Onix oferece funcionalidades em cinco pilares: Emergência e Segurança; Acesso Remoto; Saúde do Veículo; Comportamento de Direção; e Navegação. Na matriz de Emergência e Segurança, especificamente, o motorista conta com o resguardo das soluções Resposta Automática de Acidentes, que monitora o veículo, mesmo quando guiado por terceiros, e auxilia automaticamente o usuário em casos de acidente; e Road Service, assistência gratuita e 24 horas, que atende ao motorista em todo o Brasil e também em Argentina, Uruguai e Paraguai.

“O Onix é o carro mais vendido do mercado brasileiro há quatro anos e o dado mais recente divulgado pela Fenabrave, de novembro, mostra que o veículo registrou um volume cerca de 114% superior em vendas, em relação ao segundo colocado no período”, afirma Fábio Leme, Vice-Presidente Técnico da HDI Seguros. “Para atender de forma satisfatória esse contingente, potencializamos o custo-benefício do produto, disponibilizando aos motoristas a inteligência matemática por trás da solução”, explica o executivo.

Os seguros da HDI podem ser pagos por boleto bancário ou cartões de débito e crédito, com a flexibilidade de parcelamento em até 10 vezes.

Rede de Convênios GBOEX oferece várias opções para celebrar o Natal 609

Rede de Convênios GBOEX oferece várias opções para celebrar o Natal

Descontos em parceiros podem chegar até a 40%

Divulgação
Divulgação

O clima de Natal já está tomando conta. É um momento de confraternização, de carinho e felicidade, quando muitos gostam de presentear a família e os amigos. Para essa data tão celebrada, a Rede de Convênios do GBOEX ajuda seus associados, oferecendo várias opções de parceiros com descontos de até 40% e outras promoções. Entre os conveniados, estão lojas virtuais e físicas, para quem busca lembranças de Natal para adultos e crianças, como roupas, acessórios, brinquedos, artigos para o lar, entre outros, bem como agências, hospedagem e opções de lazer, para quem vai curtir o feriado.

Tudo fica mais fácil com os parceiros da Rede de Convênios: para quem vai viajar, a Movida oferece 10% na locação de automóveis; para as melhores surpresas de Natal, a Netshoes oferece 15% de desconto em compras; Electrolux com até 40% de desconto; Centauro com 17% de desconto e Ricardo Eletro com até 10% de desconto. Para quem busca uma opção diferente, as cestas comemorativas também são uma ótima opção para a data, que podem ser encontradas em parceiros como a Cestas Micheli, Don Benito e Giuliana Flores, com desconto de até 15%. E para encantar os pequenos, o associado conta com a BRINQUEDOS ESTRELA que oferece 20% de desconto na loja online e com a MPM SHOP, com 15% nas compras feitas pelo site.

A lista completa de conveniados pode ser acessada no site da Rede de Convênios ou por meio do aplicativo oficial do programa, disponível para smartphones com sistema Android e iOS.

Para mais informações, entre em contato pelos e-mails convenios@gboex.com.br e rede_convenios@gboex.com.br, ou pelos telefones (51) 3215.8091 / 3215.8092.

GBOEX – Quando você tem tudo fica bem.

Copom deve fazer novo corte na taxa de juros no início de 2020 453

Copom deve fazer novo corte na taxa de juros no início de 2020

Confira análise do economista-chefe da Porto Seguro Investimentos, José Pena

O Banco Central (BC) inicia hoje (10), a última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) de 2019 e a nossa expectativa é de uma redução de 0,55 ponto percentual na taxa. As atenções estão concentradas na sinalização de que o Copom poderá dar sobre seus próximos passos. O Banco central deve deixar a porta aberta para uma eventual última redução na reunião de fev/2020, que então levaria a Selic para 4,25%.

Embora o IPCA esteja surpreendendo nestes últimos meses de 2019, essa alta está concentrada em poucos itens (carnes, energia elétrica e jogos de azar), que não refletem uma excessiva pressão de demanda interna, o que se fosse o caso, justificaria uma postura mais cautelosa do Copom. Os núcleos de inflação seguem em patamares bastante confortáveis (próximos do piso do intervalo que contém a meta de inflação, considerando os 12 meses terminados em novembro).

Além disso, as expectativas, apuradas pelo levantamento Focus, seguem ancoradas. Na verdade, as projeções para 2020 seguem abaixo (3,60%) do centro da meta (4,00%) para o próximo ano. Diante de todos esses fatores, me parece justificável e recomendável que o Copom mantenha amplo grau de liberdade para decidir em fevereiro sobre a Selic, evitando se comprometer desde já com um movimento que deve ocorrer em quase 2 meses.

Os juros para os tomadores de crédito seguem caindo lentamente e por isso há espaço para quedas adicionais nas diversas linhas de crédito mesmo que o Copom eventualmente sinalize o encerramento do atual ciclo monetário a partir da reunião desta semana.