Entenda o que é endomarketing e qual sua vantagem para os negócios 372

Entenda o que é endomarketing e qual sua vantagem para os negócios

O endomarketing é uma ação institucional voltada para os funcionários da empresa com a intenção de melhorar a sua imagem internamente. Essa prática, quando bem aplicada, costuma trazer ótimos resultados para as empresas!

Um grande exemplo de endomarketing é o que a empresa Toyota faz com os novos funcionários. Assim que entram, eles recebem um treinamento de cinco meses para aprenderem a cultura Toyota.

Depois são direcionados às fábricas para que conheçam a produção dos carros e entender as necessidades dos clientes. Além disso, a Toyota costuma promover ações de trabalho em equipe, palestras e estimular a criatividade.

Considerando isso, preparamos este conteúdo para falar a respeito do endomarketing e entender suas diferenças do marketing. Confira!

Saiba qual a função do marketing

Entendendo que em essência o marketing trabalha para atender seu público-alvo, é necessário compreender por meio de pesquisas as melhores formas de lidar com esse desejo.

Para isso, o marketing deve perceber as diferenças entre os consumidores para saber de que maneira gerar valor ao produto. Lembrando que valor se refere à representação da marca, não ao valor monetário.

Esse processo de pesquisa é responsável também por identificar e antecipar as ações da empresa, para assim satisfazer as necessidades do cliente.

Entenda como o endomarketing funciona

Tendo em mente que o marketing trabalha com o público externo da empresa, qual é o público alvo no caso do endomarketing? Eu digo, são os Funcionários!

Essa prática que também é chamada de marketing interno tem como objetivo manter os colaboradores motivados, evitando assim uma troca constante no quadro de funcionários.

Para isso a empresa deve investir em ações internas, eventos corporativos, pesquisas de satisfação e inclusão dos colaboradores nos projetos e tomadas de decisões da empresa.

Isso vai refletir tanto dentro quanto fora da empresa, no que diz respeito a imagem da corporação.

Motivos para a empresa investir em endomarketing

Podemos imaginar um bom exemplo disso: pense em você trabalhando em uma empresa dentro da sua área de atuação, independente de qual seja.

Supondo que seja de construção civil, possui um determinado perfil de consumidor e colaborador. Os produtos comercializados vão desde areia, e cimento, até detalhes finais da obra, como janelas e domus para telhado, tinta e chuveiro lava olhos.

Fora isso, sem contar o fato dos materiais, em um ambiente de trabalho agradável as pessoas se sentem parte da equipe, algo que faz com que trabalhem com gosto.

Pois ao ser valorizado o funcionário se sente mais motivado, resultando em um trabalho melhor. Além do colaborador se tornar mais leal à empresa e buscar otimizar sua produtividade.

Impulsione a produtividade do seu negócio

Como vimos ao longo deste conteúdo, no endomarketing a pesquisa é fundamental. Ao programar um evento interno é aconselhável realizar uma pesquisa de satisfação antes e depois, para que se tenha um retorno dos funcionários.

Até mesmo antes de implantar uma nova política interna é importante ouvir os colaboradores, pois é importante ouvir o que eles têm a dizer.

Essas atitudes fazem toda a diferença para a imagem da empresa, que passa a ser vista de maneira positiva pelos funcionários e consequentemente pelas pessoas de fora.

*sse artigo foi escrito por André de Angelo, criador de conteúdo do Soluções Industriais.

Uso de tecnologia por idoso pode impactar negócios após pandemia 708

Crise atual vai transformar os negócios

Em tempos de confinamento, os idosos sendo os mais vulneráveis ao coronavírus, a digitalização da melhor idade está se tornando cada vez mais comum. Com a tecnologia e diversas soluções digitais disponíveis no mercado, o público com mais de 65 anos tem conseguido administrar atividades do dia a dia por meio de sites, aplicativos e dispositivos digitais. Para Patrícia Soares, CEO da Prestho – fintech brasileira 100% digital e especializada em empréstimos consignados para aposentados – as novas interações realizadas pelos idosos pode ditar os negócios daqui para frente, impactando o mercado positivamente.

Nos e-commerces já é possível observar essa transformação. Cerca de 49% dos idosos já têm o hábito de pesquisar produtos na internet e, por consequência, fazer compras. Estas pessoas preferem receber os produtos em casa, mesmo que saia mais caro e assim elevam o valor do ticket médio – de acordo com informações do site Mercado & Consumo.

A internet tem facilitado a participação do idoso em diversos canais no mundo digital. Além das redes sociais e compras em site virtuais pela internet a Prestho identificou um aumento em buscas por serviços financeiros pelas pessoa com mais de 65 anos. De acordo com pesquisa inédita realizada pela fintech, só nos últimos 15 dias do mês de março o pedido de empréstimo consignado online cresceu 28%. Além disso, o levantamento mostra um aumento de 21,55% nas solicitações de crédito realizadas por idosos acima dos 65 anos. Outro dado relevante é que 67,7% dos pedidos de crédito foram realizados por meio de dispositivos móveis, se comparado com as semanas anteriores ao decreto de isolamento social.

Esse comportamento, mostra que os idosos estão cada vez mais conectados e buscando alternativas seguras e pela internet para resolver situações do dia a dia. Para Patrícia com isolamento social, as fintechs estão se destacando ainda mais. “São empresas que trabalham para inovar e otimizar serviços do sistema financeiro utilizando principalmente a tecnologia como aliada e que neste período está conquistando a confiança do público de mais idade”, afirma a CEO.

Patrícia ainda frisa que neste momento de crise quem estiver totalmente fora do online também estará fora do ecossistema de negócios. “Apesar do período incerto, é a hora de apostar nessa transformação digital causada pela pandemia e ampliar os negócios para os idosos. Será a maior evolução que nós teremos”, conclui.

Grupo É Seguro lança rede de distribuidores de meios de pagamentos 584

Serviço é voltado para empreendedores que querem trabalhar com máquinas de cartão, emissão de boletos, link de pagamento e máquinas virtuais

O Grupo É Seguro acaba de lançar nacionalmente sua rede de distribuidores de meios de pagamentos, a É Seguro Pay. A marca chega ao mercado com condições diferenciadas para os empreendedores que querem trabalhar com máquinas de cartão; emissão de boletos; link de pagamento e máquinas virtuais.

Em meio a pandemia de Covid-19, o modelo adotado para o negócio foi pensado para competir com outros players do mercado de máquinas de cartão de crédito e atuar em um nicho de clientes pouco explorado pelos grandes bancos. “Com esse formato de baixo investimento, totalmente online, sem necessidade de estoque e gestão de pessoas, os empreendedores terão mais rentabilidade e poderão trabalhar oferecendo as melhores taxas de juros”, explica Adriano Oliveira, diretor da empresa.

Uma das principais vantagens do modelo de negócio é a total liberdade que o distribuidor tem para flexibilizar a margem de lucro. “O empreendedor consegue aplicar taxas de juros diferenciadas para cada estabelecimento comercial, ou seja, apresentamos uma taxa base para que ele aplique a margem desejada para finalizar o seu valor em cada negociação firmada. Dessa forma, o distribuidor pode aumentar sua rentabilidade de acordo com cada contrato firmado”, finaliza Adriano.

De acordo com Adriano, a aposta nesse segmento foi um passo natural nesse cenário econômico. “As franquias de nosso grupo já trabalham com seguro, consórcio, serviços assistenciais, planos de saúde e odontológico, financiamento de veículos e crédito consignado. Agora, seguimos para uma área também bastante promissora, a de maquininhas. O plano de crescimento da É Seguro Pay contempla todas as regiões do país com 75 distribuidores ativos até julho”, diz.

Escola de Negócios oferece oficina de Neuroliderança  487

Com foco em “Comunicação Assertiva e Inteligência Emocional”, treinamento tem por objetivo engajar equipes a alcançar resultados acima da média

Como motivar equipes de alta performance? Manter um time engajado e com resultados acima da média pode ser uma tarefa complicada para a liderança da empresa, mas não impossível. Aprendendo a combinar princípios do funcionamento do cérebro humano com as melhores práticas de desenvolvimento de competências de liderança, o líder será capaz de otimizar a sua tomada de decisões e estimular pessoas a trabalharem juntas para a excelência organizacional.

Para te ajudar nesta tarefa, o ISAE Escola de Negócios, uma das principais instituições de ensino do país, vai oferecer a oficina “Neuroliderança com foco em Comunicação Assertiva e Inteligência Emocional” nos próximos dias 13 e 14 de maio. Durante a atividade, que faz parte da programação do Perspectivação Onlive, os alunos vão aprender as melhores abordagens da neurociência para exercer um papel de líder inspirador.

“É uma oficina para quem deseja desenvolver habilidades de liderança pessoal e quer incentivar seus times”, explica Guilherme Viriato, professor do ISAE Escola de Negócios. “Ao final das aulas, os participantes vão dominar ferramentas de controle de estados emocionais e comunicação assertiva com foco em resultados, possibilitando o alcance dos objetivos profissionais, do time e da empresa”, complementa.

A oficina “Neuroliderança com foco em Comunicação Assertiva e Inteligência Emocional” terá 6h de duração, com atividades das 19h às 22h nos dois dias. As aulas serão realizadas online e com transmissão ao vivo simultânea para todos os alunos, convidando-os a não só assistir, mas também interagir com os temas abordados, o que torna a experiência ainda mais enriquecedora e com a mesma certificação das oficinas presenciais. As inscrições custam R$ 290.

Para inscrições e mais informações sobre a oficina “Neuroliderança com foco em Comunicação Assertiva e Inteligência Emocional”, oferecida pelo “Perspectivação Onlive” do ISAE Escola de Negócios, acesse o site https://loja.isaebrasil.com.br/cursos-perspectivacao.

Plano de resposta da Marsh mantém continuidade de negócios das empresas 800

Companhia tem feito chamadas diárias de acompanhamento com as seguradoras para garantir otimização dos processos existentes

Desde a confirmação da pandemia da Covid-19 e que foram estabelecidas as medidas de isolamento social, a Marsh conseguiu realizar rapidamente uma transição para 100% home office e digital e assim continuar a atender os seus clientes remotamente. Isto foi possível devido ao modelo de gestão da companhia que globalmente já tinha uma estrutura e já incentivava a prática de trabalho em casa entre os seus colaboradores de todos escritórios no Brasil, desde a implantação do modelo de escritórios smart office que valoriza a flexibilidade, a diversidade e a interação entre os colegas.

“Fomos pioneiros em incentivar a flexibilidade de trabalhar em casa e isto, dentro de uma estratégia de gestão de risco, comprova que um plano de continuidade de negócios eficaz faz a diferença em momentos de crise”, afirma Alvaro Eyler, Chief Commercial Officer da Marsh.

Colocação e renovação das apólices

Nesta operação 100% home office e digital, a Marsh tem feito chamadas diárias de acompanhamento com as seguradoras para garantir otimização dos processos existentes e consequente melhora na resposta das seguradoras com o menor tempo possível.

Gestão de documentos

É realizado também o rastreamento de todos os documentos físicos recebidos e analisada a possibilidade de digitalização dos documentos que ainda são físicos.

Sinistros

O fluxo de atendimento de sinistros segue inalterado, com exceção do agendamento de vistorias nas oficinas e de patrimonial, realizadas virtualmente, com fotos e vídeos substituindo os deslocamentos.

Além disso, a consultoria de riscos criou um comitê com as lideranças das áreas de sinistros, placement, specialties e resseguros para alinhar as recomendações aos clientes, ampliar as negociações com as seguradoras e avaliar os impactos no dia a dia nas negociações das apólices.

“A tecnologia nos permite estar próximos dos clientes e nossa estrutura fornece serviços importantes de comunicação como conferência remota que combina videoconferência, reuniões on-line, bate-papo e colaboração móvel e envio das nossas comunicações e convites dos webinars sobre a Covid-19 e outros temas. Tudo isto com plataformas de acesso remoto com protocolos de segurança que garantem confidencialidade e segurança da informação de nossos clientes e parceiros de negócios”, reforça o executivo da Marsh.

Consultoria de risco para Covid-19

O plano da Marsh engloba também orientações para organizações revisarem as suas estratégias de resiliência e gerenciamento de crises para se prepararem para os impactos durante e após a pandemia. Este acompanhamento visa apoiar os clientes na definição de estratégias para minimizar as consequências.

Os serviços são baseados nas experiências da consultoria em gerenciamento de continuidade de negócios, permitindo que a organização realize um diagnóstico rápido e eficaz dos seus recursos na ocorrência do evento e defina planos de continuidade de operações ágeis para responder a ele.

“Desenvolvemos um trabalho de gestão de crise e contingência para auxiliar os clientes durante a pandemia. E estamos também auxiliando a gestão da Covid-19 através de informativos aos nossos clientes, webinars e pelas nossas mídias sociais”, diz.

Além disso, a Marsh desenvolveu o portal Centro de Recursos ao Covid-19. Na página são disponibilizados diversos estudos sobre as principais estratégias de gestão de riscos e os impactos da crise nos negócios. Na plataforma pode ser encontrado também vídeos e conteúdos mais recentes e informativos sobre o assunto. Mais informações sobre recomendações e dicas para a proteção de seus colaboradores e negócios em momentos de pandemia acesse o link

Argo Seguros lança ferramenta de assinatura digital 569

Serviço oferece agilidade aos negócios

A troca de mensagens entre seguradora, corretores, segurados e demais parceiros de negócios costuma tomar tempo e ser bastante burocrática. No ramo de Transportes, em especial, a necessidade de ter rapidamente alguns documentos é fundamental para garantir a cobertura de embarques ou concluir a negociação de responsabilidade entre as partes.

Entre esses documentos, a Dispensa de Direito de Regresso (DDR) é um dos mais importantes. Emitido pela seguradora do embarcador, ele informa que a companhia não exercerá seu direito de ressarcimento contra o transportador, com exceção aos riscos de cobertura obrigatória e desde que se respeite as regras de gerenciamento de risco e prevenção de danos a carga e coberturas descritas no documento.

Na Argo Seguros – uma das principais seguradoras de Transportes do país – assim como as emissões de apólices e as averbações dos embarques, a DDR também é feita de forma totalmente digital. O sistema permite que a partes assinem o documento digitalmente, com a garantia que foi entregue, aberto e lido por todos os envolvidos. Isso proporciona agilidade e evita problemas em eventuais sinistros e de averbação do transportador.

“A ideia é justamente ter um processo fácil e descomplicado, agilizando a emissão do documento com segurança e trazendo transparência para todos os envolvidos nessa operação. O embarcador, o transportador e suas respectivas corretoras de seguros têm acesso a relatórios de acompanhamento online”, explica Joelton Campos, underwriter de Transporte da Argo Seguros.

Quando a emissão da DDR acontece de forma manual, todo o processo é mais moroso. A dificuldade em obter as assinaturas de todos os envolvidos na operação; a falta de comprovação de quem não recebeu o documento; e o controle de quem assinou são apenas alguns exemplos, sem falar nas situações em que ocorrem alterações durante a vigência da apólice.

“A Argo Seguros tem bastante experiência no desenvolvimento de soluções que permitem agilidade na condução dos negócios através da inovação e da tecnologia. Temos recebido um retorno muito positivo dos transportadores porque conseguimos organizar todos os documentos pertinentes a operação com agilidade e as partes podem consultar sempre que for necessário”, afirma Mariana Miranda, Head Marine & Corporate Salles da Argo Seguros.

Vale lembrar que, há alguns anos, a seguradora foi a primeira também a aceitar a ‘Carta Protesto com Certificação Digital’, reduzindo a burocracia, custos e perda de prazo com eventuais problemas de serviços postais.