Liberty Seguros impacta mais de dois milhões de pessoas com nova websérie sobre atitude empreendedora 438

Conteúdo foi desenvolvido em parceria com a Rede Mulher Empreendedora

A Liberty Seguros contabilizou mais de 2 milhões de pessoas impactadas pelo ao-vivo de estreia e pelos vídeos da websérie “Atitude”, criada para incentivar a atitude empreendedora e empoderar as mulheres para conquistar cada vez mais. O conteúdo, disponibilizado em setembro, foi desenvolvido em parceria com a Rede Mulher Empreendedora e liderado por Ana Fontes, fundadora da RME.

Desde o seu lançamento, a série já conta com mais de 1,5 milhão de visualizações e pode ser vista no canal do Youtube da seguradora. Os temas de cada capítulo têm como objetivo apoiar mulheres a alcançar seus objetivos profissionais e colocar em prática a atitude empreendedora no seu dia a dia no trabalho, seja para cuidar da imagem pessoal, para administrar o tempo e até para conquistar um melhor relacionamento com seus clientes.

“É muito gratificante saber que pudemos ajudar e apoiar na capacitação de tantas mulheres com a nossa websérie”, diz Patricia Chacon, Diretora de Transformação da Liberty Seguros. “Através desse projeto, reforçamos o nosso compromisso em promover o empoderamento feminino e ajudar cada vez mais pessoas a encarar seus desafios profissionais”, complementa.

“Participar desse projeto é uma honra. Há alguns anos faço parte de encontros de mulheres do mercado segurador e percebo o quanto é importante, dentro de um setor que nasceu predominantemente masculino, perceber que a mulher hoje ocupa um lugar de destaque”, diz Patricia Jacobuci, Presidente do Clube de Seguros de Pessoas e Benefícios do Estado da Bahia (CSP – Bahia) e Corretora de Seguros.

Sustentare Seguros comemora bons resultados de 2019 1015

Corretora fechou o ano com 75.5 milhões de produção

A Sustentare Seguros cresceu na casa dos 10% em 2019, registrando 75.5 milhões de produção. Os números foram apresentados pelo CEO Rogerio Oliveira durante a 4ª Convenção da empresa, que aconteceu na sexta-feira (24) em Porto Alegre.

“Estamos continuamente expandindo e a expectativa é de continuarmos crescendo ainda mais”, comentou Oliveira. Diversos representantes de companhias de seguros se fizeram presentes no encontro promovido pela Sustentare Seguros na Casa Vetro, na zona norte da Capital gaúcha. “Isso nos mostra que somos uma corretora importante para essas empresas e, com esse elo da seguradora, todo o mercado de seguros e principalmente os clientes que estarão mais seguros”, afirmou.

A expansão da marca aconteceu nos últimos anos nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, chegando a mais de 100 unidades. Agora, a intenção é avançar nacionalmente. “Até 2019, tínhamos foco na Região Sul e no final do ano passado definimos que a expansão agora será pelo Brasil”, contou.

Imagens: Filipe Tedesco/JRS

Clube da Bolinha RS promove tradicional confraternização de verão 901

Município de Xangri-lá recebeu Bolinhas e suas famílias

O mais tradicional clube de executivos do mercado gaúcho de seguros reuniu suas famílias em mais um aguardado encontro de verão do Clube da Bolinha do Rio Grande do Sul. A entidade, que conta com mais de 6 décadas de atuação, teve seu encontro na praia de Xangri-lá, no Litoral Norte do Estado.

“O Clube promove encontros sempre esperados pelas famílias dos nossos integrantes e ficamos felizes em ver como todos se dão bem e aproveitam esse momento para estreitar laços de amizade, algo que vai além da relação costumeira relação profissional”, destacou o reitor Fernando Menezes, que também é diretor da Sultec Vistorias. “Gostaria de agradecer ao anfitrião Alberto Muller, por nos ceder o espaço deste encontro para essa confraternização”, se referiu ao diretor comercial da Sompo Seguros e integrante do Clube.

O momento também contou com uma homenagem por parte de alguns Bolinhas ao fundador do JRS, Jota Carvalho. “Ele sempre esteve conosco incentivando todos nossos encontros e hoje pode não estar aqui materialmente, mas com certeza está espiritualmente”, afirmou sobre o jornalista, o ex-reitor e executivo da HDI Seguros, Giovani Menger.

Imagens: Filipe Tedesco/JRS

LTSeg alerta para cuidado com patrimônio em época de chuvas 26

Confira dicas da corretora de seguros

A temporada de chuvas ainda tem mais dois meses pela frente e os riscos de temporal continuam em todo o País. Junto com as chuvas temos os prejuízos patrimoniais que muitas vezes podem ser minimizados levando em conta alguns cuidados simples. A LTSeg, corretora de seguros, por meio de sua equipe de engenharia de risco, listou alguns deles para evitar, ou pelo menos minimizar, danos em casos de inundações.

A primeira dica é manter o estoque e itens de maior valor em local mais alto, mesmo que seja em um estrado de madeira, estantes ou um andar superior. É importante também sempre verificar os ralos e encanamentos em busca de entupimentos e outros problemas que podem fazer a água não escoar.

Um plano de emergência também é muito útil para os momentos de crise. Neste plano é fundamental explicar qual a função de cada pessoa e/ou funcionário no momento da crise e que medidas deverão ser tomadas caso o nível da água se eleve.

“Apesar do seguro patrimonial ser possível tanto para empresas e pessoas físicas, aquelas em área de risco possuem maior exposição a perda”, explica Caio Timbó, diretor financeiro da LTSeg. A cobertura básica ampara os danos materiais causados pelas chuvas, sendo que há também coberturas específicas, como lucros cessantes, perda e pagamento de aluguel, equipamentos, que podem ser aplicáveis de acordo com a necessidade de cada segurado.

Para a identificação das melhores coberturas o segurado deve buscar um corretor capacitado que entenda suas necessidades e exposições, de modo que sua apólice de seguros seja dimensionada para o pior cenário de perdas, assim, até nas piores catástrofes, o segurado poderá contar com todo o apoio e indenização da cia seguradora.

Economia crescerá 2,5% este ano 26

Momento é favorável para o investimento em modernizações tecnológicas

O ano de 2020 chega com uma previsão de 2,5% de expansão para a economia, segundo a Confederação Nacional da Indústria – CNI. Para os especialistas, a atividade econômica será impulsionada pelo aumento dos investimentos em 6,5%. Assim, empresários devem aproveitar os ventos favoráveis para modernizar seus empreendimentos.

A estimativa para o consumo das famílias é de alta de 2,2%. Portanto, levando em conta a aceleração ocorrida na segunda metade de 2019, espera-se um crescimento sólido nos próximos 12 meses. Dessa maneira, as projeções estão otimistas para os negócios.

Donos de negócios precisam de estratégias para acompanhar a evolução. Uma aposta inteligente é na tecnologia, pois esse fator é decisivo para a sobrevivência. Nesse cenário de maiores aplicações financeiras, um Agente CPC – Contato com a Pessoa Certa, por exemplo, dá mais fôlego, aumenta a produção e ainda possibilita o progresso das operações.

“O dispositivo confirma os dados do interlocutor e, enquanto isso, o operador economiza tempo e energia para realizar ações mais complexas, como negociações. O maior benefício é a otimização das atividades”, explica Carlos Henrique Mencaci, presidente da Total IP – Soluções e Robôs para Contact Centers.

Apostar em soluções tecnológicas também é acompanhar a atualização do mercado. De acordo com pesquisa do Gartner, gastos com TI no Brasil crescerão 2,5% em 2020. Afinal, a falta de modernização adequada é um empecilho para o rendimento dos colaboradores.

“Quem trabalha em corporações com inovações defasadas têm probabilidade maior de se frustrar. Logo, o high tech deve ser aliado da competência humana a fim de ampliar a produtividade. Compreender esse detalhe garante melhores resultados”, finaliza Mencaci.

Curso promove imersão sobre Inovação e Tecnologias 1043

Além de aulas teóricas com especialistas de renome mundial, programa conta com visitas a grandes empresas do setor

A ENS mantém convênio com instituições internacionais há mais de 20 anos, para administração de exames e realização de programas de treinamento. Para 2020, a Instituição firmou uma parceria inédita com a Coller School of Management – Universidade de Tel Aviv, para ministrar o curso “Tel Aviv: Inovação e Tecnologias Financeiras – O Modelo Israelense”.

O programa é uma oportunidade única para altos executivos brasileiros conhecerem os fatores que contribuem para o sucesso tecnológico e financeiro israelense, que conta com mais de 300 centros de P&D de empresas multinacionais e locais. De acordo com o Ministério de Economia de Israel, as multinacionais estrangeiras investem 17% do total de suas receitas em centros de P&D no país, em comparação com apenas 1,7% nos EUA.

Apesar de seu tamanho e pequena população, mais de 150 empresas israelenses são negociadas nos mercados de ações dos EUA, posicionando Israel em 3º lugar no número de empresas negociadas nas bolsas de valores NASDAQ e NY, atrás apenas dos EUA e Canadá.

O curso terá quatro dias de imersão, em maio, nos quais os alunos estudarão temas como Transformação Digital, Inteligência Artificial, Gerenciamento e Mitigação de Riscos, entre outros. Além de aulas teóricas com especialistas de renome mundial, a programação também conta com visitas a grandes empresas, permitindo contato direto com profissionais de seguros de Israel.

Para participar é necessário investimento de US$ 3.000, que podem ser pagos em até duas parcelas no boleto ou em até seis no cartão de crédito. Para pagamentos à vista o investimento cai para US$ 2.850. Há política de descontos para ex-alunos da ENS e participantes de Programas de Treinamento no Exterior anteriores.

Outras informações podem ser acessadas no site ens.edu.br, onde também é possível efetuar inscrições no processo seletivo.

Fundador da Terra Brasis participará de curso em Israel

Com uma extensa e bem-sucedida carreira na indústria de seguros, o engenheiro Paulo Botti, ex-vice-presidente Executivo da Itaú Seguros, um dos fundadores da Terra Brasis Resseguros e sempre um entusiasta da intensa aplicação de tecnologia e inovação na vida empresarial, em breve viverá uma nova experiência.

O executivo está de malas prontas para embarcar rumo a Tel Aviv, em Israel, onde participará, em maio, do curso inédito “Tel Aviv: Inovação e Tecnologias Financeiras – o Modelo Israelense”. Com visitas programadas a diversas empresas israelenses, o programa será ministrado pela Escola de Negócios e Seguros (ENS) em parceria com a Coller School of Management, uma das escolas de negócios mais conceituadas do mundo.

Mesmo com uma trajetória consolidada e vitoriosa, Paulo Botti é enfático ao falar da importância de se investir no aperfeiçoamento técnico-acadêmico e no conhecimento de outros mercados. “Adquirir novos conhecimentos e competências é condição obrigatória para qualquer profissional que deseja obter êxito. Nunca podemos achar que sabemos o suficiente e parar de aprender”.

Mudanças constantes e cada vez mais rápidas no mundo dos negócios exigem, segundo Botti, o conhecimento de outras experiências e, inclusive, o retorno à sala de aula. “Vivemos quase que diariamente pequenas revoluções com o surgimento de novas tecnologias, que alteram a maneira de se pensar e fazer negócios. Isso tem impacto direto no comportamento dos consumidores e precisamos estar antenados a esses movimentos para darmos as respostas que o Brasil e o nosso mercado esperam”, defende.

Com relação ao curso em Tel Aviv, as expectativas são as melhores possíveis. “Israel é o país com o maior número de startups no mundo, tem uma para cada 1,8 mil habitantes. Quero aprender e vivenciar in loco esse modelo israelense de sucesso nas áreas de Inovação e Finanças”.

Botti acredita que os conhecimentos adquiridos poderão ser adaptados e incorporados aos processos do mercado brasileiro. “O setor brasileiro de seguros e resseguros evoluiu muito nos últimos 10, 15 anos. Mas sabemos que ainda está num patamar inferior se comparado ao de países mais desenvolvidos. Precisamos conhecer as práticas de quem está à nossa frente para podermos aplicá-las à nossa realidade e, assim, promovermos o desenvolvimento do nosso segmento”, conclui.