Seguro DPVAT 2020: motoristas já podem realizar pagamento 484

Valores continuam os mesmos do ano passado

Os proprietários de veículos automotores já podem realizar o pagamento do Seguro DPVAT para o ano de 2020. O valor pago no ano passado continua valendo para o exercício de 2020, variando entre R$ 16,21 para automóveis e R$ 84,58 para motocicletas. O calendário de pagamento do Seguro DPVAT pelos proprietários de veículos segue o vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA de cada estado.

O valor do Seguro DPVAT para 2020 é composto pelo prêmio tarifário de acordo com cada tipo de veículo, o custo do bilhete de R$ 4,15 e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O bilhete do Seguro DPVAT é o documento que comprova o pagamento do seguro e vem integrado ao CRV (Certificado de Registro de Veículo) e CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) no momento do licenciamento. A Seguradora Líder é a responsável por confeccionar e fornecer os formulários de ambos os certificados aos Detrans, que personalizam e entregam os documentos aos proprietários dos veículos. O custo do bilhete, portanto, é destinado à confecção, fornecimento e distribuição aos Detrans.

O Seguro DPVAT deve ser pago, uma única vez ao ano, junto ao vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA, acompanhando os calendários estaduais. Dos recursos arrecadados, 50% vão para a União, sendo 45% para o Sistema Único de Saúde (SUS) para custeio da assistência médico-hospitalar às vítimas de acidentes de trânsito, e 5% são direcionados para o Denatran, para investimento em programas de educação e prevenção de acidentes de trânsito. Os outros 50% são direcionados para o pagamento de indenizações, despesas e reservas.

As informações completas de como pagar o Seguro DPVAT 2020 estão disponíveis no site www.seguradoralider.com.br.

DPVAT segue normalmente em 2020

Em novembro, o Governo Federal anunciou uma Medida Provisória que extinguia o Seguro DPVAT a partir de 2020. Porém, em dezembro, o STF suspendeu os efeitos desta MP. A decisão foi tomada após uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 6262), apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade contra a medida. A sigla questionou a ausência de urgência e relevância da MP. Com a decisão do STF, os efeitos da Medida Provisória ficam suspensos até que ela seja votada pelo Congresso Nacional ou até o julgamento definitivo da ADI.

Assim, o pagamento do Seguro DPVAT pelos proprietários de veículos segue sendo obrigatório. A quitação do Seguro DPVAT é condição para a obtenção do CRV e CRLV, documentos de comprovação do licenciamento anual do veículo e de porte obrigatório.

Além disso, caso o proprietário do veículo não esteja com o pagamento do Seguro DPVAT em dia, ele perde o direito à indenização em caso de acidente de trânsito, se ele for o condutor do veículo no momento do acidente. De acordo com a resolução CNSP 332/2015, “se o proprietário do veículo não estiver com o Seguro DPVAT pago e a ocorrência do sinistro for posterior ao vencimento, o proprietário não terá direito à indenização”. Os demais envolvidos (passageiros e pedestres) permanecem cobertos pelo Seguro DPVAT.

Com a decisão, o pagamento das indenizações às vítimas de acidentes de trânsito de todo o país também está mantido. O DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social que protege os mais de 210 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão acidentado em território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre, e oferece três tipos de coberturas: morte (R$ 13.500), invalidez permanente (de R$ 135 até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada de saúde (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até 3 anos.

Para dar entrada no pedido do Seguro DPVAT, é preciso reunir a documentação completa e correta de acordo com a cobertura a ser pleiteada, ir a um dos cerca de 8 mil pontos de atendimento ou dar entrada diretamente pelo aplicativo do Seguro DPVAT, disponível na Apple Store ou Google Play. As informações completas podem ser encontradas neste link.

Nos últimos 10 anos, o Seguro DPVAT beneficiou mais de 4,5 milhões de pessoas. Neste período, foram mais de 485 mil indenizações por morte; 3,2 milhões por invalidez permanente e 881 mil reembolsos de despesas médicas.

Unsincor oferece curso gratuito sobre LGPD 387

Objetivo do curso é apresentar os conceitos e fundamentos da LGPD e a sua aplicação no mercado de seguros

Para lidar com o cenário desafiador, devido à pandemia do coronavírus, a Universidade Corporativa Sincor (Unisincor) está disponibilizando alguns cursos online gratuitamente. E, o treinamento “Lei Geral de Proteção de Dados no Setor de Seguros” fica disponível até hoje, 07 de abril.

Com o objetivo de apresentar os conceitos e fundamentos da LGPD e a sua aplicação no mercado de seguros, o curso é voltado aos profissionais do setor e pretende mostrar, com detalhamento, as implicações da Lei para os corretores de seguros, seguradoras e demais players.

Ministrado por Gustavo Palheiro, que é bacharel em Direito, mestrando, autor de diversos livros do setor, assim como artigos acadêmicos, o treinamento vai abordar a LGPD como instrumento de equilíbrio na relação com os titulares de dados pessoais, os abusos no tratamento dos dados, os conceitos da Lei e as exigências que impactarão os corretores de seguros.

CCG e Qualicorp fecham parceria para ampliar acesso à saúde 79

CCG inaugura primeira unidade de saúde modelo, na Zona Sul de Porto Alegre

Empresas contam com a força do corretor de seguros para a venda

O CCG pretende ampliar a sua base de 180 mil clientes, facilitando ainda mais o acesso à saúde. A empresa fechou parceria com a Qualicorp, a maior administradora de planos de saúde coletivos do Brasil. “Os planos coletivos por adesão representam uma fatia importante de vendas para as operadoras de saúde no Brasil e não poderíamos ficar de fora, sem oferecer ao mercado essa modalidade de vendas através de uma administradora de benefícios. Por isso, a importância de estarmos juntos, as marcas das duas principais empresas em seus segmentos”, destaca o Gerente Comercial do CCG, Daniel Treiguer.

Daniel Treiguer é Gerente Comercial do CCG. Arquivo JRS

Alguns meses marcaram a negociação e integração dos modelos de operação entre áreas jurídicas, comercial, cadastro, auditoria, exigindo a dedicação de vários profissionais das duas partes. “Tomamos todos os cuidados para que, quando fosse lançado ao mercado, tivéssemos todo o respaldo para que o corretor e futuro cliente possam optar pelo melhor produto com melhor cobertura e melhor preço. A partir desse mês foi iniciada a venda e agora vamos aguardar, já com a certeza do sucesso nas vendas”, conta.

A iniciativa garante ainda mais tranquilidade para os clientes a um valor justo. “Essa ação vem trazer para o cliente que é advogado, comerciário, servidor público, estudantes e demais categorias associativas que possam ter direito a comprar o plano coletivo por adesão pelo valor mais atrativo de mercado no Rio Grande do Sul, com a possibilidade de optar por 20 clínicas próprias, sendo três 24h com todas as especialidades primordiais para segurança da saúde. Além disso, estamos nas cidades chaves de Porto Alegre, Grande Porto Alegre, Vale do Sinos e demais localidades, que podem ser conferidas em nosso site”, comenta. “Conseguimos atingir, com essa parceria, uma parte importante de clientes em potenciais que não conseguem aderir ao plano pelos altos valores praticados e pela dificuldade das empresas em concederem plano saúde para seus funcionários”, acrescenta.

O CCG faz parte de uma área fundamental para o brasileiro: a da saúde. Estar atento ao atual momento de pandemia do novo coronavírus e agilizar parcerias como esta fazem parte do seu propósito. Nos próximos meses, o CCG lançará novos produtos e também promete a inauguração da maior clínica 24h no centro de Porto Alegre, que contará, inclusive, com atendimento pediátrico. “Estamos mais do que nunca agora passando por um momento no Brasil e no mundo bastante importante e de muitas surpresas e indecisões, mas nós do CCG Saúde estamos estruturados e entendo que esse é momento para nos aproximarmos dos nossos clientes, familiares e empresas que confiam seus funcionários a nossa missão de estarmos ao lado deles em todas as circunstâncias”, afirma.

Além disso, Treiguer reforça que a empresa conta com o corretor de seguros, oferecendo dedicação exclusiva de atendimento com profissionais capacitados e com novo espaço físico a partir do mês de maio para recebê-los. “Nesse movimento de crescimento e investimento no Rio Grande do Sul e logo em Santa Catarina, que a parceria com a Qualicorp vem a coroar o nosso momento, nos aproximamos cada vez mais dos corretores, um dos nossos principais canais de venda. Assim, temos certeza do sucesso e do nosso crescimento de participação nesse mercado tão competitivo”, finaliza.

Tokio Marine lança pacote de medidas para a carteira de Produtos Massificados 423

Iniciativas visam a manutenção do atendimento e flexibilização de processos para apoiar os Parceiros de Negócios durante pandemia de Covid-19

A Tokio Marine, uma das maiores Seguradoras do País, tem feito uma série de ações com o objetivo de garantir que seus Parceiros de Negócios e Clientes, tanto da carteira de Produtos Massificados quanto de Produtos Pessoa Jurídica, sejam atendidos sem intercorrências, mesmo diante da necessidade de isolamento social em razão da pandemia de Covid-19. Além de simplificar ainda mais os processos, a estratégia visa garantir que os Corretores e Assessorias continuem amparados em todos os momentos e possam continuar com seus negócios durante esse período.

“Todas as iniciativas reforçam nosso compromisso com a continuidade dos negócios de nossos Corretores e Assessorias, oferecendo a flexibilidade necessária para que, mesmo em face do isolamento social, os mais de 30 mil Parceiros que operam com a Tokio Marine possam prestar o melhor serviço a seus Clientes”, afirma Marcelo Goldman, Diretor Executivo de Produtos Massificados da Tokio Marine.

Uma das medidas adotadas pela Tokio Marine foi ampliar os recursos digitais que permitem a realização de inspeções remotas e vistorias on-line em caso de sinistros. O processo é feito de forma remota por meio de uma chamada de vídeo agendada previamente pelo WhatsApp, Facetime ou Skype entre o Cliente e o Inspetor. Após esse processo, basta que o inspetor insira as fotos enviadas pelo Segurado e os laudos no sistema da Tokio Marine. Essa flexibilidade e a possibilidade de customização do atendimento permitem que o Corretor se molde ao cenário e às restrições de cada região.

A Companhia determinou que para renovações será mantido o preço da apólice anterior, ou o valor da cotação atual, caso ele seja menor, nos produtos Auto, Residencial e Condomínio, com o objetivo de contribuir com o planejamento financeiro dos Segurados. A Companhia permanece com a possibilidade de parcelamento em 12 vezes sem juros no cartão de crédito para a carteira de Automóvel e Residencial.

Ainda como parte das iniciativas para o Seguro Auto, a Tokio Marine oficializou a dispensa de Vistoria Prévia para todas as renovações de congêneres de veículos com mais de 10 anos (sem quebra de vigência e alteração do risco) nos produtos Individual e Frota. O prazo para instalação de rastreador foi também ampliado para 30 dias sem a necessidade de pedido de prorrogação para oferecer mais comodidade aos Clientes do Auto Roubo+Rastreador. Foi determinada, ainda, a prorrogação da disponibilidade do carro reserva em 7 dias, isentando o Cliente da taxa de devolução.

Já para a carteira de RD Massificados, além da disponibilidade de inspeção e vistoria digitais, a Companhia flexibilizou as regras de sinistros do Tokio Marine Aluguel para situações nas quais os aluguéis e encargos vencidos e não pagos tenham sido negociados amigavelmente entre locador e locatário, mas que, em função da situação extraordinária, não tenham sido quitados. Ainda pensando na segurança e comodidade de seus Parceiros, a Companhia disponibiliza o contrato padrão que pode ser assinado eletronicamente, na dificuldade de formalização da documentação locatícia.

Para o produto Residencial, foi determinada a dispensa de inspeção para casas com valor até R$ 2 milhões e imóveis de madeira de até R$ 100 mil. A medida vale também para todas as renovações Tokio e para o produto Condomínio. Nesse caso, a dispensa de inspeção se aplica para empreendimentos de até R$30 milhões e prédios construídos há até 30 anos.

Todas essas iniciativas são válidas até 31 de maio de 2020 e podem ser postergadas de acordo com a evolução do cenário da pandemia. A Tokio Marine continuará direcionando seus esforços para a adoção de novas medidas durante esse período de isolamento, cumprindo com seu compromisso de manter a excelência no atendimento a todos os seus públicos e contribuir para a continuidade dos negócios dos Corretores e Assessorias.

Campanha do GBOEX nas redes sociais intensifica dicas importantes de produtividade e saúde 409

Postagens incluem inciativas para a melhoria da qualidade de vida, cuidados para evitar o contágio com o coronavírus, ações para a produtividade em home office e muito mais

Visando contribuir com informações e dicas para que a população siga este período de isolamento social em harmonia com a família, com a saúde e com qualidade nas relações de trabalho, o GBOEX – Previdência e Seguro de Pessoas lançou uma campanha diferenciada em suas redes sociais.

As postagens incluem inciativas para a melhoria da qualidade de vida, cuidados para evitar o contágio com o coronavírus, ideias para se manter ocupado durante a quarentena e ações para a produtividade em home office.
“Acreditamos que juntos poderemos enfrentar esta pandemia, com união e força. As empresas estão se adaptando de forma a contribuir com a entrega de serviços e produtos com a mesma qualidade nesta fase. O GBOEX também está neste rol de empresas comprometidas com o bem-estar das pessoas e em continuar o seu trabalho com qualidade. Iniciativas como esta, que levem informação e orientação para aqueles que confiam na marca GBOEX, é essencial para nós. Trabalhamos para as pessoas, para proteger as suas famílias, este é o nosso compromisso”, comenta a superintendente de Marketing, Ana Maria Pinto.

Conforme a executiva, a empresa compilou dicas e recomendações de fontes oficiais, dos parceiros credenciados da rede de convênios, para divulgação nas redes sociais utilizando uma comunicação e um conceito leve e objetivo, linguagem simples e cores suaves, com a premissa de proporcionar cuidados e tranquilidade neste momento para seus públicos.

A criação é da Agência NOZ, responsável pela gestão das redes sociais do GBOEX. O trabalho é desenvolvido de forma integrada à linha de comunicação da empresa. As peças estão disponíveis no Facebook @GBOEXoficial e Instagram gboex_oficial.

Fenacor agradece às seguradoras que aderiram ao movimento de solidariedade 579

Entidade pede que seguradoras não apliquem as cláusulas de exclusão relacionadas à pandemias dos seguros de vida

A Fenacor divulgou um comunicado, onde agradece às 26 seguradoras que aderiram à campanha da entidade em relação à pandemia do coronavírus. As seguradoras se comprometeram  a não aplicarem as cláusulas de exclusão relacionadas à epidemias e pandemias dos contratos de seguros de vida.

Até o dia 31 de março, 12 seguradoras haviam aderido à campanha de solidariedade. Em apenas uma semana, o movimento cresceu e outras seguradoras se sensibilizaram com a causa. As seguradoras que aderiram ao movimento são: Bradesco Vida e Previdência, Brasil Seguridade, Caixa, Capemisa, Centauro ON, Chubb, Generali, Icatu, Itaú Seguros, Liberty, MAG, MAPFRE, MetLife, Mitsui Sumitomo, Omint, PASI, Porto Seguro, Previsul, Prudential, Sompo, SudaSeg Seguradora, SulAmerica, Sura, Tokio Marine, Unimed Seguros e Zurich Santander.

A Fenacor também reiterou o pedido para que as demais seguradoras participem da campanha de solidariedade.

Confira na íntegra o comunicado de agradecimento da Fenacor:

A Fenacor exalta, reconhece e agradece às 26 seguradoras de todos os portes que se sensibilizaram e já aderiram à nossa campanha de responsabilidade, cooperatividade e solidariedade, se comprometendo a não excluir as pandemias dos contratos de seguros de vida e de pessoas de forma geral. As mais recentes adesões, confirmadas nesta segunda-feira, foram das seguradoras Sompo e SudaSeg, além da Tokio Marine, que já havia tomado essa importante decisão no último final de semana.

A Federação destaca, com imensa satisfação, o pleno sucesso alcançado pelo movimento, até agora. Prova disso é o fato de as empresas que já anunciaram a sua adesão gerarem mais de 93% da receita global de prêmios apurada no ramo Vida.

É um claro sinal para a sociedade brasileira do elevado grau de maturidade e sensibilidade do nosso mercado. O setor de seguros reafirma, assim, o seu protagonismo nas ações que visam à plena segurança, amparo e proteção da população, inclusive nos momentos de maior crise, como o atual, em que avança no País a pandemia do coronavírus.

As respostas rápidas, assertivas e eficientes do mercado de seguros, nem sempre acompanhadas na mesma velocidade e eficiência por alguns governantes, fazem aumentar na sociedade a sensação de que todos estão amparados.

As 26 empresas que já aderiram ao movimento são as seguintes: Bradesco Vida e Previdência, Brasil Seguridade, Caixa, Capemisa, Centauro ON, Chubb, Generali, Icatu, Itaú Seguros, Liberty, MAG, MAPFRE, MetLife, Mitsui Sumitomo, Omint, PASI, Porto Seguro, Previsul, Prudential, Sompo, SudaSeg Seguradora, SulAmerica, Sura, Tokio Marine, Unimed Seguros e Zurich Santander.

A Fenacor volta a conclamar as seguradoras que ainda não se posicionaram a assumirem, se possível, esse mesmo compromisso, o quanto antes.

O momento é de Responsabilidade, Cooperatividade e Solidariedade!