O aquecimento (e a adaptação) do mercado de Seguros frente à pandemia da Covid-19 1906

“Apesar da pandemia de coronavírus que se alastra no Brasil e no mundo, o mercado de Seguros se mantém aquecido na proteção de sinistros, trazendo inclusive inovações e adequações ao seguimento”

Remonta de um passado não muito distante o registro do primeiro caso do novo coronavírus na província de Wuhan, China, no final de dezembro de 2019.

Entretanto, como já se faz perceptível diante dos noticiários e de diversos estudos e projeções, assim como a doença, os efeitos dela decorrente também se disseminarão em vários setores da economia, além de em diversos outros seguimentos que irão afetar a sociedade como um todo.

Se por um lado haverá um aumento abrupto nas solicitações de pagamentos de sinistros, de outro ponto está em ascensão a procura e a contratação de alguns tipos de Seguros, mantendo, assim, o mercado aquecido.

Visando minorar as implicações negativas junto às pessoas físicas, bem como no tocante às empresas, o mercado de Seguros vem se aquecendo, se adaptando e disponibilizando meios de proporcionar maior segurança na mantença das transações comerciais, com o Seguro de Transportes, por exemplo, sem, todavia, deixar de lado a proteção e aconchego necessários às pessoas, como na cobertura do Seguro de Vida, nesse momento de tantas incertezas e tantas perdas.

Inovando e se adaptando a esta nova realidade, visto que nunca houve na história uma pandemia com tamanha repercussão global, como a que se alastrou com a Covid-19, o conservador mercado de Seguros se vê cada vez mais disruptivo.

Nessa linha de raciocínio, no que tange às necessárias adaptações mercadológicas diante da maior crise de saúde mundial já vista, muitas Seguradoras vêm excluindo a aplicação da cláusula de não cobertura de sinistros originados de epidemias/pandemias dos Seguros de Vida, objetivando demonstrar o respeito e apoio ao bem-estar de seus clientes e colaboradores, e, por certo, complacentes com as perdas de familiares neste período.

Muitas Seguradoras já confirmaram que indenizarão os sinistros advindos da contaminação pelo novo coronavírus, nas coberturas contratadas de morte, funeral e diárias de internação hospitalar, dos Seguros de Vida, em Grupo, Vida Individual, Prestamista, Educacional e Condomínio, outras também revelaram que, além destes, irão liberar indenizações dos Seguros Habitacional e de Pecúlio dos Planos de Previdência em caso de óbito do segurado pela referida doença.

Outra grande Seguradora, originada do segmento bancário, também já divulgou que pagará de forma integral as indenizações de morte decorrentes de diagnósticos da COVID-19 para todas as apólices de Seguro de Vida Individual e em Grupo, contratadas até 25/03/2020.

Por cautela e para evitar surpresas, sempre bom lembrar que os segurados devem contatar as operadoras para tomar conhecimento das efetivas coberturas e datas de abrangência da apólice contratada, e das exceções adotadas por cada Seguradora.

Com relação à projeção de aquecimento do mercado segurador, não obstante, haja, neste momento, a limitação de viagens, estudo realizado pela HTF Market Intelligence Consulting Private Limited (organização global de consultoria em inteligência de mercado e pesquisa de mercado, com sede na Índia, e filial nos EUA), o Seguro Viagem está estimado para criar novo crescimento de venda, principalmente entre as Seguradoras Allianz, AIG, Munich RE, Generali, Tokio Marine, considerados os anos de 2019 a 2025.

Ainda quanto ao Seguro Viagem, visando à manutenção das contratações, muitas corretoras estão disponibilizando promoções e descontos de até 80% para novas adesões.

Outro seguimento que está em alta é o de Seguro de Transportes. Através de pesquisa, verificou-se que, de maneira temporária, porém, inovadora, uma empresa Seguradora estenderá, durante todo o mês de abril, aos já possuidores de apólices de Seguro de Frotas de Automóveis a cobertura de Acidentes Pessoais de Passageiros (dentro dos limites já contratados), reembolsando as despesas médicas e hospitalares dos motoristas das empresas que forem acometidos pelo novo coronavírus – desde que alocados em operações de serviços essenciais de transporte de insumos hospitalares, comida/bebida, combustível/gás, distribuição de energia elétrica, telefonia, água e esgoto, coleta de lixo e atividades portuárias e aeroportuárias, além de garantir a indenização aos familiares em caso de falecimento.

Por mera liberalidade, e frente à comoção que atinge o mundo, muitas Seguradoras também estão mantendo os preços e as condições contratuais de 2019 para a renovação das avenças de Seguro Automotivo, Residencial e Rural.

Neste momento de inseguranças e, infelizmente, de muitas demissões, o Seguro Garantia também auxiliará muitos empregadores que forem acionados judicialmente, os quais poderão substituir os depósitos judiciais por este tipo de garantia, evitando-se, assim, o comprometimento do capital de giro e do caixa da empresa, mantendo a liquidez das atividades.

Por certo, tudo aliado ao atual cenário de temor, em que todos queremos nos sentir mais seguros, o fato da existência de novas tecnologias – aplicativos em telefones móveis, Insurtechs, apólices eletrônicas, etc., que em tempos de distanciamento, aproximam, em muito, os pretensos consumidores dos corretores e das Seguradoras, e além da necessária visão humanista que o momento impõe, o mercado de Seguros se adapta e se moderniza sempre para a proteção de seus clientes.

Por Dra. Vanessa Antonieto Rabelo, Advogada do MLA – Miranda Lima Advogados

Seguro auto: trafegar em estradas não autorizadas pode inviabilizar pagamento de perdas e danos 440

Seguro auto: trafegar em estradas não autorizadas pode inviabilizar pagamento de perdas e danos

Casos assim estão entre os riscos excluídos das apólices

Há pouco tempo, o caso de um turista que capotou seu carro particular após tentar subir uma duna na praia de Búzios, em Nísia Floresta, na Grande Natal, reacendeu o alerta sobre os perigos de se aventurar sem o auxílio de guias e condutores experientes em vias turísticas de difícil condução. Felizmente, o recente acidente não deixou feridos, apenas danos materiais ao veículo, além do prejuízo financeiro para o proprietário.

Isso porque, mesmo se o carro estiver com o Seguro Automotivo em dia, casos como este estão previstos na lista dos riscos excluídos e das situações em que os segurados perdem o direto à cobertura. “Perdas ou danos ocasionados pelo mau uso do veículo, com exposição deliberada a grandes riscos, ou por trafegar em estradas ou vias não autorizadas – dunas, por exemplo – bem como em praias e regiões ribeirinhas, não são cobertos pelo seguro auto”, alerta Jorge Fagundes, representante do Sindicato das Seguradoras do Norte e Nordeste (Sindsegnne).

Segundo o especialista, é preciso que todo proprietário tenha em mente que, ao contratar um seguro para seu carro, está assumindo um compromisso bilateral com a seguradora. Ou seja, tanto o contratante quanto o contratado passam a possuir direitos e deveres específicos a depender da cobertura, dispostos na apólice. “Por isso, é de suma importância que o segurado, seja ele contratante de qualquer produto de seguro, leia a sua apólice atentamente e tire todas as dúvidas com o seu corretor para evitar surpresas futuras”, finaliza Fagundes.

Doadores de sangue podem ganhar um Seguro de Acidentes Pessoais 983

Doadores de sangue podem ganhar um Seguro de Acidentes Pessoais

Campanha “Heróis existem na vida real” é promovido pela ZL Brasil Corretora de Seguros

A ZL Brasil Corretora de Seguros lançou nesta quarta-feira (25), Dia Nacional do Doador de Sangue, a campanha “Heróis existem na vida real”. Válida até o dia 04 de dezembro de 2020, a iniciativa dará um Seguro de Acidentes Pessoais para quem é doador.

Gostou? Para participar é muito simples, basta enviar uma foto do comprovante de doação para o e-mail contato@zlbrasilseguros.com.br. O Seguro AP tem validade de um ano.

Divulgação
Divulgação

Distribuída em 3 unidades: Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC) e São Paulo (SP), a ZL Brasil Corretora de Seguros conta com um time de profissionais altamente capacitados, com mais de 10 anos de experiência em seguros, para atender e assessorar, desde a contratação até a utilização de produtos do mercado segurador.

Seguro e ações de acolhimento em casos de doenças graves, estão entre as ações da Edenred 540

Seguro e ações de acolhimento em casos de doenças graves, estão entre as ações da Edenred

Por meio de iniciativas de sua plataforma de saúde interna, o Grupo promove conjunto de ações que vão do pré ao pós-tratamento

A Edenred, líder mundial em soluções transacionais para empresas, comerciantes e empregados, que integra as marcas Ticket, Ticket Log, Repom, Freto e Edenred Soluções Pré-Pagas, tem a saúde como um importante pilar de suas práticas de gestão de pessoas. Por meio de sua plataforma, chamada Viva Melhor, conta com uma série de ações para 2.000 colaboradores que contemplam o acesso a uma equipe multidisciplinar composta por médico do trabalho e da família, nutricionista, fisioterapeuta, educador físico, enfermeiro – que mantiveram o atendimento no formato remoto – e ainda compreende o apoio no acompanhamento de doenças graves como as que demandam tratamento oncológico.

O último levantamento da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), sobre práticas de prevenção, acompanhamento e tratamento de câncer nas organizações, revelou que 60% das empresas não contam com iniciativas nesse sentido. Um cenário no qual boas práticas como as endereçadas pela Edenred são referências para o mercado, com frentes que contemplam desde o amparo emocional até o suporte financeiro para seus colaboradores.

“Sempre tivemos uma grande preocupação em atuar na identificação precoce e na prevenção de doenças de nossos profissionais, e temos obtido uma resposta positiva nos últimos mapeamentos realizados. Entre as iniciativas, sem dúvidas uma de extrema importância está no amparo aos casos de doenças graves, entre elas oncológicas, como abordamos de forma tão importante em campanhas de conscientização à prevenção ao câncer de mama, em outubro, e do câncer de próstata, em novembro. Mas esse cuidado precisa ir além de ações pontuais, e compreender o acolhimento que o colaborador precisa durante todo o tratamento”, destaca o gerente de Recursos Humanos da Edenred Brasil, Carlos Cavequi.

No último mês de outubro a equipe de saúde atuou em um intenso trabalho de conscientização para a realização de exames preventivos para o câncer de mama, e para novembro também replica esse rastreamento para fomentar a realização preventiva do diagnóstico do câncer de próstata, convidando ainda médicos especialistas para realizar lives sobre a importância do acompanhamento preventivo.

Entre os benefícios oferecidos pela Edenred Brasil está um seguro em caso de doenças oncológicas, com um auxílio financeiro de R$ 35 mil, que também contempla o colaborador e seus dependentes. No sentido de minimizar os impactos de gastos inesperados, o recurso pode ser acionado no momento do diagnóstico para cobrir eventuais despesas não cobertas pelos planos de saúde.

Outra frente está no apoio psicológico por meio do Conte Comigo, uma central de atendimento disponível 24 horas, com psicólogos, e que também podem direcionar os colaboradores e familiares dependentes para uma consulta presencial. Especialistas, como médico da família e enfermeiros, estão à disposição para auxiliar desde consultas preventivas, até no caso do diagnóstico, com o apoio na intermediação de processos com o plano de saúde e hospital. A central de atendimento compreende o apoio a diferentes necessidades dos colaboradores, e neste ano de mudanças inesperadas na rotina, a procura teve alta em maio, ápice da pandemia de Covid-19 e isolamento social no país.

As iniciativas de gestão da saúde da Edenred evoluíram e foram ainda mais relevantes neste momento de pandemia e distanciamento social, no qual a rotina das pessoas foi impactada. O conjunto de ações de cuidado aos colaboradores, que antes eram realizadas de forma presencial, foram adaptadas para a nova realidade de trabalho remoto com o atendimento de profissionais como fisioterapeutas, educador físico e enfermagem por videoconferência, e também contaram com a ampliação de alguns recursos que compreenderam o acompanhamento integral do estado de saúde de funcionários e seus familiares, até a disponibilização de consultas no formato de telemedicina.

Executiva Paula Lopes compartilha trajetória profissional no livro “Mulheres no Seguro” 510

Executiva Paula Lopes compartilha trajetória profissional no livro "Mulheres no Seguro"

Obra detalha 30 depoimentos de grandes executivas do setor que atuam nas diferentes vertentes de seguros do país. Lançamento nacional do livro será hoje

A editora Leader lança hoje o livro “Mulheres no Seguro”, obra que congrega 30 depoimentos de profissionais do mercado de seguros do país. Uma das convidadas para compor este time é a Líder de Placement da Marsh para América Latina, Paula Lopes. A executiva conta sua trajetória profissional e os desafios ao longo de sua carreira no capítulo “Energia para Voar Longe”. Paula acredita que determinação e ambição de querer fazer mais e melhor, com humildade para corrigir rotas e aprender habilidades com outras lideranças inspiradoras, são a receita para o crescimento pessoal e profissional.

Com 22 anos de experiência no mercado, Paula Lopes é engenheira de formação, mas descobriu no setor de seguros a sua vocação profissional. Ingressou na Marsh, líder global em corretagem de seguros e soluções inovadoras de gerenciamento de riscos, em 2008 e ocupou diversas posições de liderança, mais recentemente como líder de Placement no Brasil. Nessas duas décadas de atuação, trabalhou em diversas empresas como Itaú, Mapfre e Allianz.

Na Marsh, Paula é reconhecida por sua liderança estratégica, além de incentivar sua equipe a alcançar voos mais altos, inovar sempre e buscar as melhores soluções para os clientes. Paula Lopes também é conselheira da Associação das Mulheres do Mercado de Seguros (AMMS), onde busca fomentar o empoderamento feminino no setor.

Para a executiva é uma honra participar do livro “Mulheres no Seguro”, pois através dele foi possível contar sua história e motivar outras mulheres a ingressarem na profissão, além de reforçar que sonhar é possível e o realizar também. “É muito importante esse movimento que vem acontecendo no qual as mulheres estão ocupando cada vez mais posições de liderança. Mas, ainda é necessário promover a equidade no setor, com oportunidades e iniciativas que englobem a realidade feminina” afirma Paula.

Profissionais que integram o livro “Mulheres do Seguro”: Regina Lacerda, Alessandra Monteiro, Andrea Mathias, Camila Davoglio, Carolina Vieira, Daniela Paschoal, Ellen Oliveira, Enir Junker, Eva Vazquez, Fabiana Resende, Francesca Bianco, Gisele Christo, Graziella Castilho, Guadalupe de Andrade, Isabel Alves Azevedo, Izabel Barbosa, Liliana Caldeira, Linda Bessa, Margo Black, Patrícia Campos, Paula Lopes, Rosana Techima, Rossana Costa, Simone Cristina Fávaro, Simone Ramos, Simone Vizani, Solange Guimarães, Stephanie Zalcman, Vanessa Capua e Vanessa Rocha.

Ficha técnica

Título: Mulheres do Seguro Lançamento: 25 de novembro, organizado pela TV Gestão RH.
Editora: Editora Leader.
ISBN: 978-65-88368-11-4.
Páginas: 360.
Formato: 22,8 x 15,4.
Preço: R$ 79,90.
Vendas virtuais: Submarino, Americanas.com, Shoptime, Extra, Casas Bahia, Ponto Frio e Amazon Vendas físicas: Saraiva, Cultura, Travessa, Livraria da Vila, Martins Fontes, Livrarias Curitiba.

Consórcio Magalu registra recorde de vendas em meio a pandemia 758

Consórcio Magalu registra recorde de vendas em meio a pandemia

Dados mostram cautela dos brasileiros com as finanças pessoais e desejo em adquirir bens com segurança

Mesmo em meio a todos os desafios provocados pela pandemia de Covid-19, durante o ano de 2020 os consórcios registraram aumento de 9% em vendas. Essas informações foram apuradas pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (ABAC), na comparação com os meses de janeiro a setembro em 2019. Apenas neste último mês, o crescimento foi de 85%. O Consórcio Magalu, uma das plataformas mais diversas do mercado, também sentiu esse fenômeno e cresceu 9% neste ano, comparado ao ano de 2019. No terceiro trimestre deste ano de 2020, a empresa também registrou recorde de vendas nos últimos três meses.

Alguns fatores podem estar entre as razões deste crescimento. Com a crise econômica e a instabilidade em diversos setores, muitas pessoas enxergaram ainda mais a necessidade de poupar dinheiro e não arriscar o dinheiro em investimentos com pouca segurança.

Outro fator que pode ter influenciado os bons números para o setor, este ano, é que houve uma diminuição significativa de gastos de muitas famílias. Passar mais tempo em casa, sem as atividades de lazer, permitiu que muitas famílias reduzissem as despesas e pudessem guardar uma quantia por mês.

Os consórcios são excelentes opções para alcançar objetivos à longo prazo, com parcelas que cabem no bolso. “Historicamente, em momentos de crise, percebemos um aumento nas vendas de consórcios de diversos segmentos. Podemos atribuir este fenômeno à disciplina financeira e segurança oferecida pelas compras por cartas de crédito” afirma, Edna Maria Honorato, Diretora Executiva do Consórcio Magalu.

Dados da ABAC apontam que os segmentos mais vendidos durante a pandemia foram: eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis, com 74,7% de aumento, serviços com 52,6%, que podem ser reformas, prestação de serviço, cirurgias plásticas, viagens, e os veículos pesados que cresceram 9,7% em vendas de consórcio em relação ao ano passado.

Além disso, o receio de uma nova onda da doença e a incerteza sobre a vacina fizeram com que mais brasileiros temessem o endividamento. Com os consórcios não é necessário se envolver com juros ou dívidas. As cartas de créditos são mecanismos para poupar dinheiro e comprar à longo prazo, sob a orientação de uma administradora tradicional e experiente, como o Consórcio Magalu.

New Report

Close