Maio Amarelo SindsegSC: seja consciente, atravesse na faixa 504

Confira a nova peça publicitária para a conscientização dos pedestres

Foto: Sindseg-SC

Nesta edição de 2020, peças publicitárias em canais de comunicação do SindsegSC, Portal e Facebook, serão utilizadas para conscientizar a população, observando os riscos que o trânsito apresenta no dia a dia.

Assim como o vídeo focado no Pedestre, já disponibilizado na TV SindsegSC, a peça a seguir desenvolvida pela agência do SindsegSC, traz a consciência e a percepção de que se não utilizar a faixa de pedestres, vidas poderão estar em risco.

O Movimento Maio Amarelo ocorrerá de forma totalmente digital, devido ao isolamento social empregado, e seu slogan utilizado esse ano é “Perceba o risco. Proteja a vida”.

 

Stone compra Vitta e entra no mercado de saúde 415

Empresa fazia a gestão de planos de saúde corporativos, além de oferecer planos próprios em parceria com seguradoras

A empresa de meios de pagamento Stone anunciou nesta terça-feira em sua divulgação de resultados a aquisição da startup de saúde Vitta. Com 160 funcionários e sede em São Paulo, a Vitta faz gestão de planos de saúde corporativos, além de oferecer planos próprios em parceria com seguradoras com foco no público empreendedor.

A Stone já usava os serviços de gestão de planos de saúde e telemedicina da Vitta, o Prime Care, para atender as demandas de saúde de seus milhares de colaboradores, mas, com a pandemia, estendeu o atendimento médico remoto, via telefone e WhatsApp 24 horas por dia, também a seus clientes, os mais de 500 mil comerciantes e prestadores de serviço que usam suas maquininhas de cartão.

As empresas trabalharam juntas nesse projeto que contou com RS 1 milhão de investimento da Stone e, ao que parece, foi importante para que a empresa de meio de pagamento se aproximasse do mercado de saúde e identificasse potenciais sinergias com seus serviços e sua rede de clientes. No ano passado a Stone lançou a plataforma ABC (Adquirência, Banking e Crédito), em que disponibiliza aos clientes serviços de adquirência e financeiros.

O valor da transação e se ela envolve dinheiro ou ações não foi revelado, mas nas suas demonstrações financeiras a Stone diz que “o Conselho de Administração aprovou a aquisição de 100% da Vitta” e que, com o negócio, “o grupo espera obter sinergias em serviços aos clientes”.

“Muitos dos nossos clientes não têm planos de saúde satisfatórios nem para suas famílias nem para seus funcionários. Nós acreditamos que a Vitta criou um modelo de negócio inovador no mercado de tecnologia para saúde, combinando negociação de reajustes de valores com um atendimento ao cliente de qualidade baseado em telemedicina 24/7 e suporte ao WhatsApp. Este investimento é muito sinérgico com a nossa base de clientes”, diz o documento.

Atualmente a Vitta tem 18 sócios e já fez duas rodadas de captação de investimento de cerca de R$ 30 milhões, sendo a última há dois anos, quando levantou R$ 19 milhões, quando entraram para a sociedade o economista Arminio Fraga e o ex-presidente da Qualicorp, Maurício Ceschin. Investiram também na empresa os fundos Arpex Capital, que tem André Street, fundador da Stone entre os sócios, e o Finvest. A participação de todos os investidores é bem pequena no negócio, conforme Valor Investe apurou.

A Stone, assim como a Vitta, é uma defensora da cultura da “partnership”, ao dar ações a funcionários que se destacam, e hoje tem mais de 100 sócios que trabalham tempo integram na companhia.

A Vitta não foi, porém, a única aquisição da Stone anunciada nesta terça-feira. A fintech fez outros três investimentos, na mLabs, empresa de gerenciamento de redes sociais, na Delivery Much, plataforma de entrega de comida, e na MVarandas, empresa de tecnologia para food service.

“Nós acreditamos que a combinação de tecnologia, bons serviços e soluções financeiras em um único provedor como a Stone tem o poder de transformar o ambiente de pequenas e médias empresas no Brasil. Nós nos definimos pelo cliente que atendemos e não pelos produtos que oferecemos. Esta é uma das razões para nossa visão estar ficando cada vez mais voltada para uma empresa de software com soluções financeiras, assim como uma companhia de serviços financeiros que oferece ferramentas tecnológicas para ajudar os negócios na gestão e a venderem mais. Nós estamos no caminho para nos tornarmos a principal parceira das PMEs no Brasil”, explicou a companhia no documento.

Stone hoje tem mais de 530 mil clientes, conforme número atualizado na teleconferência de resultados. Considerando que boa parte dos empreendedores tem um plano de saúde, a Vitta poderia oferecer serviços de corretagem a essas pessoas e também aos clientes que ainda não contrataram um plano.

Outra linha de negócios que pode ser explorada é a de desenvolvimento de planos de saúde desenhados para este público, uma vez que a Vitta já tem experiência nisso – oferece, em parceria com a Omint e a Unimed, planos customizados para startups, que não deixam de ser pequenas e médias empresas, tanto para os sócios quanto para funcionários. Os planos já incluem, por exemplo, descontos de 50% a 90% em remédios, uma parceria com a ePharma.

Fundada em Uberlândia em 2014, a Vitta hoje atende 100 mil vidas em dois modelos de negócio: um é o serviço de corretagem e administração de planos corporativos e o segundo é a oferta de produtos personalizados em parceria com seguradoras, mas agregando tecnologia no atendimento e telemedicina.

Uma empresa que atua de forma semelhante à Vitta faz é a Qualicorp, que oferece planos de saúde a pessoas físicas por meio de parcerias com as seguradoras. Mas, diferentemente da Vitta, que tem como foco o público corporativo, a Qualicorp vende a pessoas físicas.

A Vitta também tem um diferencial em tecnologia. A empresa nasceu como um prontuário médico eletrônico que hoje é utilizado por mais de 15 mil médicos em todo o Brasil, além de ter o serviço Prime Care de atendimento médico virtual e que inclui serviços de concierge, como agendamento de consultas, localização de médicos para atendimento de emergência e consultas preventivas. O uso intensivo de dados para fazer gestão chamou também a atenção da Stone. A Vitta afirma que consegue diminuir sinistralidade e reajustes menores do plano a seus clientes.

Unisincor oferece gratuitamente Trilha de Finanças 419

Parceria com a Methas Iter Treinamentos oferece cursos que contemplam temas como investimento, rendas, tributação e análises de cenários econômicos

Com sete módulos totalmente gratuitos, a Universidade Corporativa Sincor (Unisincor) e a Conhecer Seguros, em parceria com a Methas Iter Treinamentos, oferecem uma Trilha de Finanças, com cursos online, até o dia 30 de junho. As inscrições estão disponíveis no site da Unisincor.

Os módulos contemplam os temas: Princípios de Investimento; Instrumental para Análise de Cenários Econômicos; Sistema Financeiro Nacional; Renda Fixa; Renda Variável; Fundos de Investimento; e Tributação.

Segundo explica o diretor da Conhecer Seguros, Sidney Dias, os módulos fazem parte de um programa maior de cursos para certificação CPA-20, desenvolvida pela Methas Iter para profissionais do mercado financeiro. “Essa certificação é destinada às pessoas que desejam ascender na carreira financeira. Assim, o aluno desenvolve a capacitação necessária para atendimento de todos os segmentos do mercado financeiro, inclusive os de alta renda.

Para compor a nossa trilha de conhecimento, pedimos à Methas Iter a seleção de módulos que possibilitassem uma formação de base, e que são, agora, oferecidos gratuitamente aos interessados em conhecer mais sobre investimentos financeiros. É uma oportunidade de aprofundamento do conhecimento em finanças – tanto para quem atua no mercado de seguros quanto para aqueles que pertencem a outros setores”, destaca.

Na grade de especialistas constam Eduardo Maalouf, responsável pelo departamento de avaliações econômicas da Equity Engenharia e Avaliações; Fátima Teixeira, consultora e coordenadora de treinamentos de formação para o mercado financeiro; Nicolas Saad, gestor de Renda Fixa e Moedas na Persevera Asset Management; e Sandra Petroncare, consultora com ampla experiência em Finanças e

107 anos do GBOEX: momentos históricos reafirmam seriedade e comprometimento 7678

Empresa centenária é capa da edição 236 da Revista JRS; Confira também outros destaques exclusivos

Desde a sua fundação, em 24 de maio de 1913, o GBOEX já vivenciou os mais variados acontecimentos mundiais. E mais do que isso: se consolidou como uma empresa sólida e confiável, atravessando muitos momentos de transformações, chegando a 2019 com 69% de market share entre as Entidades Abertas de Previdência Complementar sem fins lucrativos. Essa história de trabalho, que se traduz em mais famílias protegidas, é a capa da Revista JRS deste mês.

A edição 236 da publicação mensal do JRS ainda traz matérias especiais sobre previsões do mercado de seguros no período pós-pandemia, o adiamento do Brasesul para 2021 e as contínuas melhorias da Casa do Corretor, da Icatu Seguros. Além disso, o advogado Sahil Bhambhani escreve sobre a prorrogação da Lei Geral de Proteção da Dados (LGPD) em artigo exclusivo. Os destaques do mercado de seguros recheiam as 52 páginas da Revista JRS – tenha uma excelente leitura!

Pesquisa indica que crimes patrimoniais tiveram queda em abril 418

Uma das quedas mais significativas foi nos furtos em geral

São Paulo registrou no mês de abril queda em todos os indicadores de crimes patrimoniais e atingiu marcas históricas, como nos furtos em geral, roubos e furtos de veículos. Foram os menores números absolutos da série histórica iniciada em 2002 desses três tipos de crime, considerando todos os meses desses anos.

O único indicador a sofrer leve alta foi o de homicídios intencionais, que teve aumento de 3,4%, no segundo mês seguido de crescimento, de acordo com os dados divulgados pelo governo paulista na tarde desta terça (26).

A comparação é feita entre os dados de abril do ano passado, quando não havia nenhum tipo de medida de distanciamento social, com os registros feitos em abril de 2020, todo ele atingido pela quarentena decretada pela gestão João Doria (PSDB) por conta da pandemia do Covid-19.

Uma das quedas mais significativas foi nos furtos em geral. A redução chegou a 53,4%. Foram registradas 20.797 queixas no mês passado, ante 44.604 de abril de 2019. O menor índice registrado anteriormente era de março deste ano, 33.098, também afetado parcialmente pela quarentena.

Outra queda importante se deu com os furtos de veículo. Em abril do ano passado, foram registrados 7.782 crimes do tipo, ante 3.946 –uma queda de 49,2%. Em maio de 2014, por exemplo, foram 11.161 furtos.

Já os roubos de veículos recuaram 45,5% em abril deste ano em comparação a igual período de 2019. Eles foram de 4.070 veículos roubados, ano passado, para os 2.217 roubados mês passado.

“Tivemos uma redução de todos os indicadores, principalmente os crimes de oportunidade. Como você, em razão da quarentena, não teve um movimento nas cidades, não teve as pessoas transitando, não teve as pessoas comprando, saindo, acaba tendo essa redução. Se as pessoas não estão saindo, não tem a oportunidade”, disse o secretário-executivo da Polícia Militar, coronel Álvaro Camilo, da Secretaria da Segurança Pública.

De acordo com o secretário, a quarentena proporcionou uma redução das pessoas circulando e, por outro lado, uma presença maior do efeito policial nas ruas, que foram direcionadas de outros tipos de policiamento, como ronda escolar, escoltas e policiamento de estádio, para vigilância das pessoas nas ruas.

Até a falta de trânsito nas ruas contribuiu, segundo ele, para uma pronta resposta policiais. “Estamos em momento bom. [A quarentena] Prejudica por um lado, mas, nessa questão de segurança, São Paulo está bem” disse.

Oportunidade: Grupo Aspecir contrata atuário 3062

Candidatos devem ser graduados em ciências atuariais

O Grupo Aspecir, empresa de origem gaúcha nos ramos de previdência privada, seguro de vida e empréstimo, oferece oportunidade profissional para a integrar sua equipe atuarial. O candidato deve ter graduação em ciências atuariais, experiência consolidada no mercado de previdência complementar aberta e domínio do pacote office.

Além disso, é desejável que possua conhecimentos em legislação do mercado segurador. A carga horária é de segunda a sexta-feira e a vaga conta com benefícios. Ficou interessado(a)? Envie seu currículo e pretensão salarial para vagas@grupoaspecir.com.br.