Recadastramento de corretores de seguros termina hoje 3783

Mais de 91 mil fizeram o procedimento

Termina hoje (31) o processo de recadastramento dos profissionais que atuam com a corretagem de seguros no Brasil. A categoria é supervisionada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), após os desdobramentos da discussão realizada pela criação da extinta Medida Provisória 905/2019, que instituía o chamado “Contrato de Trabalho Verde e Amarelo” e extinguía o registro profissional de ao menos treze profissões – entre as quais a de corretor de seguros.

Segundo dados da Susep, mais de 91 mil profissionais fizeram o processo e garantiram a emissão das respectivas carteiras de identificação profissional através do aplicativo Corretores Susep, disponível para Android e iOS. A ferramenta viabiliza a identificação dos profissionais cadastrados na autarquia, com foto e o número do registro. “Trata-se de mais uma opção para manter o corretor diretamente conectado com a Susep”, comentou a autarquia à época do lançamento da plataforma.

O processo é totalmente gratuito para os corretores de seguros é pode ser realizado através deste endereço. A Susep disponibilizou também um canal direto para dúvidas e sugestões de aprimoramentos no e-mail corretores@susep.gov.br.

Bradesco Seguros participa de transmissão do Clube dos Seguradores da Bahia 244

Bradesco Seguros participa de transmissão do Clube dos Seguradores da Bahia

Encontro acontece no dia 25 de setembro e conta com apresentação de executivos da seguradora

O Clube dos Seguradores da Bahia promoveu uma transmissão remota na última sexta-feira, 18 de setembro, com a participação da Coordenadora Regional BA/MG/SE da Escola de Negócios de Seguros (ENS) Nívea Barros e do idealizador da Kuantta Consultoria e sócio da Moby Corretora de Seguros, Arley Boullosa, onde ambos mencionaram a importância da qualificação profissional para os corretores de seguros.

O próximo encontro online acontece no dia 25 de setembro e conta com a apresentação dos executivos da Bradesco Seguros, Apoena Vieira, Superintendente Comercial da Sucursal Salvador; e João Nobrega Interaminense Junior, Superintendente Executivo Regional. Ambos abordam o tema “2020: Um ano de desafios e oportunidades”.

Divulgação
Divulgação

Fausto Dorea, Presidente do Clube, convida os corretores de seguros e os associados para mais uma interação virtual promovida pela entidade. “Estamos nos empenhando para manter os encontros semanais, promover a qualificação dos nossos sócios e participantes, porque o conhecimento é a mola propulsora do sucesso. Enviamos os convites com antecedência, tendo como objetivo a interação, a continuidade da ampliação do relacionamento entre nossos associados e os executivos das seguradoras e acima de tudo, para que possamos estar aprendendo de forma constante”, explicou.

Para participar, é só enviar um e-mail para evento@clubeseguradoresbahia.com.br. Em seguida, aguarde receber o ID e a senha para entrar na sala.

Prudential do Brasil participa de webinar da CNseg para celebrar diversidade e inclusão no setor de seguros 556

Thereza Moreno é vice-presidente financeira da Prudential do Brasil

Evento terá a participação da vice-presidente de Finanças, CFO e membro do Comitê de Diversidade e Inclusão da seguradora, Thereza Moreno

A seguradora Prudential do Brasil – a maior independente do país no mercado de seguros de pessoas – participará, na próxima sexta-feira, dia 25 de setembro, das 11h às 12h30, de uma webinar da Confederação Nacional das Empresas de Seguros, Previdência, Saúde suplementar e Capitalização (CNseg), que celebra o Dia da Diversidade e Inclusão no setor de Seguros. No painel ‘O papel das empresas para a urgente superação do racismo na sociedade brasileira’, o evento terá, entre outros debatedores, a presença da vice-presidente de Finanças, CFO e membro do Comitê de Diversidade e Inclusão da seguradora, Thereza Moreno.

A realização da webinar é mais uma ação que visa ao fortalecimento do compromisso do setor com as melhores práticas de diversidade e inclusão de talentos na carreira de seguros.

Desde 2017, a empresa Prudential do Brasil desenvolveu um Comitê de Inclusão e Diversidade, com o objetivo de fortalecer e dar visibilidade cada vez mais ao tema. O grupo é heterogêneo, composto voluntariamente por funcionários e executivos, dos escritórios do Rio de Janeiro e São Paulo, que se reúnem quinzenalmente para pensar em ações e projetos que englobem cinco pilares: Gênero, Pessoas com deficiência, LGBTI+, Gerações e Raça/Etnia.

Neste sentido, o Comitê da seguradora vem promovendo, desde sua criação, o aprimoramento de indicadores internos com relação ao tema diversidade, palestras, eventos como a Semana da Diversidade, além de intensa comunicação, como uma página exclusiva na intranet para o assunto e mensagens nas redes sociais.

A próxima ação será a participação especial de uma das sócias responsáveis por Diversidade na McKinsey&Company em um dos eventos internos voltados para a liderança da Prudential do Brasil.

“A Prudential do Brasil entende que é um dever, não só da sociedade como também das empresas, gerar conscientização, engajamento e visibilidade para o tema da diversidade e inclusão, que ainda enfrenta um grande desafio em nosso país e até mesmo no mundo. Desta forma, espaços como a webinar da CNseg, além de ações afirmativas, debates e treinamentos promovidos nas companhias, representam passos necessários e urgentes para um novo amanhã, com mais tolerância, empatia e sem preconceitos”, finaliza Thereza Moreno.

It’sSeg reforça Sistema Inteligente de Saúde para apoiar clientes na prevenção à Covid-19 876

It'sSeg reforça Sistema Inteligente de Saúde para apoiar clientes na prevenção à Covid-19

Elaborada no Power BI Premium, da Microsoft, plataforma permite identificar quais colaboradores mais suscetíveis aos riscos e agilizar medidas preventivas

A It’sSeg, terceira maior corretora independente de seguros do país, especializada em gestão de benefícios, anuncia a ampliação das funcionalidades de seu Sistema Inteligente de Saúde, desenvolvido para apoiar seus clientes no controle da disseminação de Covid-19 entre funcionários.

A companhia já investiu cerca de R$ 1 milhão no combate ao novo coronavírus, com o objetivo de auxiliar seus parceiros no desenvolvimento de ações de enfrentamento à pandemia. Com o reforço do sistema, passou a oferecer uma plataforma capaz de identificar quais os colaboradores mais suscetíveis aos riscos de contágio, permitindo agilizar a tomada de providências relacionadas à proteção da empresa. Por meio do cruzamento de comorbidades com dados etários, o recurso permite analisar, com rapidez e credibilidade, um amplo volume de informações sobre a saúde e o perfil de usuários das corporações, assim como seus atendimentos médicos.

De acordo com João Siqueira, diretor de tecnologia da It’sSeg, um dos trabalhos desempenhados pela companhia é o de interpretar de que forma os colaboradores dos clientes utilizam seus planos de saúde, para levar informações estratégicas ao RH e à equipe de gestão médica. Assim, é possível minimizar a sinistralidade. Por meio de um extenso banco de dados, é possível analisar o passado para enxergar os riscos e as possibilidades do futuro.

“A plataforma é capaz de reunir um grande volume de dados e cruzar informações, de modo a encaminhar análises para médicos e departamentos de Recursos Humanos, como forma de alertá-los sobre os potenciais riscos de saúde dentro das empresas clientes da It’sSeg. Com base nessas informações, auxiliamos as empresas nos direcionamentos adequados das ações de gestão e promoção de saúde. A tecnologia é uma grande aliada do negócio, por meio do uso do plano de saúde”, conclui Siqueira.

Como forma de aumentar a assertividade das análises, o Sistema Inteligente de Saúde também permite gerar relatórios em tempo real, de forma totalmente automatizada e sem qualquer margem para erros, aprofundando o conhecimento e agilizando a tomada de decisões estratégicas pelas lideranças. Graças à inteligência incorporada ao sistema, é possível obter alta escalabilidade, melhor performance, redução de custos de propriedade e segurança da informação.

Resultados

Um dos clientes da It’sSeg apresentava taxa de sinistralidade elevada, chegando a 121,40% e com tendência de aumento. A companhia identificou que 18% dos usuários do plano de saúde pertenciam a diversos grupos de riscos elevados, representando 63% dos custos assistenciais. A partir dos resultados, foi possível iniciar o monitoramento e os programas de gestão de saúde, com a implantação de medidas de conscientização por nove meses. Nesse período foram identificados 22 casos de sucesso, com um incremento médio de 16% nos sinistros, estimando economia de aproximadamente R$ 500 mil.

Zurich é reconhecida como uma das maiores empregadoras globais da população LGBTQIA+ 595

Edson Franco é CEO da Zurich no Brasil

Empresa é signatária de mais de 10 compromissos voltados para as respectivas políticas que se refletem no “Jeito Z”

Uma empresa inclusiva, que promove a equidade e a inclusão em seu time e que, para tal, conta com diversas iniciativas para ter em seus quadros pessoas diversas – independentemente de suas etnias, crenças políticas ou religiosas e, também, de suas orientações sexuais.

É por esses princípios e por promover um ambiente plural e inclusivo, em todos os 215 países em que está presente, e por contar com iniciativas concretas, em especial para a inclusão da população LGBTQIA+ em seus quadros, que a Zurich recebeu a recertificação do selo Stonewall Top Global Employers 2020. A chancela é concedida pela Stonewall, entidade britânica fundada em 1989 para defender os direitos dessa comunidade.

A lista das Stonewall Top Global Employers 2020 (Melhores Empregadores Globais da Stonewall, em tradução livre) celebra os esforços pioneiros de organizações líderes para criar locais de trabalho inclusivos e promover a equidade para as pessoas LGBTQIA+. “A Zurich está plenamente aderente a essas práticas, razão pela qual estamos muito orgulhosos por receber o selo neste ano e, também, por sermos a única empresa do setor de seguros no ranking. A primeira vez que fomos contemplados com tal reconhecimento foi em 2018, e essa recertificação é prova do reconhecimento mundial dos nossos esforços”, afirma Edson Franco, CEO da Zurich no Brasil.

A lista das empresas contempladas com o selo foi elaborada a partir do Índice de Igualdade no Local de Trabalho Global (GWEI, na sigla original) da Stonewall. “Promovemos oportunidades iguais por meio de programas de desenvolvimento de funcionários e líderes, oferecendo cursos de idiomas, treinamento presencial e online, mentoria, entre outros. Mas o trabalho evolui, com outras frentes e iniciativas. Neste ano, por exemplo, o nosso Conselho de Diversidade e Inclusão começou a trabalhar em sete pilares fundamentais de forma interligada: Gêneros; LGBTQIA+; Étnico-racial; Interculturalidades e Religiões; Gerações Juniores; Gerações Seniores; e Deficiências”, explica o Gestor do Programa de Diversidade e Inclusão da Zurich no Brasil, Fellipe Cardoso.

Ele destaca que o compromisso com a diversidade é algo muito sério para a empresa, tanto que, também no ano passado, aderiu à iniciativa de Padrões de Conduta para Negócios das Nações Unidas, para o combate à discriminação contra lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexuais. No Brasil, a companhia conta com reconhecimentos a respeito. É certificada pela Edge no nível “Move” em relação à equidade de gênero. Trata-se de uma certificação independente e global, dividida em três níveis (Asses, Move e Lead). Move é destinado às companhias com políticas implementadas e com resultados sólidos. E, neste ano, foi listada no Guia Exame de Diversidade, por ser uma das mais inclusivas do país – e com pontuação acima da média do ranking geral.

Diversidade na prática

A Zurich no Brasil fomenta junto aos seus 1.500 funcionários a cultura de diversidade e inclusão. Desta forma, a companhia promove oportunidades para equidade entre todos esses profissionais, contemplando as diversidades de gênero, deficiência física, LGBTQIA+, raça, etnia, gerações, crenças etc. “Esses princípios proporcionam conforto e segurança para as pessoas e, por essa razão, tivemos um aumento de 15% na contratação de profissionais que se identificam com orientações homo, bi e pansexual”, afirma Fellipe Cardoso, que destaca, ainda, que a empresa é certificada pelo Instituto Great Place to Work como uma das melhores para se trabalhar.

Tais pilares são as bases do “Jeito Z”, os quais sintetizam a essência do que a Zurich é e como ela age. O debate da pluralidade é constante na empresa e se faz por meio de iniciativas concretas, como grupos e comitês. Além disso, a companhia possui mais de 10 compromissos públicos assinados com grupos relevantes, como o Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ e a Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial por mais oportunidades e inclusão para pessoas LGBTQIA+, negros e pardos. E em 2019, foi uma das patrocinadoras da Parada do Orgulho LGBT em São Paulo.

“Tudo isso faz parte de uma luta pela valorização, pelo respeito ao próximo e pela criação de oportunidades alinhadas ao nosso Jeito Z. Essas ações promovem um ambiente de trabalho cada vez mais justo e com equidade, e também contribuem para a percepção da pluralidade como fio condutor para o desenvolvimento social e econômico da comunidade a nosso redor”, finaliza Fellipe Cardoso.

Susep aborda Seguros de Danos para coberturas de Grandes Riscos, na sexta 567

Solange Vieira é superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep)

Seminário virtual abordará propostas presentes na Consulta Pública sobre o tema, que visa promover maior liberdade contratual

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) promoverá, no dia 25 de setembro (sexta-feira), a partir de 15h, webinar sobre o novo normativo que dispõe sobre princípios e diretrizes gerais para a estruturação e comercialização de contratos de seguros de danos para coberturas de grandes riscos. O objetivo é apresentar as propostas da Consulta Pública sobre o tema, aberta para sugestões até dia 9 de outubro.

A simplificação da regulação de seguros de grandes riscos irá proporcionar ao mercado maior flexibilidade nas negociações contratuais entre as partes, oportunidade de ampliar a oferta de produtos e serviços, reduzir custos e a regulamentação do segmento.

A iniciativa está alinhada com os seguintes objetivos estratégicos da autarquia: “Simplificar a regulação dos mercados” e “Promover Ambiente favorável ao desenvolvimento de um mercado competitivo, transparente, inovador e com maior cobertura.

Participarão do evento a superintendente da Susep, Solange Vieira, o procurador-chefe, Igor Lourenço, o diretor da Susep, Danilo Moura e o Coordenador-Geral de Grandes Riscos e Resseguros, Diogo Ornellas.

Os interessados podem inscrever-se neste endereço.