SulAmérica encerra semestre com sólida posição financeira e de resultados para enfrentar a pandemia e suas consequências 2907

Ainda em meio à crise do novo coronavírus, receitas operacionais e número de clientes demonstram resiliência da Companhia no segundo trimestre

A SulAmérica (B3: SULA11) divulgou hoje seus resultados relativos ao segundo trimestre e primeiro semestre de 2020. A Companhia mantém sua posição de destaque como a terceira maior do setor de saúde suplementar no Brasil em termos de receita: são aproximadamente 4 milhões de beneficiários em Saúde e Odonto, além dos mais de 3 milhões de clientes em Vida, Previdência e Gestão de Ativos.

A pandemia da COVID-19 e o isolamento social impactaram diretamente os resultados da Companhia, como tem sido a marca no mercado de seguros, provocando redução pontual na sinistralidade do trimestre em 11,7 p.p. em relação ao mesmo período de 2019. O índice de sinistralidade do 2T20 ficou em 69,1% e o semestre fechou em 75,4%, já excluindo o segmento de Auto e Massificados, cujos números foram reportados separadamente em função da venda das operações, concluída em julho/20. As receitas fecharam o trimestre em R$ 4,8 bilhões (+5,0%) no 2T20 e R$ 9,7 bilhões (+7,2%) no 1S20. Em relação ao lucro líquido, o total do 2º trimestre para os segmentos que continuam em operação na Companhia foi de R$ 398,7 milhões (+83,4%) e R$ 468,6 milhões (+16,3%) no 1º semestre de 2020.

Considerando o segmento de Auto e Massificados, cujos resultados ainda foram reconhecidos até junho/20, registra-se lucro líquido total consolidado de R$ 498,3 milhões (+91,0%) no 2º trimestre e R$ 578,1 milhões (+19,4%) no 1º semestre de 2020. Com a conclusão da venda destas operações, a SulAmérica estrutura-se com um novo posicionamento estratégico com foco em riscos pessoais, promovendo saúde integral – física, emocional e financeira – por meio da oferta de proteção para todas as fases da vida das pessoas. “A conclusão da transação traz recursos para impulsionar o crescimento e desenvolvimento da Companhia, além de retorno para nossos acionistas”, explica Gabriel Portella, presidente da SulAmérica.

Após quase cinco meses do início da pandemia da COVID-19 e ainda com seu fim incerto, ainda não é possível mensurar todos os seus efeitos futuros, seja em termos de desaceleração econômica e comportamento da sinistralidade nos próximos trimestres, seja em mudanças estruturais pelas quais a sociedade potencialmente passará nos seus modos de viver e agir. “Passado esse período, a certeza que temos é de que estamos no caminho certo, que investimentos e projetos que começamos a desenvolver há alguns anos têm se provado totalmente acertados e se mostraram essenciais nesses últimos meses, trazendo importantes resultados para nossa capacidade de atender plenamente os clientes”, comenta Portella. “Respondemos de forma rápida à situação imposta pela pandemia do novo coronavírus: protegemos nossos colaboradores, estivemos mais próximos ainda de nossos prestadores de saúde e parceiros de negócios, porque estávamos preparados para tal, sempre com foco na sustentabilidade e continuidade da nossa operação, buscando manter nossa estratégia de crescer com rentabilidade, disciplina na gestão de riscos e alocação de capital, ao mesmo tempo em que procuramos gerar valor positivo para a sociedade e os mercados em que atuamos. Seguimos confiantes nas perspectivas de longo prazo para a SulAmérica e na força e sustentabilidade do nosso modelo de negócios”, conclui.

Saúde e Odonto: apoio a clientes e parceiros durante a pandemia

Um dos efeitos colaterais do isolamento social foi sentido na sinistralidade dos segmentos de Saúde e Odonto, com meses bastante atípicos no período com uma redução acentuada nas frequências de procedimentos eletivos e não urgentes (consultas, exames e cirurgias), visitas ao pronto-socorro e internações de urgência, o que, no curto prazo, mais do que compensou os custos adicionais que tivemos relacionados ao diagnóstico e tratamento de beneficiários com COVID-19. Atendemos as necessidades dos clientes em sua integralidade em parceria com nossa rede de prestadores de saúde. Entendendo suas necessidades de curto prazo, aprovamos extraordinariamente neste período adiantamentos financeiros para nossa rede de médicos, hospitais e dentistas que somaram mais de R$ 260 milhões dos quais R$ 150 milhões já desembolsados dentro do 2º trimestre. “Cabe frisar que o ano de 2020 será incomum em termos do comportamento da frequência de procedimentos e sazonalidade em função da pandemia, de modo que os resultados de curto prazo não devem ser extrapolados em cenários futuros e temos a expectativa de que boa parte dos procedimentos represados seja retomada ao longo do tempo. A redução na sinistralidade no curto prazo da Companhia ocorre de forma simultânea à redução nas receitas de nossa rede de prestadores e temos sido sensíveis a essa situação, estando próximos aos nossos parceiros”, fala Portella.

Adicionalmente, a plataforma de telemedicina também proporcionou à uma parte relevante de médicos e terapeutas credenciados a manutenção de suas clínicas durante a pandemia. Intensificamos o uso da tecnologia durante este período, o que possibilitou o lançamento de uma série de produtos, serviços e funcionalidades importantes, além da expansão de outras já existentes, que nos permitiram ampliar ainda mais nosso alcance e atendimento aos beneficiários por meio de iniciativas digitais.

As ferramentas que já existiam e estavam disponíveis aos segurados de Saúde e Odonto em nossos aplicativos foram importantes para orientar e garantir o cuidado adequado, com uma adoção acelerada da telemedicina no período, muito bem recebida pelos usuários, permitindo não só a assistência em relação à COVID-19 como também consultas de emergência e a continuidade de tratamentos por meio de teleconsultas eletivas em diversas especialidades. Só no mês de junho, foram aproximadamente 70 mil atendimentos digitais, considerando médicos plantonistas, especialistas, psicólogos e orientações telefônicas. “O cuidado está na essência do nosso modelo de gestão de saúde e o uso de tecnologias e funcionalidades que tem sido objeto de investimentos e desenvolvimentos relevantes da SulAmérica nos últimos anos se mostrou uma ferramenta essencial para a melhor experiência de nossos beneficiários nesse momento adverso”, resume Portella.

No 2T20, registrou-se um aumento do número de beneficiários em planos coletivos de 8,1% em relação a junho/19, demonstrando a resiliência do portfólio da Companhia mesmo em o cenário adverso da pandemia e as consequentes incertezas econômicas.

Vida, Previdência e Investimentos

O segmento de seguro de Vida também registrou os impactos da pandemia. Com as medidas de isolamento social e a retração no segmento de turismo, as receitas de seguro viagem apresentaram redução. As receitas operacionais do segmento somaram R$ 121,1 milhões no 2T20 e R$ 237,9 milhões no acumulado do ano, apresentando reduções de 7,5% e 4,7%, respectivamente. Neste segmento, a sinistralidade aumentou 7 p.p. no trimestre em relação mesmo período do ano anterior, em virtude do impacto da queda nas receitas assim como em virtude das coberturas para os casos de COVID-19.

No segmento de proteção financeira, a SulAmérica Investimentos, nossa gestora de ativos e 3ª maior gestora independente do Brasil, encerrou o trimestre com R$ 45 bilhões em ativos sob gestão, mantendo pelo 11º ano consecutivo a nota máxima (AMP-1) de avaliação de gestores de fundos de investimentos pela Standard & Poor’s.

Em previdência, expandimos a margem bruta e alcançamos mais de R$ 8 bilhões em reservas, aumento de 7,6% em comparação com o mesmo período do ano anterior. A evolução positiva acompanhou, principalmente, o maior volume de contribuições, além do saldo positivo de portabilidade líquida durante o ano de 2020, principalmente no produto VGBL.

Grupo Aspecir oferece oportunidade de trabalho em Porto Alegre (RS) 557

Grupo Aspecir oferece oportunidade de trabalho em Porto Alegre (RS)

Vaga é para equipe do setor de cobrança

O Grupo Aspecir oferece uma oportunidade para equipe do setor de cobrança. A vaga está aberta para a cidade de Porto Alegre (RS). O Grupo atua com Previdência Privada, Seguro de Vida e Empréstimo.

É requisito ter experiência em negociações com clientes inadimplentes, facilidade de comunicação, conhecimentos básicos em informática e desejável conhecimentos sobre mercado segurador e/ou financeiro.

Entre os benefícios estão Vale Transporte, Vale Refeição, Vale Alimentação e Plano de Saúde. Carga horária de segunda a sexta-feira. Gostou? Envie seu currículo para vagas@grupoaspecir.com.br.

Divulgação
Divulgação

União Seguradora celebra 107 anos 878

Grupo Aspecir e União Seguradora participam do 17º Troféu JRS

Empresa do Grupo Aspecir oferece variedade de soluções em seguros e proteção

O Vinte de Setembro é uma data comemorada com orgulho pelos gaúchos e também é a data de aniversário da União Seguradora, fundada em 1913. Na época, 57 caixeiros-viajantes reuniram-se para criar uma sociedade que defendesse os interesses da classe. Assim como os gaúchos defenderam seus ideais. Construída sob a presidência de João Fontoura Borges, a sede, na cidade de Santa Maria (RS), foi palco de momentos históricos importantes, como um discurso de Getúlio Vargas na década de 1930. Já nos anos 1990, o prédio foi considerado patrimônio histórico da cidade e hoje abriga diversos estabelecimentos comerciais.

Hoje, a União Seguradora – Vida e Previdência, tem sua sede em Porto Alegre e protege a vida, não somente dos gaúchos e gaúchas de todas as querências, como também a todos os brasileiros. E oferece uma variedade de soluções que atendem todas as necessidades de seguro e proteção, de cuidados com a família à segurança para eventos, sempre com profissionalismo e qualidade.

O Seguro Vida é um investimento no futuro. Em caso de falecimento do segurado, os beneficiários recebem uma indenização financeira para ajudar em um momento difícil. E se houver invalidez permanente, o seguro garante um pagamento de acordo com o grau de invalidez.

O Seguro Prestamista, em caso de falecimento ou invalidez do segurado, amortiza a dívida contraída até o valor do plano contratado, quitando bens ou planos de financiamento.

A União Seguradora também oferece o Pecúlio com Seguro, uma ampla cobertura com a facilidade do desconto em folha de pagamento para servidores da SIAPE, MARINHA, AERONÁUTICA, IPE-RS E GOV-RS. Além do seguro obrigatório para a realização de qualquer evento no Brasil e o Vida Global Simplificado para micro, pequenas e médias empresas.

União Seguradora, uma história de excelência cuidando do que realmente importa: as pessoas.

Berkley Brasil Seguros facilita contratação do Seguro Bike 557

Berkley Brasil Seguros facilita contratação do Seguro Bike

Companhia anunciou novas condições para aquisição de coberturas

A Berkley Brasil Seguros anunciou novas condições para contratação do Seguro Bike. A empresa disse que as mudanças visam prestar cada vez mais inovação e prestação de melhores serviços para corretores e clientes.

Com isso, apólices do segmento podem ser contratadas em até 10 parcelas, sem juros, no cartão de crédito. Além disso, foi disponibilizado desconto na renovação do seguro, em seguros familiares, o Seguro Bike não tem limitação quando ao número de bikes protegidas e o segurado poderá fazer cotação, emissão e pagamento direto pelo cartão de crédito, no aplicativo Seggy.

Os contratos da Berkley Brasil Seguros oferecem proteção para danos causados à bikes convencionais e elétricas, inclusive para acessórios.

Mário Sérgio Cortella participa de transmissão da Bradesco Seguros para corretores 488

O filósofo, escritor e educador Mário Sérgio Cortella / Divulgação

Nesta sexta-feira (18), Programa Integridade contará com a participação do filósofo, escritor e educador

O Grupo Bradesco Seguros apresenta nesta sexta-feira (18), às 16h, uma live especial voltada para as equipes comerciais da companhia e corretores de seguros de todo o Brasil. O tema do bate-papo será “Ética no Relacionamento com o Cliente”. Na ocasião, a live será conduzida pelo filósofo, escritor e educador, Mário Sérgio Cortella. O Programa Integridade conta com o apoio da Unibrad – Universidade Bradesco e UniverSeg – Universo do Seguro. Para os próximos meses, está prevista uma série de conteúdos referentes ao assunto.

Para Leonardo de Freitas, Diretor da Organização de Vendas do Grupo Bradesco Seguros, o programa será mais uma oportunidade de troca e conhecimento com os parceiros de negócios. “A ética é de extrema importância para construir relacionamentos duradouros em todos os âmbitos da vida, é um aspecto indispensável para atrair, converter e fidelizar clientes. O intuito da live é gerar discussões sobre boas práticas na oferta de seguros”, afirma o executivo.

Em agosto deste ano, a Bradesco Seguros iniciou a primeira abordagem sobre o tema, em que promoveu um bate-papo entre os parceiros de negócios da seguradora e representantes da consultoria internacional LIMRA, com o tema “Digno de Confiança”.

Responsabilidade Civil do corretor no ‘novo normal’ é tema de curso técnico 696

Responsabilidade Civil do corretor no ‘novo normal’ é tema de curso técnico

Pandemia provocou reflexos no Direito do Seguro, destaca ENS

A realidade instaurada pela pandemia do novo coronavírus provocou reflexos e mudanças sobre o Direito brasileiro, principalmente sobre o Direito do Seguro, especialmente no que diz respeito a assuntos ligados à responsabilidade civil do corretor de seguros.

Para entender como o ‘novo normal’ afetou diretamente o corretor em sua atuação e discutir de forma ampla a responsabilidade desse profissional na atualidade e no futuro, a Escola de Negócios e Seguros (ENS) criou o curso técnico Direito e Responsabilidade Civil do Corretor de Seguros.

Ministradas na modalidade online, as aulas são ao vivo e vão mostrar a tendência da adequação dos precedentes nas interpretações dadas pelos Tribunais Superiores sobre a responsabilidade civil do corretor. No conteúdo do programa, haverá apresentação das mais recentes decisões proferidas pelos Tribunais Superiores sobre o tema, evidenciando as interpretações fundamentadoras dessas jurisprudências, a apresentação das legislações pertinentes ao assunto, além de tratar sobre as teorias da Responsabilidade Civil Profissional e a tendência do precedente vinculante.

Assim como a maioria dos cursos técnicos da ENS, o programa Direito e Responsabilidade Civil do Corretor de Seguros tem curta duração (8 horas de aulas) e investimento acessível. Por isso, é ideal para quem busca qualificação rápida e direcionada.

O início das aulas está marcado para 20 de outubro e os interessados devem possuir ensino médio completo. Informações sobre ementa, cronograma e investimento estão disponíveis no site da Escola, onde podem ser feitas as inscrições.